WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


dezembro 2021
D S T Q Q S S
« nov   jan »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  


:: dez/2021

Advogado e esposa de pastor preso na China são impedidos de vê-lo

Ilustração de homem preso China AID

Ilustração de homem preso (Foto: Reprodução/China AID)

Em 21 de novembro, o pregador An Yankui, de uma igreja da China, foi detido pela polícia local de Fenyang, junto com  Zhang Chenghao, outro membro da igreja, por “travessia ilegal da fronteira” por participarem de evento cristão. Agora a esposa denuncia que não tem acesso ao marido.

A esposa do pregador An, Yao Congya, e seu advogado foram à delegacia em Fengyang, no dia 30 de novembro, para apresentar um pedido para se encontrar com ele, porém tiveram seu pedido recusado pelas autoridades.

Yao Congya viu o policial identificado como Deng que havia levado seu marido. O policial Deng disse a eles que como o caso ainda está sendo investigado, eles não podem se encontrar com An.

O oficial Deng pediu ao advogado para se afastar antes de falar com Yao em particular, ela teve seu celular desligado e a bolsa dela checada antes que pudessem conversar. Mesmo se desculpando com ela por ter arrombado a porta dela em 21 de novembro, o policial não mencionou se sua ação estava de acordo com a lei.

De acordo com a ICC, o policial concluiu recomendando que  Yao Congya frequentasse uma igreja ‘Three Self’ ao invés de uma igreja que não é sancionada pelo Estado.

Pequim está preocupada com interações não autorizadas entre cristãos chineses e cristãos de outros países, pois qualquer “influência estrangeira” não é bem-vinda sob o presidente Xi Jinping.

Grupo revela os 3 principais perseguidores cristãos de 2021

Fotos na Coreia do Norte. (Foto: Michal Huniewicz / Mikey.me)

O Talibã, Kim Jong Un e a Nigéria foram nomeados como os principais perseguidores cristãos pelo grupo de defesa da liberdade religiosa internacional, Christian Concern, no primeiro evento de Perseguidor do Ano.

Um relatório da ICC, que destaca 24 dos piores opressores dos cristãos com base em conversas com vítimas de perseguição religiosa e especialistas sobre o assunto, se refere ao evento como o projeto de pesquisa mais ambicioso da história da organização.

Atribuindo o rótulo de “Perseguidor do Ano” aos três principais violadores da liberdade religiosa, a ICC anteriormente emitia um relatório anual chamado Hall of Shame (corredor da vergonha), que chamava atenção para violadores da liberdade religiosa do mundo.

Jeff King, presidente da ICC, se referiu ao Perseguidor do Ano como a evolução do Hall of Shame, criado para ajudar o governo e a imprensa a entender temas muito complexos de forma rápida.

O diretor de comunicações da ICC, Mike Pritchard, enfatizou a missão da organização de restaurar e construir Igrejas nos lugares mais hostis do mundo. King revelou os nomes na lista de Perseguidores do Ano que conta com países, entidades e indivíduos específicos.

De acordo com The Christian Post, a nação africana da Nigéria, que foi classificada  como o pior país para liberdade religiosa em 2021, está envolvida em uma guerra de 20 anos contra os cristãos, a qual King rotulou de genocídio.

O Talibã foi identificado pelo ICC como o grupo Perseguidor do Ano. O relatório citou o controle do Talibã sobre quem frequentava mesquitas, a invasão nas casas de cristãos e ameaças a cristãos.

O ditador norte-coreano Kim Jong Un foi escolhido como indivíduo perseguidor do ano. O relatório afirma que os Kims criaram um sistema religioso modelado na  onde existe Deus, pai e filho, sendo que Kim Jong Un seria o filho. Qualquer ameaça a este sistema ou ao “filho” é exterminada imediatamente.

“As dinastias Kim torturaram e mataram milhões de cristãos ao longo das décadas. E eu acho que estamos familiarizados que é muito comum para os Kims ou o regime deter três gerações de uma família quando eles são identificados como cristãos sérios”, concluiu King.

:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia