WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


agosto 2010
D S T Q Q S S
« jul   set »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  


Ficha suja diz que é perseguido e que tinha eleição ganha


Mariana Desidério
Especial para Terra Magazine

Quando soube da aprovação da Lei da Ficha Limpa, Jocelito Canto (PTB), deputado estadual no Paraná, anunciou desistir da política e não apresentou candidatura. Hoje, com alguns candidatos impugnados, ele diz que, se fosse continuar, tentaria uma vaga de deputado federal e garante que ganharia. “Seria uma eleição ganha. Eu fiz uma eleição para deputado estadual com 64 mil votos, agora teria mais de 100 mil”, afirma, confiante.

Questionado sobre os processos em que é acusado, o deputado dispara contra o Ministério Público: “É tudo perseguição contra mim. Tudo porcaria. Ações sem fundamento. Há também uma perseguição do poder judiciário aqui, porque eu tenho denunciado eles por corrupção. Tive a coragem de falar que o poder judiciário está cheio de corrupção aqui no Paraná”.

Com no mínimo nove ações em andamento contra si, Jocelito Canto acha que a nova lei é boa quando pune os corruptos (grupo no qual ele não se inclui), mas tem “alguns absurdos”. Sua principal crítica é ao poder judiciário. “Algumas condenações são políticas, porque o poder judiciário é muito político hoje”, diz.

Para ele, a justiça é muito mais dura com os políticos. “O judiciário deveria ser mais técnico. O Medina (ministro do Superior Tribunal de Justiça Paulo Medina, acusado de vender sentenças e que foi punido com aposentadoria compulsória) foi lá aposentado e não vai dar nada, ainda vai ganhar a aposentadoria. Nós os políticos somos condenados a devolver o dinheiro, às vezes nem devemos. Somos condenados a ficar sem mandato. Sempre somos as vítimas. Infelizmente, os promotores pensam que são superiores aos juízes, às leis. Sem pensar que eles mesmos cometem erros”, critica.

A maioria dos processos contra Canto que constam no site da ONG Transparência Brasil são por improbidade administrativa. Ele foi condenado por anunciar como doação pessoal um repasse de R$ 100 mil à Santa Casa de Ponta Grossa, por superfaturamento na compra de um imóvel na mesma cidade e por concessão ilegal do título de utilidade pública à Associação Comunidade Saúde de Ponta Grossa, dentre outros.

Com o fim da carreira, Canto afirma que vai continuar a ser radialista. Ele tem um programa no rádio há 25 anos. Porém, o dia-a-dia da política vai deixar saudades. “Vou sentir falta do convívio, do trabalho, da luta, das brigas pela cidade, pela região”, diz. Este é seu terceiro mandato como deputado estadual no Paraná. No primeiro, era filiado ao PSC, no segundo, ao PRP e no atual está filiado ao PTB. Antes disso, foi prefeito de Ponta Grossa pelo PSDB.

Caixa dois

Além de chamar a atenção declarando sua desistência da vida política, o deputado Jocelito Canto ficou conhecido no Paraná por afirmar que toda campanha tem caixa dois. Ele esclarece: “Eu perguntei quem que não tem caixa dois em campanha. O caixa dois está presente em tudo que é eleição, sempre existe, mas ninguém prova”.

Sobre as suas próprias campanhas, Canto diz que “não têm nem caixa um”. “Minhas campanhas são sempre com poucos recursos. Não tem grupo político, não tem aqueles empreiteiros por trás. São sempre humildes, simples. É diferente dos outros”, afirma.

1 resposta para “Ficha suja diz que é perseguido e que tinha eleição ganha”

  • Ricardo Santa Maria Marins disse:

    Olá! Caros Comentaristas!
    Caro deputado Jocelito Canto (PTB).
    Se o que você diz é verdade e se o que você pensa está correto!
    Não se ACOVARDE frente à INCONSTITUCIONAL E ILEGAL E ILEGÍTIMA FICHA LIMPA!
    BOTA a CAMPANHA NA RUA e DIRIJA-SE ao STF – Supremo Tribunal Federal.
    Se o que você ARGUMENTA estiver dentro da Lei Vigente e dos seus direitos como brasileiro. JAMAIS, o STF – Supremo Tribunal Federal irá DESRESPEITÁ-LOS.
    Portanto, Vá em frente VENÇA NAS URNAS e dê UMA BANANA para esses DITADORES que DESRESPEITAM A CONSTITUIÇÃO FEDERAL. No caso o TSE.
    Boa Sorte! E prove nas URNAS de maneira ORDEIRA e DEMOCRÁTICA que você é um dos ESCOLHIDOS!
    DANE-SE o TSE.
    Vá ao STF!!! Supremo Tribunal Federal.
    Tchau!!!

Deixe seu comentário



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia