WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  


:: ‘defesa’

Em mais dois documentos vazados, EUA criticam Plano de Defesa brasileiro

Telegramas enviados a Washington por Cliford Sobel em 9 de janeiro de 2009, fazem duras críticas ao Plano Nacional de Defesa, anunciado em dezembro de 2008 pelo presidente Luis Inácio Lula da Silva. Na visão do ex-embaixador, não se trata de uma estratégia, mas de “um conjunto de ideias” sobre o papel dos militares no desenvolvimento do País, que não explica como será executado ou de onde virá o dinheiro. “Ainda não está certo quantas das recomendações vão ser implementadas”, descreve.

“Independência”, na visão de Sobel, é uma palavra-chave do Plano Nacional de Defesa. Isso significa que o Brasil quer controlar a produção de armamentos e só deve fazer alianças com países que queiram transferir tecnologia. Mas, no caso da compra dos caças, pelo número relativamente pequeno, ele acha que “não faz sentido economicamente”. :: LEIA MAIS »

Serra defende união civil de homossexuais

Anne Warth, da Agência Estado

SÃO PAULO – O candidato do PSDB à Presidência, José Serra, nesta quinta-feira, 14, ser favorável à união civil de homossexuais. De acordo com o tucano, a questão envolve o Direito, diferente do casamento, que está ligado às igrejas. “A união em torno de direitos civis já existe, inclusive na prática, pelo Judiciário. E eu sou a favor para efeito de Direito”, afirmou, após se reunir com integrantes do Fórum de ONG-Aids do Estado de São Paulo, na capital paulista. “Outra coisa é o casamento, que tem um componente religioso das igrejas”, explicou. “E aí cada igreja define sua posição.”

Serra foi questionado sobre o que pensava das posições da sua adversária, Dilma Rousseff (PT), que deve divulgar nos próximos dias carta na qual se compromete a vetar, caso seja eleita presidente, a ampliação do direito ao aborto, o casamento de pessoas do mesmo sexo e a mudança no registro civil para transexuais. Serra ironizou as opiniões da petista. “Ela tem lá os problemas dela. Diz uma coisa e outra hora diz outra. Deixa ela encaminhar os problemas dela”, afirmou.

Grupo de Erenice usou estrutura do Planalto para montar cenário de defesa

Estadão

Irmã de Erenice usou computador de escritório contratado sem licitação para justificar contrato. E-mail de Israel Guerra foi revisado pelo assessor da Casa Civil, que já entregou o cargo.

As versões dos parentes da ministra da Casa Civil, Erenice Guerra, para se defenderem de favorecimentos dentro do governo foram montadas nas estruturas do Palácio do Planalto e do escritório de advogados Trajano e Silva Advogados, envolvido no escândalo de lobby no governo federal.

A advogada Maria Euriza Alves Carvalho, irmã de Erenice, usou, por exemplo, um computador do Trajano e Silva Advogados para escrever a nota em que justifica o aval que deu em 2009 – quando estava no governo Lula – para contratar sem licitação o mesmo escritório, onde trabalha um irmão das duas, Antônio Alves Carvalho.

Já o e-mail enviado pelo filho de Erenice, Israel Guerra, à revista Veja passou pelo crivo palaciano. Segundo o governo, isso ocorreu porque Israel passou a mensagem para Vinicius Castro, envolvido no escândalo e que foi exonerado – a pedido – pelo governo na segunda-feira. Os dois são apontados como mentores de um esquema de lobby e cobrança de propina de empresas que tentam fechar contratos com órgãos públicos ligados ao governo federal. :: LEIA MAIS »

EUA diz que em menos de um ano o Irã já terá sua bomba atômica

Secretário de Defesa americano diz que prazo está de acordo com avanços iranianos

Robert Gates alerta sobre os avanços atômicos do Irã

 O Irã necessitará de ao menos mais um ano para criar uma bomba atômica, estimou nesta terça-feira (13) o secretário americano de Defesa, Robert Gates (foto).

 – Provavelmente, ao menos um ano, talvez mais tempo para Teerã montar uma bomba nuclear – disse Gates à imprensa no avião que o levou de Washington ao Peru, primeira etapa de sua visita à América do Sul.

 – Acredito que nossas estimativas não mudaram desde a última vez que conversamos – respondeu Gates à pergunta sobre quanto tempo Teerã levaria para montar uma arma atômica. :: LEIA MAIS »

MPF abre inquérito para investigar compra de caças

O Ministério Público Federal (MPF) em Brasília instaurou na terça-feira da semana passada inquérito civil público para apurar as negociações em torno da compra dos 36 caças pelo governo brasileiro. A investigação foi pedida pelo procurador José Alfredo de Paula Silva com base em representação do cidadão Vinícius Vasconcelos.

 Embora a operação de compra ainda não tenha sido formalizada pelo governo brasileiro, a portaria que instaurou o inquérito considera que a escolha pelos caças franceses já é uma decisão do governo brasileiro “por critério de política externa”. :: LEIA MAIS »

Quarto dia de julgamento começa com interrogatório do casal Nardoni

Só depois dos depoimentos, defesa deve decidir se quer fazer acareação com mãe de Isabella

 

Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá, acusados de matar a menina Isabella, serão ouvidos pelos sete jurados nesta quarta-feira

 O quarto dia de julgamento do caso Isabella, previsto para iniciar às 9h desta quinta-feira (25), começa com o interrogatório do casal Nardoni, acusados de jogar a menina do sexto andar de um prédio. A ordem dos depoimentos deve ser definida no início desta manhã.

 Na tarde de quarta-feira (24), o advogado de defesa Roberto Podval decidiu dispensar as 11 testemunhas que tinha convocado para depor, exceto Ana Carolina Oliveira, a mãe da vítima. Ela já foi ouvida, mas o defensor disse que quer ter o direito de fazer uma acareação entre ela e os réus se achar necessário. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia