WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  


:: ‘segurança pública’

Pacto pela Vida prevê Campanha de desarmamento na Bahia

REDE BAHIA | G1

O governo baiano vai implantar postos de coleta de armas e munições. Campanha do desarmamento quer diminuir a violência.

A assinatura nesta segunda-feira (6), do Pacto pela Vida entre o governo da Bahia e Ministério da Justiça, prevê também,  o lançamento da campanha de desarmamento no Estado com a implantação de postos de coletas. Estes postos de coleta de armas de fogo, acessórios e munição, será feito em parceria com os municípios e representantes da sociedade civil.

A campanha prevê ainda, a capacitação dos profissionais de segurança pública estaduais para o recebimento destas armas e a disponibilização de material gráfico para realização da campanha no estado. Atualmente, a entrega de armas, acessórios e munição pode ser feita nas unidades da Polícia Federal de Salvador, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Ilhéus e Porto Seguro.

A campanha Nacional do Desarmamento 2011 tem como objetivo,  mobilizar a sociedade brasileira para retirar de circulação o maior número de armas de fogo possível e contribuir para a redução da violência no País.

 

Wagner afirma que outras Bases de Segurança serão inauguradas na Bahia

A Tarde

“É inadmissível que a marginalidade queira ser subprefeitura ou coordenação local”, disse o governador do Estado, Jaques Wagner, durante a inauguração da Base Comunitária de Segurança do Calabar, na manhã desta quarta-feira, 27. Segundo ele, outras Bases Comunitárias virão. “Existe uma lista de obstáculos a serem vencidos, mas já está bem melhor. Era preciso ir para a rua e colocar as coisas no lugar”.

O ato oficial significa a passagem de comando Batalhão de Choque para a polícia comunitária. Serão 120 PMs organizados em grupos para patrulhas a pé, de moto ou carro, diariamente e em áreas predefinidas. Onze câmeras formarão o sistema de videomonitoramento. Segundo informações da comandante da base, capitã Maria Oliveira, quatro estão em fase de teste.

Titular da pasta que fez a instalação da Base Comunitária, o secretário de Segurança Pública da Bahia, Maurício Barbosa, foi o responsável pela escolha de uma mulher como capitã da Base. “A mulher é mais sensível e isso ajuda no trabalho de aproximação com a comunidade”, explicou.

A capitã Maria Oliveira, que assume o comando no Calabar, disse que acredita no projeto. “A polícia está mais próxima da comunidade, 40% dos policiais que ficarão aqui são mulheres”, disse. Sobre a escolha, Oliveira se disse surpresa. “Fiquei sabendo há dez dias. O secretário foi ao Rio de Janeiro e percebeu como era importante o papel da mulher”, afirmou. :: LEIA MAIS »

Maurício Telles, novo secretário de segurança, fala sobre desafios que tem pela frente

Correio

O secretário recebeu o diretor de redação, Sergio Costa, e o editor-executivo Oscar Valporto, em seu gabinete. A seguir, trechos da entrevista concedida na sexta-feira.

“Não temos tempo a perder”, diz Telles

Índice de homicídios na Bahia e, principalmente, em Salvador e sua Região Metropolitana, é muito alto; a capital baiana tem áreas controladas pelo narcotráfico; a maior facção do crime organizado de São Paulo tem ramificações no estado e é a principal fornecedora de drogas para os traficantes locais, inclusive de outras facções.

Autor deste diagnóstico assustador, o novo secretário da Segurança Pública,Maurício Teles Barbosa, mostra que não tem medo de reconhecer o desafio que tem pela frente nem de assumir que vai precisar de ajuda de outras áreas e de outras esferas de Poder para reduzir os índices de criminalidade da Bahia. “Temos que usar as experiências que deram resultados em outros lugares e fazer as adaptações necessárias à realidade do nosso estado”, afirma Teles, 34 anos, delegado da Polícia Federal.

:: LEIA MAIS »

Agentes penitenciários são presos por facilitar entrada de armas e drogas na cadeia de Jequié

Correio

As prisões acontecem depois de oito meses de investigação.

Três agentes penitenciários do Conjunto Penal de Jequié foram presos nesta sexta-feira (17) acusados de facilitar a entrada de armas e drogas na cadeia. O diretor do presídio, o advogado Deolindo Gomes Neto, também foi conduzido à delegacia por porte ilegal de arma. As informações são da TV Bahia.

O agente penitenciário Jurandir Santos Santana teve a prisão temporária decretada. Já os agentes Antonio Marcos Silva Matos e Nilson Lima Ribeiro tiveram as prisões preventivas decretadas. Todos estão presos no Complexo Policial de Jequié.

Durante as buscas no Complexo, a polícia encontrou armas e drogas, além de aparelhos celulares, tudo em poder dos presos. Na sala do diretor, foi encontrado um revólver calibre 38 sem registro. O diretor não tem autorização para porte de arma. Ele prestou depoimento na delegacia e foi liberado após pagar fiança. Ele responderá por porte ilegal de arma.

:: LEIA MAIS »

Pronunciamento: Situação da Segurança Pública nos municípios do Território de Identidade Vitória da Conquista

Drª Guiomar Miranda – Promotora de Justiça

Pronunciamento na Audiência Pública na Câmara Municipal de Vitória da Conquista – 10 de junho de 2010 (quinta-feira), às 8hs30min.

INTRODUÇÃO

Saudações. Agradecimento ao convite – falar da justificada ausência do Procurador Geral de Justiça, neste ato representado por esta Promotora de Justiça – subcoordenadora da Promotoria Regional de Vitória da Conquista e promotora criminal da cidade.

Em levantamento da CNT/Sensus, realizado em junho de 2007, quase 80% da população brasileira acredita que a violência está fora de controle. Uma enquête feita para o Relatório de Segurança Humana revela que o Brasil é o País onde 75% da população acredita que será vítima de violência num futuro próximo (in BEATO FILHO, Cláudio Chaves. “Sobre Caveiras, Impunidade e Desenvolvimento Social na Segurança Pública”)².

 DESENVOLVIMENTO: :: LEIA MAIS »

Secretaria de Segurança Pública investe na modernização da polícia baiana

A modernização da estrutura física e pessoal das polícias Militar, Civil e Técnica, para combater o crime organizado, e a implantação do programa Ronda no Bairro estão entre as principais iniciativas da Secretaria da Segurança Pública (SSP) nesses três anos e meio do governo da Bahia.

O novo Sistema Tetra de Telecomunicação Digital, um investimento de US$ 10 milhões, foi criado na Europa e se tornou uma fundamental ferramenta das principais polícias do mundo. :: LEIA MAIS »

Audiência em Conquista mostra desgaste do governo na área de segurança, diz Bacelar

do Politica Livre

Em telefonema há pouco ao Política Livre, o deputado estadual João Carlos Bacelar (PTN) relatou ter ficado estarrecido com a animosidade contra o governo Jaques Wagner (PT) durante audiência pública que a Comissão de Segurança da Assembleia Legislativa realiza desde a manhã em Vitória da Conquista.
Do evento, participam, além de Bacelar, os deputados Clóvis Ferraz (DEM) e Capitão Tadeu (PSB), parlamentar egresso da PM que se coloca como legítimo representante da corporação na Assembleia. Segundo Bacelar, de todos os segmentos ouvidos até agora, ninguém defendeu o governo.
:: LEIA MAIS »

Deputado diz que secretário admite falência da Segurança Pública

O deputado estadual João Carlos Bacelar, que sempre cobra a apresentação de um plano de ação da Secretaria de Segurança Pública, se surpreendeu com as declarações do secretário César Nunes de que o projeto foi apresentado na Assembléia Legislativa em abril de 2008.
”Gostaria de saber onde foi que ocorreu essa reunião secreta, porque não temos conhecimento da existência de plano com as macroações da SSP. Mas até vamos ser complacentes com a segurança pública e dizer que esse tal plano existe. Infelizmente tenho que admitir que não está dando certo”.
”Os números dos assassinatos estão aumentando assim como dos demais crimes como assalto a pessoas, a veículos, a bancos”.
:: LEIA MAIS »

Polícia baiana acredita ter evitado guerra entre PCC e Comando da Paz

do A Tarde

Davi Silva e José Roberto dos Santos arquitetaram plano contra o PCC paulista

 Com a prisão de José Roberto dos Santos, vulgo ‘Zé Roberto’, a polícia baiana acredita ter evitado uma guerra entre traficantes da organização criminosa de São Paulo, Primeiro Comando da Capital (PCC) e o Comando da Paz (CP), que atua em Salvador.

O Secretário de Segurança Pública, César Nunes, afirmou que fuzis, metralhadoras e pistolas foram encontrados, na semana passada, em três casas na Região Metropolitana de Salvador e pertenceriam ao PCC. Duas pessoas ligadas ao armamento encontrado foram presas em uma das residências, mas os nomes não foram divulgados. A apreensão das armas indica que haveria um ataque do PCC ao CP em represália à morte de Camila Pedreira Frias e Jean Carlos dos Santos.

José Roberto, que foi preso em Sergipe no último sábado, 29, foi apresentado pela polícia nesta segunda-feira, 31, no auditório da Secretaria de Segurança Pública (SSP), juntamente com o presidiário Davi Silva, conhecido como ‘Gordo’, que é detento na Unidade Especial Disciplinar (UED), de segurança máxima, no Complexo Penitenciário do Estado, em Mata Escura.

De acordo com César Nunes, os dois homens e o comparsa Daniel ‘Café’ – todos ligados ao CP – arquitetaram a morte de Camila Pedreira Frias, 20 anos, mãe do bebê abandonado em um Ford EcoSport, no condomínio Paralela Park, no último dia 10 de maio. O corpo de Camila foi encontrado em Portão, Lauro de Freitas, no dia 23 deste mês, juntamente com o cadáver de um homem identificado como Jean Carlos dos Santos. A identidade de ambos os corpos foi confirmada. Camila, por identificação datiloscópica e Jean por exames de DNA. :: LEIA MAIS »

Para César Nunes, morte de delegado de Camaçari foi uma ‘fatalidade’

do Correio*

Segundo investigações da polícia, delegado foi vítima de uma tentativa de assalto

 

Polícia apresenta presos suspeitos de envolvimento no assassinato de delegado enquanto dava entrevista

 Um terceiro rapaz suspeito de envolvimento na morte do delegado Clayton Leão foi preso na manhã desta quinta-feira (27). Segundo a assessoria de imprensa do governo estadual, ele se entregou. Foram apreendidas duas armas que passarão por perícia.

 O delegado foi morto na quarta-feira (26), em Camaçari, durante uma entrevista a uma rádio. Outros dois suspeitos foram detidos na noite de quarta.

 Leão foi atingido por dois tiros na cabeça, enquanto falava pelo celular com os radialistas sobre o combate aos crimes na região. O policial havia parado o veículo por causa da entrevista. Um grupo de homens armados, em um outro veículo, se aproximou e começou a atirar.

:: LEIA MAIS »

Comissão de Direitos Humanos e Segurança da Assembléia Legislativa da Bahia vem à Conquista debater sobre violência na cidade

Com a iniciativa do mandato do vereador Joel Fernandes, que entrou com uma solicitação junto à mesa da Câmara de Vereadores de Conquista, foi aprovada uma audiência pública para debater sobre a violência na cidade. O Deputado Estadual João Carlos Bacelar, membro da Comissão de Direitos Humanos e Segurança Pública da AL está mobilizando em Salvador uma caravana de vários deputados para que possam vir ao município debater com a sociedade o asunto. A proposta foi aprovado pela AL e o presidente da Comissão já começou enviar os convites para os interessados. Leia na íntegra o convite:

                                                                          CONVITE

 A Comissão de Direitos Humanos e Segurança Pública da Assembléia Legislativa do Estado da Bahia tem a honra de convidar V. Sª. para participar da Audiência Pública que tem por objetivo discutir a “situação da Segurança Pública nos municípios do Território de Identidade Vitória da Conquista”, a realizar-se às 08:30 do dia 10 de junho de 2010 (quinta-feira), na Câmara Municipal de Vitória da Conquista.

 Atenciosamente,

                                              DEPUTADO SÉRGIO PASSOS

                                                                    Presidente

 Local do evento:

Câmara Municipal de Vitória da Conquista

Rua Coronel Gugé, nº. 150 – Centro

CEP 45.040-000 – Vitória da Conquista / Bahia

Tel. (77) 3086-9600

  :: LEIA MAIS »

Wagner rebate críticas sobre segurança pública

O governador Jaques Wagner (PT) rebateu as críticas sobre a segurança pública da Bahia. O galego afirmou em discurso no Congresso da legenda na manhã de ontem(16) que não vai fugir do debate sobre segurança pública, considerada por alguns como o setor mais deficiente de sua administração, e declarou que muitos aparecerão com solução mágica. “Podem vir discutir segurança que eu não tenho medo deste debate. Se hoje nós vemos insegurança é culpa da exclusão social produzida por aqueles que governavam a Bahia”, declarou.

Muitas dessas críticas foram feitas pelo ex-governador e pré-candidato ao governo do estado Paulo Souto (DEM). Parece muito contraditório da parte de Souto. No período que esteve no Palácio de Ondina, a segurança pública da Bahia pode ser considerada caótica.
O Tabuleiro

Líder do PMDB: “Wagner abandonou Vitória da Conquista”

Blog da Resenha

O presidente do PMDB em Vitória da Conquista, Herzem Gusmão (foto) cobrou nesta terça-feira (23) do Governo do Estado, “uma solução para o abandono em que se encontra o município”, um dos maiores do Estado, que enfrenta uma onda de violência. Ele considerou positivo o trabalho da força tarefa formada pelo Ministério Público para investigar os assassinatos de 14 adolescentes e o desaparecimento de outros três, em janeiro, mas ressalta que até hoje o caso permanece sem solução.

“O que está acontecendo em Vitória da Conquista demonstra o descontrole do Governo em relação à segurança pública, cabendo a responsabilidade exclusivamente ao Ministério Público”, disse o presidente do PMDB. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia