WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


novembro 2020
D S T Q Q S S
« out    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  


:: ‘Bradesco’

Sindicato dos bancários relata sobre terror vivido pelos funcionários dos assaltados em Condeúba

A ousadia dos bandidos não tem limites. Em menos de 40 minutos da manhã desta segunda-feira (30) duas agências bancárias da cidade de Condeúba foram assaltadas por um bando de oito assaltantes fortemente armados. O grupo chegou à rua principal onde ficam localizados os bancos e dispararam vários tiros. Naquele momento, por volta das 10h20, três policiais que chegaram ao local foram acuados. A viatura da Polícia Militar foi metralhada pelos bandidos.

Nas ações, três assaltantes adentraram cada agência e obrigaram os clientes a ficarem deitados. Enquanto isso, outros comparsas se comunicavam através de códigos na parte externa dos bancos. Para impedir qualquer ação da vigilância ou polícia, um grupo de clientes foi colocado como barreira de proteção em frente às agências.

Terror psicológico entre funcionários :: LEIA MAIS »

BB e Bradesco fazem acordo para criar bandeira de cartões

O Banco do Brasil e o Bradesco anunciaram nesta terça-feira memorando de entendimento para a criação de uma bandeira brasileira de cartões e integração de parte de suas operações no setor.

As instituições infomaram ainda que estão estudando a possibilidade de transferir suas participações acionárias detidas na Cielo para a nova empresa que será criada para gerir as operações com cartões.

Se a operação avaliada for concluída, os bancos pretendem criar uma holding que integrará e gerenciará os negócios, com objetivo de obter ganhos de sinergia, “estruturação de novos negócios de private label, outros negócios afins e construção de um modelo de empresa que possibilite a oferta de cartões com bandeira de atuação em âmbito nacional”. :: LEIA MAIS »

Procon-DF multa cinco bancos em mais de R$ 5 milhões

Do Correio Braziliense

Dezessete agências bancárias do Distrito Federal foram multadas em mais de R$ 5 milhões pelo Instituto de Defesa do Consumidor (Procon-DF) por descumprirem a Lei nº. 2.547/2000.
Conhecida no DF como Lei da Fila, a determinação limita o tempo máximo de espera dos clientes em 20 minutos, em dias normais, e em 30 minutos, em dias de pagamento de salários e vésperas de feriado.
A penalidade é resultado de uma operação realizada em março pelo Procon-DF. Na época, o órgão visitou 27 agências bancárias nas cidades de Taguatinga, Samambaia, Núcleo Bandeirante, SIA, Guará, Setor Comercial Sul, Asa Norte, Asa Sul e Lago Sul. Dessas, 17 foram autuadas por violar a legislação. As agências pertencem ao Banco do Brasil, à Caixa Econômica Federal, ao Itaú-Unibanco, Bradesco e ao BRB.
:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia