WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


abril 2020
D S T Q Q S S
« mar   maio »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  


:: 12/abr/2020 . 10:39

Mais de 411 mil pessoas estão curadas do coronavírus em todo o mundo

Paciente com covid-19 recebe alta em hospital chinês. (Foto: EFE)
Paciente com covid-19 recebe alta em hospital chinês. (Foto: EFE)

O número de pessoas curadas do coronavírus avançou mais de 100 mil em menos de uma semana, à medida que mais países vão vendo suas taxas de mortalidade em razão da pandemia diminuírem.

Após a China, a Espanha também está vendo sua taxa de mortalidade baixar. No último sábado (11), o país registrou o menor número de óbitos desde 23 de março e o governo espanhol estabeleceu as diretrizes para as pessoas que vão retornar ao trabalho em meio à flexibilização das medidas de confinamento.

Segundo dados atualizados pela Universidade Johns Hopkins neste domingo (12), o número total de curados do coronavírus em todo o mundo é de 411.836.

A China, país onde o vírus surgiu no fim de dezembro, segue a líder em números de cura, com mais de 77.953 pessoas recuperadas. Em seguida, aparece a Espanha, com 62.391 curados; Alemanha, com 57.400 mil e o Irã, com pouco mais de 43.894.

No Brasil, até o momento, 173 pessoas foram curadas, segundo o monitoramento em tempo real feito pela universidade. No total, 20.964 casos de infecção e 1.141 óbitos foram registrados no país.

Fonte: Guiame

África enfrenta segunda onda de bilhões de gafanhotos em meio à pandemia de covid-19

Partes da África enfrentaram o maior surto de gafanhotos em 70 anos, e agora uma segunda onda de insetos vorazes, cerca de 20 vezes o tamanho do primeiro, está chegando. (Foto: Sven Torfinn / FAO via AP)
Partes da África enfrentaram o maior surto de gafanhotos em 70 anos, e agora uma segunda onda de insetos vorazes, cerca de 20 vezes o tamanho do primeiro, está chegando. (Foto: Sven Torfinn / FAO via AP)

Uma nova onda de gafanhotos está ameaçando a África com devastação e fome, mesmo quando a pandemia do covid-19 prejudica os esforços para combater a praga dos gafanhotos.

Partes do continente já experimentou o maior surto de gafanhotos em 70 anos, apenas algumas semanas antes do ataque do coronavírus. Agora, uma segunda onda está a caminho, com a praga de gafanhotos 20 vezes o tamanho da primeira.

Os bilhões de gafanhotos jovens do deserto estão chegando e ameaçam plantas e colheitas. Essa segunda invasão inclui gafanhotos mais desenvolvidos, conhecidos como “jovens adultos”, que são comedores especialmente vorazes.

Na Etiópia, seis milhões de vidas estão em risco. (Foto: Sven Torfinn / FAO via AP)

Alguns africanos veem os enxames de gafanhotos como mais destrutivos que o coronavírus. E há previsões de que a praga dos gafanhotos possa causar a propagação do coronavírus ainda mais à medida que as pessoas se unem, tentando combater os enxames de gafanhotos de comer toda a comida.

“Todo mundo está falando” dos gafanhotos, disse Yoweri Aboket, agricultor de Uganda. “Depois que pousam no seu jardim, eles causam destruição total. Algumas pessoas dizem até que os gafanhotos são mais destrutivos que o coronavírus. Existem até alguns que não acreditam que o vírus chegue aqui. ”

Hortas com culturas essenciais como a mandioca estão em grave perigo no Quênia, Etiópia, Sudão do Sul, Djibuti, Eritreia, Tanzânia e Congo.

Situação alarmante

“A situação atual na África Oriental continua extremamente alarmante”, disse uma nova avaliação da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO). “Um número crescente de novos enxames está se formando no Quênia, sul da Etiópia e Somália”.

O Centro de Previsão e Aplicação Climática de Nairóbi disse que os gafanhotos estão “invadindo a região da África Oriental em enxames excepcionalmente grandes, como nunca antes visto”.

Bilhões de gafanhotos chegam às plantações africanas. (Foto: Sven Torfinn / FAO via AP)

Enquanto isso, as restrições de viagens relacionadas ao coronavírus em todo o mundo estão impedindo a importação e entrega de pesticidas urgentemente necessários em algumas áreas.

“Acho que, infelizmente, por causa de outras coisas acontecendo ao redor do mundo, as pessoas estão esquecendo o problema dos gafanhotos. Mas é um problema muito, muito real “, disse o agricultor George Dodds à ??FAO.

Na Etiópia, seis milhões de vidas estão em risco, já que o surto de gafanhotos ameaça causar “perdas em larga escala de culturas, pastagens e cobertura florestal, agravando a insegurança alimentar e alimentar”, segundo a FAO.

E o ministério da Agricultura da Etiópia diz que o problema está piorando à medida que os enxames de gafanhotos estão aparecendo em locais onde não haviam sido avistados anteriormente.

Fonte: Guiame

Vamos orar: IÊMEN

A Constituição declara que o islamismo é a religião do Estado e a sharia é a fonte de toda legislação

  • Tipo de Perseguição: Antagonismo étnico, opressão islâmica, paranoia ditatorial
  • Capital: Saná
  • Região: Península Arábica
  • Líder: Abd Rabuh Mansur Hadi
  • Governo: Em transição
  • Religião: Islamismo
  • Idioma: Árabe
  • Pontuação: 85

POPULAÇÃO: 29,6 MILHÕES
POPULAÇÃO CRISTÃ: ALGUNS MILHARES

Com 85 pontos, o Iêmen está na 8ª posição na Lista Mundial da Perseguição (LMP) 2020, a mesma que em 2019. A pontuação do Iêmen ficou um ponto abaixo do ano anterior, isso devido a um número mais baixo de incidentes violentos contra cristãos relatados. Como outros civis, os cristãos sofrem muito com a guerra e com a crescente influência dos militantes islâmicos, o que aumenta a posição já vulnerável dos cristãos nativos. A maioria dos cristãos expatriados e migrantes deixou o país, deixando uma igreja agora composta principalmente de cristãos ex- muçulmanos nativos.

A igreja no Iêmen é formada essencialmente de comunidades de cristãos iemenitas ex-muçulmanos que precisam manter a fé em segredo. Eles enfrentam perseguição das autoridades, o que inclui detenções e interrogatórios, da família e de grupos radicais islâmicos, que ameaçam de morte os considerados apóstatas se eles não se reconverterem. Leis tribais proíbem que os membros saiam da tribo e a punição por abandonar o islamismo pode ser morte ou expulsão. Homens e mulheres convertidos ao cristianismo casados com muçulmanos correm o risco de divórcio, inclusive com perda da guarda dos filhos. :: LEIA MAIS »

O agir incomum de Deus

Ao olhar para trás, Gyeong Ju Son vê a mão de Deus em todos os lugares (foto representativa)

Ao olhar para trás, Gyeong Ju Son vê a mão de Deus em todos os lugares (foto representativa)

“Os discípulos voltaram para casa. Maria, porém, ficou à entrada do sepulcro, chorando. Enquanto chorava, curvou-se para olhar dentro do sepulcro e viu dois anjos vestidos de branco, sentados onde estivera o corpo de Jesus, um à cabeceira e o outro aos pés. Eles lhe perguntaram: ‘Mulher, por que você está chorando?’ ‘Levaram embora o meu Senhor’, respondeu ela, ‘e não sei onde o puseram’. Nisso ela se voltou e viu Jesus ali, em pé, mas não o reconheceu. Disse ele: ‘Mulher, por que está chorando? Quem você está procurando?’ Pensando que fosse o jardineiro, ela disse: ‘Se o senhor o levou embora, diga-me onde o colocou, e eu o levarei’. Jesus lhe disse: ‘Maria!’ Então, voltando-se para ele, Maria exclamou em aramaico: ‘Rabôni!’ (que significa Mestre). Jesus disse: ‘Não me segure, pois ainda não voltei para o Pai. Vá, porém, a meus irmãos e diga-lhes: Estou voltando para meu Pai e Pai de vocês, para meu Deus e Deus de vocês’. Maria Madalena foi e anunciou aos discípulos: ‘Eu vi o Senhor!’ E contou o que ele lhe dissera.” João 20.10-18

Deus cumpre seus propósitos e promessas de formas incomuns. Em Isaías 55.8-9, ele deixa isso claro: “’Pois os meus pensamentos não são os pensamentos de vocês, nem os seus caminhos são os meus caminhos’, declara o Senhor. ‘Assim como os céus são mais altos do que a terra, também os meus caminhos são mais altos do que os seus caminhos e os meus pensamentos mais altos do que os seus pensamentos’”. Ele não trabalha de acordo com a nossa lógica ou linha de raciocínio. E isso fica claro com a ressurreição de Jesus naquele domingo de Páscoa. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia