da Reuters, em Santiago

Um terremoto de magnitude 6,1 atingiu o sul do Chile nesta sexta-feira, região que há dois meses foi atingida por um tremor de 8,8, sem que até o momento tenham sido reportadas vítimas ou danos materiais, e sim apenas cortes momentâneos de energia elétrica e telefonia.

Moradores da região de Bio-Bio foram acordados pelo tremor, que durou cerca de 25 segundos, informou a Rádio Cooperativa.

“Não há registro de danos à infra-estrutura ou feridos, mas as pessoas ficaram assustadas”, disse uma porta-voz do Escritório Nacional de Emergências.

Segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), o tremor ocorreu por volta das 6h (7h de Brasília) em uma área 66 quilômetros ao sul de Concépcion.

O tremor de 8,8 graus –ocorrido em 27 de fevereiro último– matou cerca de 500 pessoas e destruiu cidades e estradas, além de gerar tsunamis.

O terremoto causou prejuízos estimados em US$ 30 bilhões à infra-estrutura, casas e indústria, de acordo com informações do governo chileno.

Folha