WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  


:: ‘Vida &’

Obesidade geral prevê risco cardíaco tão bem quanto gordura localizada

Mariana Lenharo – O Estado de S.Paulo

Medidas de obesidade geral – como o Índice de Massa Corporal (IMC) – são tão boas para prever risco cardiovascular quanto estimativas de obesidade localizada – como a medida de circunferência abdominal. É o que diz estudo da Universidade de Cambridge publicado na revista The Lancet.

O resultado contesta o consenso anterior, que afirma que a medida de circunferência abdominal prevê com uma precisão três vezes maior o risco de enfarte do miocárdio quando comparado às estimativas baseadas no IMC.

A pesquisa avaliou informações sobre 221.934 pessoas, que participaram de 58 estudos de longo prazo. Os autores avaliaram o impacto de três variáveis comumente relacionadas ao surgimento de doenças cardiovasculares: a medida da circunferência do abdome, o IMC e a relação entre a medida do abdome e do quadril.

A conclusão foi que esses três fatores têm capacidade igual de determinar riscos cardiovasculares, desde que se levem em consideração dados adicionais sobre pressão sanguínea, histórico de diabetes e colesterol.

De acordo com o cardiologista Heno Lopes, coordenador do Ambulatório de Síndrome Metabólica do Instituto do Coração (Incor-USP), esses resultados concordam com os estudos que estão sendo realizados dentro do instituto paulista.

Ele enfatiza que, apesar de alguns médicos considerarem que a medida da circunferência abdominal diz mais sobre os riscos cardíacos do paciente, a tendência dos estudos atuais é considerar mais o IMC ao tentar estimar os riscos. :: LEIA MAIS »

TCU condena ex-diretores do Inep por vazamento do Enem em 2009

Pedro da Rocha – estadão.com.br

SÃO PAULO – O Tribunal de Contas da União (TCU) condenou nesta sexta-feira, 18, Heliton Ribeiro Tavares e Dorivan Ferreira Gomes, ex-diretores do Instituto de Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), pelo vazamento das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em 2009. Cabe recurso da decisão.

Heliton, então Diretor de Avaliação da Educação Básica do Inep, foi condenado a pagar multa de R$ 5 mil. Dorivan, que era Coordenador-Geral de Exames para Certificação do Inep, terá que pagar R$ 3 mil aos cofres públicos. Ambos têm 15 dias para depositar a quantia.

O Inep terá que explicar ao TCU como foi calculado o valor de aproximadamente R$ 47 milhões que foram ressarcidos ao Consórcio Connase pelos gastos do Inep na contratação emergencial para aplicação do segundo Enem, em 2009. :: LEIA MAIS »

Ipea: falta de médicos é apontada por 58,1% como maior problema do SUS

Wladimir D’Andrade – Agência Estado

SÃO PAULO – A falta de médicos é o principal fator que impede uma melhor avaliação da rede pública de saúde. Esse quesito foi apontado por 58,1% dos entrevistados como o maior problema do SUS. A conclusão é da pesquisa Sistema de Indicadores de Percepção Social (SIPS), divulgada nesta quarta-feira, 9, pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

Em segundo lugar, ficou a “demora para ser atendido nos centros de saúde ou nos hospitais da rede pública” (35,4%), seguido por “demora para conseguir uma consulta com especialista” (33,8%). Os dados, de acordo com o Ipea, indicam que a população quer acesso “mais fácil, rápido e oportuno” à rede pública de saúde.

A pesquisa revela que a rapidez no atendimento é citada como a maior motivação para a busca pelos planos de saúde.

Para três tipos de serviço específicos – atendimento por especialistas, de urgência e emergência e centros e/ou postos de saúde – “aumentar o número de médicos” foi a sugestão mais mencionada, seguida pela redução do tempo de espera para uma consulta. “O aumento do número de médicos pode ser entendido pela população como uma solução para os problemas que vivencia, quando, na busca de serviços no SUS, ocorre demora para atendimento ou existe a necessidade de se chegar muito cedo ao local para conseguir marcar uma consulta ou utilizar outro tipo de serviço de saúde”, diz o estudo.

:: LEIA MAIS »

TRF derruba necessidade de exame da OAB para bacharel do Ceará

Angela Lacerda – Especial para O Estado de S. Paulo

Sob a alegação de inconstitucionalidade – por ferir o princípio da isonomia – o desembargador do Tribunal Regional Federal da 5. Região (TRF-5), Vladimir Souza Carvalho, determinou que a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) inscreva na entidad, o bacharel em Direito Francisco Cleuton Maciel, do Movimento Nacional dos Bacharéis de Direito (MNDB), sem a necessidade de exame de habilitação profissional.

Cabe recurso da OAB à decisão, concedida em caráter liminar. Maciel ajuizou mandado de segurança contra a OAB do Ceará. A Justiça Federal daquele Estado negou o pedido em primeira instância e ele recorreu ao TRF-5, revertendo, liminarmente, a decisão de primeiro grau.

Segundo o desembargador, a profissão de advogado é a única do País em que se exige a aprovação do exame de órgão representativo da categoria para seu exercício, “o que fere o princípio constitucional da isonomia”.

:: LEIA MAIS »

Pré-sal pode ameaçar biodiversidade marinha do Brasil, diz Greenpeace

Karina Ninni – estadao.com.br

O Greenpeace Brasil lançou nesta quinta-feira um relatório sobre biodiversidade marinha e exploração de petróleo offshore (no oceano). “Mar, petróleo e biodiversidade” traça um raio X da costa brasileira e contrapõe os setores de Meio Ambiente e Energia, fazendo a relação entre áreas prioritárias para a criação de Unidades de Conservação Marinhas e áreas onde a prospecção e a exploração de petróleo já acontecem.

Disponível no site da entidade, o documento mostra que na região Sudeste – onde se encontra o pré sal – 21% das áreas consideradas prioritárias para a implantação de Unidades de Conservação Marinhas já têm campos de exploração em atividade ou blocos de exploração em fase de prospecção. A região é seguida de perto pelo Nordeste, com 17,8% de áreas prioritárias para a conservação já concedidas para petrolíferas.Ironicamente, são as duas maiores áreas de ocorrência de corais na costa brasileira: 91% dos recifes de corais do País estão na região Nordeste e o restante está no Sudeste.

:: LEIA MAIS »

Duas pessoas foram indiciadas por novo vazamento no Enem na BA

estadão.com.br

SÃO PAULO – No final da terça-feira, 23, duas pessoas foram indiciadas pela Polícia Federal por causa de vazamento nas provas aplicadas no Exame Nacional do Ensino Medio (Enem). Elas são acusadas de violação de sigilo funcional. Segundo a investigação, uma professora do município de Remanso, no Estado da Bahia, viu o texto de apoio da redação cerca de duas horas antes da aplicação da prova.

 De acordo com a polícia, a apuração que durou 10 dias, apontou que a professora municipal de Remanso, aplicadora da prova no colégio Ruy Barbosa, na mesma cidade, leu o título do assunto da redação durante a abertura do caderno de provas que era destinado a deficientes visuais, no dia 07 de novembro, 2 horas antes da aplicação das provas.

A professora afirmou, em confissão, que após folhear o caderno de provas, ligou para a casa de sua sogra e repassou ao marido o tema da redação “O Trabalho e Escravidão”. Porém, o título era de um texto motivador da redação, pois o tema efetivo do exame era “O Trabalho na Construção da Dignidade Humana”.

:: LEIA MAIS »

Unicamp divulga gabarito do vestibular

Estadão.edu

A Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest) divulgou o gabarito das questões do processo seletivo realizado ontem na manhã desta segunda-feira, 22. A expectativa da banca de redação deve sair até sexta-feira.

Confira o gabarito do vestibular 2011 da Unicamp

Os 53.284 candidatos a uma das 3.444 vagas em 66 cursos da Unicamp e 2 cursos da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp) fizeram ontem a prova da primeira fase do vestibular. A abstenção, de 6,86%, foi superior à registrada no ano passado. Dos 57.209 inscritos no vestibular 2011, 3.925 candidatos não compareceram para fazer o exame.

A prova já está disponível para consulta neste site.

A lista de aprovados na primeira fase será divulgada no dia 20 de dezembro, neste site, juntamente com os locais de prova da segunda fase, que ocorre entre os dias 16 e 18 de janeiro de 2011. As provas de aptidão, para os cursos que as exigem, serão feitas entre 24 e 27 de janeiro, em Campinas.

A primeira fase foi realizada nas seguintes cidades: Bauru, Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Curitiba, Fortaleza, Goiânia, Jundiaí, Limeira, Mogi-Guaçu, Piracicaba, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Salvador, Santo André, Santos, São Bernardo do Campo, São Carlos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo, Sorocaba, Sumaré e Valinhos. :: LEIA MAIS »

Mortes de gestantes caem 34%, mas seguem acima de meta da ONU

LAURA MACINNIS – REUTERS

As mortes decorrentes de complicações na gestação e parto caíram um terço nas últimas duas décadas, mas mil mulheres ainda morrem desnecessariamente por dia no mundo, informou nesta quarta-feira a Organização Mundial da Saúde (OMS).

As mulheres dos países mais pobres têm 36 vezes mais risco de morrer de causas decorrentes da gestação do que as dos países ricos, destacou a OMS, anunciando dados que continuam bem acima das metas de redução adotadas pela ONU.

“Precisamos fazer mais para alcançar as que estão sob maior risco”, disse Anthony Lake, diretor-executivo do Unicef (órgão da ONU para a infância). Ele defendeu uma atenção maior aos cuidados de obstetrícia em áreas rurais, zonas de conflitos e entre mulheres portadores de HIV/Aids. :: LEIA MAIS »

Começa hoje inscrição para vestibular da Fuvest

Estadão.edu

Já estão abertas as inscrições para o vestibular 2011 da Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest), que seleciona alunos para todos os cursos da Universidade de São Paulo (USP) e para a Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. O candidato pode se inscrever até o dia 10 de setembro, exclusivamente pela internet, no site www.fuvest.com.br.

A taxa, no valor de R$ 100, deve ser paga em bancos usando o boleto gerado na inscrição até 10 de setembro ou pela internet, até a data limite do dia 13. A ficha de inscrição dos isentos será automaticamente impressa com essa informação. :: LEIA MAIS »

Campeões do Enem levavam rotina normal de estudos

Carolina Stanisci – Especial para o Estadão.edu

Os dois campeões do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2009 levaram uma rotina normal na escola, sem exageros nos estudos. Aos 18 anos de idade, o curitibano Henrique Fanini Leite e o mineiro de Capitólio (MG) Lucas Gualberto Santos Costa saíam com amigos e praticavam esportes.

Primeiro colocado no ranking geral do Enem, Henrique estudou no Colégio Bom Jesus, escola particular tocada por frades franciscanos. Sempre foi o melhor da classe e hoje cursa Engenharia Aeronáutica no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), em São José dos Campos. Ele revela que mudou seus costumes apenas no último ano da escola: o que o motivou foi o vestibular puxado do ITA. “Decidi estudar quatro horas por dia, de segunda a sexta”, diz.

A rotina espartana de chegar em casa, almoçar às 13h e estudar das 14h às 18h funcionou. Raras vezes ele escapava para nadar, seu esporte favorito. Ainda assim, conseguiu ser o primeiro no Enem e também no curso de Engenharia Aeronáutica na Federal do Paraná. Ganhou prêmios dos pais? “Não, eles sempre me incentivaram”, conta.

Henrique está feliz por ter tirado a boa nota, mas acha que sua rotina não necessariamente é receita certa de se dar bem no Enem. “Eu fiquei focado nas matérias de Exatas, por causa do ITA. Para se dar bem no Enem, precisa saber um pouco de tudo, mas nada tão profundamente.”

Lucas também tinha uma rotina de um adolescente como outro qualquer. Não se matava de estudar, mas prestava muita atenção nas aulas. O calouro de Engenharia Química na Unicamp conta que boa parte de seu sucesso no Enem veio da escola pública onde estudou, o Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Viçosa.

Lá, conta Lucas, os alunos podiam usar toda a estrutura da universidade, como a biblioteca. “Isso ajudou bastante.” E Lucas também gostava de usufruir das quadras da Federal. “Gosto de vôlei, jogava muito nos horários livres”, lembra o primeiro colocado do Enem entre os alunos de escolas públicas.

Em férias da Unicamp, onde divide com mais dois alunos um quarto de pensão no bairro Cidade Universitária, em Campinas, ele dá a dica que considera importante para se dar bem no exame: “O principal é ficar o mais tranquilo possível.”

Seus pais também são parte de seu sucesso, conta Lucas. Os dois administram um restaurante na cidade natal do estudante, Capitólio, no interior de Minas. “Tenho mais dois irmãos, sou o caçula, e todos são bons alunos.”

Falta muito ainda para vacina contra aids, diz pesquisadora da doença

EFE

Festa pela vida. Na noite deste sábado,17, foi realizada a celebração de gala contra a aids, o Baile pela Vida, com a presença de estudiosos da área e pessoas famosas que apoiam a causa.

 

VIENA – Apesar dos avanços obtidos, falta ainda um longo caminho para se conseguir uma vacina contra a aids, manifestou a Prêmio Nobel de Medicina francesa Françoise Barre-Sinoussi, uma das descobridoras do vírus HIV.

Na abertura neste domingo, 18, da 18ª Conferência sobre a Aids em Viena, Barre-Sinoussi disse à “Agência APA” que a pesquisa sobre uma vacina profilática não foi um fracasso total, pois é uma forma de acumular informações.

Ela advertiu que, entre outras incógnitas, “nem sequer se sabe qual resposta imunológica causaria uma vacina para prevenir o contágio”. :: LEIA MAIS »

Senado aprova projeto que estabelece plano nacional para descarte do lixo

Rafael Moraes Moura / Brasília, Andrea Vialli – O Estado de S.Paulo

O projeto de lei que cria uma política nacional de resíduos sólidos foi aprovado ontem no plenário do Senado. A proposta – que tramitou no Congresso por 19 anos – determina que União, Estados e municípios elaborem planos para tratar de resíduos sólidos, estabelecendo metas e programas de reciclagem. Também proíbe lixões e afirma que cabe às indústrias o descarte de produtos eletrônicos, entre outros.

 fabricantes, importadores, distribuidores e comerciantes. Com isso, depois de usados, itens como pilhas, baterias e pneus, além dos produtos eletroeletrônicos e seus componentes, deverão retornar para as empresas, que darão a destinação ambiental adequada.

O texto também destaca a importância de cooperativas ou associações de catadores de materiais reutilizáveis, que poderão ser beneficiados com linhas de financiamento público. Pela proposta, embalagens deverão ser fabricadas com materiais que propiciem sua reutilização ou reciclagem. Também ficará proibida a importação de resíduos sólidos perigosos e rejeitos.

:: LEIA MAIS »

Audiência decide se Geisy ganha indenização milionária da Uniban

Carolina Stanisci – Especial para o Estadão.edu

Nesta quinta-feira, Geisy Arruda e os advogados da Universidade Bandeirantes (Uniban) vão se reencontrar. A ex-aluna da instituição em São Bernardo do Campo, que causou alvoroço por estar trajando um vestido vermelho bem curto em 22 de outubro do ano passado, vai participar da primeira audiência, na Justiça, para decidir sobre a indenização milionária que pede à instituição.

Julinho do Carmo/Divulgação

Julinho do Carmo/Divulgação

Geisy está esperançosa: “Estou ansiosa, mas bastante confiante. Tenho a verdade do meu lado”. Seu advogado, Nehemias Domingos de Melo, está certo da vitória. “Espero que o juiz julgue a ação procedente”, diz. A ação movida em dezembro do ano passado pede R$ 1 milhão de indenização por danos morais à Uniban.

Segundo o advogado, a universidade foi omissa ao responder pela segurança da aluna, no dia em que ela foi hostilizada por mais de uma centena de alunos. Além do mais, a Uniban a expulsou, sendo que Geisy teria sido uma vítima, explica Melo. :: LEIA MAIS »

Preço do Viagra vai cair 50% e ficar mais barato que genérico, diz Pfizer

Estadão

SÃO PAULO – A partir desta quarta-feira, 9, o preço do Viagra (citrato de sildenafila), medicamento indicado para o tratamento da disfunção erétil produzido pela Pfizer, será 50% menor do que o praticado até agora em todas as suas apresentações.

Paulo Pinto/AE

Paulo Pinto/AETambém haverá embalagem com um comprimido de 50 mg

Com essa redução de preço pela metade, o Viagra será mais barato do que sua versão genérica, uma vez que o valor médio de cada comprimido será de aproximadamente R$ 15. Além disso, a companhia lançará apresentação em embalagem com um único comprimido de 50 mg.

O objetivo dessas medidas é, sobretudo, competir no mercado. “O Viagra mudou a forma com que a sociedade lida com a sexualidade. Diferentemente do que acontece quando um produto perde patente, a empresa não pretende deixar de investir no medicamento”, comenta o presidente da Pfizer Brasil, Victor Mezei.

A segurança e eficácia de Viagra foram comprovadas por mais de 160 estudos clínicos, tendo uma média de seis pílulas azuis comercializadas por segundo. Só em 2009, foram vendidos aproximadamente 7 milhões de comprimidos, de acordo com dados da consultoria IMS Health.

:: LEIA MAIS »

Projeto reduz preservação em margem de rios e amplia área para desmatamento

Marta Salomon, de O Estado de S. Paulo

Dedicado aos “agricultores brasileiros”, o projeto com mudanças no Código Florestal apresentado em comissão especial da Câmara reduz de 30 metros para 7,5 metros a área mínima de preservação ambiental às margens dos rios.

A medida faz parte de um pacote de flexibilização das atuais regras de proteção do meio ambiente estabelecidas desde os anos 60. Essas regras vêm sendo descumpridas pela maioria dos 5,2 milhões de produtores rurais do País.
 
Caso a proposta do deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP) vire lei, caberá aos Estados definir quais áreas desmatadas devem ser recuperadas, inclusive com espécies exóticas.

Na Amazônia, onde a proteção é maior, leis estaduais poderão reduzir para até 20% o porcentual de preservação das propriedades com vegetação de cerrado.

Por um período de cinco anos a partir da entrada em vigor da lei, ficam suspensos novos desmatamentos, com exceção daqueles autorizados até essa data.

Em compensação, nesse período da moratória antecipada pelo Estado, fica liberado o uso de áreas desmatadas até 22 de julho de 2008, sem risco de embargo. Essa é a data do decreto editado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva na sua primeira tentativa de fazer valer as regras do Código Florestal.

:: LEIA MAIS »

Câncer matará mais de 13,2 milhões de pessoas por ano até 2030, diz a ONU

Reuters/ Estadão

LONDRES – O câncer matará mais de 13,2 milhões de pessoas por ano até 2030, quase o dobro do número de mortos pela doença em 2008, informou a agência de pesquisa sobre o câncer das Nações Unidas nesta terça-feira, 1º.

Fabio Motta/AE

Fabio Motta/AE

Em 2030, 21,4 milhões de casos serão descobertos por ano

A Agência Internacional para Pesquisa sobre Câncer (Iarc, na sigla em inglês) também disse que quase 21,4 milhões de novos casos da doença serão diagnosticados anualmente em 2030.

O lançamento de um novo banco de dados sobre incidência global de câncer em 2008, último ano sobre o qual existem números disponíveis, a Iarc disse que a incidência de câncer foi mudando de nações mais ricas para as mais pobres.

“O câncer não é raro em nenhum lugar do mundo, nem confinado a países com muitos recursos”, disse a agência em comunicado. No total, 7,6 milhões de pessoas morreram de câncer em 2008 e havia uma estimativa de 12,7 milhões de novos casos diagnosticados. :: LEIA MAIS »

EUA confirmam viver pior desastre ecológico de sua história

EFE

 

WASHINGTON – O vazamento de petróleo no Golfo do México é “possivelmente o pior desastre ecológico” da história dos Estados Unidos, afirmou hoje Carol Browner, assessora para meio ambiente e energia da Casa Branca.

Em declarações ao programa “Meet the Press”, do canal NBC, a assessora falou depois que a companhia British Petroleum, responsável pelo derramamento, anunciou o fracasso dos planos de bloquear o fluxo de petróleo com uma injeção de lama pesada.

“Isso quer dizer que há mais petróleo fluindo no Golfo do México que em qualquer outro momento de nossa história”, disse Carol Browner, colocando, assim, o desastre acima do naufrágio do Exxon Valdez, no Alasca, em 1989.

A assessora da Casa Branca alertou que é possível que o petróleo siga vazando até agosto, quando estarão completos os dois poços alternativos que estão sendo furados pela BP, a solução apontada como definitiva para o problema.

Segundo ela, o Governo “está preparado para o pior”, que seria a possibilidade de que nenhum dos métodos de contenção nesse meio tempo funcione e o problema não seja resolvido até que os poços alternativos sejam finalizados.

:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia