WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


fevereiro 2020
D S T Q Q S S
« jan    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829


:: ‘nigéria’

União Africana freia execução de 870 condenados à morte na Nigéria

A União Africana (UA) ordenou o Governo da Nigéria a suspender a execução iminente de 870 presos condenados a morte no país, à espera de um pedido apresentado ao organismo por uma organização local de defesa dos direitos humanos. As informações são da agência EFE.

A Comissão de Direitos Humanos e Direitos dos Povos da UA, a pedido da organização nigeriana Serap (Programa para os Direitos Sociais e Econômicos e Prestação de Contas), pediu ao Governo de Abuja que mantenha a moratória que suspendeu as execuções em 2002.

A Serap, segundo um comunicado divulgado pelo grupo, alegou que a causa alegada pelo Governo para retomar as execuções, a pedido dos governadores dos estados federados nigerianos, é aliviar a congestão das prisões do país. :: LEIA MAIS »

Grécia faz história e vence pela primeira vez nas Copas

 

 

 

Gazeta Esportiva

Treinador mais velho na África do Sul-2010, o alemão Otto Rehhagel, de 71 anos, parece predestinado a alcançar feitos importantes pela Grécia. Há seis anos, o comandante levou o país ao inédito título da Eurocopa. Nesta quinta-feira, fez parte do time grego que venceu pela primeira vez em uma Copa do Mundo. A vítima: a Nigéria, derrotada de virada por 2 a 1, no estádio Free State, em Bloemfontein.Antes da partida, a Grécia nem sequer havia marcado um gol em Mundiais. Contudo, Salpingidis e Torosidis fizeram a torcida soltar o grito engasgado na garganta diante de um rival que atuou com um a menos desde a etapa inicial – pela expulsão de Kaita.

O resultado deixa a Argentina na liderança isolada do grupo B (seis pontos) e bem próxima da classificação para as oitavas de final. Os gregos estão com três ao lado da Coreia do Sul. A Nigéria segue sem pontuar. Todos os integrantes da chave permanecem com chances.

Na última rodada do grupo B, a Grécia decide seu futuro contra a Argentina, em Polokwane. Já a Nigéria encerra a participação na primeira fase diante da Coreia do Sul, em Durban. As partidas estão marcadas para o dia 22 (terça-feira).

JogoA Grécia iniciou o confronto sem demonstrar qualquer evolução em relação à derrota contra a Coreia do Sul. Sem criatividade no meio-campo, a campeã da Europa de 2004 parecia um bando desorganizado. O time do técnico Otto Rehhagel não fazia jus à vaga no Mundial. :: LEIA MAIS »

Missões: Cristãos nigerianos sofrem novo ataque

da Portas Abertas

Houve mais um ataque aos cristãos na Nigéria, dessa vez o ocorrido se deu no Estado de Kano. Agora, duas igrejas e a casa de um pastor foram destruídas.
Assim como no último incidente, ocorrido em maio, cerca de 100 jovens muçulmanos extremistas aproximaram-se das propriedades e da igreja, atacaram as pessoas que estavam ali e incendiaram as construções.
Felizmente dessa vez ninguém foi assassinado, entretanto, por causa do grande número de mortos do último ataque, pouco se tem falado na mídia sobre esse novo incidente. E também raramente a mídia trata desses ataques como perseguição religiosa, mas, sim, na maioria das vezes, como conflitos tribais.
A Nigéria está dividida pelo meio, tendo muçulmanos ao norte e cristãos ao sul, mas, apesar dos últimos ataques, nem toda a violência é cometida apenas por muçulmanos radicais contra cristãos evangélicos. Muitos cristãos nominais ou pessoas que se denominam “cristãos” apenas porque não são muçulmanas e são afetadas pelos conflitos têm atacado também as comunidades muçulmanas.
:: LEIA MAIS »

Envenenamento por chumbo mata 163 pessoas na Nigéria

UOL/Por Sahabi Yahaya

DARETA, Nigéria (Reuters) – Pelo menos 163 nigerianos morreram desde março, a maioria crianças, por causa do envenenamento por chumbo causado por garimpeiros clandestinos, disse uma fonte oficial nesta sexta-feira.

O epidemiologista chefe do Ministério da Saúde, Henry Akpan, disse à Reuters que já foram notificados 355 casos em seis localidades remotas do Estado de Zamfara, norte do país, e que 111 dos mortos eram crianças, muitas delas menores de cinco anos.

Segundo ele, há uma incidência excepcional de dores abdominais, vômitos, náuseas e eventualmente convulsões. “Essa gente esteve em torno da área onde estão escavando ouro. A taxa de mortalidade é de 46 por cento.”

A Nigéria pediu ajuda a entidades internacionais, como Organização Mundial da Saúde (OMS), Centro de Prevenção e Controle de Doenças dos Estados Unidos e o Instituto Blacksmith, de Nova York.

:: LEIA MAIS »

Missões: Grupo de jovens muçulmanos ataca igreja e casa pastoral

Nigéria – Grupos de jovens muçulmanos invadiram a propriedade de uma igreja em Kano, estado ao norte da Nigéria na quarta-feira, dia 19 de maio, destruindo dois templos e uma casa pastoral. Um dos edifícios e a casa pastoral foram incendiados no terreno da Igreja evangélica ganhando a todos (ECWA) em Kwasam, enquanto outro edifício era demolido. Cerca de 100 jovens atacaram as propriedades da igreja.
“O problema começou quando alguns jovens cristãos da ECWA se converteram ao islamismo”, conta o pastor Lado Abdul, diretor da congregação em Kano. “Eles juraram que a ECWA não permaneceria na área, e eles fariam o possível para expulsar os cristãos da região de Kiru”.
:: LEIA MAIS »

Após morte de líder, novo presidente assume na Nigéria

Agência Estado/ A Tarde

O presidente interino Goodluck Jonathan assumiu hoje a presidência da Nigéria, país mais populoso da África. O presidente Umaru YarAdua morreu ontem.
Jonathan ocupava o posto interinamente desde início de fevereiro. Ele prestou juramento nesta manhã em Abuja.
Umaru YarAdua tinha um longo histórico de problemas renais e recentemente passou a tratar de problemas cardíacos. A cerimônia fúnebre deve ocorrer nesta tarde em Katsina, Estado natal dele.
A morte de YarAdua ocorre menos de um ano antes das próximas eleições da Nigéria, país rico em petróleo que sofreu com vários golpes militares. Segundo a Constituição, Jonathan liderará o país até as novas eleições. Jonathan tornou-se o vice-presidente de YarAdua em 2007. Na época, observadores internacionais consideraram as eleições fraudulentas.

:: LEIA MAIS »

Missões: Jornalistas cristãos são assassinados

Nigéria – Os assassinatos de cristãos em Jos, Estado de Plateau, Nigéria, continuou durante o fim de semana com a morte de dois jornalistas e cinco civis.
Nathan S. Dabak, editor assistente de um jornal da Igreja de Cristo na Nigéria (COCIN), chamado The Light Bearer, e Sunday Gyang Bwede, repórter da publicação, foram esfaqueados no sábado, 24 de abril, em Gado-Bako, Norte de Jos.
“A equipe da Igreja foi assassinada a sangue frio por alguns jovens muçulmanos. Isso está claro porque eles usaram os celulares dos jornalistas e divulgando que foram eles quem cometeram o assassinato”, conta o pastor Pandang Yamsat, presidente da COCIN.
:: LEIA MAIS »

Missões: Cristãos realizam funeral para casal de pastores

NIGÉRIA – No dia 16 de abril de 2010 foram realizados os funerais para o casal de pastores Ishaya Kada, da Igreja de Cristo na Nigéria (COCIN), em Tafawa Balewa, Estado de Bauchi, que foram esfaqueados e queimados por agressores muçulmanos no dia 12 de abril. O casal acabara de voltar para a região, depois que sua igreja foi incendiada em janeiro por refugiados muçulmanos de Jos.
Após os assassinatos, a polícia em Tafawa Balewa interrogou o líder do vilarejo e outros três moradores, que revelaram a identidade dos criminosos. Enquanto a busca pelos assassinos continua, o governador de Bauchi, Isah Yuguda, expressou seus sentimentos, e contribuiu com as despesas do funeral e da reforma da igreja. O governador também prometeu ajudar os filhos do casal nos gastos com a educação.
:: LEIA MAIS »

Missões: Pastor e esposa são encontrados mortos

NIGÉRIA – A Portas Abertas Internacional foi informada de que foram encontrados corpos de um pastor e sua esposa a cerca de 1km de sua casa em Boto, Estado de Bauchi. As circunstâncias envolvendo as mortes são desconhecidas.
Há especulações de que eles podem ter sido mortos por extremistas religiosos, mas nada foi confirmado. Estamos esperando mais detalhes do campo.
Enquanto isso, vamos orar:
:: LEIA MAIS »

Missões: Organizações de liberdade religiosa se unem contra violência na Nigéria

INTERNACIONAL – Organizações importantes que trabalham com questões de liberdade religiosa em todo o mundo fizeram fortes declarações sobre os assassinatos e a violência na Nigéria, e lançaram uma campanha global pedindo oração por esse país. Nomeado como “The Cyprus Statement” (A Declaração de Chipre), a Religious Liberty Partnership (Sociedade pela Liberdade Religiosa, RLP), com integrantes de organizações de 18 países, convoca a comunidade cristã em todo o mundo a orar pela crise da Nigéria.
A Declaração de Chipre reconhece alguns elementos positivos na Nigéria, incluindo o papel da Igreja, mas expressa uma grande preocupação com a maneira como o governo tem lidado com a situação. Além disso, a declaração convoca a Igreja em todo o mundo a orar pelo trabalho concernente aos direitos religiosos de todos os nigerianos, para prover socorro humanitário prático e apoiar as tentativas de reconciliação.

:: LEIA MAIS »

Missões: Cartas encorajam viúvas da cidade de Jos

NIGÉRIA – Temos publicado diversas notícias sobre a violência anticristã crescente na Nigéria. Depois que ler esses testemunhos, conheça a importância da unidade do Corpo de Cristo, e separe um tempo em oração por esses irmãos e irmãs.

Quase um ano após a cidade de Jos ser afundada em uma crise religiosa, a Portas Abertas reflete seus esforços de encorajar as cristãs que perderam seus maridos em novembro do ano passado.

Logo após a crise, a Portas Abertas entregou alimentos e roupas para as viúvas. Depois disso, foram distribuídas cartas de encorajamento de pessoas preocupadas em todo o mundo. O lindo trabalho de arte, as palavras de conforto citadas dos Salmos e de outros livros da Bíblia e as promessas de oração que vieram junto com as cartas causaram um enorme impacto nas vidas aflitas das viúvas.  Muitas viúvas estão convencidas de que não estão sozinhas na batalha, porque pessoas ao redor do mundo estão de joelhos, orando por elas. :: LEIA MAIS »

Missões: Mulheres protestam contra violência anticristã na Nigéria

ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA (*) – Um grupo de mulheres nigerianas estão planejando realizar um protesto neste sábado, 20 de março de 2010, em Los Angeles, contra a recente violência em Jos, Nigéria, que deixou mais de 500 cristãos mortos.

O protesto, organizado por um grupo chamado Nigerian Women Against Violence (Mulheres nigerianas contra a violência), foi idealizado por causa dos ataques contra os cristãos (saiba mais).

Helen Bako, que veio da região de Jos, e agora trabalha como assistente social no Sul da Califórnia, é a fundadora da Nigerian Women Against Violence. :: LEIA MAIS »

Missões: Paul Estabrooks fala sobre os conflitos na Nigéria

Relatos afirmam que homens armados assassinaram centenas de pessoas, inclusive um recém-nascido. Os ataques ocorreram em três vilarejos majoritariamente cristãos, e os oficiais contam que os ataques foram em retaliação aos crimes de janeiro.
Paul Estabrooks, da Portas Abertas Internacional, afirma que a área está no centro da Nigéria, onde dúzias de grupos étnicos se misturam em uma região de terras de conflitos, que separam o norte muçulmano do sul predominantemente cristão. :: LEIA MAIS »

Situação explosiva na Nigéria após massacre de cristãos

JOS, Nigéria — As tropas nigerianas patrulhavam nesta terça-feira os vilarejos da região de Jos, centro do país, em um ambiente de enorme tensão dois dias depois do massacre de pelo menos 500 cristãos, mortos a golpes de facão e queimados vivos por criadores de gado muçulmanos.

A tensão é percebida nos vilarejos traumatizados, que enterram desde domingo os mortos. Muitas vítimas eram mulheres, algumas grávidas, e crianças. :: LEIA MAIS »

Confronto étnico-religioso deixa 500 mortos na Nigéria

Lagos, 8 mar (EFE).- O confronto étnico-religioso ocorrido no domingo perto de Jos, no norte da Nigéria, deixou pelo menos 500 mortos, como informou hoje o porta-voz do Governo do estado de Plateau, Gregory Yenlong.

Armados com revólveres, metralhadoras e machados, pastores da etnia fulani invadiram as casas das cidades de Dogo Na Hauwa, Ratsat e Jeji no domingo e mataram todos que encontraram pela frente, incluindo mulheres e crianças. :: LEIA MAIS »

Missões: Cristãos pedem ação do governo contra ataques

NIGÉRIA – O líder da Associação Cristã da Nigéria (CAN) no estado de Zamfara disse estar desapontado devido à falta de respostas da polícia do Estado em relação aos incêndios a igrejas.
“É uma pena que não haja nenhuma reação da polícia. Mesmo o governador se recusou a nos encontrar”, disse o presidente da CAN, pastor Edwin Okpara.
O templo da congregação Igreja de Deus Cristãos Redimidos em Tudun Wada foi parcialmente queimado no dia 25 de janeiro, e a Igreja Bíblica Fé Cristã e a Capela Fundação de Fé Viva, ambas em Gusau, foram parcialmente incendiadas em 20 e 24 de janeiro, respectivamente. Zamfara, um dos estados com mais muçulmanos no norte da Nigéria, foi o primeiro no país a implementar a sharia (lei islâmica). :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia