WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


junho 2020
D S T Q Q S S
« maio    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  


:: ‘gays’

Religiosos entregam ao Senado 1 milhão de assinaturas contra o PL 122

 Religiosos entregam ao Senado 1 milhão de assinaturas contra o PL 122

Líderes religiosos entregaram ao presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), um abaixo-assinado com mais de 1 milhão de assinaturas contra o Projeto de Lei 122/2006, que criminaliza todo o tipo de opinião contrária ao homossexualismo.

O pastor Silas Malafaia, um dos organizadores do evento, alegou que a proposta que tramita no Senado fere a liberdade de expressão e que precisa ser arquivada.

“O projeto de lei é inconstitucional. Lei contra a homofobia já existe, isso é conversa para dar privilégio a uma minoria”, disse o líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo.

O pastor também falou sobre a emenda que a relatora do PL, a senadora Marta Suplicy, tentou criar para dar imunidade aos pregadores que falarem do tema dentro dos templos. “A senadora Marta Suplicy pensa que crente é otário”, disse Silas Malafaia.

Fonte: Gospel Prime

Com informações VEJA

Augustus Nicodemus fala sobre decisão das Presbiterianas dos EUA e da Escócia de aceitarem pastores gays

 Augustus Nicodemus fala sobre decisão das Presbiterianas dos EUA e da Escócia de aceitarem pastores gays

O reverendo Augustus Nicodemus Lopes escreveu um artigo comentando a decisão da Igreja Presbiteriana dos Estados Unidos (PCUSA) e da Igreja Presbiteriana da Escócia que aprovaram a ordenação de pastores homossexuais.

O pastor escreve tentando entender e, ao mesmo tempo, explicar os motivos que essas denominações tiveram e chega a três respostas: a teologia liberal que foi aceita por estas igrejas, a conseqüente rejeição da autoridade infalível da Bíblia e a adoção dos rumos da sociedade moderna como norma.

No primeiro fator pesa o fato de considerar a Bíblia como um livro escrito de acordo com as regras sociais daquela época, regras que hoje não funcionam mais para a sociedade.

Em segundo lugar está a mudança cultural entrando nos templos que já não consideram a Palavra de Deus como verdade absoluta. E em último lugar a autoridade bíblica sendo  trocada pelas referencias da sociedade moderna.

“A igreja cristã moderna, de acordo com este pensamento, vive num novo tempo, onde o homossexualismo é comum e aceito pelas sociedades, inclusive com a aprovação do Estado para a união homossexual e benefícios decorrentes dela,” escreve.

Leia o artigo completo aqui.

Fonte: Gospel Prime

Superpop – Programa de Luciana Gimenez chama Gretchen, forrozeiro e pastores gays para debater sobre a Bíblia. Assista ao vídeo

Nesta terça-feira a Bíblia foi o tema discutido no programa Super Pop da apresentadora Luciana Gimenez. Falando sobre homossexualismo, vida com Deus e interpretações da Sagrada Escritura, foram convidados os pastores gays Marcos Gladstone e Fábio Inácio, Gretchen, pastor Otoni de Paula Júnior (Missão Vida), Emanuel de Albertin (intérprete da música Adão e Ivo) e um pastor da Igreja Renascer em Osasco.

O debate foi marcado por discussão e, muitas vezes, até brigas entre os convidados.

Ao falarem sobre o tema homossexualidade o pastor da Igreja Contemporânea, Marcos Gladstone, contou que era pastor da igreja Renascer e que convivia com outro pastor gay. “Porém ele me falava para esconder isso. O que acontece hoje na nossa sociedade é que as pessoas vivem um relacionamento duplo”, disse.

Em defesa dos homossexuais o pastor Fábio Inácio citou uma passagem da Bíblia em que Jesus fala para o homem deixar seus pais e se unir a uma mulher. Porém o pastor disse que nem todos entenderiam essa passagem porque na época existiam os eunucos, pessoas que não praticavam o ato sexual ou que não possuíam o órgão sexual. :: LEIA MAIS »

Primeiro casamento entre mulheres é realizado na Argentina

Duas mulheres, ambas de 67 anos, se casaram nesta sexta-feira (9) em um cartório em Buenos Aires, no primeiro casamento entre mulheres da Argentina.
A argentina Norma Castillo e a uruguaia Ramona “Cachita” Arévalo, que namoravam há 30, se casaram depois de conseguir uma autorização judicial concedida pela magistrada Elena Liberatori.
As duas são ativistas do coletivo 100% Diversidade e Direitos e Norma é titular do Centro de Aposentados Porta Aberta à Diversidade, organizações que fazem parte da Federação Argentina de Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transexuais, cujos porta-vozes confirmaram à Agência Efe a celebração da união.
:: LEIA MAIS »

Projeto quer impedir que gays adotem crianças

Uma polêmica envolvendo um projeto de lei que tenta proibir a adoção de crianças por homossexuais promete tomar conta do Congresso Nacional nos próximos meses, quando o texto for avaliado pelos parlamentares da Câmara e do Senado. A ideia, que partiu do pedagogo e deputado federal Zequinha Marinho (PSC-PA), contraria decisões judiciais pelo Brasil, como a do juiz Paulo César Gentile, da Vara da Família de Ribeirão Preto (a 319 km de São Paulo), que em 2007 permitiu que um casal de cabeleireiros homens adotasse quatro irmãos com idade entre 4 e 10 anos.

A proposta, encaminhada pelo deputado no mês passado, quer mexer no texto do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) ao incluir nele a proibição expressa desse tipo de adoção. Segundo o parlamentar, esse “vazio” na lei “ em vez de ajudar a criança, atrapalha”: 

– O convencional, o normal é que essa criança seja adotada por uma família constituída por um homem e por uma mulher em uma relação estável, pelo menos. Como essa criança vai se encontrar no mundo amanhã tendo o pai igual a mãe e a mãe igual ao pai? :: LEIA MAIS »

Senado aprova general que criticou gays para o STM

Os senadores aprovaram nesta quarta-feira (10) a indicação dos generais Álvaro Luiz Pinto e Raymundo Nonato Cerqueira Filho para ocuparem vagas no STM (Superior Tribunal Militar). A indicação de Pinto recebeu 40 votos favoráveis e 4 contrários. Já a de Cerqueira Filho teve 46 votos a favor e 5 contra.

Os senadores Arthur Virgílio (PSDB-AM) e Eduardo Suplicy (PT-SP) comentaram a polêmica que envolveu a sabatina de Cerqueira Filho, quando este afirmou aos senadores que oficiais gays não seriam obedecidos pelas tropas. Virgílio e Suplicy destacaram que o general havia se retratado da afirmação. :: LEIA MAIS »

Proposta que permite união civil entre gays em igrejas é aprovada na Grã-Bretanha

A emenda permitiria, mas não obrigaria organizações religiosas a realizarem esse tipo de cerimônia.

A Câmara dos Lordes (a câmara alta do Parlamento britânico) aprovou, na quarta-feira (03), uma emenda em um projeto de lei que suspende a proibição da realização de cerimônias de união civil entre homossexuais em igrejas.
A emenda na chamada Equality Bill, que está sendo discutida pelos parlamentares britânicos, permitiria, mas não obrigaria organizações religiosas a realizarem esse tipo de cerimônia.
:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia