WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


outubro 2020
D S T Q Q S S
« set    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


:: ‘gastos’

Câmara Federal diz baixar gasto de R$ 78 milhões para R$ 47 milhões

O Tribunal da Contas da União (TCU) determinou que Senado e Câmara não ficassem inertes em face da constatação da farra das passagens. Ordenou que ambas as Casas apurassem as responsabilidades pelo uso indevido dos créditos aéreos e cobrassem a devolução dos valores pagos.

Até agora, não houve resposta de senadores e deputados. Mas a assessoria do TCU informa que o prazo é até 31 de julho de 2009. As explicações deverão vir no conjunto das tomadas de contas anuais que Câmara e Senado entregam todos os anos ao tribunal. :: LEIA MAIS »

Carrinho de Compras: Senado reserva R$ 605 mil para comprar e reformar móveis

Parece que os móveis foram os itens mais desejados por órgãos da administração pública federal neste segundo bimestre de 2010. Desta vez Câmara dos Deputados, Senado e Supremo Tribunal Federal (STF) resolveram empenhar (reservar em orçamento) recursos para a compra e reforma de mobiliário. O Senado, por exemplo, comprometeu R$ 409 mil para contratação de empresa especializada em confecção, fornecimento e instalação de mobiliário, “quando necessário”, até agosto. O órgão também reservou mais R$ 196 mil para pagar reforma de móveis e estofados, “à medida que houver necessidade”, durante o período de 20 de maio a 31 de dezembro deste ano.  

 A conta do Supremo não deu mais cara, mas os itens foram mais luxuosos. No total, o STF empenhou R$ 199 mil para a aquisição de 115 poltronas de diferentes modelos. Tem do tipo com braços, média sem braços, alta, “para assessor”, “interlocutor” e por aí vai. A mais cara, por coincidência, é a poltrona “para assessor”, como descreve a nota de empenho emitida pela corte: R$ 2,7 mil cada. O tribunal ainda mirou na área de informática e eletrônicos, comprometendo R$ 142 mil para a compra de 350 monitores LCD de 17 polegadas e R$ 6 mil para a aquisição de cinco TVs LCD 22 polegadas.

:: LEIA MAIS »

Planalto vai gastar R$ 585 mil com compras de persianas

Agência BrasilOs gastos com a reforma do Palácio do Planalto, em Brasília, ganharam cifras específicas na reta final da obra. Na última semana, a Secretaria de Administração da Presidência da República revelou que serão gastos R$ 585 mil apenas para a compra e instalação de persianas, algumas com acionamento manual e outras com motorização e sistema de controle remoto.

A licitação para a reforma do Palácio do Planalto acabou ficando com um valor R$ 15 milhões maior do que o previsto. Na primeira versão da licitação, as obras sairiam por R$ 88 milhões. Agora, vão custar R$ 103 milhões. A diferença e aumento do valor nos contratos é justificada pela pressa na entrega da restauração em abril deste ano, nas comemorações dos 50 anos de Brasília.
:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia