WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  


:: ‘glauber rocha’

Morre Lúcia Rocha, mãe do cineasta conquistense Glauber Rocha

 

Morre Lúcia Rocha, mãe do cineasta baiano Glauber Rocha

Foto: Rose Esquenazi/ Divulgação
A mãe do cineasta Glauber Rocha, Lúcia Rocha, faleceu no final da manhã desta sexta-feira (3). Aos 95 anos, a morte foi causada por motivos naturais. A notícia foi confirmada pela neta dela, Paloma Rocha em seu Facebook no começo desta tarde. O velório será realizado ainda esta noite, na Fundação Tempo Glauber, no Rio de Janeiro. “Com muita tristeza aviso aos amigos que minha avô está partindo. O velório será hoje a noite no Tempo Glauber. Rua Sorocaba, 190 – RJ, Botafogo. Para àqueles que quiserem se despedir …”, comunicou Paloma, na rede social. Lúcia Rocha participava ativamente da Fundação Tempo Glauber. Em março do ano passado, durante entrevista ao Correio Braziliense, ela afirmou ter reunido 103 mil documentos para a fundação. “Não consegui meu sonho ainda: divulgar todas as coisas de Glauber que não desconhecidas pelo público. Tem muita coisa a ser vista”, disse na ocasião. Bahia Noticias

Campanha: Aeroporto Regional Glauber Rocha

 

campanhaaeroportoglauber

O Blog do Wal Cordeiro lança uma campanha social, com o intuito de conscientizar o Governo em relação ao nome que será dado ao novo aeroporto de Vitória da Conquista. O objetivo é  homenagear o cineasta conquistense Glauber Rocha, uma das maiores personalidades cultural que a cidade produziu.

“Conclamamos a todos para que defendam essa ideia, pois é inadmissível não termos em nossa cidade nenhuma lembrança do nome e das obras de Glauber, existe apenas uma monumento pequeno em condições precárias na Avenida Brumado. Mais triste ainda é sabermos que o museu Glauber Rocha está localizado no Rio de Janeiro, ao invés de está estabelecido em nossa cidade, chegou o momento de repararmos esse grande erro histórico”, conclui Wal Cordeiro.

TV Sudoeste faz reportagem sobre filme rodado na terra de Glauber Rocha

Primeiro longa metragem rodado na terra de Glauber Rocha será pré lançado em Dezembro

 

Após dois anos de gravação, o primeiro filme longa metragem gravado em Vitória da Conquista, será apresentado ao público brasileiro neste final de ano. O título do filme é “ O valor de um Sonho “, com a duração de 01h:43min, conta a história de Joca, um jovem sonhador, filho de agricultores pobres de uma pacata cidade da Chapada Diamantina (Piatã), que resolve se mudar para uma cidade grande (Vitória da Conquista), com o intuito de alcançar os seus objetivos, deixando para trás a sua família e amigos, para tentar a vida e enfrentar desafios inesperados pelo caminho. O filme promete mexer com as emoções do público, pois a cada momento revela situações inesperadas, que tem a ver com a história de milhões de brasileiros.

Para Daniel Silva, cineasta jovem conquistense, diretor do filme, que já produziu vários documentários na Índia, Afeganistão e Brasil: “Esse é um momento histórico para o cinema nacional, pois estamos resgatando a importância do voluntariado através da sétima arte, e provamos que é possível realizar um sonho sem recursos externos, pois quando fizemos o orçamento do filme que ficava em torno de 02 milhões de reais, aceitamos o desafio de fazer tudo voluntariamente, com atores, locações e equipamentos, conseguimos, pois gastamos no máximo 70 mil reais”, afirma.

Wal Cordeiro, diretor executivo do Valor de um Sonho destaca que: “ Quando Daniel me lançou o desafio de produzirmos o filme na terra de Glauber Rocha confesso que fiquei empolgado e bastante comprometido, principalmente por não termos os recursos necessários que estavam orçados em 02 milhões de reais. A princípio, pensamos em apresentar o projeto a Petrobrás, ou a outra instituição, até tentamos, mas decidimos não esperar respostas e tocar o projeto para frente. Graças a Deus conseguimos, foi uma decisão acertada. Hoje o filme, produzido por diretores e atores voluntários, é uma realidade, e já temos lançamentos previstos para 2012 em diversos países, como: Índia, Canadá, Venezuela, Estados Unidos, Holanda e Paquistão.

O diretor de fotografias, Júlio César comenta a sua grande emoção em ver, finalmente, a conclusão do trabalho: “ O Valor de um Sonho é como uma criança que nasceu num parto delicado, mas nasceu saudável e bonita. Pois muitas pessoas não acreditavam que chegaríamos a fim, principalmente por causa da falta de recursos, mas isso foi motivo de nos animar a continuar, pois o filme aborda um tema atual “sonhos e propósitos, muitos vão ficar surpresos como projeto”, afirma Júlio.

Os dois pré-lançamentos serão, apenas, para convidados. O primeiro será no dia 14 de dezembro, às 21h, no Sesc de Caldas Novas, GO, com a presença de 1.000 pessoas (de todo Brasil), missionários-voluntários da Jocum (Jovens Com Uma Missão), Ong internacional que trabalha em mais de 150 países no mundo, onde Daniel Silva e Wal Cordeiro fazem parte.

O segundo pré-lançamento será no dia 22 de dezembro, às 20h, no Teatro Glauber Rocha em Vitória da Conquista, BA, com a presença de 300 pessoas, entre jornalistas, estudantes de cinema da Uesb, empresários, autoridades e familiares do elenco do filme.

Nesta semana o trailer oficial do filme será publicado na internet ( www.ovalordeumsonho.com.br ), então é só esperar para assistir  e conferir de perto o Valor de um Sonho, que estará em cartaz nos melhores cinemas em março de 2012.

Sessão na AL lembrará os 30 anos de morte do cineasta Glauber Rocha

VERMELHO

Em sessão especial na tarde desta quinta-feira (20/10), a Assembleia Legislativa da Bahia homenageia o cineasta Glauber Rocha pela passagem dos 30 anos de sua morte. De iniciativa do deputado Álvaro Gomes (PCdoB), a sessão começa às 14h30, no plenário da Casa, no Centro Administrativo da Bahia. O principal convidado evento será o jornalista e amigo de Glauber desde a adolescência, João Carlos Teixeira Gomes (Joca), que falará sobre a trajetória deste artista do cinema.

“O cinema brasileiro precisa ser cada vez mais estimulado. Temos aí a passagem dos 30 de morte de um dos maiores e mais polêmicos cineastas do Brasil e esta data não poderia passar em branco. É uma justa homenagem ao cineasta de Deus e o diabo na terra do sol, um dos melhores filmes nacionais de todos os tempos”, destaca Álvaro Gomes, acrescentando que a sessão cumpre também o papel de fomentar o debate sobre o cinema brasileiro.

As homenagens ao artista começam na quarta-feira, dia 19 de outubro, com a exibição de Glauber o filme, Labirinto do Brasil, do cineasta Silvio Tendler, no Plenarinho da Assembleia Legislativa, às 12h20. O filme é um documentário sobre a vida e a morte de Glauber Rocha, o polêmico cineasta baiano que revolucionou o cinema. Imagens do enterro, depoimentos recentes de quem acompanhou sua trajetória, seu pensamento e idéia.

Na quinta-feira, acontece a sessão especial, onde o escritor, jornalista e intelectual João Carlos Teixeira Gomes (Joca) falará sobre a trajetória deste artista do cinema, que tem hoje dimensão internacional. Durante o encontro, o professor e compositor Fábio Paes também vai cantar em memória de Glauber. “Vamos realizar um belo encontro no plenário do Legislativo baiano, para manter viva a memória de um dos mais importantes cineastas do século XX, o baiano de Vitória da Conquista que conquistou o mundo com sua genialidade”, concluiu o parlamentar comunista.

Conquista: Últimas cenas do filme gravadas na Alameda

Após cinco meses de gravações do filme “O valor de um sonho”, a primeira etapa do projeto chega à reta final no dia 17 de Fevereiro (quinta-feira), onde as últimas gravações serão realizadas, no período da manhã, na Alameda Ramiro Santos, centro de Vitória da Conquista.

Após as gravações das últimas cenas, os diretores começam a trabalhar na pós-produção, com o objetivo de concluir o projeto até o mês de agosto. Segundo Armando Benner (diretor executivo internacional), já são em torno de 15 países interessados em veicular o filme nas salas de cinema, inclusive o Paquistão onde o longa-metragem será dublado para o paquistanês, bem como em outros idiomas. 

Outra novidade interessante é que o equipamento usado na filmagem, edição e finalização do filme é o mesmo que foi utilizado na última temporada da série norte-americana: 24 Horas, e  na mini-série campeã de audiência nos Estados Unidos e Europa Dr. House. “Prova real que podemos produzir no Brasil filme de qualidade, com alta definição, com voluntários e poucos recursos, queremos despertar entre os conquistenses o senso de empreendedorismo”. Afirma Wal Cordeiro, Diretor Executivo do Filme.

Para Daniel A. da Silva, diretor e produtor do filme: “Está sendo uma  experiência única, saber que estamos produzindo um longa-metragem na terra de Glauber Rocha, o maior cineasta brasileiro de todos os tempos”.

 Júlio César, diretor de Imagem, destaca a importância da parceria com empresas da cidade e governo municipal, para que o projeto seja concluído e a cidade seja ainda mais conhecida pela sua grande riqueza cultural. Prova disso é o sucesso do Mostra Cinema que acontece a cinco anos consecutivos.

As pessoas que desejam acompanhar como foram as gravações do filme e depoimentos dos atores, podem pela net acessar o site oficial que já está no ar: http://ovalordeumsonho.com.br

Prefeito de Vitória da Conquista recebe elenco e direção do filme “O valor de um sonho”

Wal Cordeiro diretor executivo do filme apresenta projeto ao prefeito

Na manhã desta terça (25), o prefeito Guilherme Menezes recebeu em seu gabinete atores e diretores do primeiro “longa metragem” que está sendo rodado inteiramente em Conquista e Piatã (Chapada Diamantina). O objetivo da reunião foi de apresentar ao líder do executivo municipal o projeto inovador do filme, que é produzido com equipamentos de última geração (os mesmos usados nas minisséries norte-americanas 24 horas e Dr. House) e com a participação de equipe técnica e atores voluntários da cidade.

Além de mostrar o teaser oficial (com legenda em inglês), foi entregue ao prefeito o projeto de pós-produção do trabalho, que segundo a direção fica pronto em Julho deste ano, com o lançamento nacional previsto para Agosto.

Como um grande incentivador da cultura local e amante do cinema nacional, Guilherme se mostrou bastante empolgado com o projeto, relembrando a época em que parte do filme “Central do Brasil” foi gravada na cidade, com total apoio logístico do seu governo na ocasião. “Vitória de Conquista tem uma história com a sétima arte. A gente viu a emoção de Walter Sales, quando veio filmar Central do Brasil, por estar na terra de Glauber Rocha. Na visão dele, a cidade foi muito receptiva, a partir da Prefeitura que forneceu todo o apoio logístico. Um filme como o que vocês estão produzindo vai incentivar muita gente que está estudando a linguagem universal do cinema”, afirmou Guilherme Menezes.

Prefeito conhece o Teaser oficial do filme

Os diretores ressaltaram que além de resgatar a identidade cinematográfica de Conquista, por causa do nome de Glauber Rocha, a cidade será projetada em diversas partes do mundo, pois o filme será lançado em inglês, espanhol, francês e numa língua nativa do Paquistão.

Segundo a direção de “O valor de um sonho” a idéia é mais ampla e desafiadora ainda, pois esse é apenas o pontapé inicial do projeto, que após o lançamento em Agosto estarão implantando em Vitória da Conquista uma escola de cinema livre, que será coordenada pela Nations2Nations Productions, uma entidade internacional que está participando na produção e distribuição internacional do filme. A proposta é fazer um trabalho de cunho social em parceria com o governo municipal e universidades de Conquista através da escola de cinema livre que vai abrir espaço para jovens talentos que vivem em situação risco e não têm oportunidade para estudar cinematografia num grande centro do Brasil.

Marcaram presença na audiência o vereador Joel Fernandes, o chefe de gabinete Márcio Higino, o coordenador de cultura e maestro João Omar, além de parte do elenco do filme e o diretor e cineasta Daniel Silva, diretor de imagens Júlio César e diretor executivo Wal Cordeiro.

Assista aqui o teaser oficial de “O valor de um sonho”.

Fotos: SECOM/PMVC

últimas gravações do filme O Valor de um sonho em Conquista

O filme está em sua fase final de gravações em Vitória da Conquista. Agora em fevereiro começa a pós produção. Confira o trailler!

Wal Cordeiro comenta sobre o desafio de gravar um filme na terra de Glauber Rocha

Making Off do filme O Valor de Um Sonho

Veja os melhores momentos das gravações do filme na estação rodoviária de Vitória da Conquista.

Bastidores do filme “O Valor de um Sonho”

O filme está sendo gravado em Piatã (Chapada Diamantina) e Vitória da Conquista-BA, a mesma cidade de Glauber Rocha. O maior cineasta que o Brasil já conheceu. Assista um pouco dos bastidores:

Comissão aprova processo de anistia política do cineasta Glauber Rocha

  A Comissão de Anistia do Ministério da Justiça aprovou, por unanimidade, o processo de anistia política do cineasta Glauber Rocha. Na sessão aberta ao público, na tarde desta quarta-feira (26), no Teatro Vila Velha, em Salvador, ficou definido também que a viúva do baiano, Paula Gaitán, receberá indenização de R$ 2 mil por mês, além dos R$ 234,6 mil, valor retroativo a 2001, quando foi criada a comissão.

Durante o julgamento do processo, a conselheira relatora, Luciana Garcia, fez a leitura do relatório que apontava as principais causas para a concessão da anistia. Entre os motivos citados estavam as perseguições e prisões sofridas por Glauber Rocha no período da ditadura militar, levando-o ao exílio e à censura de suas obras. :: LEIA MAIS »

Julgamento da anistia de Glauber Rocha será nesta quarta

A Tarde On Line

O julgamento do processo de anistia do cineasta baiano Glauber Rocha será realizado na tarde desta quarta-feira, 26, no Teatro Vila Velha, pela Comissão de Anistia do Ministério da Justiça. O caso será apreciado por uma comissão composta por 24 conselheiros, entre representantes do governo e da sociedade civil.

O processo foi iniciado pela filha do cineasta, Paloma Rocha, em 2006, e solicita à Comissão a concessão de anistia ao cineasta baiano, falecido há 29 anos. Segundo os autos, Glauber Rocha foi alvo de perseguição e censura por causa da criação de seus filmes, na década de 60.

De acordo com a assessoria de imprensa da Comissão, o reconhecimento da anistia e o pagamento de indenização aos familiares do baiano serão decididos hoje. O processo será avaliado no palco principal do Teatro Vila Velha, a partir das 15h, e será aberto ao público. Quem quiser participar deve ir ao local a partir das 14 horas, quando começará a distribuição de senhas. Está prevista ainda a realização de um ato pelo Bando de Teatro Olodum, que faz parte do Vila Velha. :: LEIA MAIS »

Processo de anistia de Glauber Rocha será julgado em Salvador

O Teatro Vila Velha será palco do ato simbólico das “Caravanas da Anistia”, que de forma gratuita e aberto ao público realiza sessões de apreciação de requerimentos de anistia política. A 37ª Caravana da Anistia julgará o processo do cineasta Glauber Rocha, nesta quarta-feira (26), às 15h e está sendo organizado em parceria com a Comissão da Anistia do Ministério da Justiça, Ministério da Cultura e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia.
A escolha do Vila Velha como palco da cerimônia foi uma decisão da Comissão de Anistia, já que o Teatro foi sede da Anistia Internacional, além de ter sido a casa de artistas “glauberianos” como Mário Gusmão, Sônia dos Humildes, Carlos Petrovicht e Othon Bastos; os três últimos trabalharam em “Deus e o Diabo na Terra do Sol” (1964), um dos filmes mais emblemáticos de Glauber Rocha.
:: LEIA MAIS »

Cineasta Glauber Rocha será declarado anistiado político

 Comissão de Anistia do Ministério da Justiça deverá declarar o cineasta Glauber Rocha anistiado político, no próximo dia 26 de maio, em Salvador (BA). A comissão reconhecerá que Glauber sofreu censura e perseguição em sua produção criativa durante a ditadura militar (1964-1985). O cineasta morreu em 1981.

Segundo Paulo Abrão, presidente da comissão, ainda não está decidido se a família do cineasta terá direito a indenização. O processo de anistia foi iniciado pela filha do cineasta, Paloma Rocha, em 17 de maio de 2006.
Para a declaração da anistia de Glauber Rocha está prevista a realização de um ato, aos moldes da recente concessão de anistia do dramaturgo José Celso Martinez Corrêa, em 7 de abril. Zé Celso tem direito a pensão mensal vitalícia no valor de R$ 5 mil e mais R$ 569 mil retroativos. O evento será organizado pela Comissão da Anistia, o Ministério da Cultura e a Secretaria de Cultura da Bahia.
Segundo o Ministério da Justiça, até hoje foram julgados 55 mil requerimentos de anistia política. Em 14 mil casos houve algum tipo de reparação econômica e em 22,5 mil processos houve apenas o pedido oficial de desculpas do Estado. Dezoito mil pedidos de anistia foram negados.
:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia