WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


setembro 2018
D S T Q Q S S
« ago    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  


:: ‘crack’

Polícia perde a guerra e crack agora se alastra pelo interior nordestino

ESTADÃO

Pedra rompe limites das metrópoles, entra na rotina policial em cidades de até 10 mil habitantes e lota clínica de recuperação.

Policiais fazem abordagem a veículo suspeito na rodovia PE-483, sentido Cabrobró

Ele começou com álcool há dez anos, quando tinha 17. Depois, viciou-se em maconha. Há cinco anos, quando chegou aos 23, mergulhou de cabeça na pedra de cocaína, o crack. Hoje, aos 28, é um dos 43 internos em uma chácara de recuperação de dependentes químicos no interior do Nordeste. Diz que está limpo, sente-se bem depois de quatro meses sem drogas, e lamenta o inferno vivido no crack ao lembrar que só conseguiu parar quando viu a mãe dentro de um carro de polícia.

Etelvi Nascimento Silva nunca esteve em São Paulo, a metrópole que convive com o crack ao ar livre. Da cracolândia, só ouviu falar. Etelvi fumou a primeira pedra de cocaína no sertão pernambucano, em Floresta, cidade de 30 mil habitantes, a 430 km do Recife, onde nasceu.

Hoje, embora o governo federal ainda pesquise o tamanho do estrago do crack no fundão do País – via Fiocruz -, na sertaneja Floresta de Etelvi e nas vizinhas Petrolândia (32 mil habitantes), Belém do São Francisco (20 mil) e Itacuruba (10 mil), a droga avança. E essa região dentro do “polígono da seca” está prestes a trocar a alcunha de “polígono da maconha” por “polígono do crack”. :: LEIA MAIS »

Pesquisa: 98% das cidades brasileiras têm problemas ligados ao crack

Rafael Moraes Moura – O Estado de S. Paulo

BRASÍLIA – O consumo de crack já se alastrou pelo País, aponta pesquisa da Confederação Nacional de Municípios (CNM) divulgada na manhã de hoje, em Brasília. Levantamento feito com 3.950 cidades mostra que 98% dos municípios pesquisados enfrentam problemas relacionados ao crack e a outras drogas. “Falta uma estratégia para o enfrentamento do uso do crack. Não há integração entre União, Estados e municípios”, alertou o presidente da CNM, Paulo Ziulkoski.

Ziulkoski criticou o Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas, lançado pelo governo federal em maio deste ano. “É um programa que não aconteceu, praticamente nenhum centavo chegou”. Ao apresentar os números, ele disse que não avaliaria se a iniciativa teve intenções eleitoreiras. “Apenas estou trazendo números e realidades”.

A CNM observa ainda que, embora haja um grande esforço para a redução da mortalidade infantil, não há política de Estado de prevenção à mortalidade juvenil. A confederação também ressalta a importância de ações na região de fronteira para impedir a entrada de droga no País. :: LEIA MAIS »

PRF apreende mais de 70 quilos de crack em Poções

Mariacélia Vieira/Tribuna da Bahia

 Mais de  setenta quilos de crack  foram apreendidos no km756 da BR-116 numa operação da Polícia Rodoviária Federal (PRF),em Poções. De acordo com os policiais federais, um  Saveiro com placa de Minas Gerais, que passava em frente ao posto policial, não obedeceu as ordens de parar e foi seguido. Um dos pneus do veículo estouro  e os traficantes fugiraa à pe.

 Os dois traficantes foram identificados como José Roberto Franco Canavarros e Renato Franco Canavarros.  Até o início da noite nenhum deles foi encontrado apesar da Varredura realizada na região.

  :: LEIA MAIS »

Nove quilos de crack são apreendidos na maior operação antidrogas realizada em Brumado

Daniel Simurro/Acheibrumado

Brumado vinha recebendo, eufemisticamente, o título da cidade do crack e agora isso veio, infelizmente, se confirmar na tarde deste sábado (22), com a prisão em flagrante, da quadrilha chefiada pela traficante Tatá, principal fornecedora para toda a região, principalmente, do crack.

Uma equipe da Polícia Militar prendeu a traficante, juntamente com outros três elementos, em uma residência no bairro Novo Brumado, os quais estavam com cerca de nove quilos de crack, divididos em 8 tabletes e várias trouxinhas, além de um quilo de maconha, R$ 1.200 reais em espécie e uma balança de precisão.

Considerada a, princípio, como “droga de pobre”, o crack, hoje, atingiu praticamente todas as camadas sociais, tanto que de dez dependentes químicos que procuram tratamento, nove são viciados em crack, o que comprova que este é o problema mais sensível vivenciando pela atual sociedade. :: LEIA MAIS »

Polícia faz maior apreensão de crack no estado em Feira de Santana

CORREIO

image

A polícia civil de Feira de Santana realizou a maior apreensão de crack no estado este ano. Foram apreendidos 31kg de crack e quatro quilos de cocaína pura em uma residência, na avenida Maria Quitéria, no bairro classe média alta de Feira de Santana, Brasília, na noite de terça-feira (11). A droga estaria avaliada em R$ 1 milhão e teria vindo do Paraguai.

João Franco Santos Dantas, 36 anos, Érico Dourado Rodrigues, 26 anos e Deraldo da Silva Santos, 25 anos, moradores da cidade de Itabuna, foram presos. Um fiat Uno, duas TVs de 20 polegadas e uma balança de precisão também foram apreendidas. (As informações são do jornal Bahia Meio Dia)

Idosa é presa com cem pedras de crack no Pari (SP)

Uma aposentada de 61 anos foi presa em flagrante por tráfico de drogas na noite de quarta-feira, 14, no Pari, centro da capital. Em seu apartamento, foram apreendidos cem pedras de crack, uma balança de precisão, uma algema da polícia, uma pistola de chumbinho e 140 reais.

Isabel Marina Gomes morava na Cohab Residencial Olarias. A polícia chegou até o apartamento de Isabel durante a investigação de dois traficantes. O crime foi registrado no 12º DP (Pari).

A Tarde

Polícia civil prende homem responsável pelo comércio ilegal de armas de fogo

As armas além de serem vendidas eram ainda repassadas para usuários de crack
image
Gino era apontado como traficante de drogas que atuava no bairro Alegria

A Polícia Civil prendeu em flagrante na ultima sexta feira (19), Genivaldo Coqueiro, vulgo Gino (foto), 25 anos, segundo o delegado Neuberto Costa Souza que comandou a operação, foi encontrado com o acusado dois revólveres calibre 38, com numeração raspada, municiados, e uma balança de precisão usada para pesar cocaína. :: LEIA MAIS »

Idosa de 77 anos é presa com 100 pedras de crack, arma e facas

SALVADOR – Uma idosa de 77 anos foi presa com 100 pedras de crack, R$ 143,50, duas facas e uma arma de brinquedo na madrugada desta quinta-feira (18), no bairro de Saramandaia, na Rua da Horta (onde ela mora). De acordo com a Central de Telecomunicações das Polícias Militar e Civil (Centel), Laudelina Maciel de Jesus, aposentada, foi autuada em flagrante por policiais militares enquanto vendia a droga aos moradores da comunidade.

A aposentada, que já foi presa em 97 por tráfico de drogas, apontou mais quatro pessoas que moram com ela como comparsas: André dos Santos Maciel (sobrinho), 31 anos, Adailton Oliveira Santos, (filho de criação), que já responde por trafico de drogas, 28 anos. Douglas Silva dos Santos, (namorado da neta de Laudelina), 19 anos e Marcelo Moreira Lima, (filho de criação), 26 anos. Todos estão detidos na 9ª delegacia, na Boca do Rio. :: LEIA MAIS »

Revelação do Carnaval 2009 luta contra vício em crack

Mãe do artista é seu maior apoio na luta contra o vício

Cantor revelação do Carnaval de 2009, com a banda Bué da Fixe, Allan Spínola, 26 anos, vive hoje refém do crack. O vício, que o persegue há 5 anos, traz sofrimento para ele e familiares, que não sabem mais o que fazer.

Vendo a angústia da mãe, Cristiane Spínola, e depois do uso excessivo da droga, Allan pediu socorro  a um programa de TV para se recuperar. “Luto há três dias para não usar nada, mas é muito difícil. Como ato de desespero, resolvi tornar minha história pública, na esperança de ser ajudado. Quero ficar livre deste vício”, diz o cantor,  que contou com a ajuda da mãe para ficar “limpo” nos últimos dias, quando resolveu parar. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia