WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


abril 2019
D S T Q Q S S
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  


:: ‘eleições’

Eleição de Caetano para UPB amplia hegemonia politica do governador

Valmar Hupsel Filho l A TARDE

Raul Spinassé/Agência A TARDE

Caetano defende mudanças nos critérios de distribuição do Fundo de Participação dos Municípios (FPM)

Caetano defende mudanças nos critérios de distribuição do Fundo de Participação dos Municípios (FPM)

Com a eleição do prefeito de Camaçari Luiz Carlos Caetano para a presidência da União dos Municípios da Bahia (UPB), o PT e o governador Jaques Wagner ampliam a hegemonia política na Bahia. Nos últimos dois anos, quando foi capitaneada pelo prefeito de Bom Jesus da Lapa,  Roberto Maia, do PMDB de Geddel Vieira Lima, a entidade se manteve como uma das últimas trincheiras oposicionistas do Estado.

Na próxima semana, no dia 2 de fevereiro, deverá ser confirmada a segunda reeleição do deputado estadual Marcelo Nilo (PDT) para cumprir o terceiro mandato na presidência da Assembleia Legislativa da Bahia.

Nos últimos quatro anos, Nilo manteve postura alinhada ao governador. E sua confirmação como candidato único passou por uma negociação com o presidente e o líder do partido na Casa.

Preocupação – Nos bastidores, prefeitos manifestaram nesta quinta preocupação de que a UPB, presidida por um aliado do governador, possa servir  apenas aos interesses do governo. Para Roberto Maia, que passou o cargo para Caetano, o novo presidente da UPB deve ter a consciência que está representando os municípios.

“Continuo preocupado com a independência da instituição porque há conflito de interesses entre os municípios e o estado e não sei até que ponto ele vai defender com eficácia os municípios”, disse Maia.

Eleito com 289 dos 299 votos válidos (dez prefeitos votaram em branco), Luiz Caetano não vê problema no fato de ser do mesmo partido e ter forte ligação com o governador – a ponto de ter sido coordenador da campanha que reelegeu Wagner.

Empreiteiras com obras irregulares do PAC deram R$ 70,5 milhões ao PT

Alfredo Junqueira – O Estado de S.Paulo

Empresas responsáveis por obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) consideradas irregulares pelo Tribunal de Contas da União (TCU) doaram R$ 240,5 milhões para campanhas políticas ao longo do primeiro turno das eleições deste ano. O partido mais beneficiado pelas contribuições dessas empreiteiras foi o PT, cujas campanhas receberam R$ 70,5 milhões. Somente a direção nacional da legenda foi agraciada com R$ 18,7 milhões.

Com base em processos disponíveis no site do TCU, o Estado identificou empresas responsáveis ou integrantes de consórcios de 9 das 18 obras do PAC que apresentaram irregularidades graves e que, portanto, terão de ser paralisadas. Entram nesse grupo a Camargo Corrêa, integrante do consórcio contratado para realizar melhoramentos no Aeroporto de Vitória (ES). Foi a empreiteira que mais doou no primeiro turno: R$ 91,7 milhões.

:: LEIA MAIS »

TV Bahia divulga quinta pesquisa Ibope

A TV Bahia divulga a quinta e última pesquisa Ibope de intenções de voto antes das eleições para o Governo do Estado.

Pelo resultado, o candidato do PT, Jaques Wagner, seria reeleito governador já no primeiro turno. O candidato do PT Jaques Wagner aparece em primeiro lugar com 51% das intenções de voto. Em segundo, o candidato do DEM, Paulo Souto, com 18%.

Em terceiro, o candidato do PMDB Geddel Vieira Lima, com 12%. Em quarto, com 2%, vem o candidato do PV Luiz Bassuma. Votos brancos ou nulos, 6%. Indecisos, 10%. Os candidatos Marcos Mendes, do PSOL, e Sandro Santa Bárbara, do PCB, e Carlos Nascimento, do PSTU, não pontuaram. :: LEIA MAIS »

Marina Silva em entrevista após debate diz que vai para segundo turno com Dilma

G1

Marina: o 2º turno nas mãos dela

Agência Estado | Globo News

Animada com arrancada na reta final, candidata à Presidência pelo PV realiza eventos na capital fluminense. A chamada “Onda Verde”.

Munida de pesquisas que mostram Marina Silva (PV) tecnicamente empatada com José Serra (PSDB) no Rio de Janeiro, a campanha verde elegeu o Estado como cenário para os últimos dias da disputa por votos. A agenda fluminense de Marina foi reforçada para explorar seu potencial e usar a TV para expor ao País a imagem de uma candidata popular, aclamada pelo eleitorado e com forças para chegar ao segundo turno.

A candidata, que participou de eventos na capital fluminense no fim de semana, planeja visitar a cidade na quinta-feira e no sábado. Em uma semana, ela cresceu 6 pontos porcentuais no Rio na pesquisa Ibope/Estado/TV Globo (18% contra 19% de Serra e 50% de Dilma). Em um mês, teve alta de 8 pontos porcentuais – Serra ganhou 3 e Dilma perdeu 6.

Os eventos da campanha verde têm atraído admiradores e rendido boas imagens para o noticiário e a propaganda na TV. Para Alfredo Sirkis, presidente do PV no Rio e coordenador da campanha presidencial no Estado, as “cenas de multidão e de adesão”, em que Marina aparece rodeada de admiradores, serão o trunfo desta última semana. “A Marina provoca entusiasmo em qualquer lugar, mas, no Rio, a presença dela é altamente mobilizadora”, afirma Sirkis. A candidata diz enxergar no eleitorado fluminense – terceiro maior do País – um “antecipador de tendências nacionais”.

Cristiana Lôbo fala sobre a mudança no cenário eleitoral:

Dilma afirma que: “nesta eleição nem mesmo Jesus Cristo querendo, me tira essa vitória”

Do Blog do Mario fortes

Após a inauguração de um comité em Minas, Dilma é entrevistada por um jornalista local. veja:

Como a senhora vê o crescimento da sua candidatura nas pesquisas?

– O povo brasileiro sabe escolher, é a continuidade do governo Lula, e após as eleições nós vamos dessarmar o palanque e estender os braços aos nossos adversários, o candidato Serra está convidado a participar do meu governo, porque nesta eleição nem mesmo Jesus Cristo querendo, me tira essa vitória, as pesquisas comprovam o que eu estou dizendo, vou ganhar no primeiro turno. :: LEIA MAIS »

Ataques durante as eleições afegãs deixam ao menos 16 mortos

Efe

CABUL – Ao menos 16 pessoas morreram e dezenas resultaram feridas em diferentes ataques registrados no Afeganistão neste sábado, 18, primeiro dia da votação no país. Os insurgentes garantem ter atacado 150 sessões eleitorais como parte do boicote ao pleito parlamentar.

Em comunicado, os insurgentes mencionaram 150 colégios atacados, o correspondente a 2,5% do total dos locais de votações abertos pela Comissão Eleitoral, que decidiu manter fechadas algumas sessões por estarem situadas em áreas consideradas inseguras.

:: LEIA MAIS »

Posicionamento do Pr. Paschoal Piragine Jr sobre as eleições 2010

Datafolha: Dilma avança e está com 49%; Serra cai para 29%

estadão.com.br

SÃO PAULO – A pesquisa do Datafolha/TV Globo divulgada na madrugada desta quinta-feira, 26, aponta a candidata do PT à Presidência da República, Dilma Roussef, com 49% das intenções de voto e está com 20 pontos de vantagem sobre José Serra, do PSDB, que está com 29%. O levantamento foi realizado nos dias 23 e 24 de agosto, com 10.948 entrevistas feitas em todo o Brasil.

 O resultado mostra também que a candidata petista passou em Estados em que Serra estava liderando, como São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul. Além disso, Dilma também tem a preferência entre os eleitores com maior faixa de renda.

:: LEIA MAIS »

Receita vasculhou sigilos de mais 3 pessoas ligadas a Serra e FHC

Leandro Colon e Rui Nogueira/ BRASÍLIA – O Estado de S.Paulo

Investigação interna da Receita Federal revela que acessos suspeitos aos sigilos fiscais de adversários do PT foram além do manuseio dos dados do vice-presidente do PSDB, Eduardo Jorge. Os documentos mostram que, no mesmo dia, de um mesmo computador e em sequência, servidores do Fisco abriram os dados sigilosos de Eduardo Jorge e de mais três pessoas ligadas ao alto comando do PSDB. São elas: Luiz Carlos Mendonça de Barros, Ricardo Sérgio de Oliveira e Gregório Marin Preciado.

:: LEIA MAIS »

Serra diz que PT tem ligação com as Farc, mas não com narcotráfico

Eduardo Kattah – O Estado de S.Paulo

BELO HORIZONTE – O candidato do PSDB à Presidência, José Serra, afirmou ontem que “todo mundo sabe” da ligação do PT com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). Ressalvou, contudo, que isso não significa que o partido tenha vínculos com o narcotráfico.

 Durante a inauguração de um comitê tucano em Belo Horizonte, Serra foi questionado sobre a polêmica entrevista concedida por seu vice, Índio da Costa (DEM-RJ), ao site Mobiliza PSDB. Na entrevista, já retirada do ar, Índio afirmou: “Todo mundo sabe que o PT é ligado às Farc, ligado ao narcotráfico, ligado ao que há de pior.” Por conta dessa declaração, o PT entrou ontem com três ações na Justiça contra Índio (veja na pág. A6).

:: LEIA MAIS »

Veja as principais datas do calendário eleitoral

Confira aqui as datas e os principais prazos definidos pela Justiça no calendário das eleições:

Maio
Qua, 05/05
– Último dia para o eleitor requerer inscrição eleitoral ou transferência de domicílio.
– Último dia para o eleitor que mudou de residência dentro do município pedir alteração no seu título eleitoral.
– Último dia para o eleitor portador de necessidades especiais solicitar sua transferência para seção eleitoral especial. 

Junho
Sex, 10/06
– Data a partir da qual é permitida a realização das convenções partidárias
Sab, 11/06
– Data a partir da qual caberá a cada partido político fixar o limite de gastos de campanha para os cargos em disputa.
Qua, 30/06
– Último dia para a realização das convenções partidárias

Julho
Ség, 05/07
– Último dia para os partidos políticos e coligações apresentarem os registros das candidaturas.
– Último dia para o eleitor portador de necessidades especiais que tenha solicitado transferência para seção eleitoral especial comunicar ao juiz eleitoral, por escrito, suas restrições e necessidades, a fim de que a Justiça Eleitoral, se possível, providencie os meios e recursos destinados a facilitar-lhe o exercício do voto.
Ter, 06/07
– Data a partir da qual será permitida a propaganda eleitoral.
– Data a partir da qual os partidos políticos registrados podem fazer funcionar, das 8 horas às 22 horas, alto-falantes ou amplificadores de som, nas suas sedes ou em veículos.
Sáb, 10/07
– Último dia para os candidatos, escolhidos em convenção, requererem seus registros perante o Tribunal Superior Eleitoral e tribunais regionais eleitorais, até as 19 horas, caso os partidos políticos ou as coligações não os tenham requerido.
Quin, 15/07
– Data a partir da qual o eleitor que estiver ausente do seu domicílio eleitoral, em primeiro e/ou segundo turnos das eleições 2010, poderá requerer sua habilitação para votar em trânsito :: LEIA MAIS »

Equipe de Serra alinha propostas de governo com Paulo Souto

A Bahia mais uma vez ganha uma atenção especial do candidato à Presidência da República, José Serra (PSDB), que estará em Ilhéus, no próximo final de semana. É o primeiro estado do Nordeste a se reunir com a equipe que elabora o programa de governo do presidenciável tucano. Realizado hoje, na sede do Partido Democratas, o encontro da coordenação do programa de Serra com a equipe responsável pelas propostas da candidatura ao governo estadual de Paulo Souto se deu com o propósito de identificar convergências e destacar pontos essenciais para a Bahia que deverão constar no projeto presidencial da aliança tucano-democrata. “Tivemos uma conversa de construção de como vai ser um governo de Serra e Souto que consiga tirar planos do papel e produzir uma nova realidade para a Bahia”, disse Geraldo Biasoto, coordenador do programa presidencial. Para Paulo Souto, o alinhamento das propostas dos governos federal e estadual está sendo feito de forma organizada e séria para que o estado consiga se inserir no projeto de desenvolvimento do próximo presidente da República. :: LEIA MAIS »

Geddel prioriza contato direto com o eleitor

PMDB-Bahia

O candidato do PMDB ao Governo da Bahia, Geddel Vieira Lima, vai priorizar o contato direto com o eleitor, na disputa pela sucessão estadual. Uma mostra dessa estratégia aconteceu neste sábado (10), quando visitou feiras livres na Chapada Diamantina, além de participar de uma caminhada evangélica pela Orla da capital. Ele se definiu como “político que sempre gastou sola de sapato” e garantiu que vai estabelecer na campanha um diálogo aberto com os eleitores.

“Para mim isso não é novidade. Mesmo quando não estava em campanha, como ministro do Governo Lula, ao visitar uma obra, aproveitava para percorrer o bairro, ouvindo a população, conhecendo os seus problemas e discutindo as soluções possíveis. Agora, como candidato, quero dizer os baianos, olho no olho, que estamos preparados para fazer a Bahia caminhar para frente”.

Em Baixa Grande e Macajuba, cidades que visitou no sábado (10), Geddel, acompanhado do candidato à vice, Edmundo Pereira (PMDB) e do candidato ao Senado, César Borges (PR), passaram por um verdadeiro teste de popularidade, visitando as feiras das duas cidades. Foram recebidos calorosamente, pelos feirantes e também por quem comprava. Dezenas de pessoas acabaram formando espontaneamente uma “brigada de militantes”, acompanhando os integrantes da chapa majoritária da Coligação A Bahia Tem Pressa, em meio aos boxes e barracas de frutas, verduras e cereais.

:: LEIA MAIS »

Campanhas serão milionárias na Bahia

Tribuna da Bahia

Os sete candidatos ao governo do estado registraram suas candidaturas até o início da noite ontem no Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Além dos postulantes ao Palácio de Ondina, também tiveram seus nomes inscritos para o pleito deste ano os candidatos ao Senado, Câmara Federal e Assembleia Legislativa. A declaração de bens dos candidatos, bem como as estimativas iniciais de gastos com a campanha, também teve que ser registrada. Além disso, os coordenadores das campanhas precisaram levar ao TRE a matriz do programa de governo dos postulantes, cumprindo nova determinação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). :: LEIA MAIS »

Propaganda política está liberada a partir de hoje

da Agência Brasil

 Brasília – A partir de hoje (6), está aberta a temporada de propaganda política. Com isso, os partidos ficarão liberados para realizar comícios e usar amplificadores de som. Pelas regras eleitorais, há uma série de normas que devem ser respeitadas, como horários e locais de manifestações. Daqui a três meses, os brasileiros vão às urnas para escolher o presidente da República, os governadores, senadores e os deputados federais e estaduais. Os eleitores também devem ficar atentos porque dia 25 deste mês acaba o prazo para que os títulos dos eleitores que requereram inscrição ou transferência estejam prontos.

 Os partidos políticos poderão colocar, nas sedes das legendas, os amplificadores, auto-falantes e carros de som em funcionamento de 8h até as 22h. Também estão autorizados os comícios e o uso de aparelhos de som fixo no período de 8h às 24h.

  :: LEIA MAIS »

Geddel pode arrebatar votos flutuantes

do Tribuna da Bahia

Alguns leitores têm me pedido que faça uma avaliação sobre as possibilidades reais de vitória dos candidatos que disputam a eleição ao governo da Bahia com base nos números do último pleito e das pesquisas até agora publicadas. Essa é uma tarefa bastante difícil, porque, como todos sabem, cada eleição tem sua própria história, diferenciada uma da outra. Mas, como dizia o saudoso jornalista Jorge Calmon, todo colunista deve atender aos seus leitores porque são eles que repassam as informações e formam as opiniões.

Então, vamos lá. Na última eleição, 2006, Jaques Wagner venceu o pleito em 1º turno com 3.242.336 votos (52.89%); Paulo Souto teve 2.638.215 (43.03%); Átila Brandão de Oliveira foi o terceiro com 189.596 (3.09%); Hilton Coelho, 4º, com 38.870 (0.63%); Rosana Vedovato 9.479 (0.15%); Antonio Albino 8.016 (0.13%); Antonio Eduardo 4.354 (0.07%). A abstenção foi de 20.68% (1.884.249); nulos 10.21% (737.875); e brancos 346.363 (4.93%).

:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia