WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  


:: ‘dinho’

Polícia identifica suspeito de matar líder sem-terra em Rondônia

Estadão.com.br

SÃO PAULO – A Polícia Civil de Rondônia identificou suspeitos de participação no assassinato do líder sem-terra Adelino Ramos, o Dinho, de 57 anos. O chefe do Movimento Camponês Corumbiara foi morto na última sexta-feira, em Vista Alegre do Abunã, após ser atingido por seis tiros. Segundo a polícia, Ozeas Vicente seria o autor dos disparos, conforme provas coletadas até agora. Ainda é investigado o envolvimento de outros suspeitos.

Divulgação/Polícia Civil
Divulgação/Polícia Civil
Ozeas é suspeito de ter atirado em Adelino Ramos

Agentes da capital auxiliam nas buscas e investigações do crime ocorrido próximo à fronteira com a Bolívia. As autoridades de Rondônia também acionaram os Estados do Amazonas e Acre, que reforçaram o policiamento em suas divisas. A Polícia Civil afirma que já providencia o pedido de prisão temporária, caso não consiga efetuar a prisão em flagrante.

Segundo a assessoria da Secretaria de Produção do Amazonas, Dinho morava em um assentamento do Incra localizado no sul de Lábrea, o município mais desmatado do Amazonas. De acordo com informações da secretaria, o agricultor vinha recebendo ameaças de madeireiros da região.

O movimento liderado por Dinho foi formado depois do massacre de Corumbiara, em Rondônia, em fevereiro de 1996, com objetivo de dar continuidade às reivindicações dos camponeses sem-terra. :: LEIA MAIS »

EXCLUSIVO: Família dos acusados sobre a rede de Pedofilia em Tanhaçu presta depoimento à sociedade

Os familiares afirmam que os suspeitos são inocentes de qualquer acusação.

Janine Andrade/Acheibrumado

O caso que chocou o interior da Bahia e que ainda causa revolta, agora ganha outra versão onde a família dos acusados vem a público em  sua defesa. O caso em evidência aconteceu em Tanhaçu, município de pouco mais de 20 mil habitantes, onde pelo menos 40 meninas – entre 12 e 14 anos – podem ter sido estupradas por um grupo de 20 amigos. Todo o caso gira em torno de uma aposta, onde a tarefa seria tirar a virgindade de um maior número possível de meninas.

Em alguma das matérias publicadas tem-se até a fala de algumas das vítimas. “Ele trancou a porta do quarto. Aí ele foi lá e tirou a roupa. Aí ele subiu em cima de mim, sabe? Começou a me bater. Aí eu peguei e falei assim: eu vou embora. Vou dar um grito aqui. Aí ele falou: não grita não, viu?”, relatou uma das garotas.

A polícia de Tanhaçu, após investigações e depoimentos determinou a prisão preventiva de dois suspeitos, Luiz Fernando Moreira Pereira (Dinho) e André Moreira Pereira. Dessa forma, a equipe de jornalismo online do AcheiBrumado recebu vídeos, onde a família dos acusados veio a público para mostrar o outro lado da história alegando que em nenhum momento foi procurada pela mídia para dar seu depoimento.

A avó dos acusados, diz não concordar com as acusações e que muito há, além do que esta acontecendo. “Nas cartinhas que eles me enviam sempre pedem para que eu tenha fé em Deus, pois a verdade virá à tona, que eles não fizeram nada disso. Eu acredito que eles sejam inocentes, eu tenho certeza disso, é tanto que a população veio me perguntar porque eu ainda não tomei uma providência com toda essa injustiça.” Afirma. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia