WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


novembro 2020
D S T Q Q S S
« out    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  


:: ‘rota’

Quartel da Rota, polícia de elite de São Paulo, é atacada. Suspeito é morto durante confronto

do Estadão | globo.com

Governador não acredita em nova onda de ataques do PCC.

Um dos dois suspeitos de atirar na madrugada de hoje contra o prédio das Rondas Ostensivas Tobias Aguiar (Rota), na região central de São Paulo, e que faleceu após troca de tiros com policiais militares, já havia sido preso anteriormente, segundo a Polícia Militar (PM). O homem, de 33 anos, já havia cumprido pena por roubo e lesão corporal e havia saído da cadeia em fevereiro. A polícia ainda não tem informações se o suspeito teria ligações com alguma facção criminosa.

O quartel da Rota foi atacado por volta das 3h15 de hoje. Segundo policiais da delegacia onde o caso foi registrado, os PMs foram avisados que teria um carro suspeito parado em um rua lateral ao prédio da Rota.

Ao chegarem no local, os policiais encontraram um dos suspeitos atirando contra uma janela do edifício. O outro suspeito estava dentro do carro e fugiu. Com a troca de tiros, o homem foi atingido e levado para o pronto-socorro de Santana, onde faleceu. Foram apreendidos uma arma e um coquetel molotov. O governador do Estado, Alberto Goldman, descartou uma nova onda de atentados por parte do PCC depois dos ataques contra a Rota e à casa de um membro da corporação. As declarações foram feitas à Radio Jovem Pan.

Promotoria e Corregedoria investigam “eixo do mal” na PM de SP; três são presos

da Folha

O Ministério Público Estadual e a Corregedoria da Polícia Militar investigam a existência de um grupo criminoso chamado de “eixo do mal” da Rota (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar), espécie de tropa de elite da PM paulista. Por volta das 12h desta quarta-feira, Renata Gomes de Oliveira Franco, o policial militar Deoclécio Onofre Souza e Lucio Flávio Moreira Santos, os três acusados de ligação com o grupo foram presos temporariamente –por 30 dias.

Eles são acusados pela Promotoria e Corregedoria da PM de matar o soldado da Rota Emerson Barbosa da Silva Santos, 32, marido de Renata. O soldado Santos foi encontrado morto em Louveira (71 km de SP), em setembro de 2006.

O PM Onofre Souza foi preso hoje dentro do 15º Batalhão, em Guarulhos (Grande São Paulo). Ele trabalhava na Rota até 2006, era vizinho e amigo do PM assassinado.

O “eixo do mal” tem cerca de dez PMs e é suspeito de praticar crimes como roubo de carga e homicídios. Hoje, a maior parte dos PMs suspeitos está fora da Rota e trabalha na região norte da Grande São Paulo.

Pelo que descobriram a Promotoria e a Corregedoria da PM, o soldado Santos era integrante do “eixo do mal” da Rota e brigou com PMs do grupo, que usava as técnicas militares aprendidas na Rota para praticar crimes. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia