WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


junho 2020
D S T Q Q S S
« maio    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  


:: ‘suíça’

Brasileira é encontrada morta na Suíça

JAMIL CHADE – Agência Estado

Uma brasileira de Bauru (SP) foi encontrada esquartejada em Bienne, na Suíça. A polícia da cidade no oeste do país já abriu as investigações para determinar a causa da morte, mas segundo o Itamaraty, nem o governo teve acesso por enquanto aos detalhes da investigação e a polícia diz que ainda é um mistério o motivo do crime. Fátima Lorca Schori teria sido assassinada a facadas.

 A brasileira era cabeleireira em Bauru. Porém, jornais suíços da região de Bienne afirmam que Fátima trabalhava como garota de programa na cidade europeia. A polícia de Bienne se recusa a comentar qual era a atividade da vítima.

:: LEIA MAIS »

Suíça bloqueia conta de filho de Sarney

O governo da Suíça encontrou e bloqueou conta de US$ 13 milhões controlada por Fernando Sarney, filho mais velho de José Sarney (PMDB-AP), presidente do Senado, informa reportagem de Leonardo Souza e Andreza Matais, publicada nesta quinta-feira pela Folha.

Os depósitos foram rastreados a pedido da Justiça brasileira. Segundo a Folha apurou, o dinheiro não está declarado à Receita. O bloqueio ocorreu quando Fernando tentava enviar recursos da Suíça para Liechtenstein, paraíso fiscal.

A medida é administrativa; se comprovado que o dinheiro tem origem ilícita, o bloqueio passará a ter caráter criminal, e os recursos poderão ser repatriados. :: LEIA MAIS »

Brasileira terá de deixar a Suíça até fim do mês

A advogada Paula Oliveira, 27 anos, não conseguiu a prorrogação do visto para permanecer na Suíça e terá de deixar o país. A brasileira foi condenada em dezembro por “falsa denúncia” e por isso terá de pagar multa. No ano passado ela admitiu ter mentido sobre um suposto ataque que sofreu por neonazistas. Ela fingiu ser vítima de agressão racista e, de acordo com o Departamento Cantonal de Migrações, deverá deixar o país no fim do mês. Paula disse ser vítima de uma agressão, em fevereiro do ano passado, na periferia de Zurique, quando voltava para casa.

Jornal de Joenville

Suíça faz referendo para decidir se animais têm direito a advogado

Agricultores e criadores de animais são contrários à ideia.
Entidade reuniu 100 mil assinaturas necessárias para o referendo.

Os suíços vão votar neste domingo (7) em um referendo para decidir se o país dever nomear advogados para representar os animais no tribunal. Se aprovado, gatos, galinhas, porcos e outros animais em toda a Suíça terão direito a um representante legal.   

Segundo a revista alemã “Der Spiegel”, o assunto irá à votação após uma entidade de defesa dos animais da Suíça, a “Swiss Animal Protection” (STS), conseguir reunir 100 mil assinaturas necessárias para o referendo ser realizado. :: LEIA MAIS »

Pedido de “jihad” contra Suíça por minaretes é inadmissível, diz ONU

INTERNACIONAL – A Organização das Nações Unidas (ONU) criticou nesta sexta-feira o líder líbio, Muamar Gaddafi, por ter convocado uma “guerra santa”, ou jihad, contra a Suíça.
O chefe da ONU em Genebra, Sergei Ordzhonikidze, afirmou que declarações deste tipo feitas por um chefe de Estado “são inadmissíveis nas relações internacionais”.
Ordzhonikidze disse que as Nações Unidas têm o poder, o conhecimento e o treinamento necessários para evitar qualquer tentativa de violação das instalações da ONU em Genebra. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia