WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


julho 2020
D S T Q Q S S
« jun    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  


:: ‘terra’

Em outubro o mundo atingirá 7 bilhões de habitantes, diz a ONU

ESTADÃO

Estudo da ONU aponta que taxa de natalidade ainda continua alta em países como a Índia.

No dia 31 de outubro deste ano, em algum lugar da Índia, um parto marcará um ponto crítico na história do planeta: com esse nascimento, o mundo passará a ter 7 bilhões de habitantes. A projeção foi feita pela ONU e, apesar de a data ser apenas uma estimativa e o país apenas uma probabilidade, a realidade é que o ano terminará com um novo marco em termos demográfico que promete aprofundar os desafios sociais e ambientais.

A explosão da população mundial calculada pela ONU está sendo publicada nesta semana pelo jornal Science, em um estudo que mostra que avanços médicos, vacinas mais eficientes, proliferação do uso de antibióticos e um relativo avanço no acesso à saúde permitiram uma elevação na expectativa de vida nos países em desenvolvimento. Mas, ao mesmo tempo que isso ocorre, a taxa de natalidade desses países ainda é elevada. O resultado não é outro senão a explosão demográfica dessas sociedades.

A escolha da Índia para representar o nascimento da pessoa que marcará os 7 bilhões de habitantes não ocorre por acaso. O país de fato faz avanços na área médica. Mas, sem um controle populacional, passará a China em poucos anos em termos de população. A ONU ainda está convencida de que, diante das taxas de natalidade dos países em desenvolvimento, são eles os responsáveis por ter promovido a elevação da população mundial em 1 bilhão de pessoas em apenas doze anos. Em 1999, o mundo somava seus 6 bilhões de habitantes. :: LEIA MAIS »

Erenice jogou fora chance de ser uma grande funcionária pública, diz Lula

Equipe AE

SÃO PAULO – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que a ex-ministra-chefe da Casa Civil Erenice Guerra “jogou fora uma chance extraordinária de ser uma grande funcionária pública deste País”, na segunda parte da entrevista exclusiva ao portal Terra. Sobre José Serra (PSDB), adversário de sua candidata Dilma Rousseff (PT) nessa eleição presidencial, Lula comentou: “Está hoje na situação em que eu estive nas duas eleições que perdi”, destacando que foi muito difícil ser um candidato contra o Plano Real, em 1994.

Apesar da afirmação contra a ex-chefe da Casa Civil, Lula afirmou que as denúncias precisam ser investigadas e disse não acreditar que este episódio possa ter algum impacto no resultado das eleições presidenciais, cuja liderança é de Dilma Rousseff, segundo as pesquisas de intenção de voto. De acordo com o presidente, o povo percebe se essas denúncias estão sendo manipuladas eleitoralmente e percebe também se são verdadeiras. “O povo aprendeu a julgar, isso é uma coisa interessante.” :: LEIA MAIS »

Confrontos por terra tornaram-se mais frequentes no governo Lula

Nos últimos 25 anos, o período com o maior número de conflitos agrários no País foi o do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. De acordo com estudo divulgado ontem pela Comissão Pastoral da Terra (CPT), a média anual de conflitos registrados entre 2003, quando Lula assumiu, e 2009 chegou a 929.

 O recorde anterior havia sido observado no governo do presidente Fernando Henrique Cardoso, com a média de 800 conflitos por ano. “O período entre 2003 e 2009 é claramente o de maior conflitividade desde o início da redemocratização do País, em 1985”, disse o geógrafo Carlos Walter Porto-Gonçalves, pesquisador da Universidade Federal Fluminense e autor do estudo que aponta o grau de tensão no campo em diferentes fases da história recente do País.

:: LEIA MAIS »

ALERTA: Tremor no Chile pode ter alterado o eixo da terra e deixado os dias mais curtos

 

O terremoto que chacoalhou 80% do território do Chile no último sábado, deixando mais de 700 mortos, pode ter alterado o eixo da Terra, fazendo com que os dias passem a ser mais curtos. A informação é baseada em um estudo feito pelo geofísico Richard Gross, do Jet Propulsion Laboratory, da Nasa (agência espacial americana), que por meio de nota divulgada nesta terça-feira (2) confirmou o estudo preliminar.  :: LEIA MAIS »

Economia Solidária atrai mais de mil pessoas ao Fórum Social

Diário de Canoas

A diversidade cultural será um dos atrativos das atividades do Fórum Social Mundial (FSM) 10 anos no Parque Eduardo Gomes, no bairro Fátima, em Canoas. No Parcão cerca de mil artesãos da Feira Mundial de Economia Solidária vão expor peças típicas de suas cidades e países de origem. A Casa Palestina é outro espaço dentro do parque para os visitantes que querem conhecer mais sobre a nação. Ontem pela manhã ainda chegavam a Canoas as caravanas de 15 estados brasileiros e de cinco países, quatro deles da América do Sul e um do continente africano.
A movimentação nos estandes destinados à Feira da Economia Solidária era intensa ontem. Os artesãos preparavam suas bancas para receber os visitantes. Os grupos de Canoas logo cedo ocuparam o espaço destinado ao município. Na área reservada aos estrangeiros do Peru, Argentina, Uruguai, Equador, República da Guiné e de outros estados, a montagem acontecia aos poucos. Muitos ainda chegavam e se familiarizavam com o lugar.
De Jacareí (SP), o artesão João Mário Mateus elogiou a estrutura e descentralização das atividades. Ele chegou com o grupo de São Paulo no domingo e já preparava a banca com camisetas. ‘‘Rodamos tudo. Fomos a Porto Alegre ontem (domingo) e agora estamos nos preparando para receber os visitantes. Este ano está melhor.’’

:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia