Um problema de rede provocou o atraso na liberação do programa de entrega do IRPF (Imposto de Renda da Pessoa Física) 2010 (ano-base 2009) na manhã desta segunda-feira. De acordo com a Receita Federal, a página entrou quase uma hora após o horário inicial, provocando lentidão no download do programa durante a manhã. Por volta das 12h, a situação já estava normalizada.

Para baixar o formulário de declaração e o programa de transmissão do documento, o contribuinte deve acessar o site da Receita Federal. O prazo de entrega da declaração do IR termina no dia 30 de abril e a previsão é que 24 milhões de brasileiros prestem contas sobre seus bens e rendimentos.

A novidade deste ano ficou por conta do lançamento de um portal para a declaração do Imposto de Renda. Dividido em quatro partes – Declaração, Pagamento, Situação da Declaração e Restituição -, a página traz o passo a passo do preenchimento do documento.

Quanto antes a declaração é entregue à Receita, mais rápida é a liberação da restituição nos casos em que o contribuinte têm algo a receber. O primeiro lote de restituições será liberado em junho.

Além da internet, a declaração pode ser apresentada em disquete, nas agências do Banco do Brasil ou da Caixa Econômica Federal, durante o horário de expediente de cada instituição, ou em formulário de papel, nas agências e nas lojas franqueadas dos Correios, também durante o horário de expediente, ao custo de R$ 5,00 para o contribuinte

Diário do ABC