O deputado estadual João Carlos Bacelar (PTN) derrubou de vez os discursos da base governista quanto aos aumentos concedidas pelo governo Jaques Wagner à Polícia Militar. Os governistas alegam, com base na propaganda do governo do Estado, que o governo jaques Wagner concedeu os maiores aumentos à Polícia Militar, acima do índices do governo Paulo Souto. Segundo Bacelar, os dados demonstram que os números eram bastante superiores aos atuais, o que desmistifica o discurso do governo do PT de que dá mais atenção e apoio ao funcionalismo público. De acordo com a tabela apresentada pela Associação dos Oficiais da Polícia Militar da Bahia, um soldado ganhou, de 2003 a 2006, 62,84% de reajuste salarial, enquanto no governo Wagner esse aumento foi de 45,42%. Já um tenente coronel teve aumento de 56,48% no governo Paulo Souto, enquanto Jaques Wagner concedeu 51,15%.

Veja a seguir a variação dos vencimentos na Polícia Militar:

Posto – Evolução salarial de 2003 a 2006 – Evolução salarial de 2007 a 2010
Soldado – 62,84% – 45,42%
Cabo – 64,06% – 49,78%
Sargento – 62,61% – 49,17%
Tenente – 83,14% – 51,73%
Capitão – 86,22% – 49,20%
Major – 56,52% – 49,16%
Tenente Coronel – 56,52% – 51,76%
Coronel – 56,48% – 51,15%
Fonte: Assessoria do deputado João Carlos Bacelar