WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  


:: ‘abuso sexual’

Jovens são detidas sob suspeita de matar o próprio pai em Valença

G1

De acordo com a polícia elas esperaram a vítima dormir e dispararam três tiros. Elas confessaram e disseram que eram abusadas por ele há quatro anos.

Duas adolescentes são suspeitas de matar um homem de 34 anos a tiros, na noite de segunda-feira (23) no município de Valença a 255 de Salvador. A vítima era pai de uma das meninas e padrasto de outra. As duas disseram à polícia que vinham sendo estupradas pela vítima há mais de quatro anos.

Segundo informações da polícia civil, por volta da meia noite da segunda – feira (23), a filha dele de 14 anos junto com a enteada de 15 esperaram ele dormir, pegaram a arma que pertencia à vítima e dispararam três tiros contra ele. O homem morreu na hora.

Na delegacia as duas confessaram o assassinato e disseram que eram abusadas sexualmente por ele há quatro anos. De acordo com a delegada regional de polícia, Glória Ramos, “elas disseram que houve uma discussão entre o pai e a mãe. Elas estavam indignadas pelo sofrimento ao longo desses anos. Uma das meninas encontrou a arma do pai próximo à cama onde ele estava deitado e deflagrou. A mais velha deflagrou o primeiro disparo e segundo elas reportam, a menor, mais dois”, disse a delegada.

:: LEIA MAIS »

Menina vítima de abuso sexual diz antes de morrer nomes de molestadores

Uma menina de 6 anos vítima de abuso sexual em Goiana (PE) disse à polícia, antes de morrer, que a violência havia sido cometida por seu tio e um vizinho, segundo o delegado Herbert Arantes Martins, entrevistado pelo G1.

“Um policial estava com a menina no hospital enquanto ela recebia atendimento médico e perguntou a ela, minutos antes do óbito, quem tinha feito aquilo com ela. Ela disse que tinha sido o ‘titio’ e o vizinho, e nos deu o nome de ambos”, diz Martins.

A criança foi encontrada na madrugada de sexta-feira (28) e levada ao hospital com sinais de espancamento e abuso sexual. A família começou a sentir falta da menina por volta das 17h da quinta-feira (27) e, durante as buscas, a encontrou com o corpo coberto por folhas, pedras e terra. :: LEIA MAIS »

Polícia investiga se menina de 11 anos grávida de gêmeos sofreu abuso do padrasto em MG

da Folha

Uma menina de 11 anos, grávida de gêmeos há sete meses e traumatizada, pode ter sido engravidada pelo padrasto, que está desaparecido. A menina está sendo acompanhada pelo Conselho Tutelar de Santa Luzia, cidade da região metropolitana de Belo Horizonte, há dois meses.

Apesar da gravidez e do desaparecimento do padrasto, a família não fez ocorrência policial nem sequer havia feito exames na criança. Foi uma denúncia anônima de abuso sexual que levou o Conselho Tutelar entrar no caso e agir.

Após a confirmação da gravidez, o Ministério Público foi acionado e a guarda da criança foi dada a um tio da menina, porque a conselheira tutelar Aurete Alcântara Ribeiro considerou que houve negligência por parte da mãe da criança. :: LEIA MAIS »

Caminhoneiro é preso acusado de exploração sexual contra menor

Menor disse que ele tinha acertado um programa com ela por R$20

image

Um caminhoneiro foi preso na noite de terça-feira (25), em Ribeira do Pombal. Ele é acusado de cometer o crime de exploração sexual contra uma menor de 17 anos. Os dois foram surpreendidos durante uma ronda noturna dos policiais, no km 173 da BR 110.

Os dois estavam totalmente despidos, no interior do caminhão Scania/ G420 A 4 X 2, de placa IPR 4683/ SC. De acordo com o depoimento da menor, Rodrigo Montemezzo, 29 anos, acertou com ela a quantia de R$ 20 pelo programa. Correio da Bahia

Pastor da Universal será indiciado por estupro de vulnerável até amanhã

Midiã Noelle Santana | Redação CORREIO | Foto: Divulgação/ Polícia Civil

O pastor da Igreja Universal do Reino de Deus preso em flagrante no domingo (4) tendo relações sexuais com uma adolescente de 13 anos dentro de um carro, será indiciado pelo titular da 20ª Delegacia (Candeias), Osman Ordello Guimarães, até amanhã (7) pelo crime de estupro de vulnerável e rapto.

Alex Santos Gouvéia era pastor da IURD de Candeias, Região Metropolitana de Salvador, mas foi transferido há poucos meses para a central, no Caminho das Árvores, na capital. O acusado foi encontrado sem camisa dentro do veículo com a menina que estava seminua, deitada no banco da frente, por um agente da Polícia Rodoviária Estadual (PRE).


Menina de 13 anos acreditava ser namorada do pastor

‘A garota estava praticamente nua com um short curto e um top. O vestido estava no banco de trás. A vítima chegou a passar por exame no DPT, mas ela confessou que estava tendo relações sexuais com Alex há três meses’, disse o delegado. A adolescente se considerava namorada do pastor que é casado.

Ainda de acordo com o titular da 20ª DP, a menina teria mentido para a família e não disse que iria à Salvador. ‘A menina falou para a avô que ficaria na casa da mãe que mora em Madre de Deus. Já Alex disse no depoimento que levaria a jovem para uma vigília – ele também foi pastor da Igreja que a menina freqüenta. A mãe e a avô da garota não tinham conhecimento do fato’, informou Guimarães. :: LEIA MAIS »

Igreja transferiu suspeito de abuso sexual ao Brasil

Levantamento da Associated Press em 21 países mapeou 30 casos de padres suspeitos de abusos sexuais que foram transferidos para outras nações. Dois deles se relacionam com o Brasil, informa reportagem de Gabriela Manzini, publicada nesta sexta-feira pela Folha .

O primeiro é o do padre xaveriano Mario Pezzotti, acusado pelo americano Joseph Callander de abuso e de estupro, em 1993. Os crimes, dizia Callander, tinham ocorrido em 1959, quando estudou em um extinto colégio xaveriano do Estado americano de Massachusetts. O caso acabou num acordo indenizatório de US$ 175 mil. Na época, num bilhete, o padre disse que achara “a cura” no Brasil.

Mario Pezzotti saiu dos EUA para trabalhar com índios no Pará. Na Amazônia, as críticas ao clérigo geraram surpresa.

Outro caso é o do padre jesuíta Clodoveo Piazza, premiado por seu trabalho na Organização de Auxílio Fraterno, que mantém abrigos em Salvador. Italiano naturalizado brasileiro, ele chegou a ser secretário estadual de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza, antes de ser alvo de denúncias de abuso e exploração sexual. :: LEIA MAIS »

Testemunha de Jeová violentou menores por mais de 40 anos

Um antigo talhante, Testemunha de Jeová, violou e molestou durante 40 anos diversas   menores que seguiam a mesma fé, e foi  preso ontem (31)  por 32 crimes que confessou.
Hoje com 78 anos, Vile George Cokerill,  ameaçava  as vítimas dizendo que  caso falassem, estariam a traindo a religião.

O jornal The Sun informa que uma das vítimas tinha apenas dez anos quando foi molestada, o juiz encarregado do caso disse que o homem era “o mais terrível dos hipócritas”, :: LEIA MAIS »

Igreja católica alemã abre linha telefônica para denúncias de pedofilia

A Igreja Católica na Alemanha está lançando nesta terça-feira uma linha telefônica especial para vítimas de abuso sexual por parte de padres. A linha será administrada a partir da cidade de Trier, no oeste do país. Os telefonemas serão atendidos por psicólogos e assistentes sociais.

O bispo local, Stephan Ackermann, foi escolhido para lidar com qualquer alegação feita contra o clero. Na segunda-feira, Ackermann anunciou que 20 padres de sua diocese foram acusados de pedofilia desde a década de 50. Dez deles já morreram, mas os outros estão sendo investigados.

Ackermann disse que ficou perplexo com as revelações e encorajou as vítimas a fazer denúncias.

Centenas de pessoas no país vieram a público desde o início deste ano na Alemanha dizendo que sofreram abusos por parte de padres quando eram crianças, entre as décadas de 50 e 80. :: LEIA MAIS »

PJ investiga três novos casos de padres católicos

“O Papa escondeu meu caso”, diz vítima de abuso sexual

DER SPIEGEL: Novos fatos contra o Vaticano elevam a pressão sobre o Papa Bento 16; uma renúncia é possível?

Continuam a surgir alegações de que o papa Bento 16 pode ter tido conhecimento detalhado de episódios de abuso sexual na Igreja Católica. Em 1996, a Congregação para a Doutrina da Fé, que ele liderava na época, decidiu não punir o padre pedófilo Lawrence Murphy. Com sua autoridade desgastada, por que ele permanece no cargo?
Quando é hora de um papa renunciar? Margaret Kässmann, ex-líder da Igreja Protestante na Alemanha, renunciou em fevereiro, depois de decidir que não possuía mais a autoridade moral necessária para seu cargo depois de ter sido pega dirigindo embriagada. Mas quanta autoridade o papa Bento 16 ainda tem?
Ultimamente, o que restou dela tem desaparecido quase que diariamente. Cada novo detalhe sobre o papel que ele teve na forma como sua igreja lidou com os episódios de abuso sexual a desgasta ainda mais. Mas um papa não renuncia, simplesmente. Ele não é presidente de uma empresa, ou o líder de um partido político – ele é o descendente espiritual direto do apóstolo Pedro. :: LEIA MAIS »

Conheça os escândalos mais recentes na Igreja em vários países

A denúncia de mais um caso de abuso sexual de menores por padres da Igreja Católica – desta vez nos Estados Unidos – contribuiu para aumentar a pressão sobre o papa Bento 16.

Aqui, um resumo dos escândalos mais recentes em vários países.

ESTADOS UNIDOS

Na quinta-feira, o jornal The New York Times trouxe a notícia de que, em 1996, o cardeal Joseph Ratzinger, que veio a se tornar o papa Bento 16 em 2005, não respondeu a cartas vindas de clérigos americanos acusando um padre do Estado do Winsconsin de abusar sexualmente de menores.

O padre Lawrence Murphy, que morreu em 1998, é suspeito de ter abusado de até 200 meninos em uma escola para surdos entre 1950 e 1974. :: LEIA MAIS »

Vítima de abusos sexuais de padre nos EUA responsabiliza papa

MILWAUKEE, Estados Unidos (Reuters) – O papa Bento 16 deveria ser responsabilizado por nada ter feito em relação a um padre do Estado norte-americano de Wisconsin que foi acusado de abusos sexuais contra cerca de 200 meninos em uma escola para crianças surdas na cidade de Milwaukee, declarou uma de suas vítimas nesta quinta-feira.

O gráfico Arthur Budzinski, de 61 anos e surdo, falou por intermédio de sua filha, Gigi, sobre como sua “inocência foi roubada” pelo acusado dos abusos, o padre Lawrence Murphy, que faleceu em 1998 aos 72 anos.

“O papa sabia disso. Era ele quem se encarregava dos casos de abuso sexual. Por isso, acho que ele deveria ser responsabilizado por nada ter feito”, disse Gigi Budzinski em entrevista à imprensa do lado de fora dos escritórios da arquidiocese de Milwaukee. :: LEIA MAIS »

Igreja Católica cria linha de telefone para atender vítimas de abuso sexual

Após o escândalo de abusos envolvendo religiosos católicos, os bispos

Ver imagem em tamanho grande

alemães anunciaram a criação de um número telefônico de assistência a vítimas. Serviço similar, criado por críticos da Igreja, já existe há anos.
Há oito anos, Katharina B. atende em casa a telefonemas de gente que sofreu abusos sexuais por membros da Igreja Católica. Ela prefere não divulgar seu nome por temer retaliações, devido ao teor de seu trabalho.
A linha direta começou a funcionar em 2002, quando foram divulgados os primeiros casos de violência sexual de padres católicos contra crianças e jovens nos Estados Unidos. O movimento laico de críticos à Igreja Wir sind Kirche (“Nós somos Igreja”) logo pediu providências à Conferência dos Bispos na Alemanha.

:: LEIA MAIS »

CPI da Pedofilia vai apurar assédio de padres a coroinhas em Alagoas

MACEIÓ, SÃO PAULO – Integrantes da CPI da Pedofilia visitarão a cidade de Arapiraca, em Alagoas, onde os padres Luiz Marques, Edílson Duarte e Raimundo Gomes são acusados de pedofilia. Os três foram afastados pelo bispo Valério Breda.
A polícia afirma que recebeu novas denúncias de ex-coroinhas. O advogado dos padres, Daniel Fernandes, diz que seus clientes estão sendo vítimas de chantagem por parte dos ex-coroinhas.
A comunidade está dividida: parte acredita que os rapazes tentam chantagear os padres. Outros estão chocados com as informações. Os três padres foram afastados pelo bispo. Várias igrejas estão fechadas por falta de fiéis. Casamentos foram adiados a pedido dos noivos. Um dos ex-coroinhas, Fabiano Ferreira, de 20 anos, diz que foi abusado desde os 9 anos e que, 10 anos atrás, tentou denunciar o caso, mas nada foi feito pela polícia. :: LEIA MAIS »

Carta do papa sobre pedofilia na Irlanda será publicada sábado

Cidade do Vaticano – A carta aos católicos irlandeses na qual o papa Bento XVI indicará “claramente” quais as medidas adotadas para fazer frente aos inúmeros casos de abusos sexuais contra crianças cometidos por padres no país será publicada em 20 de março, informou hoje o Vaticano.

“Peço a todos que a leiam com o coração aberto e espírito de fé”, afirmou o papa, que acrescentou que a sua “esperança” é de que o texto “ajude no processo de arrependimento, cura e renovação”.

Dois relatórios oficiais – o Relatório Ryan e o Relatório Murphy – revelaram que centenas de crianças irlandesas sofreram abusos sexuais por parte de sacerdotes do país durante décadas, sobretudo na arquidiocese de Dublin entre 1975 e 2004.

:: LEIA MAIS »

Itália: Líder de seita detido por alegado abuso sexual de menores



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia