WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


julho 2020
D S T Q Q S S
« jun    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  


:: ‘saúde’

Chegada do oxi à Bahia preocupa polícia e profissionais da saúde

Correio

DTE avalia formas de inibir a venda da droga mais letal que o crack. Saiba o que o oxi pode fazer ao seu organismo.

A pedra tem pouco mais de uma grama, peso parecido ao de uma bolinha de gude. O acabamento tosco e a coloração amarelada lhe dão uma cara de doce envelhecido. Mas se na palma das mãos ela ganha um aspecto simplório, quando queimada e pitada em um cachimbo, é capaz de devorar o usuário em até oito meses.

Essa pedrinha traiçoeira chamada oxi – pronuncia-se ócsi -, já começou a ser garimpada em solo baiano e está preocupando a Polícia. Na terça-feira, foram apreendidas 87 pedras em Itapetinga, a 623 quilômetros de Salvador. Elas estavam com Vinícius Ribeiro Moura, 23 anos.

O delegado plantonista da Delegacia de Repressão a Tóxicos e Entorpecentes (DTE), André Garcia, afirmou que o Departamento de Narcóticos se reunirá para discutir as medidas para inibir o tráfico da droga, que ainda é pouco conhecida em Salvador. Segundo a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), 30% dos usuários morrem nos primeiros oito meses de uso.

“O oxi é parecido com o crack, é feito da pasta da cocaína, só que é produzido com material bem mais barato. Aí mora o perigo”, explicou. A mistura leva cal virgem, combustível – pode ser gasolina, querosene ou diesel -, e fluido de bateria de automóveis, todas substâncias altamente corrosivas.

:: LEIA MAIS »

Prefeitura de Conquista e Corpo de Bombeiros lançam parceria para incentivar a doação de leite materno

Secom | PMVC

Evento será realizado na quinta, 17, na Câmara de Vereadores.

Com o lema “Bombeiro Amigo da Criança”, será lançada na próxima quinta-feira, 17, no auditório da Câmara de Vereadores de Vitória da Conquista, uma parceria entre a Prefeitura Municipal, por meio do Banco de Leite Humano do Hospital Esaú Matos e o Corpo de Bombeiros, que tem por objetivos o incentivo à doação de leite materno, à amamentação e à doação de frascos de vidro para armazenamento e pasteurização do leite doado. A solenidade está prevista para as 9h.

Atualmente, o Banco de Leite do Hospital Esaú Matos conta com 34 doadoras sendo que, destas, 22 estão cadastradas na rota (coleta domiciliar do leite excedente doado), o que garante uma média 46.8 litros de leite por mês. A quantidade coletada ainda é insuficiente para atender a demanda de recém nascidos internados na UTI Neonatal que conta com 08 leitos, 10 leitos da semi-intensiva e 04 leitos do Alojamento Família Canguru.

:: LEIA MAIS »

Ipea: falta de médicos é apontada por 58,1% como maior problema do SUS

Wladimir D’Andrade – Agência Estado

SÃO PAULO – A falta de médicos é o principal fator que impede uma melhor avaliação da rede pública de saúde. Esse quesito foi apontado por 58,1% dos entrevistados como o maior problema do SUS. A conclusão é da pesquisa Sistema de Indicadores de Percepção Social (SIPS), divulgada nesta quarta-feira, 9, pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

Em segundo lugar, ficou a “demora para ser atendido nos centros de saúde ou nos hospitais da rede pública” (35,4%), seguido por “demora para conseguir uma consulta com especialista” (33,8%). Os dados, de acordo com o Ipea, indicam que a população quer acesso “mais fácil, rápido e oportuno” à rede pública de saúde.

A pesquisa revela que a rapidez no atendimento é citada como a maior motivação para a busca pelos planos de saúde.

Para três tipos de serviço específicos – atendimento por especialistas, de urgência e emergência e centros e/ou postos de saúde – “aumentar o número de médicos” foi a sugestão mais mencionada, seguida pela redução do tempo de espera para uma consulta. “O aumento do número de médicos pode ser entendido pela população como uma solução para os problemas que vivencia, quando, na busca de serviços no SUS, ocorre demora para atendimento ou existe a necessidade de se chegar muito cedo ao local para conseguir marcar uma consulta ou utilizar outro tipo de serviço de saúde”, diz o estudo.

:: LEIA MAIS »

Chico Anysio tem pneumonia agressiva e insuficiência cardíaca

EGO

Boletim médico divulgado nesta terça-feira, 18, informa que infeccção não está regredindo e germes estão mais resistentes.

 

Chico Anysio passa pelo momento mais delicada desde a sua internação

Chico Anysio passa por um momento crítico nesta quarta-feira, 17. Segundo informações do último boletim médico, divulgado no início da tarde, seu estado de saúde é grave.

“O quadro do paciente é grave, pois a pneumonia diagnosticada na base do pulmão direito não está regredindo”, diz um trecho da nota. O médico, Luiz Cesar Cossenza Rodrigues, que assina o boletim, informou que o quadro de pneumonia está mais agressivo, pois os germes estão mais resistentes aos antibióticos.

A nota diz ainda que Chico Anysio tem apresentado ao longo do dia um quadro de insuficiência cardíaca, com a pressão arterial fica por um período muito baixa. No momento o paciente está com um aparelho monitorando o coração, além do suporte mecânico para respirar.

:: LEIA MAIS »

Salvador é relacionada em lista de cidades com risco de surto de dengue

A Tarde

O Brasil tem 24 cidades sob risco de surto de dengue, segundo o Ministério da Saúde, que divulgou hoje a atualização dos resultados do Levantamento de Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti (Liraa). O resultado mostra que, dos 370 municípios que já realizaram o levantamento, 24 têm risco de surto, o que significa que em mais de 4% das residências pesquisadas foram registradas larvas do mosquito. Entre as cidades com risco de surto estão duas capitais, Rio Branco (AC) e Porto Velho (RO).

Das cidades pesquisadas, 154 estão em situação de alerta. Em entre 1% e 3,9% das casas visitadas foram encontradas larvas do mosquito. Quatorze capitais estão nessa situação: Salvador (BA), Cuiabá (MT), Palmas (TO), Rio de Janeiro (RJ), Maceió (AL), Belém (PA), Recife (PE), Goiânia (GO), Aracaju (SE), Manaus (AM), Boa Vista (RR), Fortaleza (CE), Vitória (ES) e Natal (RN).

:: LEIA MAIS »

Dilma Rousseff afirma que próximo ministro da Saúde terá perfil técnico

Gustavo Uribe e Roberto Almeida – Agência Estado

Em almoço com médicos e especialistas da área de saúde, na capital paulista, a presidente eleita, Dilma Rousseff, disse não abrir mão de um nome com perfil técnico para o Ministério da Saúde. A petista garantiu essa intenção a pelo menos cinco convidados presentes no evento e destacou que credenciais políticas não são suficientes para qualificar alguém para o posto, que, segundo ela, demanda também experiência na área. A presidente eleita participou hoje (20) de encontro com 26 especialistas e professores da área de saúde, evento promovido na residência do cardiologista Roberto Kalil Filho, do Hospital Sírio-Libanês. O médico coordenou a equipe que tratou Dilma Rousseff de um câncer linfático, no ano passado, e é cotado para assumir o Ministério da Saúde. A presidente eleita foi ao almoço acompanhada pelo deputado federal Antônio Palocci (PT-SP), outro nome cogitado para a pasta.

Paulo Liebert/AE
Paulo Liebert/AE
Palocci chega ao prédio onde mora o cardiologista Roberto Kalil Filho

A presidente eleita discutiu com os presentes, em tom informal, propostas na área de saúde e ouviu sugestões nas áreas de financiamento e gestão. Os convidados comentaram na saída do evento que a petista mostrou bastante interesse pelo tema e teria sinalizado que o tema seria uma das prioridades de sua gestão à frente do Palácio do Planalto. Dilma recebeu elogios até mesmo da titular da Secretaria de Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo, Linamara Batisttella, indicada para o posto pelo ex-adversário da petista na disputa presidencial, o ex-governador José Serra (PSDB). A secretária negou que a presidente eleita tenha falado em nomes para o Ministério da Saúde durante o almoço, mas salientou que todos os presentes no evento gostariam que Roberto Kalil Filho fosse o indicado para o cargo. O desejo foi endossado por outros convidados.

:: LEIA MAIS »

Santa Casa de Vitória da Conquista realiza evento em homenagem às crianças nesta quinta-feira

Ascom | HSVP

Acontece neste dia 07 de outubro 2010 a partir das 15:30h, no Hospital São Vicente de Paula, a comemoração do dia da Criança. O evento faz parte de um ciclo de ações que integram o projeto de humanização para preparação da entidade para futura adesão ao PNH (Plano Nacional de Humanização) do Ministério da Saúde. As atividades propostas foram pensadas visando resgatar a auto estima de crianças e familiares.

A comemoração contará com a presença do coral da pastoral do menor e Orquestra Sinfônica de Conquista além de palhaços, pipoqueiros, algodão doce e distribuição de kits de presentes as crianças internadas e demais presentes.

:: LEIA MAIS »

Mortes de gestantes caem 34%, mas seguem acima de meta da ONU

LAURA MACINNIS – REUTERS

As mortes decorrentes de complicações na gestação e parto caíram um terço nas últimas duas décadas, mas mil mulheres ainda morrem desnecessariamente por dia no mundo, informou nesta quarta-feira a Organização Mundial da Saúde (OMS).

As mulheres dos países mais pobres têm 36 vezes mais risco de morrer de causas decorrentes da gestação do que as dos países ricos, destacou a OMS, anunciando dados que continuam bem acima das metas de redução adotadas pela ONU.

“Precisamos fazer mais para alcançar as que estão sob maior risco”, disse Anthony Lake, diretor-executivo do Unicef (órgão da ONU para a infância). Ele defendeu uma atenção maior aos cuidados de obstetrícia em áreas rurais, zonas de conflitos e entre mulheres portadores de HIV/Aids. :: LEIA MAIS »

Falta muito ainda para vacina contra aids, diz pesquisadora da doença

EFE

Festa pela vida. Na noite deste sábado,17, foi realizada a celebração de gala contra a aids, o Baile pela Vida, com a presença de estudiosos da área e pessoas famosas que apoiam a causa.

 

VIENA – Apesar dos avanços obtidos, falta ainda um longo caminho para se conseguir uma vacina contra a aids, manifestou a Prêmio Nobel de Medicina francesa Françoise Barre-Sinoussi, uma das descobridoras do vírus HIV.

Na abertura neste domingo, 18, da 18ª Conferência sobre a Aids em Viena, Barre-Sinoussi disse à “Agência APA” que a pesquisa sobre uma vacina profilática não foi um fracasso total, pois é uma forma de acumular informações.

Ela advertiu que, entre outras incógnitas, “nem sequer se sabe qual resposta imunológica causaria uma vacina para prevenir o contágio”. :: LEIA MAIS »

Servidores da Saúde de Vitória da Conquista ameaçam parar caso não sejam iniciadas as negociações

da Ascom | Sindsaude

 Melhorias nas condições de trabalho estão entre as principais reinvindicações da classe

 Os servidores da ASAS (Associação de Apoio à Saúde Conquistense), estão em campanha salarial, porém, ainda não foram convocados pela prefeitura para dar início às reuniões de negociação. Por esse motivo, na última assembléia da categoria, que aconteceu sexta-feira, 11/06, na Câmara de Vereadores, foi votado e aprovado o indicativo de greve.

  :: LEIA MAIS »

Preço do Viagra vai cair 50% e ficar mais barato que genérico, diz Pfizer

Estadão

SÃO PAULO – A partir desta quarta-feira, 9, o preço do Viagra (citrato de sildenafila), medicamento indicado para o tratamento da disfunção erétil produzido pela Pfizer, será 50% menor do que o praticado até agora em todas as suas apresentações.

Paulo Pinto/AE

Paulo Pinto/AETambém haverá embalagem com um comprimido de 50 mg

Com essa redução de preço pela metade, o Viagra será mais barato do que sua versão genérica, uma vez que o valor médio de cada comprimido será de aproximadamente R$ 15. Além disso, a companhia lançará apresentação em embalagem com um único comprimido de 50 mg.

O objetivo dessas medidas é, sobretudo, competir no mercado. “O Viagra mudou a forma com que a sociedade lida com a sexualidade. Diferentemente do que acontece quando um produto perde patente, a empresa não pretende deixar de investir no medicamento”, comenta o presidente da Pfizer Brasil, Victor Mezei.

A segurança e eficácia de Viagra foram comprovadas por mais de 160 estudos clínicos, tendo uma média de seis pílulas azuis comercializadas por segundo. Só em 2009, foram vendidos aproximadamente 7 milhões de comprimidos, de acordo com dados da consultoria IMS Health.

:: LEIA MAIS »

Cirurgião de Vitória da Conquista dá importante contribuição às vítimas do terremoto no Haiti

do Acessemed

Registramos, com orgulho, o retorno a Vitória da Conquista-BA do jovem cirurgião geral André Andrade, de importante e árdua missão no Haiti, onde participou ativamente na assistência às vítimas do terremoto que arrasou aquele país no início do ano.

O abalo sísmico foi registrado às 16h53m10s do horário local (21h53m10s UTC), na terça-feira, 12 de janeiro de 2010. André esteve lá em abril passado e incorporou-se às equipes de médicos e demais profissionais de saúde de todo o mundo.

Evangélico, de temperamento calmo e com grande senso de solidariedade e abnegação, sempre colocou a medicina no patamar da filantropia e da subserviência a Deus. :: LEIA MAIS »

Câncer matará mais de 13,2 milhões de pessoas por ano até 2030, diz a ONU

Reuters/ Estadão

LONDRES – O câncer matará mais de 13,2 milhões de pessoas por ano até 2030, quase o dobro do número de mortos pela doença em 2008, informou a agência de pesquisa sobre o câncer das Nações Unidas nesta terça-feira, 1º.

Fabio Motta/AE

Fabio Motta/AE

Em 2030, 21,4 milhões de casos serão descobertos por ano

A Agência Internacional para Pesquisa sobre Câncer (Iarc, na sigla em inglês) também disse que quase 21,4 milhões de novos casos da doença serão diagnosticados anualmente em 2030.

O lançamento de um novo banco de dados sobre incidência global de câncer em 2008, último ano sobre o qual existem números disponíveis, a Iarc disse que a incidência de câncer foi mudando de nações mais ricas para as mais pobres.

“O câncer não é raro em nenhum lugar do mundo, nem confinado a países com muitos recursos”, disse a agência em comunicado. No total, 7,6 milhões de pessoas morreram de câncer em 2008 e havia uma estimativa de 12,7 milhões de novos casos diagnosticados. :: LEIA MAIS »

Disputa entre empresas ameaça a prestação do serviço de saúde na Bahia

do A Tarde

Empresa ameaça retirar equipamentos hospitares alugados pela Sesab, por falta de pagamento Disputa entre as empresas Alliance S/A, contratada pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) para locação e manutenção de 386 equipamentos, e a sublocada CVM Empreendimentos pode resultar em descontinuidade de serviços à população da Bahia. Isso porque a empresa Alliance – denunciada judicialmente e ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) pela CVM por não-pagamento de R$ 1,5 milhão – ameaça retirar equipamentos locados a hospitais públicos em Salvador e interior.

 Não bastasse o imbróglio entre empresas, segundo a Alliance, o contrato com a Sesab, de R$ 61,824 milhões, expirou em abril, sem que se tenha renovado o acordo comercial ou nova licitação para a locação das máquinas. Em ano eleitoral, segundo a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), só é permitido licitação até final de abril.

  :: LEIA MAIS »

Vacinação contra gripe H1N1 é ampliada para crianças menores de 5 anos

estadao.com.br

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, anunciou a ampliação da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe H1N1 para crianças entre 2 anos e 5 anos. Pais ou responsáveis pelas crianças já poderão levá-las aos 36 mil postos de todo o País a partir da próxima segunda-feira, dia 24, para a vacinação.

Capital paulista prorroga campanha de vacinação contra H1N1

O prazo termina em 2 de junho. Neste período, pessoas de 30 a 39 anos e gestantes que ainda não se vacinaram também devem procurar um posto de saúde.

O Ministério da Saúde recomenda também que os municípios reforcem a campanha de vacinação – inclusive com busca ativa – de pessoas pertencentes aos demais públicos-alvos e que não tenham atingido a meta de cobertura. Isso inclui doentes crônicos, crianças de seis meses e menores de dois anos e adultos de 20 a 29 anos. Os idosos que ainda não se vacinaram contra a gripe comum também poderão ser imunizados até o dia 2.

:: LEIA MAIS »

Vacinação contra gripe suína não atinge meta para grávidas e jovens

Agência Estado

RIO – Para justificar o baixo índice de mulheres grávidas vacinadas na campanha contra a gripe suína, o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, afirmou nesta sexta-feira, 7, que “aparentemente ainda existe certa resistência” à vacina. Foram imunizadas até agora 1,9 milhão de gestantes, o que representa uma cobertura de 63% para o grupo, ficando abaixo da meta de 80% do governo.

Arquivo/AE
Arquivo/AE
Temporão diz que “lendas urbanas que circularam em e-mails na internet” atrapalharam vacinação

“É importante que as mulheres saibam que essa vacina não traz nenhum risco para elas nem para a saúde do bebê”, disse o ministro. Ele atribuiu o resultado para esse grupo a “ruídos e lendas urbanas” que circularam em e-mails na internet. “Ainda estamos muito abaixo da meta que queremos alcançar.”

As grávidas – em qualquer fase da gestação – devem procurar um dos 36 mil postos e centros de saúde do País. O prazo de vacinação para este grupo vai até o dia 21.

Durante a entrevista coletiva sobre o balança parcial da campanha nacional de vacinação, Temporão afirmou que a cobertura dos grupos dos trabalhadores de saúde e das crianças menores de 2 anos chegou a 100%. A meta também foi oficialmente alcançada entre os doentes crônicos de todas as faixas etárias, com 14,4 milhões de vacinados (82%). Já no grupo dos jovens de 20 a 29 anos, foram vacinados 24,5 milhões, ou 69%, marca ainda abaixo da meta. A quinta etapa da campanha, destinada à população de 30 a 39 anos, vai começar na segunda-feira. Estima-se que 30 milhões deverão ser vacinados nesta faixa. :: LEIA MAIS »

VICE-GOVERNADOR ESPERA POR 7 HORAS NO HOSPITAL ALIANÇA

Segundo a coluna Tempo Presente, do Jornal A Tarde, a grave crise no sistema de saúde particular em Salvador vitimou, na madrugada desta segunda-feira (26), o vice-governador Edmundo Pereira (PMDB) e sua esposa, a deputada estadual Marizete Pereira (PMDB). Infectado por uma virose, Edmundo teve de esperar por 7 horas, acompanhado de Marizete, para conseguir atendimento na emergência do Hospital Aliança, na Avenida ACM, tido como referência no atendimento particular na cidade. Antiga bravata dos oposicionistas, o pedido para que os governantes fossem obrigados a utilizar os serviços de saúde públicos, para que conhecessem de perto a ineficiência do SUS, não faz mais sentido. Mesmo quem goza de atendimento particular sofre com o sufoco da demora no atendimento das emergências. Bahia Noticias



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia