WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


abril 2021
D S T Q Q S S
« mar   maio »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  


:: 12/abr/2021 . 8:48

Interceda por casos de perseguição no Quirguistão

As comunidades muçulmanas no Quirguistão pressionam os cristãos do país a abandonar a fé em Jesus

As comunidades muçulmanas no Quirguistão pressionam os cristãos do país a abandonar a fé em Jesus

Através de parceiros locais, a Portas Abertas soube de novos casos de perseguição aos cristãos no Quirguistão, em fevereiro deste ano. No país, as autoridades locais têm um poder considerável e tendem a estar sob a influência da comunidade muçulmana local, o que afeta os seguidores de Jesus. Os cristãos nativos de origem muçulmana suportam o peso da perseguição. Alguns são presos por longos períodos pelas famílias e agredidos. Professores islâmicos locais pregam contra eles e podem fazer com que sejam expulsos das comunidades. Confira três relatos de cristãos perseguidos no Quirguistão.

Família enfrenta pressão na aldeia

Uma cristã de 75 anos aceitou Jesus junto com os familiares e todos eles vivem juntos em uma pequena vila do país. Toda a família está sob constante pressão e ameaças de aldeões e parentes. Na aldeia, uma feiticeira está pressionando os moradores e parentes a não seguir outra crença diferente da praticada pelos moradores locais. Os aldeões pediram que a família abrisse mão da fé ou se mudasse para outro lugar.

Eles não são aceitos nessa aldeia, ninguém está se comunicando com eles; os netos têm dificuldades na escola. O filho pediu um empréstimo, para que eles manterem a fazenda, mas foi negado. Como precisam de dinheiro, ele agora encontrou um emprego longe como agente de segurança. A família da cristã nunca foi a uma igreja depois de aceitar Jesus, mas é como se fossem convertidos há muito tempo.

Uma das filhas da cristã disse a um parceiro da Portas Abertas: “Antes dessas dificuldades eu não sabia que as pessoas, especialmente parentes próximos, são tão más, e que Deus é tão cheio de amor. Então, vamos ficar aqui, mesmo que não vamos a uma igreja; somos seus filhos e sempre acreditaremos em Deus”. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia