WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


agosto 2019
D S T Q Q S S
« jun   set »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


:: 13/ago/2019 . 8:49

Maior livraria flutuante do mundo chega ao Brasil com milhares de Bíblias

Maior livraria flutuante do mundo chega ao Brasil em agosto. (Foto: Operation Mobilisation)
Maior livraria flutuante do mundo chega ao Brasil em agosto. (Foto: Operation Mobilisation)

No dia 24 de agosto, o navio MV Logos Hope, considerado a maior livraria flutuante do mundo, irá atracar no Porto de Santos (SP), com mais de cinco mil títulos, entre literatura cristã e Bíblias.

O MV Logos Hope é operado pela organização alemã GBA Ships e pela Operação Mobilização (OM), como parte de um movimento internacional de evangelismo. A viagem ao Brasil terá parceria com a organizações cristãs locais,

O navio estará aberto ao público em Santos, no Cais Outeirinhos 2 (Cais da Marinha), entre 24 de agosto e 15 de setembro, e ficará fechado às segundas-feiras.

Depois percorrerá outros quatro portos brasileiros: no Rio de Janeiro (RJ), de 19 de setembro a 6 de outubro; Vitória (ES), de 10 a 20 de outubro; Salvador (BA), de 25 de outubro a 10 de novembro; e Belém (PA), de 19 de novembro a 5 de dezembro.

Além de uma ampla gama de livros a preços especiais, o Logos Hope leva consigo cerca de mil exemplares de publicações da SBB, como edições da Bíblia em diferentes traduções e literatura bíblica para todas as idades.

A SBB também irá apresentar uma edição personalizada da Bíblia desenvolvida especialmente para o Logos Hope.

“Para a SBB, esse projeto surgiu como um complemento do trabalho que realizamos com o Barco da Bíblia, maior livraria flutuante de literatura bíblica da Região Amazônica. Por isso, consolidamos esta parceria, agradecendo a Deus pela oportunidade de disponibilizar e divulgar a Palavra de Deus a todos aqueles que visitarem o Logos Hope em sua estadia no Brasil”, afirma Márcia Carneiro, gerente de Comunicação Social da SBB.

Além da livraria, aberta ao público, a equipe promove eventos e conferências a bordo. Para isto, o navio conta com um moderno teatro com capacidade para 400 pessoas e uma sala de conferências, capaz de comportar até 300 pessoas. Em cada porto, a programação busca motivar os cristãos locais em sua caminhada com Cristo.

Operado pela GBA Ships, o Logos Hope dá continuidade ao trabalho iniciado pelos navios Logos, Doulos e Logos II. Essas embarcações já visitaram mais de 160 países e territórios desde 1970, recebendo 46 milhões de pessoas a bordo. O Logos Hope iniciou seu serviço em 2009 e é o maior navio da organização, transportando uma equipe de 400 voluntários, de mais de 60 nacionalidades diferentes.

Segundo a coordenadora de Projeto para a visita do Logos Hope a Santos, Ester Hansen, esta será a primeira visita do MV Logos Hope ao Brasil, mas outras embarcações já percorreram portos brasileiros: 1979, 1981 e 1983 (Doulos) e 1991, 1994 e 1999 (Logos II).

“Pode-se dizer que são 20 anos de expectativas construídas, especialmente no meio cristão, pelo retorno de uma das embarcações da organização. A própria tripulação também está ansiosa para conhecer o Brasil e a cultura hospitaleira da qual tanto se fala. Sabemos que as igrejas brasileiras têm um grande potencial missionário, muito maior do que tem sido colocado em prática”, disse Hansen.

O preço de entrada é de R$ 5,00. Adultos com mais de 65 anos de idade e crianças menores de 12 anos, desde que acompanhadas por um adulto, têm entrada gratuita.

História

O Logos Hope foi construído em 1973 e chamado inicialmente de “Gustav Vasa”. Originalmente construído como uma balsa, a embarcação navegou pelas rotas do Atlântico Norte. Em 1983 o navio mudou de mãos sendo adquirido pela Smyril Line. Foi renomeado como “Norröna” e navegou entre as Ilhas Faroe e a Dinamarca.

Em 2004, a GBA Ships e.V. (GBA: Good Books for All, “Bons livros para todos”) conseguiu levantar fundos para comprar o Norröna como substituto do Logos II. A embarcação foi completamente renovada para seu papel como o novo “navio livraria” e renomeado como “Logos Hope”.

A palavra Logos, de origem grega, é tradicionalmente traduzida como “palavra, pensamento, princípio ou discurso”. Na Bíblia, é usada para se referir à pessoa de Jesus Cristo. Todos os tripulantes do Logos Hope seguem o exemplo de Cristo em suas vidas.

A GBA Ships e.V. é uma organização sem fins lucrativos, de origem cristã e sediada na Alemanha. Ela opera embarcações que navegam pelo mundo compartilhando conhecimento, ajuda e esperança. Desde 1970, os navios conhecidos por suas livrarias flutuantes fizeram mais de 1.500 visitas a portos em mais de 150 países e territórios e receberam mais de 46 milhões de visitantes a bordo. Fonte: Guiame

A perseguição cresce, mas a igreja secreta no Irã também

Neste Dia Internacional da Juventude, lembramos da igreja secreta no Irã que cresce, principalmente, entre os jovens

Neste Dia Internacional da Juventude, lembramos da igreja secreta no Irã que cresce, principalmente, entre os jovens

Todos os dias os muçulmanos no Oriente Médio chegam a Cristo unindo-se a uma enorme igreja invisível: a igreja secreta. Neste Dia Internacional da Juventude, queremos contar a história de Nava*, que tem 21 anos. Ela é uma das cristãs secretas no Irã e conta como Deus se revelou de uma maneira especial.

“Embora tenha havido cristãos na minha família muçulmana nominal durante anos, Cristo nunca me interessou realmente”, Nava começa a compartilhar. “Mas a cruz mudou completamente a minha vida. Há  um ano eu tive um sonho. Tudo começou como um pesadelo. Havia pessoas más se aproximando de mim que queriam arrancar as roupas do meu corpo. Mas, então, eu chamei por Jesus”, conta.

“Eu não sei porque eu fiz isso. Eu não era cristã na época, embora minha mãe fosse. Jesus veio, me abraçou e disse: não tenha medo. Ele me deu um lenço. Quando abri, vi que continha uma cruz em um colar”. Assustada e confusa com o sonho, Nava foi ao joalheiro no dia seguinte, ela conta: “Eu perguntei se eles tinham um colar de cruz, mas eles não tinham. Um homem na rua me ouviu perguntando isso e me disse que ele tinha um colar de cruz, mas que eu deveria pagá-lo e só abrir de volta para casa. Então eu paguei a ele”. :: LEIA MAIS »

No Irã, juiz chama cristãos de apóstatas e diz que Bíblia foi fabricada

Principal entrada da prisão de Evin, na capital Teerã, onde muitos cristãos estão presos. Evin é conhecida por torturas e maus-tratos aos detidos

Principal entrada da prisão de Evin, na capital Teerã, onde muitos cristãos estão presos. Evin é conhecida por torturas e maus-tratos aos detidos

No dia 28 de julho, quatro cristãos compareceram para audiência no tribunal, acusados de ameaçar a segurança do Estado e de promover sionismo. O sionismo se refere àqueles que defendem o direito à autodeterminação do povo judeu e à existência de um Estado nacional judaico independente e soberano no território onde existiu o antigo reino de Israel.

Os quatro cristãos foram presos em várias batidas policiais na cidade de Rasht, no norte do Irã, em janeiro e fevereiro deste ano. O juiz disse que a Bíblia foi fabricada e que eles eram apóstatas, segundo informa o site Christian Solidarity Worldwide (CSW). Os quatro cristãos são membros da mesma igreja, a Igreja do Irã, cujo pastor, Youssef Nadarkhani, foi condenado a dez anos de prisão em julho de 2017.

Em outro julgamento que aconteceu quatro dias antes, outros cinco membros de igrejas foram enviados de volta à prisão sob fiança ainda maior. Um deles era Abdorelza Ali Haghnejad, cujo caso temos acompanhado. Isso porque eles se recusaram a substituir o advogado deles por um advogado designado pelo tribunal, como informa o site Middle East Concern.

No país de maioria muçulmana, os cristãos são considerados uma “influência ocidental” e uma ameaça à identidade islâmica do país. O governo tem tentado impedir o crescimento da igreja. Como resultado, os cristãos são proibidos de compartilhar a fé com não cristãos e não podem frequentar cultos cristãos. Isso os força a participar de igrejas domésticas informais. Cristãos ex-muçulmanos são particularmente vulneráveis por serem considerados apóstatas e não têm proteção legal sob a lei iraniana. :: LEIA MAIS »

“Uma vida salva é melhor que 10 Oscars”, dizem produtores de cinema

Nos Estados Unidos os filmes dos irmãos Alex e Stephen Kendrick têm feito muito sucesso nas bilheterias. “A Prova de Fogo” (2008) e “Corajosos” (2011) ficaram no Top 4 entre os mais assistidos. Já “Quarto de Guerra” (2015) conquistou o primeiro lugar em dois finais de semana.

Apesar do sucesso nas telonas, os longas cristãos não receberam nenhuma premiação e isso, para os irmãos Kendricks, não é importante, pois a salvação de pessoas com as mensagens dos filmes é o alvo.

:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia