WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


março 2020
D S T Q Q S S
« fev    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  


:: ‘senador’

Emendas da bancada da Bahia devem sofrer corte de 30 a 40 %, acredita Walter Pinheiro

Assessoria Parlamentar

“Vamos batalhar para sua aprovação. Mas eu acredito que haja um corte de 30 a 40%, ou seja, que a gente tenha para a Bahia algo em torno de R$ 600 milhões ou mais, a depender da expectativa de receita”, foi o que afirmou o deputado e senador eleito Walter Pinheiro (PT-BA) sobre o volume de R$ 1,098 bilhão definido pela bancada baiana para apresentar ao Orçamento da União (OGU-2011) como pleito para o Estado.

Reunida ontem (24) no Congresso Nacional, a bancada da Bahia, formada pelos 39 deputados federais e os três senadores, apresentaram 21 emendas ao Orçamento da União nas áreas de infraestrutura, saúde, educação, segurança pública, agricultura, esporte e turismo.

:: LEIA MAIS »

César Borges reclama da falta de investimentos em infraestrutura na Bahia e cita Vitória da Conquista

da Agência Senado

Após destacar que a Bahia detém o posto de 6ª economia entre os 27 estados brasileiros, o senador César Borges (PR-BA) reclamou da falta de investimentos em infraestrutura no estado, especialmente em aeroportos, portos, ferrovias e rodovias.

Dos 60 aeroportos existentes no estado, 20, segundo informou César Borges, encontram-se interditados. O Aeroporto Luiz Eduardo Magalhães, de Salvador – que está entre os maiores do país e é o 5º em movimento – foi ampliado com recursos estaduais pelo Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur), em parceria com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária, mas a ampliação, disse o senador, foi insuficiente para atender a demanda, hoje em 7 milhões de passageiros. Ele citou reportagem do jornal A Tarde, segundo a qual o aeroporto já se tornou “o maior gargalo para a Copa de 2014?, da qual Salvador será subsede.

:: LEIA MAIS »

Senado homenageia igreja batista de Brasília

O Senado realizou ontem sessão especial em homenagem à Igreja Memorial Batista de Brasília, pela passagem dos 50 anos de sua fundação na capital ¿ considerando a data oficial, já que os primeiros missionários chegaram à cidade em fins de 1956.

Marconi Perillo (PSDB-GO), autor do requerimento propondo o ato solene, também presidiu os trabalhos. Ao saudar os batistas brasileiros, ele destacou as ações dos membros da igreja local, tanto na propagação do Evangelho como no resgate social de famílias da capital federal e do Entorno.

”A igreja homenageada é resultado da vontade de semear a palavra e arrebanhar ovelhas para o caminho do Senhor. O trabalho na capital federal tem frutificado de diversas formas e em múltiplas direções, como uma mão que se estende ao próximo em solidariedade” afirmou Marconi Perillo. :: LEIA MAIS »

César Borges reafirma apoio a Dilma

da Assessoria Parlamentar

O senador César Borges, junto com o deputado federal Geddel Vieira Lima (PMDB), o prefeito de Salvador, João Henrique (PMDB), o vice-governador Edmundo Pereira (PMDB) e o vice-prefeito, Edvaldo Brito (PTB), recepcionaram o presidente Lula, hoje (10), na base aérea de Salvador. Na ocasião, o grupo da coligação PMDB-PR – PTB reafirmou, com o presidente Lula, o apoio ao governo e à candidatura de Dilma Rousseff nas próximas eleições.

Na chegada, o presidente perguntou ao senador se ele participou das votações de ontem no Senado Federal. César Borges respondeu que esteve até as 3h da manhã votando nos assuntos de interesse do povo brasileiro.

Borges fez referência à Emenda Pedro Simon, que garante uma distribuição mais justa dos recursos dos royalties do petróleo, a criação do Fundo Social do Pré-Sal e também da capitalização da Petrobras. Nos três casos, o senador votou favoravelmente.

Ficha Limpa passa em definitivo na Câmara

Eugênia Lopes – O Estado de S.Paulo

Um acordo entre os líderes de todos os partidos permitiu ontem a derrubada de todos os destaques que desfiguravam o texto do projeto de lei que proíbe a candidatura de políticos condenados pela Justiça.

 Conhecida como “Ficha Limpa”, a proposta de iniciativa popular será agora votada pelos senadores. O projeto, porém, dificilmente terá validade nas eleições de outubro.

“Essa proposta requer o princípio da anualidade e, por isso, não vale para estas eleições”, afirmou o líder do governo na Câmara, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), após se reunir com lideranças e decidir derrubar todos os destaques que alteravam o texto aprovado na semana passada. Firmado acordo, partidos derrubaram as mudanças.

Os juristas estão divididos com relação ao início da validade da proposta. O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Ricardo Lewandowski, confidenciou ao líder Vaccarezza que a proibição da candidatura de políticos com ficha suja não poderá ser aplicada em outubro.

Na avaliação do ministro, as regras de inelegibilidade só terão validade em 2012, quando serão eleitos prefeitos e vereadores. Mas há setores da Justiça que defendem que o Ficha Limpa pode entrar em vigor este ano, se sancionado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva antes do início das convenções partidárias.

Pela proposta aprovada ontem, políticos condenados por órgãos colegiados ficarão inelegíveis por oito anos, depois de cumprirem a pena estabelecida pela Justiça. Pela legislação atual, eles perdem o direito de se candidatar oito anos após a condenação, sem incluir o prazo de cumprimento da pena.

:: LEIA MAIS »

Geddel Vieira Lima diz que César Borges é a voz da Bahia em Brasília

da Assessoria Parlamentar

O deputado Federal Geddel Veira Lima (PMDB) disse hoje (6) no Encontro Regional do PMDB, no município de Saúde, que César Borges é a voz mais ativa em defesa dos interesses da Bahia no Congresso e nas reivindicações junto ao governo federal. Borges e Geddel participaram também da cerimônia, na Câmara Municipal de Saúde, que concedeu a Afrísio Vieira Lima, pai do pré-candidato, e a Jaime Vieira Lima, tio, títulos de cidadãos.

“Eu vejo o senador César Borges tomar para si a responsabilidade de conseguir a melhoria das estradas baianas, de chamar a atenção do Governo Federal para o problema dos cacauicultores, que ainda sofrem com a crise provocada pela vassoura-de-brucha e pela desvalorização produto no mercado mundial”. Geddel citou ainda a luta do senador para resolver o problema dos portos que não mais atendem às necessidades do Estado da Bahia.

Na opinião de Geddel, essas bandeiras deveriam ser levantadas, em primeiro lugar, pelo governador estado. “O problema é que César Borges não encontra, no governador, um parceiro na defesa da Bahia. O governador parece estar dormindo enquanto as páginas dos jornais e das revistas exibem a situação de desgoverno em que o estado se encontra. É por isso que eu digo que César é a voz da Bahia em Brasília”, reiterou Geddel. :: LEIA MAIS »

Carro usado em ataque a senador do Paraguai é brasileiro, diz promotora

A promotora Lourdes Peña afirmou nesta terça-feira que o carro utilizado no atentado contra o senador liberal do Paraguai Robert Acevedo é de origem brasileira, com placa de São Paulo, e não há indícios de que foi roubado. Mais cedo, a imprensa paraguaia revelou que dois brasileiros foram detidos por envolvimento no crime e que há suspeita de que pertençam à facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital).

O senador, do Partido Liberal Radical Autêntico (PLRA), ficou ferido e não corre risco de morte. Ele é dono da rádio Amambay e várias vezes fez denúncias públicas contra a corrupção e a máfia do narcotráfico.

Daniel Figueredo/Reuters
Carro supostamente usado em ataque a senador no Paraguai; segundo promotora, veículo é brasileiro
Carro supostamente utilizado em ataque a senador liberal no Paraguai; segundo promotora, veículo é de fabricação brasileira

Segundo Peña, que concedeu entrevista à rádio 650 AM, o carro foi adquirido do Banco Itaú e não há nenhum pagamento pendente em seu registro. “O veículo é legal, segundo os dados preliminares que temos. Agora estamos verificando os dados com relação ao proprietário”.

A promotora explicou que a caminhonete, que foi incendiada, tem placa de São Paulo, cidade de atuação do PCC. A polícia encontrou ainda diversos cartuchos de bala de alto calibre dentro do veículo. :: LEIA MAIS »

Ataque a senador mata 2 em cidade na fronteira do Paraguai com o Brasil

ASSUNÇÃO – O Estado de S.Paulo

Ao menos duas pessoas morreram ontem no Paraguai após um atentado contra o senador Robert Acevedo, do Partido Liberal Radical Autêntico (PLRA), aliado do governo. A ação ocorreu em no centro da cidade Pedro Juan Caballero, a cerca de 550 quilômetros de Assunção, na fronteira com o Brasil, em uma região onde operam grupos narcotraficantes e a guerrilha Exército do Povo Paraguaio (EPP).

 Segundo a polícia local, Acevedo conduzia uma caminhonete quando foi abordado por motociclistas, que dispararam cerca de 40 vezes contra o carro, matando dois guarda-costas: Richard Martínez e Feliciano Alonso.

A rádio Ñandutí, de Assunção, informou que o senador está hospitalizado em estado grave um hospital de Pedro Juan Caballero. De acordo com fontes próximas ao congressista, Acevedo vinha recebido ameaças de morte por ter feito denúncias contra narcotraficantes na região.

:: LEIA MAIS »

SP: vice e vaga para senador emperram alianças de Mercadante

Na véspera do lançamento oficial da pré-candidatura do senador Aloizio Mercadante ao governo de São Paulo, o PT paulista ainda trabalha na montagem da chapa que será oferecida ao eleitor. Além de Mercadante, o partido definiu até agora o nome de Marta Suplicy para uma das duas vagas ao Senado. A outra, além da escolha do vice de Mercadante, deve ocorrer no mês de maio. De acordo com o prefeito de Osasco, Emídio de Souza, escalado para coordenar a campanha petista, “o quadro em São Paulo ainda está conturbado, ainda que pareça tranquilo”.

Ele diz que cinco partidos estão confirmados na aliança com o PT: PDT, PR, PRB e PPL e PTdoB. O partido ainda busca uma aliança com o PSB, que por enquanto mantém a ideia de candidatura própria com o presidente da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), Paulo Skaf. Caso esse quadro se mantenha, o PDT deve indicar o nome do vice. A segunda vaga para a disputa do Senado está entre Gabriel Chalita (PSB) e Netinho de Paula (PCdoB), que ainda não fecharam com os petistas. Partidos como PTN, PCdoB, PSL, PHS, PSC, e PSDC, também poderão integrar a chapa. :: LEIA MAIS »

Bahia: Existência de três candidatos ao Senado no PT levará a prévias

Deu na coluna Raio Laser, da Tribuna: “O movimento do governador Jaques Wagner (PT) na direção do deputado federal Walter Pinheiro (PT) como opção para integrar a chapa com que pretende concorrer à reeleição abriu uma verdadeira guerra no partido, onde o deputado federal Nelson Pellegrino já se declara pré-candidato ao Senado e o grupo que vinha dando força à pré-candidatura do ex-governador Waldir Pires ao mesmo cargo se animou todo, diante da perspectiva de a legenda ser obrigada a fazer prévias para escolher um dos três. “No PT, é assim. Quando tem mais de um candidato para um cargo, a solução é fazer prévias. Só que dessa vez as prévias serão rápidas”, diz uma fonte da legenda à coluna Raio Laser, prevendo, entretanto, uma guerra interna fortíssima pela indicação do posto. :: LEIA MAIS »

EXCLUSIVO: Escolha entre Waldir e Pinheiro é outro motivo para Wagner evitar mais um petista na chapa

Wagner não quer escolher Waldir (foto) em detrimento de Pinheiro e vice-versa

Além de avaliar que dois nomes do PT em sua chapa pode não levar ao resultado eleitoralmente esperado, o governador Jaques Wagner terá outro pepino a descascar se optar por uma solução doméstica do ponto de vista partidário para resolver a lacuna aberta com a adesão do senador César Borges (PR) ao candidato do PMDB a governador, Geddel Vieira Lima:  a escolha entre o ex-governador Waldir Pires e o deputado federal Walter Pinheiro.

 “Por que Wagner vai escolher Walter e não Waldir? Por que um é melhor do que o outro?”, pergunta, assim, cheio de razão, um importante quadro petista ao Política Livre. Este, em sua avaliação, é mais um motivo para que Wagner exclua a opção de um novo petista como companheiro de disputa, concentrando-se em escolher para as outras três posições da chapa nomes de… :: LEIA MAIS »

Lobista confessa: “Fui laranja do Jucá”

Ex-dono da firma que controla a TV Caburaí, retransmissora da Bandeirantes em Roraima, o lobista Geraldo Magela Fernandes da Rocha titubeia no início, mas confirma. Era apenas um laranja do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR). Em entrevista ao Congresso em Foco, Magela confirma que o verdadeiro dono da TV Caburaí é Romero Jucá, uma situação que contraria a Constituição. De acordo com o artigo 54, deputados e senadores não podem ser “proprietários, controladores ou diretores” de empresas que sejam concessionárias de serviço público, caso das emissoras de rádio e TV. :: LEIA MAIS »

STF investiga senador Efraim por desvio e fraude

Reportagem do jornal O Estado de S. Paulo de hoje (12) revela que o senador Efraim Morais (DEM-PB) está sendo investigado no Supremo Tribunal Federal (STF) por desvio de recursos públicos e fraudes em licitações. De acordo com a Procuradoria Geral da República, há indícios de que Efraim repassou dinheiro do Senado a empresas de comunicação da Paraíba sem realizar licitação em troca da publicação de notícias favoráveis a ele.

O relator do inquérito, ministro Carlos Ayres Britto, solicitou diligências à Polícia Federal. O ex-primeiro secretário do Senado é suspeito de ter cometido crime contra a Lei de Licitações e de ter desviado ou se apropriado de recursos públicos em proveito próprio (peculato).  :: LEIA MAIS »

Outros senadores no censo da alegria do Interlegis

Além de contratar parentes de dois senadores e do então diretor-geral do Senado, o I Censo do Interlegis também recrutou pesquisadores por meio da indicação de outros oito gabinetes do Senado para o levantamento realizado em 2005. Os senadores e ex-senadores que puderam indicar recenseadores entre funcionários e ex-servidores comissionados para a pesquisa nas câmaras municipais nos seus estados foram: Tião Viana (PT-AC), Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR), Leomar Quintanilha (PMDB-TO), Alvaro Dias (PSDB-PR), Osmar Dias (PDT-PR), Paulo Paim (PT-RS), Aelton Freitas (PR-MG) e Ana Júlia Carepa (PT-PA). :: LEIA MAIS »

Senador ACM Júnior e Deputado Federal ACM Neto conclamam deputados para defenderem a construção do novo aeroporto de Conquista

Blog do Anderson

Uma comitiva liderada pelo senador ACM Júnior e deputado federal ACM Neto esteve na manhã desta sexta-feira (5), em Vitória da Conquista, para falar sobre a emenda parlamentar ao Orçamento Geral da União para o ano de 2010, de autoria do senador, que libera R$ 40 milhões para o início da construção do novo aeroporto na cidade.

Depois do carnaval, deve ser marcada uma audiência, em Brasília, com o ministro da Defesa, Nelson Jobim, para agilizar o processo. Os dois democratas afirmaram que o trabalho para a viabilização do projeto deve ser suprapartidário, ou seja, tem que envolver todos os partidos políticos. “Vamos convidar o prefeito de Conquista, o governador Jaques Wagner e todos os deputados federais da Bahia para participarem da reunião com o ministro da Defesa”, informou ACM Júnior.

De acordo com ACM Neto, a reforma do atual aeroporto é uma forma de “jogar dinheiro fora”. O deputado disse que a construção de um novo aeroporto é elemento fundamental para o crescimento da região. Ele afirmou ainda que o montante de R$ 40 milhões dá para fazer o projeto, adquirir o terreno e começar as obras. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia