WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


julho 2020
D S T Q Q S S
« jun    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  


:: ‘rede globo’

Ator da Globo lança livro em Anagé

Wolmar Carregozi | Acessemed

Antônio Calloni, o intérprete do Vicente, da novela global “Escrito nas Estrelas”, lança livro em Anagé-BA Nesta quinta-feira (28), o ator e escritor Antônio Calloni (foto), estará lançando seu sexto livro na Barraca Produções Artísticas, que fica na avenida Tiradentes, Centro, na cidade de Anagé-BA.

 A escolha da cidade tem uma razão muito especial, pois, é de lá a Editora Casarão do Verbo, responsável pela produção da obra.

 O livro intitulado Escrevinhações de Samuel, o eterno (impressões, fragmentos, tormentos e alguma poesia), estará nas livrarias no final deste mês. São escritos que misturam prosa e poesia.

  :: LEIA MAIS »

TV Globo justifica deslize de William Waack durante telejornal

do OFuxico

Na última quinta-feira (26), durante uma reportagem no Jornal da Globo sobre a quebra ilegal do sigilo fiscal de pessoas ligadas a José Serra, candidato à Presidência à República, William Waack cometeu um deslize. A voz do jornalista, pedindo que alguém calasse a boca, sobrepôs a entrevista com a candidata do PT, Dilma Rousseff, que estava no ar.

Diante do mal-estar gerado – já que a edição deu a entender que o jornalista criticava o comentário da candidata – a Rede Globo enviou um comunicado à imprensa explicando que, ocasionalmente, as conversas na redação se avolumam e o som prejudica a concentração dos apresentadores. E foi por estar incomodado com o barulho no estúdio que Waack teria pedido: “manda calar a boca!” :: LEIA MAIS »

Mãe de Joanna pede a testemunhas que liguem para Disque-Denúncia

do G1

Ela deu entrevista no programa Ana Maria Braga nesta manhã. Delegado responsável pelo caso classifica investigação como ‘dificílima’.

A mãe da menina Joanna Cardoso Marcenal Marins, de 5 anos, Cristiane Marcenal, fez um apelo, na manhã desta terça-feira (17), às testemunhas do caso, para que liguem para o Disque-Denúncia, a fim de ajudarem a esclarecer o caso da morte da menina. Cristiane, que é médica cardiologista, deu entrevista ao programa Mais Você da apresentadora Ana Maria Braga.

“Todas as pessoas que estiveram com ela no período em que eu não a vi, se viram qualquer coisa, alguma testemunha se ela se machucou, que por favor denunciem, tem o Disque-Denúncia”, pediu ela.

Joanna passou quase um mês em coma e morreu no início da noite de sexta-feira (13). Desde o nascimento da menina, os pais brigaram na Justiça para ficar com a filha. O pai, o funcionário público André Marins, estava com a guarda desde maio.O padrasto de Joanna, Ricardo Ferraz, acompanhou a mulher no programa. Cristiane voltou a afirmar que a menina nunca teve convulsões, como o pai afirma.

Segundo ela, nenhum dos três hospitais pelos quais a menina passou registrou os ferimentos no corpo de Joanna. Cristiane viu as lesões quando a filha já estava em coma. “Só quando eu fui vesti-la é que vi que ela estava machucada”, disse. A reportagem telefonou para o advogado Luis Guilherme Vieira, que representa André, mas não obteve retorno. :: LEIA MAIS »

Morre aos 50 anos no Rio ator e diretor de teatro Fábio Pillar

do OFuxico

O ator e diretor teatral Fábio Pillar morreu na madrugada desta quarta-feira (14) no Hospital Badim, no Rio, segundo confirmou a assessoria de imprensa do hospital.

A pedido da família, a causa da morte do artista não está sendo divulgada, nem mesmo se ele estava internado há muito tempo. A única informação certa é que o enterro será ainda nesta quarta (14) no Cemitério São João Batista, em Botafogo, no Rio.

Na TV, Pillar teve papéis nas novelas Pátria Minha, Top Model, Baila Comigo e Bebê a Bordo e no humorístico global Zorra Total. Ele também atuou no teatro em espetáculos como Quem tem medo de Kurt Weill?, Quatro Adultérios e Nenhum Funeral e Você Tem Que Me Dar Seu Coração. Como diretor, trabalhou nas peças Eu sou o Samba, Rádio Nacional e Teatro Musical Brasileiro.

No Twitter, autora Glória Perez manifesta indignação com o goleiro Bruno

do OFuxico

Sempre antenada no noticário, Glória Perez não escondeu sua revolta em mais um caso policial de crime hediondo. A novelista – que acompanhou de perto o caso Isabella Nardoni – não esconde a revolta em relação ao assassinato brutal de Eliza Samudio.

Em sua página no Twitter, ela mostrou indgnação ao saber que o goleiro Bruno, do Flamengo – ex-namorado da vítima e mentor do crime -, passou a noite de quarta-feira (7) na Delegacia de Homicídios na Zona Oeste do Rio, conversando com policiais sobre futebol.

“Bruno está preocupado com a Copa de 2014! Socorroooo! Se condenado no Rio por crime de sequestro, quando julgado em Belo Horizonte pelo desaparecimento de Elisa Bruno, não será mais primário!”

O crime fez com que Glória relembrasse o assassinato de sua filha, Daniella Perez, morta a tesouradas por Guilherme de Pádua, que contracenava com ela na novela De Corpo e Alma, e Paula Thomaz, mulher dele na época. E comparou a frieza de Pádua com a de Bruno. :: LEIA MAIS »

Galvão Bueno e a fúria do Twitter

da Revista Veja

O locutor esportivo mais conhecido do Brasil foi alvo da campanha “Cala boca Galvão” no Twitter, que mostrou até onde a rede de 140 caracteres pode levar um assunto: o mundo

 Ferir com palavras, pondo para circular histórias falsas com o objetivo de irritar ou destruir alguém, é uma prática tão antiga quanto a história humana. A humanidade viajava ainda à velocidade de 16 quilômetros por hora das carroças, mas as notícias ruins e fofocas já pareciam ter asas. As línguas de trapo mal esperavam o conquistador romano Júlio César, talvez o mais celebrado general e estadista de todos os tempos, sair de Roma para começar seu trabalho de intriga e destruição. Conforme registrou o historiador Gaius Suetonius Tranquillus, morto por volta do ano 122 da era cristã, o patriciado “punha para circular histórias” dando conta de que César arrancava todos os pelos do corpo com pinças e era chamado de “marido de todas as esposas e esposa de todos os maridos”. Foi assim antes com gregos, macedônios e egípcios. As maledicências continuaram viajando mais rápido na Idade Média, durante e depois da Revolução Industrial. O que há de novo nesse campo? A internet. Se já voavam de ouvido em ouvido, as fofocas e falsidades ganharam o dom da instantaneidade com os milhões de computadores, celulares e tablets de todo o planeta interconectados por uma rede em que, pela primeira vez na história, todas as máquinas se comunicam na mesma linguagem, sem incompatibilidades nem fronteiras.

  :: LEIA MAIS »

Comediante da Praça é Nossa, Arnaud Rodrigues morre em naufrágio

IG São Paulo

O comediante e ator Arnaud Rodrigues, de 68 anos, morreu depois que a embarcação em que estava  virar e afundar no lago da Usina Hidrelétrica de Lajeado, na altura do km 26 da TO 10, entre o município de Lajeado e Palmas, no Tocantins.

Segundo o Corpo de Bombeiros, havia oito pessoas na embarcação, além do piloto, que está desaparecido.

A embarcação era particular. Equipes da Marinha e dos Bombeiros fazem buscas no local.

Rodrigues participou, entre outros, do programa “A Praça é Nossa”, do SBT – interpretava os personagens Coronel Totonho e o Povo Brasileiro.

Fez dupla com Chico Anysio em um quadro de sátira de Caetano Veloso e Gilberto Gil na Rede Globo. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia