ebook gestao financeira


Qual nome você daria ao novo aeroporto de Vitória da Conquista?

Resultados

Loading ... Loading ...
dezembro 2016
D S T Q Q S S
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


:: ‘Notícias’

Lava Jato terá reforço para delações da Odebrecht; previstos depoimentos em Salvador

por Ricardo Brandt, Beatriz Bulla, Fausto Macedo e Fabio Serapião | Estadão Conteúdo

Lava Jato terá reforço para delações da Odebrecht; previstos depoimentos em Salvador

Foto: Rovena Rosa/ Agência Brasil
A força-tarefa da Operação Lava Jato busca reforços para agilizar o trabalho ampliado com os depoimentos dos executivos e ex-executivos da Odebrecht signatários dos acordos de colaboração. Os procuradores se subdividiram em equipes para formalizar no papel e em vídeo os termos de delação das 77 pessoas ligadas ao grupo, entre elas, o presidente afastado Marcelo Bahia Odebrecht e o patriarca Emílio Odebrecht. A meta é começar na sexta-feira, 9, ou, no mais tardar, no início da próxima semana. Os depoimentos começam nove meses após o início das negociações e serão realizados em várias sedes estaduais do Ministério Público Federal. A pulverização em diversas localidades tem como objetivo agilizar o processo e dificultar possíveis vazamentos. Além de Curitiba, estão previstos depoimentos em Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador. A força-tarefa se subdividirá em equipes de procuradores da Procuradoria-Geral da República, que é quem fez o acordo de delação premiada, e da Procuradoria em Curitiba, origem das investigações da Lava Jato, e que ficará responsável pelo acordo de leniência (espécie de delação para empresas). O grupo espera conseguir tomar os depoimentos até o dia 19, quando começa o recesso do Judiciário. Investigadores da força-tarefa e advogados ouvidos pela reportagem, no entanto, admitem que devem conseguir concluir tudo apenas em janeiro. Desse modo, no retorno do recesso, o ministro Teori Zavascki deve receber todo a conteúdo do acordo para deliberar sobre sua homologação. Só após a homologação as delações poderão ser utilizadas para abertura de inquéritos ou na solicitação de medidas cautelares, como busca e apreensão e prisão de pessoas citadas. A leniência será apresentada para homologação ao juiz federal Sérgio Moro em fevereiro. Os executivos já detalharam, em anexos, o que vão dizer e em troca já sabem a pena que irão cumprir. Marcelo, por exemplo, cumprirá uma pena total de dez anos, na qual deve permanecer até o final de 2017 na cadeia. Depois, passa a dois anos e meio de prisão domiciliar, onde progride para o semiaberto e, por fim, para o regime aberto. Seu pai, Emílio, será o único que cumprirá a pena daqui a dois anos. Isso porque, o patriarca será o responsável pelo processo de reestruturação da empresa. No caso dos executivos, além da prisão domiciliar, eles terão de pagar uma multa que em alguns casos alcançou 60% do valor dos recebimentos no período das práticas ilícitas. Por sua vez, a empresa negociou um acordo de leniência no qual se compromete a pagar uma multa no valor de R$ 6,8 bilhões. O dinheiro será parcelado em 20 anos e dividido entre Brasil, Estados Unidos e Suíça.

Bancada Evangélica tenta reverter decisão do STF que legaliza aborto

Bancada Evangélica tenta reverter decisão do STF que legaliza aborto
Bancada Evangélica tenta reverter decisão do STF sobre aborto

Logo após a decisão da 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) de que o aborto realizado até os três meses de gestação não é crime, a bancada evangélica teve uma reação forte. Aliados à Bancada católica, lançaram uma nota de repúdio e anunciaram que iriam trabalhar contra isso.

Nesta quarta-feira (7) foi instalada uma comissão especial para analisar a PEC 58/2011, que originalmente discutiria a licença maternidade estendida nos casos em que a mãe tem bebê prematuro.

Formada por 35 deputados, a maioria ligados a setores conservadores. As bancadas do PT e do PSOL, por exemplo, não indicaram representantes. O deputado Evandro Gussi (PV/SP) foi eleito presidente da comissão e Jorge Tadeu Mudalen (DEM/SP) será o relator.

Em sua primeira fala, o presidente da comissão deixou claro que os deputados não iriam abrir mão de sua “soberania”, esforçando-se para aprovar o que chamou de “PEC da Vida”.

Falando em nome da frente parlamentar evangélica (FPE), o deputado João Campos (PRB/GO)  disparou: “Mais uma vez, o STF numa atitude de ativismo exacerbado, usurpa o papel desta Casa”. O parlamentar reclamou que o STF novamente agiu como se fosse o Poder Legislativo e acabou tomando uma decisão “infeliz”, pois o direito à vida é inviolável. “O Supremo está agindo como se Supremo fosse.” :: LEIA MAIS »

Com ataques ao STF, Câmara instala comissão para discutir aborto

aborto-nao-580x493

Foi instalada nesta quarta-feira na Câmara dos Deputados a comissão especial para analisar a PEC 58/2011, que trata originalmente da extensão da licença maternidade para situações em que a mãe tem bebê prematuro. A comissão, no entanto, foi criada como resposta à decisão da 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) de que não é crime o aborto realizado durante o primeiro trimestre de gestação, independentemente do motivo que leve a mulher a interromper a gravidez.

Dominada pela bancada evangélica e por deputados conservadores, os discursos da primeira sessão foram de ataque à posição da 1ª turma do STF. Em nome da frente parlamentar evangélica, o deputado João Campos (PRB-GO) agradeceu a “coragem” do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), de reagir ao “ativismo” dos ministros da Corte. “Mais uma vez, o STF numa atitude de ativismo exacerbado, usurpa o papel desta Casa”, discursou Campos.

O parlamentar disse que o STF invadiu as prerrogativas do Poder Legislativo ao tomar uma decisão “infeliz” e que o direito à vida é inviolável. “O Supremo está agindo como se supremo fosse.” :: LEIA MAIS »

O preço de ser honesto no Brasil é ter cinco seguranças em volta

Um vídeo que está circulando nas redes sociais mostra o juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato na primeira instância, cercado de cinco seguranças em um aeroporto do País enquanto aguarda por seu voo. Mas, esta não é uma cena qualquer, é muito mais do que isso: é revoltante. Afinal, por que alguém que faz seu trabalho de forma exemplar necessita de tamanha proteção?

Só há uma resposta a que podemos chegar: é o preço de ser honesto no Brasil. Ver o vídeo com o juiz Sérgio Moro cercado de seguranças para apenas cumprir seu direito de “ir e vir” – que todos nós, cidadãos brasileiros, temos garantido – é conseguir testemunhar como é caro e difícil lutar pela Justiça em um País acostumado a autoridades corruptas e a crimes de colarinho branco impunes.  Podemos ver, nesses poucos segundos, como há perseguição política e um verdadeiro interesse em derrubar uma autoridade que caça corruptos. E os acha. E os prende.

O vídeo é prova do acossamento ao juiz que já colocou na cadeia dezenas de “grandalhões” responsáveis por esquemas ilícitos, como o desvio de centenas de milhões de reais – dinheiro este, diga-se, que vêm do trabalho honesto da população, que acaba pagando o preço pela cara de pau de alguns. Dinheiro que é nosso.

Ora, partidos e grandes empresários que estão envolvidos em esquemas desmoralizados estão tentando, de todos os modos, encostar suas mãos sujas no homem que, indubitavelmente, luta pela Justiça em um País de baderneiros.

Juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato na primeira instância, durante visita ao Senado
Geraldo Magela/Agência Senado – 1.12.16

Juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato na primeira instância, durante visita ao Senado

Apesar da perseguição testemunhada, ainda há um suspiro de esperança, já que a população brasileira, cansada de ser feita de capacho, reconhece o trabalho ininterrupto do juiz que, inclusive, foi agraciado nesta terça-feira (6) com o prêmio “Brasileiro do Ano na Justiça”, em cerimônia realizada pela revista “IstoÉ” no Citibank Hall. Moro foi aplaudido pela plateia e lembrado em discursos de outros homenageados da noite, como o prefeito eleito da cidade de São Paulo, João Doria (PSDB-SP). :: LEIA MAIS »

Conquista: Sol com nuvens carregadas podem provocar nova tempestade nesta quinta-feira

A tempestade que abateu Vitória da Conquista nesta quarta-feira (7) deverá se repetir na quinta (8). Segundo o Instituto Climatempo, a previsão é que volte a chover amanhã, com fortes ventos e alta umidade.

Conquista terá “sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora”, aponta o Climatempo. O instituto também aponta que chova 21 milímetros durante todo o dia (75% de chance), a velocidade dos ventos chegarão a 10 km. A temperatura irá varia entre 20 e 29 graus.

Para o restante da semana, a previsão é de mais chuva, com trégua no sábado (10). Mas as precipitações retornarão no domingo e ganharão força na próxima semana – na segunda (12), terça (13) e quarta (14) deverá chover 87 milímetros. “A Prefeitura lembra que a população pode solicitar ajuda referente a deslizamentos, desabamentos, enchentes, inundações, entre outras emergências, por meio do telefone da Defesa Civil: 199”. // Resenha Geral.

Conquista: Casa que desabou durante temporal não deixou feridos

img_1611

O desabamento de parte de uma construção, ocorrido na tarde desta quarta-feira (07), não deixou feridos. O teto de zinco de um prédio no bairro Santa Cruz foi arrancado pelo temporal e caiu sobre uma casa vizinha.

O telhado destruiu parte da cozinha de dona Sônia, que de “graças a Deus” por ter apenas danos materiais. “Eu entrei na cozinha para beber água e percebi a telha tremendo. Quando eu vi, uma barra grande de ferro caiu e eu saí correndo. Graças a Deus, não aconteceu nada comigo”, diz dona Sônia.

O Corpo de Bombeiros e ambulâncias do Samu 192 foram acionados. A Defesa Civil também esteve no local e interditou parte do sobrado que ficou de pé. “A equipe da Defesa Civil está em campo concluindo as visitas para finalização dos relatórios”, explicou por meio de nota o órgão.  Blog da Resenha Geral

Lula volta a criticar evangélicos da Lava Jato: “ungidos por Deus”

Lula volta a criticar evangélicos da Lava Jato: “ungidos por Deus”
Lula volta a criticar evangélicos da Lava Jato: “ungidos por Deus”

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a criticar a Operação Lava Jato, da qual ele é réu, acusado de corrupção e lavagem de dinheiro.

Em um vídeo que circula nas redes sociais, gravado durante um jantar com petistas e apoiadores na semana passada, Lula reclamou da postura dos procuradores da força-tarefa do Ministério Público Federal. Chamou-os  de ‘moleques que falam bobagem’.

Do mesmo modo como fizera em março, nas gravações telefônicas interceptadas pela Polícia Federal, ele zomba da fé de alguns membros da força-tarefa, declaradamente evangélicos.

“É você ter em Curitiba (base da Lava Jato), sabe, um agrupamento especial de pessoas ungidas por Deus para salvar o mundo”, atacou.

Referindo-se ao procurador Deltan Dallagnoll, que o acusou de ser o ‘comandante máximo da organização criminosa’ do esquema de propinas na Petrobrás, deixou claro que está abrindo um processo contra ele.

“Crentes” irritam o ex-presidente

:: LEIA MAIS »

Grêmio empata com o Atlético-MG e se torna o maior campeão da Copa do Brasil

por Felipe Rosa Mendes | Estadão Conteúdo

Grêmio empata com o Atlético-MG e se torna o maior campeão da Copa do Brasil

Foto: Divulgação
Em noite histórica, marcada por lágrimas e homenagens à Chapecoense, o Grêmio confirmou o favoritismo conquistado no jogo de ida e faturou o título da Copa do Brasil, nesta quarta-feira. Diante do público recorde da Arena Grêmio, com 55.337 torcedores, o time gaúcho empatou por 1 a 1 com o Atlético Mineiro e sustentou a vantagem obtida na primeira partida da final, com a vitória por 3 a 1, no Mineirão, em Belo Horizonte. Com o resultado, o time comandado por Renato Gaúcho se tornou o maior campeão da história da Copa do Brasil. O troféu marca o fim de um longo e desagradável jejum de 15 anos no Grêmio. Superado com frequência pelo rival Internacional no Estadual, o time tricolor também vinha penando nas competições nacionais. Agora, põe fim à “fila” com seu quinto título da Copa do Brasil, superando o Cruzeiro, que tem quatro. O time gaúcho também venceu em 1989, 1994, 1997 e 2001. A final desta quarta foi marcada pelas homenagens à Chapecoense. Os dois times entraram em campo com o escudo do time catarinense no uniforme, assim como o árbitro e os auxiliares, que até vestiram verde. A bola do jogo também teve o escudo em memória dos jogadores e integrantes do clube que foram vítimas do acidente aéreo da semana passada, que causou a morte de 71 pessoas, perto de Medellín, na Colômbia. Na arquibancada, a torcida gremista abriu a camisa gigante que os torcedores da equipe de Santa Catarina levava aos jogos na Arena Condá. O momento mais emocionante da homenagem aconteceu no minuto de silêncio, com toque militar. Um videoclipe com imagens da Chapecoense foi exibido nos telões, sem som.

Conquista: Andarilho é morto a pedradas no Bairro Ibirapuera

homicidio-sandoval-1-copy

O corpo do andarilho conhecido como “Sandoval” foi encontrado por volta das 17h, desta quarta-feira, 07. De acordo com a polícia, uma pessoa que disse ter passado pelo local conseguiu ver o corpo no fundo do terreno, localizado no bairro Ibirapuera, próximo a divisa com a Urbis 3.

Ainda segundo a pessoa que encontrou o corpo, a vítima era sua conhecida e morava no terreno mais outras duas pessoas.

O corpo de “Sandoval” estava caído no chão e apresentava graves ferimentos na cabeça e no braço.

A Polícia Militar isolou área, até a chegada da Polícia Civil e Perícia Técnica. Fonte: Blitz Conquista

STF mantém Renan no Senado, mas o proíbe de assumir Presidência

do G1

Por seis votos a três, o Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou em julgamento nesta quarta-feira (7) o afastamento de Renan Calheiros (PMDB-AL) da presidência do Senado.

Seis dos nove ministros presentes ao julgamento votaram pela derrubada da decisão liminar (provisória) do relator do caso, Marco Aurélio Mello, proferida na última segunda (5). O ministro havia determinado o afastamento de Renan Calheiros, ordem que não foi cumprida pela Mesa do Senado.

O primeiro a votar contra o afastamento foi o ministro Celso de Mello. Para o ministro, caso se tornem réus, presidentes do Senado, Câmara e STF não podem substituir temporariamente o presidente da República.

Mas, em vez de afastá-los do cargo – como recomendou Marco Aurélio Mello –, caberia apenas exclui-los da linha sucessória, impedindo-os de assumir a chefia do Executivo em caso de ausência do titular.

“Os agentes públicos que detêm as titularidades funcionais que os habilitam constitucionalmente a substituir o chefe do Poder Executivo da União, em caráter eventual, caso tornados réus criminais perante esta Corte, não ficarão afastados dos cargos de direção que exercem na Câmara, no Senado ou no Supremo Tribunal Federal. Na realidade, apenas sofrerão interdição para exercício do ofício eventual e temporário de presidente da República”, afirmou Celso de Mello.

Acompanharam o mesmo raciocínio de Celso de Mello os ministros Dias Toffoli, Luiz Fux, Teori Zavascki, Ricardo Lewandowski e a presidente do Supremo, ministra Cármen Lúcia.

Embora tenham acompanhado o voto majoritário, Zavascki e Lewandowski fizeram a ressalva de que uma medida do tipo só poderia ser proferida após o final do julgamento de mérito da ação sobre a linha sucessoria da Presidência da República – interrompida em novembro a pedido de Toffoli. Na sessão desta quarta, estava em análise somente a decisão liminar relacionada a Renan Calheiros.

Em favor do afastamento votaram Marco Aurélio Mello, mantendo sua posição, e os ministros Edson Fachin e Rosa Weber.

:: LEIA MAIS »

Tempo: enxurrada arrasta motos durante chuva em Vitória da Conquista; veja o vídeo do alagamento

Foto: WhatsApp | BLOG DO ANDERSON
Foto: WhatsApp | BLOG DO ANDERSON

Em pouco menos de uma hora de chuva Vitória da Conquista ficou alagada no início da tarde desta quarta-feira (7). As cenas tem chegado ao WhatsApp do BLOG DO ANDERSON [(77) 988013263] mostra a situação que fica a Capital do Sudoeste Baiano em dias chuvosos.

Neste vídeo, enviado pelo internauta Guilherme Brito, expõe a avenida Juracy Magalhães, onde centenas de pessoas permanecem ilhadas no Shopping Conquista Sul e Caixa Econômica Federal por conta da enxurrada que arrastou até motocicletas. Confira as imagens. Blog do Anderson

Conquista: Chuva destrói alambrado de quadra do 9º Batalhão da Polícia

novo-batalhao

Os estragos deixados pela forte chuva que atingiu Vitória da Conquista na tarde de hoje (quarta-feira) não param.

O alambrado da quadra do 9º Batalhão da Polícia Militar foi parar no meio da rua, destruindo o equipamento utilizado pela corporação em momentos de lazer.

Apesar do susto, ninguém passava pelo local no momento. Blog do Rodrigo Ferraz

Bahia perdeu 16,4 mil empregos na indústria em 2016; PIB deverá fechar com baixa de 4,5%

por Estela Marques

Bahia perdeu 16,4 mil empregos na indústria em 2016; PIB deverá fechar com baixa de 4,5%

Foto: Reprodução / PMC
O mercado industrial baiano perdeu 16,4 mil postos de trabalho em 2016, dos quais cerca de 13,9 mil apenas na construção civil. Conforme a curva de empregos na indústria entre 2009 e 2016, a queda nos postos de trabalho do setor é uma realidade desde 2014, quando foram gerados 431,5 mil empregos ante 439,1 mil no ano anterior. Os dados foram apresentados na manhã desta quarta-feira pelo presidente da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), Ricardo Alban, na sede da entidade. Outra queda relevante é a do Produto Interno Bruto (PIB) baiano, que deverá fechar ano com queda de 4,5% em relação 2015. A projeção é superior àquela estimada para o Brasil, que deverá cair 3,4%. Por outro lado, a Bahia deverá registrar crescimento de 1,6% em 2017, superior à do Brasil, projetada para 0,8% a 1,0%. A seca no Oeste do estado – prejudicial à agricultura –, a parada da Braskem para reformulação interna e a extinção do terceiro turno da Ford podem explicar o baixo desempenho. Para Alban, a projeção é “perfeitamente factível” se os fatores climáticos não se repetirem e com a retomada das atividades da Braskem, que possui peso significativo no PIB, e a reinserção do terceiro turno da Ford em função da demanda argentina. “Na hora de fazer combinação desses fatores, é perfeitamente factível”, reforçou. A indústria de transformação da Bahia também tem perdido representatividade, saindo do patamar de 16,9% (2005) para 8,1% (2014), mas não é algo que preocupe o setor. “É normal em qualquer economia do mundo a indústria perder participação relativa, porque cada vez mais a indústria com sua especialização e formação em cadeias produtivas – não só formada por fornecimento de produtos de transformação, mas também por serviços –, é normal que um segmento que seria indústria passe a ser entendido como segmento da prestação de serviços a nível mundial”, explicou Alban. A produção da indústria de transformação baiana deverá cair 5% em 2016, enquanto a brasileira deverá sofrer redução de 6,5%. Por outro lado, ambas deverão registrar crescimento de 1% em 2017. “A médio prazo temos otimismo que nos permite achar que podemos ter desempenho melhor que a média nacional, na perspectiva 2017, uma vez que é normal e esperado que nesse primeiro momento de 2017, onde ainda existem muitas interrogações e pouca confiança, abaixo do que seria necessário, seguramente o que vai acontecer é capacidade ociosa no setor industrial. Daí o investimento em infraestrutura se torna necessário pra movimentar engrenagem dos investimentos”, disse Alban, como uma das perspectivas para a indústria na Bahia. Outros fatores também são vistos no futuro do setor no estado, como a exploração de oportunidades externas, aproveitando o câmbio favorável; o desenvolvimento da geração eólica e solar, já que a Bahia tende a ser protagonista na geração destas energias renováveis; promoção de concessões em sua infraestrutura; e trabalho contínuo no adensamento das cadeias industriais existentes, como a Petroquímica, têxtil-algodão e alimentos-laticínios. Fonte: Bahia Notícias

Avião cai e explode em Manaus; cinco morrem e homem sobrevive

Avião cai e explode em Manaus; cinco morrem e homem sobrevive

Foto: Ive Rylo / G1 AM
Cinco pessoas morreram nesta quinta-feira (7) após a queda e explosão de um avião de pequeno porte em uma área de floresta no bairro União, no centro-sul de Manaus (AM), por volta das 8h. Segundo informações do portal G1 AM, uma criança de 4 anos está entre as vítimas. A aeronave havia decolado da capital amazonense com destino ao município de Novo Aripuanã às 7h45. “Eu vi o avião cair. Uma coisa que eu não esperava acontecer. Dei tudo de mim para salvar as pessoas e consegui salvar um. Fiquei triste que não consegui salvar a criança, ela pediu ajuda de mim, mas era muito fogo. Eu não podia fazer nada”, relatou uma das testemunhas, o autônomo Genilson de Souza Marcolino, de 38 anos.De acordo com o tenente João Filho, do Corpo de Bombeiros, o piloto foi arremessado do avião e encontrado a cerca de 10 metros do local do acidente. Um homem chegou a ser resgatado com vida e está com 90% do corpo queimado, mas segundo os Bombeiros, estava consciente quando foi localizado. O sobrevivente não foi identificado e foi socorrido para o Hospital Pronto-Socorro 28 de Agosto, com quadro gravíssimo. Ainda não se sabe a causa da queda do avião, um Embraer 721D, de matrícula PT-REI. A Força Aérea Brasileira (FAB) afirmou que uma equipe de investigação do Sétimo Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA VII) está no local e começou a apurar as causas do incidente.

Conquista: Barragem de Água Fria II volta a apresentar melhora no nível

Foto: Reprodução - TV Sudoeste
Foto: Reprodução – TV Sudoeste

A Barragem de Água Fria II, principal responsável pelo abastecimento de água em Vitória da Conquista e Belo Campo, voltou a apresentar uma leve melhora no nível. Passou de 51% da capacidade total para 53%, os dados foram divulgados pela TV Sudoeste durante entrevista com representante da Embasa nesta terça-feira (06). Em maio, quando iniciou o racionamento de água a mesma barragem estava com apenas 34% do total da capacidade.

Ainda assim a Embasa reforça a necessidade da população economizar água, e  caso os moradores que não forem abastecidos no período estabelecido no calendário devem acionar a Embasa pelo teleatendimento gratuito 0800 0555 195 para solicitar o abastecimento alternativo por meio de carros-pipa. Blog do Rodrigo Ferraz

Vitória da Conquista é contemplada com projeto internacional e receberá R$ 3 milhões através do HealthRise

Foto: Divulgação | PMVC
Foto: Divulgação | PMVC

Vitória da Conquista receberá cerca de R$ 3 milhões através do programa HealthRise, da fundação norte-americana Medtronic, para expandir e aprimorar o atendimento a pessoas portadoras de doenças cardiovasculares (DCV) e diabetes. “A porta de entrada do programa serão as unidades de saúde. Através delas, vamos rastrear e acompanhar cada paciente hipertenso e diabético”, explicou o professor Márcio Galvão ao prefeito Guilherme Menezes, nesta segunda-feira (5), aproveitando também para agradecer o apoio da Prefeitura.

Além do rastreamento e do monitoramento, as equipes de saúde da família receberão capacitações, será realizada a interligação dos sistemas de saúde, a implantação do sistema de prontuários eletrônicos e a construção de três novas academias de saúde na cidade, nos bairros Coveima, Morada dos Pássaros e Urbis VI. “O programa será executado até agosto de 2018, com possibilidade de expansão. Conquista servirá de demonstrativo para o Brasil, juntamente com a cidade de Teófilo Otoni, para que o projeto possa expandir pelo país”, completou o professor Sóstenes Mistro, durante a visita. :: LEIA MAIS »

Supremo julga hoje à tarde decisão de Marco Aurélio contra Renan

Foto: Audiência AP

Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia,

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, e pelo menos quatro outros ministros da Corte buscaram durante toda esta terça-feira, 6, amenizar a crise entre Judiciário e Legislativo. Ela incluiu como item número 1 na pauta da sessão desta quarta-feira, 7, o julgamento sobre a liminar do ministro Marco Aurélio Mello que afastou o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) do cargo de presidente do Senado. A negociação prevê que a partir das 14 horas o plenário acate apenas em parte o mérito da ação proposta pela Rede pelo afastamento de Renan da presidência do Senado. A intenção é garantir o senador na função de comando, mas impedi-lo preventivamente de assumir a Presidência da República na ausência de Michel Temer. O plenário do STF é considerado a única instância capaz de estancar uma grave crise entre os Poderes. A avaliação é de que foi criado um impasse institucional. Sintomaticamente, o primeiro-vice-presidente do Senado, Jorge Viana (PT-AC), foi nesta terça-feira ao STF manifestar preocupação com o nível de tensão e se disse empenhado em uma solução de equilíbrio e moderação. Viana ocuparia o cargo no caso de afastamento de Renan e seria o segundo na linha sucessória de Temer. O petista conversou com Cármen Lúcia, Luís Roberto Barroso, Dias Toffoli e Luiz Fux na busca de pacificação das instituições. Ele fez um outro gesto nessa direção: chegou ao Senado ao lado de Renan. “Jurisprudência. Prudência, prudência, prudência, para a pacificação”, disse a presidente do STF em conversa com o Estado. Também preocupada com a situação, Cármen Lúcia passou a madrugada desta terça-feira em claro e, quando o ministro Gilmar Mendes telefonou de Lisboa, perplexo, perguntando o que iria acontecer ao longo do dia, reagiu: “Como eu vou saber? São 6h15 da manhã aí e 4h15 aqui!”. Fonte: Estadão



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia