ebook gestao financeira


Qual nome você daria ao novo aeroporto de Vitória da Conquista?

Resultados

Loading ... Loading ...
maio 2016
D S T Q Q S S
« abr    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  


:: ‘Notícias’

Sarney relata em gravação que Lula se arrependeu da eleição de Dilma

O ex-presidente José Sarney (PMDB-AP) afirma em uma conversa gravada pelo ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva  se arrependeu da escolha da presidente afastada Dilma Rousseff para sucedê-lo.

A conversa foi gravada por Machado na casa do ex-presidente José Sarney (PMDB-AP). O ex-presidente da Transpetro, que gravou várias conversas com políticos do PMDB, teve acordo de delação premiada homologado pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

No diálogo com Sarney, inédito, Machado e o ex-presidente falavam sobre a Dilma Rousseff e sobre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O nome de Lula não é citado diretamente, mas, para os investigadores, fica claro que a conversa é sobre ele.

SÉRGIO MACHADO – Agora, tudo por omissão da dona Dilma.
JOSÉ SARNEY – Ele chorando. O que eu ia contar era isso. Ele me disse que o único arrependimento que ele tem é ter eleito a Dilma. Único erro que ele cometeu. Foi o mais grave de todos. 

Em gravação citada pelo jornal “Folha de S.Paulo” entre Machado e o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) o assunto também é Lula. Mas a conversa é sobre o suposto envolvimento do ex-presidente no esquema do mensalão do PT. :: LEIA MAIS »

Para Marina, eleição de 2014 foi ‘fraudada’ e Dilma cometeu crime

por Gabriela Lara | Estadão Conteúdo

Para Marina, eleição de 2014 foi 'fraudada' e Dilma cometeu crime

Foto: Divulgação / Rede
A ex-ministra Marina Silva (Rede) afirmou que as recentes revelações com base em gravações feitas pelo presidente da Transpetro Sérgio Machado mostram que PT e PMDB “convergem” no esforço de enfraquecer a Operação Lava Jato. Em entrevista concedida nesta sexta-feira (27) na capital gaúcha, ela também voltou a defender a cassação da chapa da presidente da República afastada, Dilma Rousseff, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por entender que há elementos trazidos pela própria Lava Jato que indicam que a eleição de 2014 “foi fraudada” pelo uso de dinheiro oriundo do esquema de corrupção em contratos da Petrobrás. Embora defenda novas eleições, Marina disse que “ainda não sabe” se concorrerá à Presidência pela terceira vez. “As revelações feitas de conversas de parte da cúpula do PT e agora de parte da cúpula do PMDB demonstram que qualquer pessoa que tenha conhecimento mínimo do que está ocorrendo da política brasileira sabe que o ponto em que eles (PT e PMDB) se encontram e convergem na mesma profundidade, na mesma proporção, é no arrefecimento da Lava Jato”, disse. De acordo com Marina, o impeachment não pode ser classificado como golpe porque está previsto na Constituição e porque, segundo ela, houve crime de responsabilidade cometido por Dilma. “Mais de R$ 60 bilhões foram usados em operações de crédito sem autorização do Congresso, sem que nós tivéssemos lastro necessário para essas operações”, relatou. Para a fundadora da Rede Sustentabilidade, no entanto, embora seja um processo legal o impeachment não alcança a finalidade desejada de “passar o Brasil a limpo”, uma vez que mantém o PMDB no poder, na figura do agora presidente em exercício Michel Temer. “As cúpulas desses partidos indicaram juntas as diretorias da Petrobrás. Havia uma coordenação para a distribuição dos recursos da propina, e esses segmentos estavam operando politicamente para o enfraquecimento da Lava Jato”, defendeu.

Celulares de seis estados e do DF ganham dígito; aplicativo ajuda a mudar agenda

da Agência Brasil
Vários aplicativos ajudam na atualização automática da agenda dos aparelhos
Vários aplicativos ajudam na atualização automática da agenda dos aparelhosMarcello Casal Jr/Agência Brasil

Os números de celulares de seis estados e do Distrito Federal terão mais um número a partir de amanhã (29). Para fazer ligações ou mandar mensagens de qualquer lugar do país, seja de telefone fixo ou móvel, para celulares desses estados, será preciso discar o 9 antes do número do telefone.

Vários aplicativos gratuitos podem ajudar na atualização automática da agenda de contatos. Os programas incluem automaticamente o 9 na frente de todos os contatos do celular nas regiões onde o nono dígito já foi implantado. Há sistemas disponibilizados pelas operadoras de telefonia móvel e outros oferecidos por empresas de tecnologia.

A mudança vai valer para os números de celulares da Região Centro-Oeste e de três estados da Região Norte. O nono dígito deverá ser acrescentado antes do número telefônico para ligar para celulares dos seguintes DDDs: 61 (Distrito Federal), 62, 64 e 65 (Goiás), 63 (Tocantins), 66 (Mato Grosso), 67 (Mato Grosso do Sul), 68 (Acre) e 69 (Rondônia). O dígito 9 deverá ser acrescentado à esquerda dos atuais números, que passarão a ter o seguinte formato: 9xxxx-xxxx.

Nos próximos dez dias, as chamadas feitas com 8 dígitos e com 9 dígitos serão completadas normalmente. De 8 de junho a 5 de setembro, as chamadas com 8 dígitos receberão mensagem com orientação sobre a mudança. Depois desse período, as chamadas feitas com oito dígitos não serão mais completadas.

O nono dígito já foi implementado em São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Amapá, Roraima, Amazonas, Pará, Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia e Minas Gerais. No dia 6 de novembro, será a vez do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

O objetivo da mudança é aumentar a disponibilidade de números na telefonia celular, dar continuidade ao processo de padronização da marcação das chamadas e garantir a disponibilidade de números para novas aplicações e serviços.

Após perder emprego na Globo e recusar Record, ator passa a vender hambúrguer

Marcello Antony, 51 anos, 13 novelas na Globo – e está sumido… “Estou mesmo”, confessou, em bate-papo exclusivo com o Glamurama depois de um bom tempo sem dar entrevistas. Vai demorar pra gente ver o ator em uma trama da emissora? “Adoraria fazer…”

Voltando a fita: o último trabalho dele na TV foi em “Amor à Vida”, de 2013, em que interpretou o advogado homossexual Eron. Na época, Marcello teria criticado Walcyr Carrasco e dito que “sofria”pra dizer seu texto porque o personagem não tinha um perfil sério. Especulou-se que tal declaração teria colocado o ator na “geladeira”. Bom, o fato é: “Meu vínculo com a Globo terminou em junho do ano passado e eles não quiseram renovar. Sempre tive obra certa lá e depois fizeram um contrato longo. Agora a nova política da casa é… Eles estão fazendo uma limpeza com muita gente. Se eu fizer algo na Globo, vai ser com contrato por obra”. Sobre o boato de que teria recebido convite da Record: “Não rolou isso”.

Está com saudades de Marcello, glamurette? Vai precisar esperar mais cinco meses. “Estou no elenco de ‘Pequeno Segredo’ [filme sobre a trajetória da família Schürmann com a filha adotiva, Kat, que tinha AIDS e morreu em 2006], uma superprodução. Faço o Vilfredo Schürmann e a Julia Lemmertz interpreta a mulher dele, Heloísa“. O lançamento estava previsto para junho, mas acabou ficando para outubro, para esperar passar a onda das Olimpíadas. :: LEIA MAIS »

Bolsa Família perdeu R$ 2,6 bilhões com fraudes

NA FILA - Sem fiscalização eficiente, o dinheiro do contribuinte deixa de ir para quem precisa: é o “bolsa fraude”
NA FILA – Sem fiscalização eficiente, o dinheiro do contribuinte deixa de ir para quem precisa: é o “bolsa fraude”(ALEXANDRO AULER/VEJA)

Daria para fazer quase 30 000 casas pelo programa Minha Casa, Minha Vida. Somente entre 2013 e 2014, pelo menos 2,6 bilhões de reais do total da verba reservada ao Bolsa Família foram parar no bolso de quem não precisava. A informação é resultado do maior pente-fino já realizado desde o início do programa do governo federal, em 2003. Feito pelo Ministério Público Federal a partir do cruzamento de dados do antigo Ministério do Desenvolvimento Social com informações de órgãos como Receita Federal, Tribunais de Contas e Tribunal Superior Eleitoral, o exame detectou mais de 1 milhão de casos de fraude em todos os estados brasileiros. O Bolsa Família, um valor mensal a partir de 77 reais por pessoa, é destinado exclusivamente a brasileiros que vivem abaixo da linha da pobreza. A varredura mostrou, no entanto, que entre os que receberam indevidamente o auxílio no período estão funcionários públicos, mortos e até doadores de campanha (veja o quadro na pág. ao lado).

Só de funcionários públicos foram 585 000 os beneficiários ilegais. Em todos os casos, os contemplados ganhavam ao menos um salário mínimo (piso da categoria) e, segundo apurou o estudo, pertenciam a famílias com renda per capita acima de 154 reais – situação que os impediria de receber o benefício. O fato de esses funcionários serem majoritariamente servidores municipais reforça a tese do Ministério Público de que esse tipo de fraude não dispõe de um comando centralizado. “Nasce daquele microcosmo do município em que o cadastrador conhece quem está sendo habilitado e não tem interesse em realizar uma fiscalização correta sobre suas condições de pobreza”, afirma a procuradora Renata Ribeiro Baptista, que coordenou a pesquisa.

Os doadores de campanha ocupam lugar de destaque no ranking das categorias de fraudadores identificadas no estudo. O Ministério Público encontrou 90 000 beneficiários do programa que, em 2014, doaram a políticos ou partidos valores iguais ou superiores aos recebidos do programa naquele ano e casos de grupos de dez ou mais beneficiários que transferiram verbas para um mesmo candidato. :: LEIA MAIS »

Com crise econômica, quase 3 milhões de pessoas ficam sem seguro-desemprego

Com crise econômica, quase 3 milhões de pessoas ficam sem seguro-desemprego

Foto: Marcos Santos / USP Imagens
O aumento do desemprego e o agravamento da crise econômica já fizeram com que quase 3 milhões de brasileiros perdessem o direito de usar o seguro-desemprego. O benefício é pago pelo governo por cinco meses e tem valor máximo de R$ 1.542. Porém, como há menos vagas disponíveis, muitos não conseguem encontrar trabalho a tempo. De acordo com a Folha de S. Paulo, 542,4 mil pessoas receberam a última parcela do seguro-desemprego neste mês. Desde o início do ano, 2,862 milhões de pessoas perderam o direito ao benefício. Dados do Ministério do Trabalho apontam que, em relação ao ano passado, o número é 8% superior. Ao mesmo tempo, o número de vagas fechadas é superior ao das que abrem. Em abril, o mercado de trabalho formal encerrou 62.844 postos de trabalho.

Conquista: Semáforos para pedestres serão instalados na Praça Barão do Rio Branco

SCM_7738foto: Secom PMVC

Dois novos semáforos estão sendo instalados na Praça Barão do Rio Branco, no centro de Vitória da Conquista. Os equipamentos serão dotados de botoeira sonora e tem o objetivo de melhorar a fluidez e segurança do trânsito, principalmente para os pedestres com mobilidade reduzida.

Nesta sexta-feira (27), a equipe da Coordenação de Trânsito instalou as colunas e nos próximos dias concluirá os serviços. Um dos semáforos organizará o trânsito no cruzamento da referida praça com a Rua Maximiliano Fernandes, e outro na Rua Zeferino Correia.

Projeto pró-islã recebe R$ 7 milhões via Lei Rouanet

Projeto pró-islã recebe R$ 7 milhões via Lei Rouanet
Projeto pró-islã recebe R$ 7 milhões via Lei Rouanet

Entre as constantes discussões sobre os abusos da Lei Rouanet, grande trunfo do Ministério da Cultura (MinC) nos governos do Partido dos Trabalhadores, o foco parece recair sempre nos artistas globais. Alguns deles receberam milhões de reais em forma de renúncia fiscal para produzirem seus espetáculos, que ainda assim cobram ingressos caros.

Em meio ao escrutínio público que vem sendo feito após a posse do novo governo, está sendo proposta uma CPI na Câmara dos Deputados para se investigar os excessos. Até o momento não foi divulgado se no novo MinC irá revisar todas as concessões futuras, como tem sido especulado.

Alguns desses projetos, aprovados pelo governo Dilma Rousseff, chamam atenção por terem clara formatação ideológica. Por exemplo, foi captado via Lei Rouanet um total de R$ 7.095.007,39 para a organização da exposição “1001 Invenções: descobrindo o duradouro legado da civilização muçulmana”.

A exposição, idealizada por uma organização da Inglaterra, será apresentada em São Paulo no ano que vem, por um período de três meses. No próximo encontro da Comissão Nacional de Incentivo à Cultura (CNIC), entre 7 a 9 de junho, ele precisa receber a aprovação final.

A justificativa do projeto, idealizado por Ahmed Salim, um jordaniano radicado em Londres, tem “a finalidade de descortinar esse passado (muçulmano) encoberto pelos acontecimentos atuais e pelo próprio modo como foi contada a história ocidental.” Entre as várias facetas da exposição está a exibição do documentário: “O que o mundo islâmico fez por nós”. :: LEIA MAIS »

Em carta à OMS, cientistas pedem adiamento da Olimpíada por causa do vírus Zika

Em carta à OMS, cientistas pedem adiamento da Olimpíada por causa do vírus Zika

Foto: Fernanda Carvalho / Fotos Públicas
Pesquisadores de pelo menos 15 países assinaram uma carta aberta para a Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Comitê Olímpico Internacional (COI) na qual pedem o adiamento dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro ou a troca de local do evento em nome “da saúde pública” devido à presença do vírus Zika na cidade. Segundo o documento, é desnecessário que cerca de 500 mil pessoas do mundo todo se exponham a um vírus e ainda corram o risco de levar a seus países de origem, aumentando as chances de tornar a doença endêmica em outras regiões. No Brasil, especialistas sugerem que o vírus Zika chegou em situação de alta circulação de turistas, no período da Copa do Mundo. A descoberta de que, quando o Zika infecta gestantes, pode ocasionar problemas neurológicos nos bebês e de que o vírus está relacionado ao desencadeamento da Síndrome de Guillain-Barré são motivos citados no documento para que a Olimpíada seja adiada ou disputada em outra sede. De acordo com a Agência Brasil, os cientistas ressaltam que os Jogos Olímpicos de 1916, 1940 e de 1944 foram cancelados por causa de doenças. A pesquisadora Débora Diniz, da Universidade de Brasília, é a única signatária brasileira da carta. Em resposta à carta, o Ministério da Saúde divulgou nota dizendo que o Zika está presente em 60 países e que a população brasileira representa 15% das pessoas expostas ao vírus. “Vale destacar que o período em que serão realizadas as Olimpíadas no Brasil é considerado não endêmico para transmissão de doenças causadas pelo Aedes aegypti, como Zika, dengue e chikungunya”, destaca a nota. O ministério ressalta ainda o fato de a OMS não ter feito nenhuma recomendação para restrição de viagens, exceto às grávidas. Segundo a pasta, a diretora geral da OMS, Margaret Chan, confirmou que virá aos Jogos Olímpicos, “o que deve ser interpretado como um simbolismo da segurança deste período de baixa a transmissão do vírus Zika”. Por meio da assessoria de imprensa, o COI disse que o evento ocorrerá no cronograma estabelecido e com total segurança para todas as pessoas envolvidas. De acordo com o comitê, o zika é assunto que tem sido discutido frequentemente.

Conquista: Identificado pedreiro morto a pauladas de madeira e de pá após assalto

Foto: Blitz Conquista
Foto: Blitz Conquista

A Polícia Civil já identificou o pedreiro morto a pauladas na noite de ontem (sexta-feira) no Bairro Cidade Serrana, em Vitória da Conquista. A vítima trata-se de Edson Moreira Santos.

Como reside na zona rural de Conquista, a vítima pernoitava no trabalho todos os dias. Na noite desta sexta-feira, 27, o proprietário do imóvel e um funcionário entraram na construção e perceberam que os aparelhos de TV e DVD, além de outros objetos, foram levados. Eles procuraram por Edson e o encontraram morto. O pedreiro estava debaixo de um colchão e cobertores.

Edson apresentava o rosto desfigurado, pois havia sido morto a golpes de madeira e de pá.

Vídeo de líder de louvor bate recorde de visualizações no Facebook

Vídeo de líder de louvor bate recorde de visualizações no Facebook
Evangélica bate recorde de visualizações no Facebook

Era para ser apenas uma brincadeira. Dia 19 de maio, a dona de casa americana Candace Payne comprou uma máscara de Chewbacca, personagem de Star Wars. Ela decidiu gravar um vídeo mostrando como o brinquedo fazia sons engraçados e ficava rindo logo em seguida. Em pouco mais de uma semana, Candace se tornou uma celebridade. O motivo? Seu vídeo despretensioso foi visto mais de 145 milhões de vezes.

Trata-se de um recorde. Nunca um vídeo postado na rede social de Mark Zuckerberg foi tão assistido, tão curtido e tão compartilhado. O dono do Facebook chegou a levá-la para   conhecer a sede da empresa. Ela virou notícia em todos os principais sites do mundo, fez aparições em diversos programas de TV e ganhou mais de 700 mil seguidores virtuais.

Ninguém sabe o que faz um vídeo viralizar, mas entre os especialistas, no caso dela arriscam dizer que sua risada contagiosa simplesmente teria o efeito de alegrar as pessoas que viram o vídeo.

O que a grande mídia não tem dado muita atenção no caso da “mãe Chewbacca”, como ela foi apelidada, é que Candace vê a mão de Deus nisso tudo. Evangélica, ela é líder do grupo de louvor da Assembleia de Deus que frequenta.

Afirma que deseja usar sua fama repentina para compartilhar o evangelho. No vídeo que a fez famosa, ela fala sobre as “pequenas alegrias da vida”, mas agora seu foco está na grande alegria da sua vida: a salvação em Jesus.

“Quando eu tinha 16 anos, recebi uma visão e um sonho do Senhor sobre o meu futuro, de como eu seria usada para a Sua glória”, contou ela recentemente em outro vídeo postado no Facebook. :: LEIA MAIS »

“Não dói o útero e sim a alma”, diz vítima de estupro coletivo em rede social

Vítima agradeceu apoio de internautas e fez desabafo em rede social

A jovem de 16 anos que foi estuprada por 33 homens em uma comunidade da Zona Oeste do Rio de Janeiro agradeceu nas redes sociais o apoio que vem recebendo de usuário da web e fez um desabafo após o ataque.

“Venho comunicar que roubaram meu telefone e obrigado pelo apoio de todos. Realmente pensei que seria julgada mal! Mas não fui, todas podemos um dia passa e por isso… Não, não doi o útero e sim a alma por existirem pressoas cruéis sendo impunes!!”

A adolescente, que teve imagens publicadas nas redes sociais depois de ser vítima do estupro coletivo, disse em depoimento a policiais da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), da Polícia Civil do Rio, que foi atacada por 33 homens armados de fuzis e pistolas. Ela contou que, no último sábado, 21, foi visitar o namorado no morro do Barão, na Praça Seca, zona oeste carioca, e só lembra de ter acordado, no dia seguinte, “dopada e nua”, em uma casa desconhecida, cercada pelos agressores.

A polícia pediu a prisão de quatro homens: Lucas Perdomo Duarte, 20 anos, com quem a adolescente tinha um relacionamento, Marcelo Miranda da Cruz, 18 anos, Michel Brazil da Cruz, 20 anos, e Raphael Assis Duarte Belo, 41 anos. :: LEIA MAIS »

Conquista: Dois bandidos tombam em confronto com policiais da Caesg, após abordagem

Blog do Léo Santos

Na manhã data sexta-feira (27), após tentativa de abordagem a três indivíduos suspeitos, a guarnição foi recebida a bala.

Após revidarem a injusta agressão, dois foram alvejados e um conseguiu fugir em um matagal. Rapidamente os indivíduos baleados foram socorridos pela guarnição e encaminhados para o Hospital Geral de Vitória da Conquista. Os elementos, ainda não identificados, não resistiram aos ferimentos e morreram no hospital. Mais informações a qualquer momento.

Uma mulher é violentada a cada 11 minutos no Brasil

Estadão

650x375_estupro_1638846O estupro coletivo que aconteceu no Rio nesta semana é “o caso mais grave já ocorrido no Brasil”, afirmou Samira Bueno, cientista social e diretora executiva do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), organização não governamental (ONG) que formula análises e pesquisa as estatísticas sobre a violência no País.

A especialista lembra que, até então, o episódio mais chocante havia sido o das quatro meninas do Piauí. No caso carioca, disse Samira, além da quantidade de agressores, choca o fato de nenhum dos envolvidos ter tentado impedir a violência e “ainda terem postado o vídeo nas redes, se orgulhando do que fizeram”.

“O que chama a atenção é a brutalidade em pensar que mais de 30 homens estupraram a adolescente e nenhum deles, em momento algum, tentou impedir”, disse ela, que ressalta ainda o aspecto cultural da violência. “O estupro está vinculado à cultura machista e misógina, que entende que os homens têm direito de ferir a mulher.”

As estatísticas das Secretarias de Segurança Pública de todo País, reunidas pelo FBSP, mostram que mulheres de diferentes classes e raças são violentadas, “embora as negras sejam as principais vítimas letais”, segundo a cientista social. A vítima do estupro coletivo não é negra.

Uma mulher é estuprada no Brasil a cada 11 minutos, segundo estatística recolhida pela FBSP. Como apenas de 30% a 35% dos casos são registrados, é possível que a relação seja “de um estupro a cada minuto”, de acordo com Samira. Ao todo, no Brasil, 47,6 mil mulheres foram estupradas em 2014, última estatística divulgada. No Estado do Rio, foram 5,7 mil casos.

Dados do Instituto de Segurança Pública (ISP), órgão vinculado à Secretaria de Segurança do Estado, revelam 507 queixas de estupro na cidade do Rio, neste ano. O número é 24% inferior ao de igual período (janeiro a maio) de 2015, quando houve 670 registros. Na região da 28.ª Delegacia de Polícia, que inclui a Praça Seca, onde aconteceu o estupro coletivo, foram registrados 20 casos em 2016.

Lula interferiu na indicação de Costa para diretoria da Petrobras, diz Corrêa

O ex-presidente Lula fala com a imprensa após ser conduzido coercitivamente para depor pela Polícia Federal em São Paulo, em março de 2016 (Foto: Paulo Whitaker/Reuters)
O ex-presidente Lula foi citado na delação do ex-deputado Pedro Corrêa (Foto: Paulo Whitaker/Reuters)

Anexos da pré-delação do ex-deputado e ex-presidente do Partido Progressista (PP) Pedro Corrêa, firmada com o Ministério Público Federal (MPF), indicam que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tinha conhecimento sobre o esquema de corrupção desvendado na Petrobras e que interferiu diretamente na nomeação de Paulo Roberto Costa para a diretoria de Abastecimento por indicação do PP.

A delação de Pedro Corrêa ainda não foi homologada pela Justiça.

Em um dos anexos, o ex-deputado relata uma reunião entre Lula e o ex-presidente da Petrobras José Eduardo Dutra para tratar da nomeação de Costa no setor.

Paulo Roberto Costa é considerado pela força-tarefa da Lava Jato como peça-chave para as investigações. O esquema de corrupção na Petrobras envolveu contratos que somam R$ 89 bilhões. Costa foi um dos primeiros a fechar o acordo de delação premiada.

O trecho começa com Lula cobrando Dutra sobre a demora para a nomeação de Costa para assumir o setor. “Oh, Dutra, nós não nos comprometemos com o PP, que indicou o Dr. Paulo Roberto, já há algum tempo, para a Diretoria de Abastecimento da Petrobras. Porque até agora ele não foi nomeado?”.

Dutra, segundo Corrêa, respondeu que a mudança era um assunto complicado dentro da estatal. “Porque esta mudança de diretor é um assunto complicado dentro da Petrobras. Estão havendo resistências além de a competência não ser só minha para nomeá-lo”.

Em nota, o Instituto Lula afirmou que “há mais de dois anos o ex-presidente Lula tem suas contas, impostos, viagens e conversas devassadas e não se encontrou nenhum fato que o associe aos desvios da Petrobras, porque Lula sempre agiu dentro da lei”.

“O ex-presidente não participou, não foi conivente e muito menos organizou qualquer tipo de ação ilegal, e a os investigadores da Lava Jato sabem disso. Não se pode tomar como verdade a palavra de réus confessos, que negociam acusações sem provas em troca de sair da cadeia”, diz a nota. O Instituto Lula ainda afirmou que “os advogados do ex-presidente Lula vão requerer acesso ao suposto depoimento do réu Pedro Correia, para tomar as medidas cabíveis”.

O G1 tenta contato com as defesas dos demais envolvidos.

Confira o trecho completo da conversa citada pelo ex-deputado

Trecho da delação de Pedro Corrêa mostra influencia de Lula na nomeação de Paulo Roberto Costa na Petrobras (Foto: Reprodução)
Trecho da delação de Pedro Corrêa mostra influencia de Lula na nomeação de Paulo Roberto Costa na Petrobras (Foto: Reprodução)

Segundo reportagem da revista “Veja”, publicada nesta sexta-feira (27), nesta pré-delação, o ex-deputado Pedro Corrêa contou que, em determinado momento, parlamentares do PP se rebelaram contra o crescimento da participação do PMDB nos contratos firmados na Diretoria de Abastecimento da Petrobras e procuraram o ex-presidente Lula.

Aos procuradores, os deputados chamaram este crescimento de “invasão”. Segundo a “Veja”, ainda conforme o relato de Corrêa, Lula teria dito que eles “estavam com as burras cheias de dinheiro” e que a diretoria era “muito grande” e tinha de “atender os outros aliados, pois o orçamento” era “muito grande” e a diretoria era “capaz de atender todo mundo”.

De acordo com a revista, Corrêa acrescentou aos procuradores que Lula teria garantido que “a maior parte das comissões seria do PP, dono da indicação do Paulinho”.

Segundo a Veja, com a ordem de Lula para que os partidos se entendessem, Corrêa disse ter se reunido com membros do PMDB para tratar da partilha. Um dos primeiros procurados “para buscar o melhor entendimento na arrecadação” teria sido o senador Renan Calheiros, acompanhado do deputado Aníbal Gomes. Ele fez a mesma coisa com o deputado Eduardo Cunha e o senador Romero Jucá – todos do PMDB. De acordo com a revista, acertados os termos com o PMDB, os negócios começaram a fluir a partir de 2006.

A “Veja” afirma que Pedro Corrêa também relatou que o PMDB cobrou para manter o apoio à permanência de Paulo Roberto Costa e de Nestor Cerveró – que na época também era diretor da Petrobras. Foi cobrada uma propina de US$ 18 milhões, que deveriam ser pagos a tempo de financiar a campanha eleitoral daquele ano – 2006. Receberam US$ 6 milhões. Fonte: Veja/G1

UESB realiza curso sobre violência sexual contra crianças e adolescentes

Foto: Rafael Gusmão

DSC_0532
Nesta semana, a Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) promoveu o curso de extensão “Aspectos jurídicos e psicossociais do enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes”. A atividade reuniu especialistas na área, estudantes e outras pessoas que têm algum envolvimento com o tema. O curso é mais uma ação de planejamento do Núcleo de Defesa da Criança do Adolescente (NDCA) da Uesb e contou com o apoio da Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social.

O evento aconteceu em um momento peculiar. “Maio é um mês que simboliza enfretamento à violência sexual contra criança e adolescente e o Núcleo, dentro do seu planejamento estratégico, tem como meta o enfrentamento às diversas formas de violência no município. Por essa razão, a gente percebeu a necessidade de realizarmos esse curso de extensão como forma de dar subsídios técnicos, teóricos, pra todos os agentes que atuam diretamente no enfretamento a essa forma de violência”, afirmou o advogado e gerente do NDCA, Michael Farias. Segundo o gerente, a iniciativa também dará elementos ao estudante da Universidade, no sentido de contribuir para o seu processo formativo. :: LEIA MAIS »

VÍDEO: Polícia pede a prisão de 4 suspeitos de estupro coletivo à adolescente, no Rio

A Polícia Civil pediu à Justiça a prisão de quatro homens suspeitos de envolvimento no estupro coletivo cometido contra uma adolescente de 16 anos em uma comunidade da Zona Oeste do Rio. Assista:

O caso ganhou repercussão após fotos e vídeos da vítima violentada serem publicados na internet pelos agressores, que ironizaram o crime.

Marcelo Miranda da Cruz Correa, de 18 anos, e Michel Brazil da Silva, de 20 anos, são suspeitos de divulgar as imagens da vítima na internet, segundo a polícia. Lucas Perdomo Duarte Santos, de 20 anos, tinha um relacionamento com a adolescente e teria participação direta no crime. O quarto suspeito é Raphael Assis Duarte Belo, de 41 anos, que aparece nas imagens ao lado da garota. Raphael trabalhou como apoio a operador de câmera nos estúdios Globo, de onde foi desligado em agosto. A polícia não soube informar qual é a atual profissão dele.

A adolescente de 16 anos foi estuprada no sábado (21), em uma comunidade da Zona Oeste. Em depoimento à polícia, ela disse ter ido à casa de Lucas Perdomo, com quem ela se relacionava há três anos, e de se lembrar de estar a sós na casa dele. Depois, se lembra apenas de acordar no domingo, em outra casa na mesma comunidade, dopada, nua e com 33 homens armados com fuzis e pistolas. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia