WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  


:: ‘sindicato’

Servidores do PSF são demitidos da ASAS por determinação da Prefeitura de Vitória da Conquista

Ascom | Simmp

Médicos, dentistas, enfermeiros, técnicos de enfermagem e técnicos de saúde bucal do Programa de Saúde da Família de Vitória da Conquista foram surpreendidos nessa tarde de quinta-feira, dia 07 de julho, com o protocolo de aviso prévio entregue pela ASAS (Associação de Apoio à Saúde Conquistense), que determina a demissão em massa desses profissionais.

Existe um TAC (Termo de Ajuste de Conduta), assinado pela presidente da ASAS e pelo prefeito municipal, o Sr. Guilherme Menezes, com o Ministério Público do Trabalho, que determina o fim do convênio entre Prefeitura e ASAS até 31 de dezembro desse ano, além da realização de concurso público para o provimento dessas vagas. Porém, o governo municipal, surpreendentemente, antecipou essas demissões para o dia de hoje.

O SINDSAÚDE, SINDMED, ASAS e Governo Municipal participaram da terceira rodada de negociação salarial, ontém (06/07), onde foi discutida a pauta de reivindicação salarial da categoria e a transição entre a demissão e recontratação desses servidores. Ficou acordado que seria montada uma comissão bipartite, entre sindicatos e governo, para conduzir esse processo. Porém, o governo atropelou o processo de negociação, de forma autoritária, desrespeitando os acordos firmados em mesa.

:: LEIA MAIS »

MG: Bando que decapitou empresários tinha ligações com sindicatos

Notas fiscais emitidas pela empresa 404 Comunicações Ltda., de propriedade de Frederico Costa Flores de Carvalho – um dos acusados de torturar e executar dois empresários – foram usadas para justificar gastos de verba indenizatória de deputado, demonstrando o grande trânsito do estudante de direito em diferentes setores da sociedade. Até agora, pelo menos duas delas, cada uma no valor R$ 3,8 mil, estão à disposição dos eleitores na contabilidade do deputado Carlos Gomes (PT). Além do Legislativo, Frederico transitou com muita desenvoltura entre diferentes movimentos sindicais na capital e no interior. Notas fiscais da 404 – que teriam como finalidade prestação de serviço de comunicação e agência de publicidade –, foram anexadas à contabilidade da Força Sindical, Central Única dos Trabalhadores (CUT) e até mesmo da desconhecida União Geral dos Trabalhadores. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia