Correio

 Operação Olho Vivo, com o objetivo de fiscalizar os principais comerciantes de madeira, está sendo realizada nesta sexta (14) no município de Amargosa, a 231 quilômetros de Salvador.

Segundo a Agecom, grande quantidade de madeira estocada em serrarias sem autorização já foi constatada. A operação é conduzida pela coordenadora regional do Núcleo Mata Atlântica do Ministério Público (Numa) e da Base Ambiental do Recôncavo Sul, promotora de justiça Karinny Peixoto, com a participação do promotor de justiça de Amargosa, Marcelo Miranda.

A ação conta também com a cooperação da Vigilância Sanitária Municipal, Instituto do Meio Ambiente (IMA), Polícia Civil e de policiais Militares lotados nas bases ambientais e de Santo Antônio de Jesus. A operação prossegue até o final do dia.