WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  


:: ‘encruzilhada’

Ibama destrói 166 fornos de carvão no Sudoeste da Bahia

A TARDE On Line

Cerca de 166 fornos de produção de carvão ilegais foram destruídos pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) nas cidades de Encruzilhada, Cândido Sales, Belo Campo e Ribeirão do Largo, região sudoeste do Estado, numa operação realizada entre os dias 14 e 23 de junho.

Durante a fiscalização, a equipe impediu a continuidade de seis desmatamentos ilegais para a produção de carvão e apreendeu um caminhão carregado com 50 MDC (metros de carvão vegetal) sem o Documento de Origem Florestal (DOF). O dono da carga foi autuado por crime ambientel por transportar o material sem o DOF.
:: LEIA MAIS »

Instalação de CPI na Bahia adiada pela segunda vez

Juscelino Souza | Sucursal do A Tarde em Vitória da Conquista

A indisponibilidade de aviões da Força Aérea Brasileira (FAB), que atualmente auxiliam no socorros aos flagelados pelas chuvas e enchentes em Alagoas e Pernambuco, tornou inviável nesta quarta-feira, 30, em Encruzilhada (sudoeste baiano a 636 km de Salvador) a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) instituída pela Câmara dos Deputados para investigar as causas, consequências e responsáveis pelo desaparecimento de crianças e adolescentes no Brasil.

Este foi o segundo adiamento da CPI, marcada inicialmente para o dia 16 deste mês. O objetivo é discutir a prática de aliciamento e intermediação irregular de crianças para adoção, conforme denúncia do promotor de Justiça Márcio de Oliveira Neves à Justiça contra a vereadora Maria Elizabete de Abreu Rosa, 46 anos, (PRP). :: LEIA MAIS »

Encruzilhada receberá CPI de ‘tráfico de crianças’

A vereadora Bete é a principal suspeita

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) instituída pela Câmara de Deputados para investigar as causas, consequências e responsáveis pelo desaparecimento de crianças e adolescentes no Brasil discutirá, no dia 30, no município baiano de Encruzilhada a prática de aliciamento e intermediação irregular de crianças para adoção, denunciada pelo promotor de justiça Márcio de Oliveira Neves.

 A audiência pública acontecerá às 9h30, na Câmara de Vereadores, oportunidade em que o promotor de Justiça irá expor o trabalho do Ministério Público no combate ao ‘tráfico de crianças’ no município.

 No início do último mês de maio, o promotor denunciou a vereadora Maria Elizabete de Abreu Rosa pelo oferecimento de recompensa a gestantes convencidas a lhe entregar os filhos após o nascimento. A vereadora, que está foragida desde que a justiça, a pedido do MP, decretou sua prisão preventiva, aliciou várias mulheres. As informações são do Ibahia.

ENCRUZILHADA: CPI vai investigar tráfico de crianças

A vereadora Maria Elizabete principal acusada de aliciar mães e intermediar adoções ilegais no município Juscelino Souza | A TARDE A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) instituída pela Câmara dos Deputados para investigar as causas, consequências e responsáveis pelo desaparecimento de crianças e adolescentes no Brasil vai ser instalada no próximo dia 30 de junho em Encruzilhada, sudoeste baiano, a 636 km de Salvador. O principal objetivo é discutir a prática de aliciamento e intermediação irregular de crianças para adoção, denunciada pelo promotor de Justiça, Márcio de Oliveira Neves. A audiência pública será aberta às 9h30, na Câmara de Vereadores.

:: LEIA MAIS »

ENCRUZILHADA: vereador é preso

 

Foi preso no início da tarde desta quinta-feira (17) em Encruzilhada, no Sudoeste baiano, o vereador Gileno Alves dos Santos (PSDC). O parlamentar é acusado de homicídio qualificado, disparo de arma de fogo em local público e receptação de produtos roubados. A prisão preventiva foi solicitada pelo promotor da Comarca de Encruzilhada, Márcio de Oliveira Neves e expedida pela juíza, Agda Alves Santos. O vereador encontra-se detido na delegacia do município. Do Blog do Anderson

Fórum Comunitário do Selo UNICEF é tema de encontro em Conquista

Como promover um processo participativo de fortalecimento da gestão pública e das políticas sociais para a infância e adolescência? Como fazer uma análise da situação das crianças e adolescentes do seu município para garantir direitos? E de que forma os indicadores sociais podem apoiar a promoção da cidadania de meninas e meninos de 0 a 17 anos? Estas são questões centrais do 2º Ciclo de Capacitação do Selo UNICEF Município Aprovado (Edição 2009-2012), promovido pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) com o objetivo de preparar 204 municípios do Semiárido baiano para a realização do 1º Fórum Comunitário do Selo.

Nesta segunda e terça-feira (dias 31/05 e 01/06), Vitória da Conquista vai sediar o encontro de representantes de 64 municípios da região. Foram convidados: articuladores do Selo, ou seja, técnicos indicados pelas prefeituras para coordenar localmente a implementação do programa, conselheiros municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente; e jovens lideranças, que ficarão responsáveis por apoiar a mobilização de meninos e meninas de 12 a 17 anos, em escolas e comunidades, em torno de ações voltadas para a promoção dos direitos da infância e adolescência. :: LEIA MAIS »

CPI da Câmara dos Deputados vai à Encruzilhada investigar tráfico de menores

do Tribuna da Bahia

 

Foragida da Justiça, vereadora Maria Elizabete de Abreu Rosa, a “Bete”, é acusada de oferecer dinheiro à grávidas em troca da entrega dos bebês

 A prática de aliciamento e intermediação irregular de crianças para adoção no município baiano de Encruzilhada (distante 645km de Salvador), denunciada pelo promotor de Justiça Márcio de Oliveira Neves à Justiça, será discutida hoje pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara de Deputados, durante audiência pública que acontecerá, a partir das 9h30, na Câmara de Vereadores de Encruzilhada. A CPI, destinada a investigar as causas, as consequências e responsáveis pelo desaparecimento de crianças e adolescentes no Brasil, convidou o promotor de Justiça para “expor o trabalho do Ministério Público no combate ao ‘tráfico de crianças’ no município” que, no último mês de março, teve casos de intermediação de crianças expostos em matéria produzida pelo jornalista Roberto Cabrini (foto), para o SBT.

  :: LEIA MAIS »

ENCRUZILHADA: Prefeita paga advogados sem saber exatamente o que eles faziam

 

O Tribunal de Contas dos Município (TCM) julgou procedente, nesta quarta-feira (19),  o termo de ocorrência lavrado contra a prefeita de Encruzilhada, Ivany Andrade Fernandes, pela ocorrência de irregularidade na contratação do escritório de advocacia Brito e Anunciação, no valor total de R$ 95.000,00, através de procedimento licitatório sob a modalidade pregão presencial, no exercício de 2009. Cabe recurso da decisão.

O relator do parecer imputou à gestora multa no valor de R$ 2 mil e destacou um fato curioso no parecer.  Em um dos documentos enviados ao TCM, a prefeita escreveu a seguinte frase: “Rômulo neste anexo precisa descriminar (sic) os serviços dos Advogados como eu estou na dúvida não coloquei nada no anexo”.

A Inspetoria Regional de Controle Externo contatou que o contrato referenciado teria conteúdo econômico exagerado, tendo o valor mensal de R$ 15.883,33 inicialmente pactuado para o contrato, vulnerando os princípios da razoabilidade, moralidade e economicidade.

:: LEIA MAIS »

ENCRUZILHADA: Vereadora confessa ter aliciado grávidas para a adoção ilegal de recém-nascidos

Juscelino Souza | A TARDE

A vereadora Maria Elizabete de Abreu Rosa (PRP), 46 anos, confirmou participação em pelo menos três casos de aliciamento de grávidas e adoção ilegal de recém-nascidos no distrito de Vila do Café, zona rural de Encruzilhada. A confissão foi feita durante depoimento na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que apura desaparecimento de crianças e adolescentes, em Brasília. Audiência públicada CPI está marcada para o dia 26 deste mês no município.

Assessorada por dois advogados, a vereadora Bete, como é mais conhecida, confirmou que fez intermediação entre as mães das crianças e o cartório de registro das adoções, porém negou que recebesse qualquer vantagem pecuniária ou de qualquer natureza.

Em determinado trecho do depoimento da vereadora, primeiro ela tenta se defender das denúncias, mas admite sua interferência. “Esses casos ilegais, eu não conheço.

Eu conheço algumas adoções que eu tenho acompanhado e que já tenho visto, e até já tenho as provas na mão. Se acontecem esses casos, as mães, elas próprias, foram espontaneamente lá e fizeram isso com os pais adotivos”, disse a vereadora. :: LEIA MAIS »

ENCRUZILHADA: Recém-nascida é entregue a casal por duas notas de R$ 50

Juscelino Souza | A TARDE

Marinalva Brito afirmou ter entregue a filha por R$ 100,00

Sustentada por medicamentos neurológicos e mergulhada em dificuldades financeiras, a lavradora Marinalva Brito Gonçalves, 38 anos, recorda com saudades da filha recém-nascida que ela entregou a um casal de Ipatinga, interior de Minas Gerais, em trocade R$100. O dinheiro,d e acordo com a mulher, foi entregue pela vereadora Bete, a mando do casal, para ela “tomar um cafezinho”. Mãe de dois filhos menores de idade, Marinalva deu à luz um terceiro em 3 de abril de 2008, no Hospital São Vicente (Santa Casa de Misericórdia) em Vitória da Conquista.

A menina foi chama da pela mãe biológica de Gabriele, mas logo ganhou novo nome e novos pais. “Só vi minha filha no dia em que nasceu, aí entreguei para a vereadora Bete e ela entregou ao casal de Ipatinga. Nem sei onde fica esse lugar, nunca mais tive contato com a menina”, relata a lavradora.

“Eu dei porque não tinha condições de criar. Sei que fui desnaturada, mas não me arrependo”, prossegue. As crianças retiradas das mães pela vereadora eram, em seguida, encaminhadasa casais interessados. Durante atendimento na unidade de saúde, aconteceu a abordagem a Adeides Santos. De posse do prontuário, Bete soube que ela tinha problemas cardíacos e convenceu a mulher a ceder a criança. Grávida de oito meses, Adeides acabou por entregar a filha, nascida em Vitória da Conquista, recebendoemtroca apromessa de ajuda para realização de laqueadura e do tratamento do coração. O casal Edmilson e Carolina Quartero registrou a criança, declarando que a meninanasceunazonarural.

Todos foram indiciados, incluindo a mãe biológica.

Encruzilhada: Vereadora é denunciada por aliciamento de grávidas

do Política Livre

Acusada de aliciar mulheres grávidas e intermediar crianças para adoção ilegal, a vereadora do município de Encruzilhada Maria Elizabete de Abreu Rosa foi denunciada pelo Ministério Público estadual. Ela estava abordando gestantes e lhes oferecendo recompensa para entregarem seus filhos após o nascimento, afirma o autor da denúncia, o promotor de Justiça Márcio de Oliveira Neves, informando que as crianças eram direcionadas a casais interessados sem que fossem observados os ditames legais que regulam a adoção. Conforme a denúncia, em abril de 2009, a vereadora, também conhecida como “Bete”, dizendo-se sabedora dos problemas de saúde de Adeides Santos, “o que a impediria de cuidar da criança vindoura”, ofereceu-lhe recompensa e pediu que, quando o bebê nascesse, fosse entregue a ela. :: LEIA MAIS »

Encruzilhada: vereadora é acusada de tráfico de crianças

Ao ser confrontada, Bete nega tudo

 Uma reportagem realizada pelo jornalista Roberto Cabrini e exibida na noite desta quinta-feira (4) no programa Conexão Brasil (SBT), revelou que avereadora Elisabete de Abreu Rosa (PRP), de Encruzilhada, no Sudoeste baiano, estaria envolvida em tráfico de crianças.

 Confira abaixo:

:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia