WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


janeiro 2020
D S T Q Q S S
« dez    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  


:: ‘amapá’

Brasil tem hoje deficit de 200 mil vagas no sistema prisional

 G1, em São Paulo

 
Info deficit em presídios (Foto: Arte/G1)

O Brasil tem hoje um deficit de 200 mil vagas no sistema penitenciário. Um levantamento feito peloG1 com os governos dos 26 estados e do Distrito Federal mostra que a população carcerária atual é de 563.723 presos. Só há, no entanto, 363.520 mil vagas nas unidades prisionais do país.

O número de presos é mais de quatro vezes o registrado há 20 anos. Atualmente, há 280 detentos por 100 mil habitantes. Em 1993, a proporção era de 85 para cada 100 mil.

Os dados obtidos pela reportagem são os mais atualizados disponíveis, referentes ao fim de 2013 e ao início de 2014. O Ministério da Justiça, por exemplo, só tem os relativos a 2012. Na comparação, é possível constatar, em um ano, o aumento de quase 14 mil presos. :: LEIA MAIS »

Lula se irrita com pergunta sobre Sarney e manda repórter ‘se tratar’

Leonencio Nossa, enviado especial/Estadão

ESTREITO (MA) – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva ficou profundamente irritado, nesta tera-feira, 30, em Estreito (MA), com uma pergunta do Estado sobre sua relação com o grupo do senador José Sarney (PMDB-AP) no Maranhão. A reportagem indagou se a visita era uma forma de “agradecer o apoio da oligarquia Sarney” ao seu governo. Para Lula, a pergunta foi “preconceituosa”.

“Agradeço, agradeço… e a pergunta preconceituosa como esta é grave para quem está há oito anos cobrindo Brasília. Demonstra que você não evoluiu nada. O presidente Sarney é presidente do Senado… preconceito é uma doença. O Senado é uma instituição autônoma diante do Poder Executivo, da mesma forma o Poder Judiciário. O Sarney colaborou muito para a institucionalidade. E ademais é o seguinte: o Sarney foi eleito pelo Amapá, eu não sei por que o preconceito. Você tem de se tratar, quem sabe fazer uma psicanálise para diminuir o preconceito”, disse o presidente ao repórter. :: LEIA MAIS »

Presos, governador do Amapá e mais 17 serão transferidos para Brasília

G1

Pedro Paulo Dias foi preso nesta sexta durante a Operação Mãos Limpas. Ele será levado para a carceragem da Superintendência da PF em Brasília.

 

O ex-governador do Amapá Waldez Góes (PDT) e seu sucessor, Pedro Paulo Dias (PP), presos em operação da PF

 O governador do Amapá, Pedro Paulo Dias (PP), preso durante a Operação Mãos Limpas, será transferido nesta sexta-feira (10) para Brasília, juntamente com outros 17 acusados de participação em uma organização criminosa que teria desviado recursos públicos do Amapá e da União, segundo informou a Polícia Federal. De acordo com a PF, todos os 18 mandados de prisão temporária foram cumpridos.

 Pedro Paulo, que está preso no quartel do Exército, em Macapá, será levado para a carceragem da Superintendência da Polícia Federal, em Brasília.

  :: LEIA MAIS »

Acidente em ponte mata quatro pessoas no Amapá

Um acidente na ponte do rio Vila Nova, que liga a capital do Amapá, Macapá, a cidade de Mazagão, deixou pelo menos quatro pessoas mortas e nove feridas na tarde deste sábado (20). Não se sabe se existem mais vítimas no local.

Segundo o tenente coronel da Defesa Civil Clésio Rodrigues, duas vigas de concreto que pesam cerca de 30 toneladas cada caíram sobre uma embarcação que apoiava um guindaste na construção da ponte.

Quatro corpos foram encontrados, mas apenas um havia sido resgatado até as 20h deste sábado. Três deles ainda permaneciam presos entre as vigas e a embarcação. Segundo a Defesa Civil, nove feridos foram encaminhados ao hospital de emergência de Macapá, um deles corre risco de morte. De acordo com o tenente coronel Clésio Rodrigues, todas as vítimas são operários que trabalhavam na construção da ponte. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia