WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


dezembro 2018
D S T Q Q S S
« nov    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  


:: ‘crise’

Ministro Alfredo Nascimento será convidado a dar explicações no Senado

Último Segundo

Outros integrantes da cúpula da pasta também foram convidados a explicar denúncias sobre suposto esquema de cobrança de propina.

A Comissão de Meio Ambiente Fiscalização e Controle do Senado aprovou nesta terça-feira requerimento conjunto dos senadores Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) e Pedro Taques (PDT-MT) convidando o ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, a prestar esclarecimentos sobre as denúncias envolvendo a existência de um suposto esquema de propina na pasta.

A comissão, cuja decisão eleva as pressões sobre o ministro trazidas por reportagem da revista Veja do fim de semana, também aprovou a ida ao Senado do diretor-geral do Departamento Nacional Infraestrutura de Transportes (Dnit). Luís Antônio Pagot, do chefe de gabinete Mauro Barbosa da Silva, do assessor do gabinete, Luís Tito Bonvini, e do diretor-presidente da empresa pública de ferrovias Valec, José Francisco das Neves. Todos eles foram afastados de seus cargos pela presidenta Dilma Rousseff assim que as denúncias sobre o suposto esquema de corrupção vieram à tona.

Em meio às negociações, aliados do ministro dos Transportes preferiram se antecipar aos pedidos da oposição. Mais cedo, o senador Blairo Maggi (PR-MT) já havia apresentado um requerimento. Segundo ele, o comparecimento do ministro ao Senado havia sido previamente acordado.

:: LEIA MAIS »

Denúncia ameaça ministro dos Transportes e abre crise na base aliada

ESTADÃO

Caso fragiliza Alfredo Nascimento e aumenta tensão com o PR, que controla o setor; oposição já sugere CPI.

O afastamento da cúpula do Ministério dos Transportes por suspeita de corrupção pela presidente Dilma Rousseff no final de semana deixou o ministro Alfredo Nascimento em posição insustentável no comando da pasta, na avaliação de aliados do Palácio do Planalto no Congresso. A queda do ministro é esperada em breve pelos governistas e a oposição avalia a apresentação de um pedido de criação de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) sobre o caso.

A rapidez com que Dilma atuou no episódio levantou ressentimentos na base. Parlamentares aliados previam, ontem, dificuldades futuras para a presidente na relação com os partidos que a apoiam no Legislativo. Eles sustentam que a presidente humilhou o PR, que comanda o Ministério dos Transportes, e fragilizou a confiança com a base pela forma com que agiu.

:: LEIA MAIS »

Ministro Luiz Sérgio pedirá demissão na sexta-feira, diz fonte

Reuters

O ministro das Relações Institucionais, Luiz Sérgio, pedirá à presidente Dilma Rousseff para deixar o governo na sexta-feira, revelou à Reuters uma fonte do governo.

O ministro acredita que não tem mais condições de se manter no cargo, disse nesta quinta-feira a fonte que pediu anonimato, depois que vários petistas e aliados de outros partidos avaliaram que o desempenho da articulação política do governo continuará precária se ele permanecer no ministério.

O nome mais cotado para suceder Luiz Sérgio é o da ministra petista da Pesca, a catarinense Ideli Salvatti, segundo um senador do PT que também não quis se identificar. Ideli foi líder do PT e do governo no Senado na legislatura passada. Na viagem a Blumenau (SC), nesta quinta, para entregar unidades habitacionais do Programa Minha Casa, Minha Vida, Dilma despachou a sós com Ideli.

Se a escolha da presidente for mesmo Ideli, haverá descontentamento de parte dos aliados no Congresso. Durante seu período no Senado, a ministra catarinense acumulou desgaste com alguns colegas peemedebistas e da oposição. ”Isso seria um desastre”, disse o senador petista.

:: LEIA MAIS »

Palocci é isolado no Planalto e pressão aumenta após denúncia da Veja

Estadão

Entrevista concedida à Rede Globo não convenceu nem a presidente Dilma. Para petistas, denúncia sobre apartamento em nome de ‘laranja’, feita pela revista Veja, tornou situação do ministro ‘insustentável’. Nomes para substituir Palocci já circulam nos bastidores.

A situação do ministro da Casa Civil, Antonio Palocci, piorou muito depois da entrevista que ele concedeu ao Jornal Nacional, na sexta-feira. E se agravou ainda mais depois da divulgação, pela revista Veja, de que o apartamento de 640 metros quadrados que Palocci aluga, em São Paulo, seria de uma empresa dirigida por laranjas, um de 23 anos, outro de 17.

A presidente Dilma Rousseff teve uma reação de desânimo depois de ver a entrevista, de acordo com informações de bastidores do Palácio do Planalto. E teria comentado que Palocci ficou devendo respostas a respeito da lista de clientes, que, segundo ele próprio, foram entre 20 e 25.

No Planalto já se fala que agora o governo deve entrar num clima de transição na área política. Petistas que foram à festa de filiação do deputado Gabriel Chalita ao PMDB, em São Paulo, chegaram a dizer que a situação de Palocci se tornou “insustentável”.

Antes mesmo da entrevista do titular da Casa Civil para esclarecer suspeitas de enriquecimento ilícito, Dilma e auxiliares mais diretos avaliavam que o ministro não conseguiria reverter a sua situação pessoal nem a de engessamento do governo.

:: LEIA MAIS »

Correntes do PT contrariam Lula e já discutem nome para substituir Antonio Palocci na Casa Civil

Estadão

Expoentes do PT em Brasília cogitam os ministros Paulo Bernardo (Comunicações) e Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral) para o lugar do ministro.

Na contramão da estratégia traçada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, dirigentes e líderes do PT não só querem a saída do ministro da Casa Civil, Antonio Palocci, como já discutem pelo menos dois nomes para substituí-lo. O argumento é o de que a manutenção de Palocci provoca enorme desgaste ao governo da presidente Dilma Rousseff e sua preservação aumentará ainda mais a crise política.

Um sintoma da mudança de tom em relação a Palocci ocorrerá na reunião desta quinta-feira, 2, da Executiva Nacional do PT, em Brasília. Na prática, o partido de Dilma lavará as mãos: não produzirá resolução apoiando o ministro, mas também não pedirá sua cabeça em público.

A fragilidade cada vez maior de Palocci – convocado nesta quarta-feira, 1º, para prestar esclarecimentos na Comissão de Agricultura da Câmara – já alimenta uma disputa fratricida no PT pelo espólio da Casa Civil. Dois nomes são citados para a vaga: Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral) e Paulo Bernardo (Comunicações).

Para queimar Bernardo, grupos que se opõem a ele vazaram a informação de que a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) pedira a saída de Palocci em um almoço oferecido a Lula, em Brasília, na semana passada. Foi uma tentativa de constrangimento, já que Gleisi é mulher de Bernardo.

:: LEIA MAIS »

Fundo Barnabé ajuda cristãos em caos do Egito

Ministério pede aos irmãos de todo o mundo que orem

 Fundo Barnabé ajuda cristãos em caos do Egito

Como a série de protestos contra o presidente Hosni Mubarak continua, o Fundo Barnabé está doando comida e atendendo a outras necessidades da população no Cairo, capital do Egito.
A associação, que apóia a igreja perseguida, disse que lojas pertencentes a cristãos estavam sendo saqueadas e que a comunidade em geral está sendo afetada pela escassez generalizada de bens essenciais. “Embora muitas lojas estejam sendo atacadas e saqueadas, as lojas de cristãos estão sendo particularmente atingidas”, afirma.
Os protestos tornaram ainda mais difícil para os cristãos realizarem cultos coletivos, algo que se tornou praticamente impossível.
Um contato no Egito, disse ao Ministério que cristãos estavam hospedados em sua casa e orando fervorosamente pela crise.
:: LEIA MAIS »

Primeira-dama Maria Luíza é apontada como origem da crise em Salvador

Tribuna da Bahia

Um mergulho nos bastidores da política baiana e nos porões do poder municipal em busca de um entendimento melhor da atual crise que atinge a Prefeitura de Salvador revela um diagnóstico surpreendente: nove entre 10 políticos e não políticos ouvidos são diretos ao afirmar que o problema da Prefeitura tem várias origens, desde a queda de arrecadação aos repasses cada vez mais enxutos do Fundo de Participação dos Municípios, mas que o problema maior e que amiúda os outros não está em João. Está em Maria.

Com seu estilo voluntarioso, sempre presente em quase todos os momentos ou decisões tomadas pelo marido prefeito, a primeira-dama Maria Luíza acabou por criar uma figura externa ao poder municipal capaz de em muitas situações ter sua opinião transformada numa bíblia a ser seguida fielmente sob pena de uma perigosa colisão política de imprevisíveis, ou nem tanto, consequências para quem desvia do seu pensamento.

:: LEIA MAIS »

Deputado federal de 39 anos é a escolha do DEM para vice de José Serra

do G1

Deputado Índio da Costa, do Rio de Janeiro, foi oficializado como vice da chapa tucano-democrata. Indicação aconteceu após série de conversas e até anúncio de outro nome. ‘Foi surpresa para mim também’, disse ele após indicação.

DEM indica Indio da Costa (com o braço erguido) para a vaga de vice ao lado de José Serra

 O deputado Índio da Costa (DEM-RJ) disse nesta quarta-feira (30) ter sido surpreendido com sua indicação para o posto de candidato a vice-presidente na chapa de José Serra (PSDB). A oficialização da aliança aconteceu nesta quarta cerca de uma hora após o anúncio do nome do deputado do Rio de Janeiro.

O parlamentar discursou na convenção do DEM logo após ter seu nome aprovado por aclamação. “É com muito orgulho que aceito essa tarefa em nome do Democratas. Foi surpresa pra vocês, mas foi surpresa para mim também.” Índio da Costa disse que “não tinha como recusar” o convite. Ele classificou Serra como “ o mais preparado para governar o país” e criticou o “loteamento da máquina pública” no governo federal.

O candidato a vice agradeceu ao ex-prefeito do Rio de Janeiro, César Maia (DEM), que o lançou na política, e outras lideranças do partido. O discurso de Índio foi rápido –durou cerca de cinco minutos.

Desfecho da crise :: LEIA MAIS »

Setor de frango já sente efeitos da crise grega

Tribuna da Bahia

A crise grega, que se espalhou também por outros países da Europa, começa a afetar o Brasil. Um dos principais setores de exportação, o de frango, já sente a retração das vendas neste ano. É o que deverá mostrar os dados da Ubabef (União Brasileira de Avicultura) a serem divulgados hoje. Os europeus compraram 15% menos frango dos brasileiros nos quatro primeiros meses deste ano em relação a igual período anterior. Na avaliação dos europeus, essa queda foi provocada pela crise grega, que está freando o consumo interno.

Francisco Turra, presidente-executivo da Ubabef, não descarta, porém, uma busca de proteção do mercado. Para proteger os produtores locais, os europeus criaram medidas unilaterais e querem adotar um novo sistema de cotas. :: LEIA MAIS »

O Euro está em perigo, diz Merkel

da Reuters, em Berlim

O euro está em perigo, disse a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, ao parlamento nesta quarta-feira.

“Todos nós aqui podemos sentir que a atual crise do euro é o maior desafio que a Europa enfrenta em décadas”, disse ela.

“Esse desafio é existencial. O euro é a fundação para o crescimento e a prosperidade, junto ao mercado comum — também para a Alemanha. O euro está em perigo.”

“Se não lidarmos com esse perigo, as consequências para nós na Europa serão incalculáveis.

”Europa vai mergulhar em nova recessão”

Luciana Xavier – O Estado de S.Paulo

Apesar de a União Europeia (UE) e o Fundo Monetário Internacional (FMI) terem criado um pacote de 750 bilhões contra crises, para tentar evitar um contágio dos problemas fiscais da Grécia sobre outros países da região e proteger o euro, o bloco europeu ainda tem um longo caminho pela frente, em que um novo mergulho na recessão se mostra inevitável, acredita o economista Barry Eichengreen.

 Professor de Economia e Ciência Política na Universidade Califórnia, Berkeley, Eichengreen é considerado um dos maiores especialistas na história e no funcionamento do sistema financeiro e monetário internacional.

“Os governos não tomaram medidas para consolidação fiscal e a União Europeia não adotou o pacote de resgate até que fosse tarde demais”, disse. “Agora chegou-se a um ponto em que é praticamente inevitável uma maior desaceleração da economia europeia”, disse o professor à Agência Estado.

O pacote de 750 bilhões pode ajudar a resolver os problemas da Europa?

Essa história não acabou. O pacote ainda está em andamento. O Parlamento europeu tem de concordar e, para ter acesso ao dinheiro, os países terão de negociar um programa com o FMI, o que eles não querem fazer. A parte importante não foi o pacote, mas a decisão do Banco Central Europeu de comprar bônus de Grécia, Espanha, Portugal e Irlanda. Isso permitiu que o mercado da dívida se acalmasse e deu algum tempo aos governos. Espanha e Portugal anunciaram medidas fiscais.

:: LEIA MAIS »

UBAM defende os Prefeitos e diz que a crise nos municípios é incompetência do governo federal

Agência UBAM

Os Municípios continuam a perder receita. O FPM já registra em abril perda de 4,3% em relação ao mesmo período de 2008, significando defasagens que se acumulam a cada ano

Nesta sexta, 30 de abril, foi transferido para as contas das 5.564 prefeituras o terceiro decêndio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Foram creditados R$ 1.029.574.666, já descontado o Fundeb. Embora esse montante esteja de acordo com as projeções da Receita Federal, o último repasse de abril demonstra que esse ano não será muito bom para as cidades, as quais já acumulam perdas de mais de 50% nas transferências constitucionais. Lamentou hoje o presidente da União Brasileira de Municípios (UBAM), Leonardo Santana.

Segundo Leonardo, a UBAM já previa essas perdas, tendo em vista os programas de renúncia fiscal e diminuição de IPI e Imposto de Renda, que formam o FPM. Se constituindo, segundo ele, uma espécie de apatia do governo em relação à situação de caos financeiro em que se encontram os Municípios. Ele disse que a crise nos Municípios está longe de chegar ao fim, pois o governo não demonstra vontade de sequer dá ouvidos as cidades e continua prorrogando isenção do IPI até o fim do ano, sem se preocupar se os entes federados perdem ou não suas receitas. :: LEIA MAIS »

Após pacote para conter a crise, Bolsas europeias disparam e euro supera US$ 1,30

As bolsas europeias dispararam nesta segunda-feira nos primeiros compassos da negociação, enquanto o euro superava US$ 1,30, em ambos os casos apoiados pelo pacote financeiro que a União Europeia (UE) acertou para garantir a solvência da zona do euro.

Londres subia 4,2%, Frankfurt 4,1%, Paris 6%, enquanto Milão 7,4% e Madri 10,7% na renda variável europeia.

Todos os setores das bolsas de valores apresentavam lucro, lideradas pelos bancos (12,1%), pelas seguradoras (8,8%) e pelas companhias de construção e materiais (6,4%).

A moeda única europeia era negociada a US$ 1,3040, três centavos de dólar acima do fechamento da sexta-feira.

Na semana passada o temor de que a crise de endividamento da Grécia contagiasse outros países como Portugal e Espanha arrastou o euro abaixo de US$ 1,26, fazendo alguns mercados de valores perder mais de 10% como Atenas (12,8%), Madri (13,8%), Paris (11,1%) e Lisboa (10,6%).

:: LEIA MAIS »

FMI aprova empréstimo de € 30 bilhões à Grécia

Agência Estado

WASHINGTON – O Fundo Monetário Internacional (FMI) aprovou neste domingo, 9, um empréstimo de € 30 bilhões, com prazo de três anos, para a Grécia. O montante representa o maior empréstimo já concedido pelo fundo a um único país, e faz parte de um pacote de € 110 bilhões formulado em conjunto com a União Europeia (UE), para ajudar o governo grego a solucionar os problemas fiscais do país. O maior obstáculo para a liberação do pacote foi removido na sexta-feira, quando o Parlamento da Alemanha aprovou um empréstimo de até € 22,4 bilhões para o país.
Petros Karadjias / AP - 9/5/2010
Petros Karadjias / AP 

De acordo com os termos do pacote de resgate, a Grécia terá de reduzir seu déficit orçamentário para 8,1% do Produto Interno Bruto (PIB) neste ano, depois de registrar um recorde de 13,6% do PIB no ano passado. Até o final de 2014, a taxa terá que ficar abaixo do teto estabelecido pela União Europeia, de 3% do PIB.

Segundo o FMI, essas medidas devem ajudar o país a sair de sua delicada situação fiscal. Os mercados, no entanto, não acreditam que a Grécia terá a disciplina necessária para levar adiante as reformas exigidas e que a economia do país não crescerá o suficiente para garantir o pagamento dos empréstimos dentro dos prazos.

Muitos temem que os problemas enfrentados pelo governo grego contagiem outros países da zona do euro, como Espanha e Portugal. Evitar um contágio é o principal motivo pelo qual ministros das finanças da União Europeia discutem neste domingo um “mecanismo de estabilidade”, que poderia estar em vigor antes da reabertura dos mercados na segunda-feira.

:: LEIA MAIS »

Desafiando a crise, líderes evangélicos brasileiros investem na compra de aviões particulares

Dizem que um homem pode ser medido pela grandiosidade dos seus sonhos. Se é mesmo assim, um seleto grupo de ministros do Evangelho anda sonhando alto – literalmente. Desde o ano passado, diversos pastores brasileiros andam cruzando os céus em aviões próprios, um luxo antes somente reservado a altos executivos, atletas milionários e sheiks do petróleo.
A justificativa para as aquisições, algumas na faixa das dezenas de milhões de dólares, é quase sempre a mesma: a necessidade de maior autonomia e disponibilidade para realizar a obra de Deus, o que, no caso dos grandes líderes, demanda constantes deslocamentos pelo país e exterior a fim de dar conta de pregações e participações em palestras e eventos de todo tipo. Eles realmente estão voando alto.
O empresário e bispo Edir Macedo, dirigente da Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd) tem feito a ponte aérea Brasil – Estados Unidos a bordo de um confortável Global Express, avaliado no mercado aeronáutico por US$ 50 milhões (cerca de R$ 85 milhões). Para comparar, o preço é semelhante ao do Rafale, o caça-bombardeiro francês que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva sonha comprar para as Forças Armadas brasileiras. Equipado com sala de estar, dois banheiros, minibar e lavabo, além de um confortável sofá, o jato permite deslocamentos dos mais confortáveis até os EUA, onde Macedo mantém residência, e tem autonomia suficiente para levá-lo à Europa ou à África. O Global, adquirido em setembro numa troca por um modelo mais antigo, veio juntar-se à frota da Alliance Jet, empresa integrada ao grupo Universal e que já possuía um Falcon 2000 e um Citation X, juntos avaliados em 40 milhões de dólares.
:: LEIA MAIS »

Dólar sobe 5,3% e encosta em R$ 1,90 com crise na Grécia; Bovespa cai 0,56%

A taxa de câmbio brasileira volta a oscilar nos patamares mais altos deste ano, em meio à tensão mundial com a crise na Grécia. O parlamento grego aprovou nesta quinta-feira o rigoroso plano de austeridade fiscal, que prevê cortes de gastos públicos e foi alvo de manifestações populares ontem e hoje no país mediterrâneo.

No mercado de câmbio doméstico, o dólar comercial é cotado por R$ 1,894, em um avanço de 5,28%. A taxa de risco-país marca 228 pontos, número 6,54% acima da pontuação anterior.

A Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) amarga perdas de 0,56%, aos 64.551 pontos. O giro financeiro é de 5,47 bilhões.

O nervosismo também se espalha pelas demais Bolsas de Valores. Na Europa, o índice FTSE, da Bolsa londrina, retraiu 1,51% no fechamento; em Frankfurt, o índice Dax caiu 0,85%. :: LEIA MAIS »

Grécia pede ativação de ajuda financeira de US$ 60 bi

O primeiro-ministro da Grécia, Giorgos Papandreou, pediu na manhã desta sexta-feira a ativação do mecanismo de ajuda FMI-União Europeia no valor de 45 bilhões de euros (cerca de US$ 60 bilhões).

Papandreou fez o anúncio pela televisão, pouco antes da viagem a Washington de seu ministro das Finanças, Giorgos Papaconstantinou, que se encontrará sábado com o diretor-geral do FMI (Fundo Monetário Internacional), Dominique Strauss-Kahn.

“A ativação do mecanismo [de ajuda financeira] é uma necessidade nacional, e por essa razão ordenei ao ministro das Finanças que faça todos os trabalhos necessários”, disse o primeiro-ministro. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia