WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


outubro 2020
D S T Q Q S S
« set    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


:: ‘ptn’

Reunião entre líderes sela a aliança PT-PTN em Vitória da Conquista

ASCOM | PTN

Aconteceu nesta quinta-feira, dia 10, uma reunião entre o Partido dos Trabalhadores – PT e o Partido Trabalhista Nacional – PTN, onde os partidos discutiram sobre a nova situação política do PTN, ou seja, aliado a base governista.

Através do Presidente do PT, o senhor Rivaldo desejou boas vindas ao Capitão Lima, Presidente do PTN, ao vereador Joel Fernandes (foto), a Wilson Brasil, vice-presidente e ao Dr. Tárcio Lima, secretário do partido, enfatizando a importância dos partidos da base aliada somarem esforços em prol de um projeto político para a cidade que está dando certo.

Por outro lado, o PTN através do seu Presidente, Capitão Lima, registrou a satisfação dos petenistas em poder contribuir como integrante da base governista, para o crescimento da cidade de Vitória da Conquista. Disse ainda, que a posição do PTN em aderir ao governo Municipal deve-se ao fato de convergências de intenções, ideais e propósitos do partido com vistas ao desenvolvimento constante, equilibrado e justo da cidade.

:: LEIA MAIS »

PSC E PTN ESPERAM CONVOCAçãO DE WAGNER

Os partidos PTN e PSC, que juntos formam uma bancada de oito partidos, bem que querem participar do governo do Estado, mas até agora não foram convocados pela articulação governista para conversar. As duas legendas estiveram juntas também na coligação do então candidato oposicionista ao Palácio de Ondina, Geddel Vieira Lima (PMDB). Segundo os presidentes dos dois partidos, já houve uma manifestação informal de governistas que sinaliza uma aproximação, embora até o momento não tenham sido convidados para compor a equipe de governo. “O governo tem que se pronunciar”, disse Eliel Santana, que comanda o PSC. “Estamos esperando para conversar”, posicionou-se João Carlos Bacelar, mandatário do PTN e secretário de Educação do Município. Em fase final de montagem de equipe, o governador Jaques Wagner (PT) espera apenas resolver o impasse com o PDT para anunciar toda o seu secretariado. (Rafael Rodrigues) Bahia Noticias

Entrevista: Joel fala sobre o novo momento do PTN em Vitória da Conquista

Entrevista concedida ao Tribuna da Conquista

A ida do vereador Joel Fernandes e do Partido Trabalhista Nacional (PTN) para a base de apoio ao governo municipal de Vitória da Conquista foi o assunto político mais comentado nos últimos dias em Vitória da Conquista.

Joel do Caminhão, como também é conhecido, está em seu segundo mandato e foi convidado a ingressar na política pelo ex-deputado Coriolano Sales em 2004, quando foi eleito pela primeira vez, sendo reeleito também pela oposição ao PT em 2008.

Em entrevista ao TRIBUNA DA CONQUISTA o edil fala de sua mudança para o lado governista, do apoio a Paulo Magalhães (DEM) e das perspectivas para 2012.

TRIBUNA DA CONQUISTA – Sobre a aliança do PTN com o governo municipal o que o senhor e o seu partido tem a dizer?
JOEL FERNANDES – Somos do PTN, conversamos com o partido, com a igreja da qual faço parte, com nossa base. Uma decisão dessa não poderia tomar sozinho e, depois, foi feito uma pesquisa sobre as ações do governo municipal, pois o PTN não pode e não iria embarcar numa barca furada. Fizemos analises, comparativos, pesquisas e vimos a possibilidade do prefeito ser reeleito, por conta do trabalho que ele vem fazendo na cidade, e o PTN não pode ficar de fora de um governo que nos achamos que está dando certo. O PTN quer somar, mas ainda falta bater o martelo.

TC – O Senhor passou seis anos na oposição. Agora essa mudança, porque isso aconteceu realmente? :: LEIA MAIS »

VEREADOR JOEL: NOTA DE ESCLARECIMENTO

Primeiramente gostaria de esclarecer que não sou e nunca tive atitude dúbia como foi dito, sempre representei na câmara, uma oposição equilibrada pautada pela ética independência e compromisso com a Cidade, independente de qual partido ou politico estivesse no poder.

Ao contrário do que foi dito, nosso partido o PTN, foi consultado sobre a possibilidade de participar da base aliada e da administração e como politica é arte de do dialogo estamos ainda em fase de conversação.

Destaco também que sempre tive relacionamento aberto com o governo do município, sempre numa esfera cordial, elogiando o que fazem de bom e criticando o que fazem de ruim, votando a favor do que é bom pra cidade e contra do que acho que não é.

Ressaltando que nunca ganhei um centavo de nenhum mandatário para tal.
Portanto tenho plena liberdade para ir e para voltar quando quiser.

Importante salientar que durante todo o período do primeiro e desse segundo mandato mantenho conversas de alto nível tanto com o ex-prefeito José Raimundo quanto com o agora prefeito Guilherme Menezes. Se as conversações que estamos mantendo no sentido da composição fluir para dar certo, estaremos sim no governo, mas se não der certo estaremos com a mesma postura de sempre. :: LEIA MAIS »

Prefeito de Salvador pderá ir para o PTN

Fernanda Chagas/ Tribuna da Bahia

 Conforme prometido, o prefeito João Henrique, até então PMDB, deu entrada ontem em seu pedido de desfiliação partidária ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

 A expectativa, segundo a assessoria de comunicação da prefeitura, é que, levando em consideração que o gestor “vem sendo vítima de calúnia e depreciação por parte de correligionários”, o TRE remeta parecer favorável ao prefeito. Ainda, segundo a assessoria, o ato oficial por parte do PMDB ontem, só reforça a tese de que não existe clima para ele continuar na legenda. 

 Confiante na decisão do TRE, João Henrique não perde tempo e trabalha em prol de decidir para que legenda migrar. O PTN e o PHS surgem no tabuleiro das possibilidades. O prefeito tem “flertado” ainda com PV, PDT e o PP. 

 Entretanto, nos corredores do Palácio Thomé de Souza circula que a ida de João ao PTN, além de fortalecer sua base na Câmara, o aproximaria do governador Jaques Wagner (PT), já que o PTN tem como meta formar um bloco com o PSC na Assembleia Legislativa e sendo assim levar mais seis deputados para a base de Wagner.

 O secretário municipal de Educação e presidente estadual do partido, João Carlos Bacelar, por sua vez, nega que tenha tido qualquer conversa com o chefe do executivo, mas não hesitou em dizer que as portas da legenda estão abertas para o alcaide. “Ele ainda não conversou nada comigo, mas posso adiantar que seria uma honra tê-lo em nosso quadro”.

Exclusivo: PTN Conquista agora é da base do governo municipal

da Redação

Numa  entrevista exclusiva ao Blog do Wal Cordeiro, o vereador Joel Fernandes acaba de confirmar que após uma reunião na manhã desta Quarta ((19), entre o prefeito Guilherme Menezes (PT) e a comissão provisória do PTN, composta por: Capitão Lima (presidente),  Joel (vereador), advogado Tárcio Lima (primeiro secretário), Wilson Brasil (vice presidente) e Juarez Cordeiro (tesoureiro) foi sacramentada  a ida do partido para a base de situação do Prefeito Guilherme Menezes.

Indagado sobre o motiva da nova estratégia do PTN na cidade de Vitória da Conquista, o edil demonstrou a sua grande admiração pelo trabalho realizado pelo prefeito nas zonas urbana e rural. ” Tenho observado a preocupação do prefeito Guilherme com o desenvolvimento da cidade, e não posso ficar de fora desse momento, quero contribuir, juntamente com PTN, com o atual governo que vem realizando um excelente trabalho a frente da terceira maior cidade da Bahia. As reformas das escolas municipais, mais de 40 KM de asfaltamento nas ruas da cidade, e outras obras importantes me levam a crer que o momento é de unir as forças para que na Câmara de Vereadores possamos apoiar as iniciativas do governo e defender os interesses da população.”  Afirmou Fernandes.

O vereador Joel disse, ainda,  ao Blog do Wal Cordeiro que antes do partido tomar alguma decisão fez questão de reunir diversas vezes com a comissão provisória e consultar o presidente estadual do PTN, Deputado João Carlos Bacelar que se manifestou a favor da decisão e que vai apoiar no que for possível para que o partido possa crescer ainda mais no município.

O presidente do partido Capitão Lima  está elaborando um documento oficial com as justificativas do PTN para que ao iniciar as sessões na Câmara, Joel Fernandes já esteja integrado a bancada de situação.

Salvador: João Carlos Bacelar (PTN) é o novo titular da Secult

Toma posse nesta terça-feira (30), às 17 horas, no gabinete do prefeito João Henrique, no Palácio Thomé de Souza, o deputado estadual reeleito (PTN), João Carlos Bacelar, como titular da Secretaria Municipal da Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Secult). O novo secretário é mestre em Administração Pública, pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), e tem graduação em Administração pela Universidade Federal da Bahia (UFBa).

Bacelar já atuou como professor universitário na Faculdade Rui Barbosa e coordenou a Fundação Nacional de Jovens e Adultos (EDUCA). Junto à Prefeitura do Salvador, o novo titular já atuou como subsecretário de Administração e foi gestor do extinto IPS. Como político, já foi eleito quatro vezes vereador da capital baiana.

À frente da Secult, Bacelar pretende melhorar o posicionamento de Salvador no Índice de Desempenho de Educação Básica (IDEB), articular o segmento cultural da cidade e colocar os atletas amadores da capital baiana no circuito nacional de esporte. Do Jusbrasil noticias

PTN disputa eleição com 25 candidatos na Bahia

O Partido Trabalhista Nacional (PTN), presidido pelo deputado estadual João Carlos Bacelar, realiza sua convenção estadual hoje, 21 homologando as candidaturas majoritárias – governo do Estado e Senado da República – e proporcionais – deputados federais e estaduais – bem como definindo as alianças partidárias para o pleito de 3 de outubro.

O partido disputará o pleito com 25 candidatos próprios, sendo três candidatos a deputado federal e 22 candidatos a deputado estadual.

De acordo com Bacelar, o PTN definiu apoiar a candidatura do deputado federal Geddel Vieira Lima (PMDB) ao governo da Bahia, que terá como vice, o atual vice-governador, Edmundo Pereira (PMDB) e para o Senado o candidato a reeleição, senador César Borges e o vice-prefeito de Salvador, Edvaldo Brito, participando da coligação PTN-PMDB-PTC-PR-PTB-PSC-PPS-PRP-PRTB-PSDC-PMN-PTdoB.

”Esta é a melhor alternativa para o Estado dentro da nossa proposta partidária”, enfatizou Bacelar.

:: LEIA MAIS »

PTN mostra força em Conquista: Posse do Capitão Lima como presidente e realiza audiência sobre segurança pública

Veja as fotos do melhores momentos da posse do capitão Lima como novo presidente do PTN (09) e audiência pública sobre segurança na cidade:

PTN fecha apoio a pré-candidatura de Geddel Vieira Lima ao governo da Bahia

 O Partido Trabalhista Nacional (PTN), presidido na Bahia pelo deputado estadual João Carlos Bacelar, fechou hoje de manhã, em reunião no auditório do Centro de Cultura da Câmara Municipal de Salvador, apoio à pré-candidatura do ex-ministro da Integração Nacional, deputado federal Geddel Viera Lima (PMDB), do pré-candidato a vice-governador, Edmundo Pereira (PMDB), a pré-candidatura do vice-prefeito de Salvador, Edvaldo Brito (PMDB) ao Senado, bem como a pré-candidatura à reeleição do senador César Borges (PR).
:: LEIA MAIS »

Exclusivo: PTN fecha com Geddel na Bahia

O Deputado João Carlos Bacelar, presidente do PTN na Bahia acaba de informar ao Blog do Wal Cordeiro que nas próximas eleições o partido vai apoiar a candidatura do ex-ministro da Integração Nacional Geddel Vieira Lima ao Governo do Estado, que ganha mais uma sigla importante na Bahia. Desde que esteve em Conquista nos últimos dias 09 e 10 para a posse do novo presidente do partido na cidade e ontem (10) para participar da audiência pública sobre segurança, Bacelar afirmou que até nesta Sexta (11) teria a definição, só dependeria de algumas reuniões na manhã de hoje para formalizar o apoio que será homologado na Segunda-Feira (14), às 10h, no Espaço Cultura da Câmara em Salvador.

PTN a um passo de fechar com PMDB na Bahia

do Tribuna da Bahia

A adesão do PTN ao projeto de eleição do candidato Geddel Vieira Lima (PMDB) ao governo do Estado acena estar praticamente fechado. Nos partidos ninguém confirma. Mas um pedido de reserva feito pelas siglas para cessão do Centro de Cultura da Câmara Municipal de Salvador (na próxima segunda-feira, às 9h), só fez aumentar as especulações de que o evento serviria para a formalização do enlace.

A aliança entre com o PMDB seria fruto de conflitos em torno das proporcionais para deputado estadual, que geraram cisões entre o PTN e os tucanos no apoio à corrida pelo Planalto. Uma resolução do PTN – anunciada anteontem – desautorizou os filiados da legenda a realizarem campanha em favor de Serra. Com isso movimentações indicam o alinhamento cada vez mais próximo entre o PTN, do deputado estadual João Carlos Bacelar, e o PMDB de Geddel. :: LEIA MAIS »

“O PTN não é partido de aluguel” diz João Bacelar

Por Diêgo Gomes

Em Vitória da Conquista desde ontem, quarta-feira, o deputado estadual João Carlos Bacelar, presidente estadual do PTN, conversou com nossa reportagem e comentou sobre o apoio do partido nas eleições estaduais.

De acordo com Bacelar ele tem conversado “quase que diariamente com o ex-governador Paulo Souto e converso com o ex-ministro Geddel. Nós estaremos na oposição e temos 42 pré-candidatos a deputado estadual”.

Sobre a possibilidade de deputados do partido apoiar uma chapa que não seja a escolhida pela maioria o parlamentar foi categórico. “Nós temos que escolher um conglomerado e forças de oposição que seja viável para nós do ponto de vista eleitoral. Assim o PTN não é uma legenda de aluguel. O que a maioria indicar o conjunto terá que obedecer”, finalizou. Do tribuna da Conquista

Bacelar refuta agressões de tucano

O presidente estadual do PTN,  deputado estadual João Carlos Bacelar refutou hoje as insinuações do deputado Sérgio Passos (PSDB), único representante do partido na Assembléia Legislativa da Bahia, de que o PTN é desnecessário à campanha dos pré-candidatos José Serra (PSDB) à presidência da República e Paulo Souto (DEM) ao governo da Bahia, desconsiderando a força do partido no interior, que conta com um prefeito, seis vice-prefeitos e 64 vereadores – sendo três deles na capital -, além do próprio deputado estadual que integra a bancada de Oposição na Casa, considerado um dos mais aguerridos e atuantes parlamentares do bloco da Minoria.
       “O deputado Sérgio Passos pode ficar tranquilo, pois não estamos ofendidos com a costumeira arrogância e elitismo tucanos. São por atitudes como essas que os militantes do PTN na capital e no interior estão desestimulados com a forma de agir dos tucanos”, afirmou Bacelar. O deputado lembra ainda que a Executiva Estadual  do PTN vai orientar seus integrantes não apoiem, clara ou veladamente, a candidatura do tucano José Serra.

Bacelar questiona postura de tucano em votação de destaques da PM :: LEIA MAIS »

Novo presidente do PTN de Vitória da Conquista toma posse hoje

Por Rodrigo Ferraz

O novo presidente do PTN (Partido Nacional Trabalhista) de Vitória da Conquista, Humberto Leal Lima (foto), conhecido como Capital Lima, toma posse hoje com grande festa na câmara de vereadores, a partir das 19h.

Devem participar do encontro do ex-governador da Bahia, Paulo Souto, juntamente com sua comitiva, além dos deputados ACM Neto, Paulo Magalhães, João Carlos Bacelar, presidente do PTN na Bahia, Clóvis Ferraz, dentre outros. “Aguardamos a presença de toda a comunidade. Será uma oportunidade para discutirmos os problemas de Vitória da Conquista”, disse Capitão Lima. Do Blog da Resenha

PTN ESTUDA FECHAR ALIANÇA COM GEDDEL

O PTN, do deputado estadual João Carlos Bacelar, pode fechar o apoio ao pré-candidato do PMDB ao Governo do Estado, o deputado federal Geddel Vieira Lima, ainda nesta terça-feira (8). Fontes da oposição na Assembleia admitem que a aliança na chapa proporcional seja o principal fator para a possível perda do partido, aliado de primeira hora de Paulo Souto, pré-candidato pelo DEM. Isso porque o DEM, que atualmente tem uma bancada de 12 deputados, deve encolher nessa eleição e garantir apenas 8 cadeiras na AL, segundo projeções do próprio partido. A expectativa se deve, entre outros motivos, à ausência da máquina pública durante toda a atual gestão, fato inédito para os parlamentares do extinto PFL, e o esvaziamento da chapa provocado pela desistência da candidatura de Eliedson Ferreira (DEM), que é da Igreja Universal e apoiará Jaques Wagner (PT); e a candidatura ao Congresso dos deputados José Nunes e Fernando Torres. Desta forma, uma aliança na proporcional DEM-PTN pode ser considerada um suicídio político para o nanico, que teria imensa dificuldade de conseguir reeleger seu único parlamentar, João Carlos Bacelar, o antepenúltimo em número de votos (24.063) entre os eleitos em 2006. :: LEIA MAIS »

Bacelar protesta contra mudança em ICMS sem dar tempo aos empresários se adaptarem

Imagem da Notícia

O deputado estadual João Carlos Bacelar (PTN) disse hoje que a sanha arrecadadora do Estado está prejudicando os setores produtivos de tal forma que poderá gerar graves prejuízos à economia do Estado.

O governo tem publicado decretos como o de hoje, dia 02, de número 12158, promovendo a substituição tributária de ICMS de alguns produtos como macarrão instantâneo, retroagindo para o dia anterior.

Ou seja, as empresas tem todo um processo de alteração interno que precisa ser feito, como alteração de programas de computador, valores de produtos, entre outras situações e isso demanda tempo.

A categoria pede mais calma do Estado porque, dessa forma, eles ficariam sujeitos à penalidades da fiscalização caso fosse feita essa semana sem que as empresas tivessem tido oportunidade de se adaptarem, lembrou Bacelar.

O deputado disse ainda que é por isso que o governo tem batido recordes de arrecadação.

Porque não respeita nem os produtos da cesta básica. Toda semana temos surpresas com mudanças nas alíquotas de ICMS dos produtos mais consumidos pelas camadas mais pobres da população, protestou Bacelar. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia