image

Esta simples medida contribui para a redução dos riscos de acidentes

Durante a operação Semana Santa 2011 a Polícia Rodoviária Federal estará liderando uma grande campanha nacional pela diminuição dos acidentes de trânsito e das mortes nas rodovias federais. Trata-se da campanha UMA LUZ PARA A VIDA – ACENDA OS FARÓIS.  A idéia básica é conclamar todos os condutores de veículos a trafegarem sempre com os faróis baixos acesos, seja noite, ou seja, dia, em viagens realizadas entre os dias 20 e 24/04/2011. Esta simples medida, além de favorecer uma melhor visualização entre os veículos, o que por si só já contribui para a redução dos riscos de acidentes, ainda terá o valor simbólico de mostrar que a sociedade brasileira está envolvida no esforço pela redução dos acidentes e pela paz no trânsito.Esta Campanha foi desenvolvida em função da grande preocupação da PRF com a crescente escalada da violência no trânsito em todo o país. Na verdade esse fenômeno é mundial e, naturalmente, o Brasil não está livre dele. Estima-se que no mundo morrem anualmente aproximadamente 1,3 milhão de pessoas e entre 20 a 50 milhões ficam feridas. Os acidentes de trânsito figuram como primeira causa de morte na faixa etária de 15 a 29, segunda causa de morte na faixa etária de 5 a 14 e terceira causa de morte na faixa etária de 30 a 44. O impacto econômico desses eventos é estimado entre 1 a 2 % do PIB da nações.

No Brasil esse impacto passa de 30 bilhões de reais. Os dados do Ministério da Saúde dão conta de que morrem por ano por volta de 40 mil brasileiros vítimas de acidentes de transporte. Entretanto, os dados do Seguro de Dano Pessoais causados por Veículos Automotores de Via Terrestre – DPVAT dão conta de que o número de mortos aproxima-se de 60 mil.

Por volta de 1/5 dessas mortes, considerando os números do Ministério da Saúde, ocorrem em rodovias federais. Portanto são mais de 8 mil mortes anuais. Os dados estatísticos da PRF revelam que mais de 90% das causas presumíveis dessas mortes envolvem o comportamento do motorista, destacando-se a falta de atenção, velocidade incompatível, ultrapassagem indevida, ingestão de álcool e desobediência à sinalização.

Com o objetivo de prevenir a disparada desses números e coibir comportamentos inadequados, a PRF realizou nacionalmente, só no ano passado, quase 10 milhões de procedimentos de fiscalização (sendo 678.941 deles, realizados na Bahia) , compreendo fiscalização de veículos, abordagens a pessoas, notificações de trânsito e testes com etilômetro. Desde a entrada em vigor da Lei 11.705/08, a chamada Lei Seca, a PRF realizou aproximadamente 2,5 milhões de testes de embriaguez (etilômetro – sendo 107.938 deles, realizados na Bahia) . Com essa vigilância e fiscalização tem-se o resultado anual de mais de 3 milhões de autos de infração válidos (multas –  sendo 196.198 delas, realizadas na Bahia) e mais de 30 mil pessoas presas (sendo 2.529  delas, na Bahia) . Praticamente a metade dessas prisões se dá por crimes de trânsito.

ATENÇÃO COM O FERIADO DE SEMANA SANTA – As constantes chuvas, o excesso de velocidade e a imprudência em geral acabam contribuindo para este aumento freqüente no número de acidentes. Durante o último Carnaval, por exemplo, a PRF registrou em todo o país números recordes: a cada 19 ocorrências, uma pessoa morreu. O aumento de acidentes durante este período foi de 28,7%, se com parado com o Carnaval de 2010. Mas a situação se agrava quando consideramos que, em estudo da PRF, o feriado da Semana Santa, em média, registra mais acidentes e vítimas do que o próprio feriado do Carnaval. Este histórico preocupa a instituição, pois um grande número de pessoas pode acabar tendo um fim trágico, e qualquer atitude que venha a evitar este quadro será bem-vinda.

Com o intuito de evitar que estas tragédias continuem se repetindo, a PRF está conclamando a sociedade para que cada organização e cada indíviduo participe desse esforço, através da Campanha UMA LUZ PARA A VIDA.

Venha fazer parte desta campanha! colabore repassando as seguintes dicas de segurança para as pessoas com as quais se relaciona na rua, no trabalho, na escola, na faculdade, na igreja e principalmente dentro de casa:

DICAS PARA A SOCIEDADE:

a)      Respeito aos limites de velocidade;

b)      Não dirigir sob efeito de álcool ou substância de efeito análogo;

c)      Não ultrapassar em local proibido;

d)     Utilizar o cinto de segurança (todos os ocupantes, inclusive no banco traseiro);

e)      Conduzir motocicleta com segurança e utilizar os equipamentos de proteção adequados.

O cidadão que ouvir as orientações e sentir-se comprometido com uma conduta mais segura no trânsito demonstrará que está engajado ao transitar com farol do veículo aceso no período do feriado.

Este texto é apenas informativo para vocês da imprensa. Nos próximos dias será enviado o release do início da Operação Semana Santa, quando poderá ser dado enfoque especial à campanha “Uma Luz para a Vida”.

Com a participação e empenho de todos, esperamos reduzir nossos números de vítimas e de acidentes durante este feriado.
FONTE:  NUCOM/PRF-BA