WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


janeiro 2020
D S T Q Q S S
« dez    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  


:: ‘secretaria’

Polícia baiana acredita ter evitado guerra entre PCC e Comando da Paz

do A Tarde

Davi Silva e José Roberto dos Santos arquitetaram plano contra o PCC paulista

 Com a prisão de José Roberto dos Santos, vulgo ‘Zé Roberto’, a polícia baiana acredita ter evitado uma guerra entre traficantes da organização criminosa de São Paulo, Primeiro Comando da Capital (PCC) e o Comando da Paz (CP), que atua em Salvador.

O Secretário de Segurança Pública, César Nunes, afirmou que fuzis, metralhadoras e pistolas foram encontrados, na semana passada, em três casas na Região Metropolitana de Salvador e pertenceriam ao PCC. Duas pessoas ligadas ao armamento encontrado foram presas em uma das residências, mas os nomes não foram divulgados. A apreensão das armas indica que haveria um ataque do PCC ao CP em represália à morte de Camila Pedreira Frias e Jean Carlos dos Santos.

José Roberto, que foi preso em Sergipe no último sábado, 29, foi apresentado pela polícia nesta segunda-feira, 31, no auditório da Secretaria de Segurança Pública (SSP), juntamente com o presidiário Davi Silva, conhecido como ‘Gordo’, que é detento na Unidade Especial Disciplinar (UED), de segurança máxima, no Complexo Penitenciário do Estado, em Mata Escura.

De acordo com César Nunes, os dois homens e o comparsa Daniel ‘Café’ – todos ligados ao CP – arquitetaram a morte de Camila Pedreira Frias, 20 anos, mãe do bebê abandonado em um Ford EcoSport, no condomínio Paralela Park, no último dia 10 de maio. O corpo de Camila foi encontrado em Portão, Lauro de Freitas, no dia 23 deste mês, juntamente com o cadáver de um homem identificado como Jean Carlos dos Santos. A identidade de ambos os corpos foi confirmada. Camila, por identificação datiloscópica e Jean por exames de DNA. :: LEIA MAIS »

Para César Nunes, morte de delegado de Camaçari foi uma ‘fatalidade’

do Correio*

Segundo investigações da polícia, delegado foi vítima de uma tentativa de assalto

 

Polícia apresenta presos suspeitos de envolvimento no assassinato de delegado enquanto dava entrevista

 Um terceiro rapaz suspeito de envolvimento na morte do delegado Clayton Leão foi preso na manhã desta quinta-feira (27). Segundo a assessoria de imprensa do governo estadual, ele se entregou. Foram apreendidas duas armas que passarão por perícia.

 O delegado foi morto na quarta-feira (26), em Camaçari, durante uma entrevista a uma rádio. Outros dois suspeitos foram detidos na noite de quarta.

 Leão foi atingido por dois tiros na cabeça, enquanto falava pelo celular com os radialistas sobre o combate aos crimes na região. O policial havia parado o veículo por causa da entrevista. Um grupo de homens armados, em um outro veículo, se aproximou e começou a atirar.

:: LEIA MAIS »

Disputa entre empresas ameaça a prestação do serviço de saúde na Bahia

do A Tarde

Empresa ameaça retirar equipamentos hospitares alugados pela Sesab, por falta de pagamento Disputa entre as empresas Alliance S/A, contratada pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) para locação e manutenção de 386 equipamentos, e a sublocada CVM Empreendimentos pode resultar em descontinuidade de serviços à população da Bahia. Isso porque a empresa Alliance – denunciada judicialmente e ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) pela CVM por não-pagamento de R$ 1,5 milhão – ameaça retirar equipamentos locados a hospitais públicos em Salvador e interior.

 Não bastasse o imbróglio entre empresas, segundo a Alliance, o contrato com a Sesab, de R$ 61,824 milhões, expirou em abril, sem que se tenha renovado o acordo comercial ou nova licitação para a locação das máquinas. Em ano eleitoral, segundo a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), só é permitido licitação até final de abril.

  :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia