WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  


:: ‘assassino’

Polícia apreende menor que matou o próprio pai em Livramento

L12

Menor seria portador de transtorno mental e já vinha sendo atendido pelo CAPS.

Um menor de 16 anos, acusado de matar o próprio pai, se encontra apreendido em poder da Polícia Civil de Livramento de Nossa Senhora, Sudoeste da Bahia. O ato infracional aconteceu na madrugada da última segunda-feira (28), por volta das 00h:30min, na localidade da Lagoa do Espero, zona rural do município.

Valter José de Oliveira, de 44 anos de idade, foi assassinado com golpes de machado. O infrator, além disso, ainda tentou contra a vida da sua mãe, Maria Clarice de Jesus Oliveira, de 38 anos de idade, que também foi agredida com golpes de machado. Clarice foi socorrida e levada imediatamente ao Hospital Municipal, onde atendida por uma equipe médica e, sengundo informações, passa bem.

:: LEIA MAIS »

Para o Ministério Público não há mais dúvida de que Mizael é o responsável pela morte de Mércia Nakashima

do G1

Promotor Rodrigo Merli disse só faltar definir quem é mandante e executor. Para Promotoria e polícia, Mizael é considerado foragido; Evandro foi preso.

 

O ex-namorado de Mércia Nakashima, o advogado e policial militar aposentado Mizael Bispo de Souza, e o vigilante Evandro Bezerra Silva serão denunciados pelo Ministério Público à Justiça pelo assassinato da advogada, informou à reportagem este sábado (10) o promotor Rodrigo Merli Antunes. De acordo com ele, isso será feito após a conclusão do inquérito da Polícia Civil sobre o caso e será remetido à Promotoria, provavelmente, com o indiciamento dos dois suspeitos.
Mizael é apontado pelo vigilante Evandro Bezerra Silva como o assassino da advogada Mércia Nakashima, ex-namorada dele. O motivo do crime seria ciúmes. O suspeito não teria aceitado o fim do relacionamento de quatro anos com a mulher.

Para a Promotoria, a investigação feita pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) já apresentou indícios suficientes para indiciar Mizael e Evandro pela morte de Mércia. Ainda, segundo o promotor Merli Antunes, os suspeitos serão acusados pelos crimes de homicídio qualificado (pela motivação torpe, que seria a intolerância de Mizael com o fim do relacionamento), ocultação de cadáver (a advogada foi jogada ferida dentro do seu próprio carro dentro de uma represa) e sequestro (ela teria sido forçada a ir com os responsáveis pelo crime para Nazaré Paulista, no interior do estado, onde foi morta).“Independentemente da perícia [da Polícia Técnico-Científica, que falta apresentar os laudos da causa da morte de Mércia e o que foi achado no veículo dela], já tenho requisitos. Provavelmente devo fazer a denúncia dos dois assim que a polícia concluir o inquérito. O envolvimento dos dois parece bem evidente”, disse Merli Antunes.

Para o promotor, o crime cometido contra Mércia é hediondo. “Só falta definir quem fez o quê”, disse Antunes. Evandro foi preso na sexta-feira (9) em Sergipe. Mizael teve a prisão decretada neste sábado pela Justiça de Guarulhos, na Grande São Paulo. Apesar disso, ele se encontra foragido, segundo a Promotoria e a Polícia Civil.

O pedido de prisão foi feito pelo delegado Antonio de Olim, do DHPP, após ouvir o depoimento de Evandro em Sergipe. Na versão do vigia, Mizael matou Mércia numa represa em Nazaré Paulista e ele foi buscar o advogado de carro no local. O ex nega o crime.

“O que tínhamos era o contrário. Pelas investigações era Mizael o mandante e Evandro o executor. Na minha avaliação, Evandro está querendo se eximir de uma responsabilidade que ele tenha”, disse o promotor do caso, que espera o resultado da apuração sobre a possível participação de um dos irmãos de Mizael no crime. “Ele teria dado apoio aos dois suspeitos.”

Evandro, capturado em Sergipe, teria sido o executor de Mércia sob mando de Mizael 

O Ministério Público também pretende aguardar a conclusão dos laudos do Instituto Médico Legal (IML), sobre a causa da morte de Mércia, e do Instituto de Criminalística (IC), a respeito do que foi encontrado no veículo dela.

“Dependendo das perícias, é possível qualificar o homicídio por asfixia [se a vítima morreu mesmo afogada] ou tortura [ela teria sido agredida]”, disse Antunes.

A advogada havia deixado a casa dos avós em Guarulhos e desapareceu sem dar mais notícias em 23 de maio. Foi ainda na mesma represa que o carro da advogada, um Honda Fit prata, foi localizado submerso no dia 10 de junho após a denúncia feita por um pescador. O corpo da vítima foi encontrado em 11 de junho pelos bombeiros.

De acordo com peritos Mércia teria apanhado do agressor, foi baleada de raspão no rosto, teria desmaiado e morrido afogada. A testemunha contou à polícia que viu um homem alto não identificado sair do veículo e escutou gritos de mulher antes de o automóvel afundar.

Uma testemunha chegou a dizer à polícia de SP que o segurança Evandro também teria recebido R$ 5 mil de Mizael para fazer uma “coisa errada”. Para a investigação, essa “coisa errada” seria ajudar a matar Mércia. “Também vamos apurar se o crime envolveu pagamento de dinheiro, o que aumentaria as qualificadoras contra os dois”, disse o promotor.

Foragido

 Para o Ministério Público e a Polícia Civil de São Paulo, Mizael já é considerado foragido da Justiça por ainda não ter se apresentado aos policiais que foram neste sábado à sua casa, em Guarulhos, para cumprir o mandado de prisão contra ele. “Se foram até a casa dele, e advogado dele disse que ele não vai se apresentar, pode ser considerado foragido, sim”, disse o promotor Merli Antunes.

Apesar de Mizael ter sido orientado por Haddad Júnior para não se apresentar à polícia, o defensor discorda da versão policial de que seu cliente seja considerado foragido. “Não se pode dizer que o Mizael é foragido porque ele tem direito a recurso. Está em lugar ignorado. Não vou orientá-lo a fugir. Ele não vai fugir. Não vai sair do Brasil”, disse Haddad Júnior, que considerou “injusta” a decretação da prisão.

O advogado de Mizael afirmou ao G1 que vai entrar com um pedido para revogação da decisão judicial na segunda-feira (12). Se o recurso for desfavorável, o defensor promete ainda entrar com um habeas corpus em favor de Mizael no Tribunal de Justiça de SP. “Somente depois de esgotar todos os recursos, o Mizael vai se apresentar porque também não vou querer que ele se torne foragido”, disse Haddad Júnior.

Prisão decretada

 Caso Mizael seja preso, ele deverá ser levado para o presídio Romão Gomes, da Polícia Militar em SP, pelo fato de ser policial militar aposentado. Em outras oportunidades, o ex sempre negou o crime.

O segurança Evandro já estava preso por suspeita de envolvimento com o crime. Ele foi detido na sexta após ficar foragido desde o dia 25 de junho, quando também teve a prisão temporária por 30 dias determinada pela Justiça por faltar a um depoimento no DHPP na capital paulista.

Para a investigação, além de Mizael e Evandro, o irmão do advogado também estaria envolvido no homicídio. Ele ligou 27 vezes para o vigilante num período próximo ao sumiço de Mércia.

O delegado Antonio de Olim e um investigador do DHPP, que viajaram na sexta de São Paulo para Sergipe para ouvir Evandro, devem retornar na noite deste sábado com o vigilante preso. O objetivo dos policiais de SP é ouvi-lo novamente.

No dia em que Mércia sumiu, testemunhas disseram ter visto Bispo conversar com um vigilante Evandro, que trabalhava num posto de gasolina em Guarulhos. A Polícia Civil de Sergipe informou que o vigilante confirmou que trabalhava para o ex-namorado de Mércia e que mantinha contatos com o Mizael pois trabalhava para ele como segurança.

Ainda, de acordo com a investigação do DHPP, a quebra de sigilos telefônicos dos suspeitos autorizada pela Justiça revelou que Evandro conversou diversas vezes com Mizael, pessoalmente e por telefone, antes, durante e depois do desaparecimento e morte de Mércia.

“O Evandro participou. Veja o que nós temos aí. Eles se encontravam, né? Se encontraram muito antes do crime. E se encontraram no dia do crime, se encontraram um dia antes do crime. Quer dizer: tem muitas coincidências, muitas ligações [telefônicas], muitas coisas que unem os dois nos dias dos fatos”, disse o delegado Antonio de Olim, do DHPP.

Ex-cantor do É o Tchan! que matou PM em boate erótica de Salvador vai responder em liberdade

do Correio*

Imagens registradas pelo circuito interno do local já estão com a polícia

“Klebinho” já cantou no É o Tchan, entre 2009 e 2010, sendo substituido por Beto Jamaica no início deste ano A carreira do cantor de pagode e axé Kléber de Jesus Menezes, o Klebinho, estourou junto com o pipoco da pistola do sargento da Polícia Militar Gepson Araújo Franco, da 47ª Companhia Independente (Centro Administrativo da Bahia). O palco foi a boate de strip-tease Eros, na Pituba. Por volta das 4h30 da madrugada deste domingo, o pagodeiro e o policial se engalfinharam depois que o sargento mexeu com a namorada de Kléber.

 Em depoimento ontem na 16ª Delegacia, na Pituba, Kléber alegou que o disparo foi acidental. Na briga, contou ele, a arma de Gepson disparou e atingiu o peito do próprio PM, que morreu na hora. Por não ter sido preso em flagrante, Kléber vai responder pelo crime em liberdade.

  :: LEIA MAIS »

México decreta prisão de produtor americano pela morte de brasileira

da Reuters

O americano Bruce Beresford-Redman, produtor do programa de TV ‘Survivor’, era o principal suspeito do assassinato da carioca Mônica Burgos.

 

Bruce Beresford-Redman e Monica em foto de álbum de família

 A Justiça mexicana anunciou nesta segunda-feira (31) ter emitido um mandado de prisão contra o produtor de TV norte-americano Bruce Beresford-Redman pelo assassinato de sua esposa, a brasileira Mônica Burgos, na cidade de Cancún.

 O corpo de Mônica, com quem Bruce tinha dois filhos, foi encontrado em uma caixa d’água próxima ao hotel de luxo Moon Palace, no qual o casal e as crianças estavam hospedados.

  :: LEIA MAIS »

Australiana é morta após ser atraída para falso emprego pelo Facebook

BBC

Uma jovem australiana foi encontrada morta dois dias depois de ter partido para uma viagem com um homem que conheceu no Facebook e que a convidou para resgatar animais feridos, em um caso que chocou o país.

O corpo de Nona Belemosoff, de 18 anos, foi encontrado em um riacho.

A polícia disse que Christopher James Dannevig, de 20 anos, tinha criado um perfil falso no Facebook no qual dizia ser um defensor de animais.

menina morta bbcCorpo de Nona Belemsoff foi encontrado em riacho, na Austrália (Foto: Divulgação )

Ele teria atraído Nona com a perspectiva de lhe oferecer um emprego e a convidou para uma expedição em busca de animais feridos em um cerrado ao sul de Sydney.

Dannevig foi indiciado por assassinato.

“Nona disse que, se não viajasse perderia o emprego, que era seu sonho”, disse seu irmão, Gary.

Milhares de pessoas colocaram mensagens na página de Nona no Facebook após a notícia de sua morte.

A polícia alertou para os perigos representados pelas redes sociais na internet. :: LEIA MAIS »

Vítima de assalto mata ladrão e é considerado assassino pela justiça

Polícia investiga se assassino de Luziânia cometeu crimes na Bahia

A Polícia Civil de Goiás está fazendo um levantamento de possíveis crimes cometidos pelo pedreiro Adimar Jesus da Silva, 40 anos, na Bahia. Segundo o delegado Josemar Vaz de Oliveira, chefe do Departamento de Polícia Judiciária de Goiás, ele morou em Serra Dourada (BA). A investigação pretende identificar o período em que ele ficou na cidade baiana e se há casos de crianças e jovens desaparecidos na região.

 O pedreiro está preso desde sábado (10), quando confessou ter matado seis jovens que estavam desaparecidos desde dezembro de 2009. Ele ainda indicou à polícia onde os corpos das vítimas estavam escondidos.

 “Ainda temos informações muito preliminares, principalmente sobre o período em que ele ficou na Bahia. Vamos enviar uma equipe para a cidade onde ele morou para fazermos uma pesquisa profunda sobre casos de desaparecimentos, homicídios e de crimes sexuais que tenham a mesma características dos ocorridos em Luziânia”, disse o delegado Juraci José Pereira.

Ele pediu à Justiça a prorrogação da prisão do pedreiro por mais um mês. Nesta terça-feira (13), os policiais voltaram ao local onde os corpos foram achados para fazer uma varredura, mas não encontraram nada. Eles procuravam por possíveis  vítimas do pedreiro.  :: LEIA MAIS »

Preso suspeito de matar padre e ex-seminarista em Volta Redonda

Com ele foram aprendidos pertences roubados da casa do padre.
Segundo a polícia, um comparsa já foi identificado e está sendo procurado.
A polícia prendeu nesta quarta-feira (17), um homem suspeito de matar o padre Dejair Gonçalves de Almeida e o ex-seminarista Epaminondas Marques da Silva, no domingo (14),e m Volta Redonda, Sul Fluminense.
Policiais civis da 93ª DP (Volta Redonda) localizaram o acusado do crime na casa de parentes, no bairro de Água Limpa, também em Volta Redonda. Quintiliano da Silva é conhecido como Bruninho G3 e tem 19 anos.
Com ele foram aprendidos um laptop, e um aparelho de DVD roubados da casa do padre. Segundo o delegado, Alexandre Leite, também foram encontradas roupas ainda manchadas do sangue das vítimas, que teriam sido usadas no crime. :: LEIA MAIS »

Polícia civil prende homem suspeito de ter matado o estudante Christiano

A polícia civil desvendou o caso e a motivação do crime, após analisar as filmagens da entrada do IFBA

A equipe de investigadores da 2ª DP, sob o comando do Delegado Dr. Neuberto Costa, elucidou na segunda-feira (08), o homicídio que teve como vítima o estudante Christiano Ferreira Lopes Santos de 19 anos de idade, assassinado no ultimo dia 04, cujo corpo foi encontrado no dia 05, próximo ao aterro sanitário da cidade, com sinais de violência, por estrangulamento e lesões perfuro-contudentes na região do pescoço.

A polícia civil desvendou o caso e a motivação do crime, após analisar as filmagens da entrada do IFBA onde a vitima estudava, através das imagens foi possível visualizar um veículo CELTA preto pegando a vítima no local antes do homicídio, a polícia civil conseguiu chegar ao condutor do referido veículo, GETÚLIO DE OLIVEIRA SANTOS JUNIOR, de 25 anos, amigo da vítima, o qual foi preso, em cumprimento a um mandado de prisão temporária representado pela Polícia civil e decretado pela Justiça.
:: LEIA MAIS »

Serial killer da Grande BH é pintor e pai de cinco filhos, diz polícia

O Globo

BELO HORIZONTE – A polícia de Minas Gerais informou que o homem preso nesta quarta-feira é mesmo o acusado de ter estuprado e matado cinco mulheres na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Testes de DNA confirmaram a autoria dos crimes. Ele foi identificado como Marcos Antunes Trigueiro, de 32 anos, um pintor de 1,86m, olhos esverdeados. Ele se casou por três vezes e é pai de cinco filhos. Chegou a ser preso por furto, mas fugiu da cadeia e é considerado foragido.

 A policia chegou até Trigueiro rastreando o celular de cinco mulheres mortas. Quatro aparelhos estavam com o suspeito e um com a mulher dele, que também foi presa. Segundo a polícia, exames confirmaram que o DNA confere com o material genético encontrado no corpo das vítimas. Trigueiro passou a noite isolado em uma cela do Departamento de Investigações, no bairro Lagoinha, na capital. Ele foi preso no bairro Lindéia, próximo à região onde moravam as mulheres assassinadas, e está baleado no abdômen. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia