WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


outubro 2020
D S T Q Q S S
« set    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


:: ‘PT’

Confusão em fotos de Dilma pode prejudicar campanha, diz Ruy Castro

Uma sequencia de fotos que leva o leitor a confundir Dilma Rousseff com a atriz Norma Bengell pode prejudicar a campanha da pré-candidata petista à Presidência da República. “Já teve o caso do currículo maquiado. Atribuindo títulos que ela nunca teve. A Dilma devia ficar preocupada. Pode pegar uma imagem de mentira na campanha dela que pode fazer muito mal”, afirmou o colunista da BandNews FM, Ruy Castro, na manhã desta terça-feira.

Na primeira página do site oficial de Dilma, três fotos da pré-candidata aparecem alinhadas ao lado do título “Minha Vida”. Na da esquerda, ela surge ainda menina. Na imagem da direita, vê-se uma fotografia atual. Entre as duas fotos, uma jovem de cabelos curtos em uma manifestação estudantil nos anos 60 confunde os leitores. A foto não mostra Dilma, mas Bengell.

Ruy Castro, que participou da manifestação dos Cem Mil no Rio de Janeiro garante que quem aparece na imagem é Bengell. “Dilma ainda estava em Minas Gerais nessa época e não poderia estar na passeata dos cem mil no Rio”, disse.
:: LEIA MAIS »

PSB formaliza hoje saída de Ciro da corrida eleitoral

Eugênia Lopes e Denise Madueño, BRASÍLIA – O Estado de S.Paulo

A Executiva Nacional do PSB formaliza hoje a retirada da pré-candidatura de Ciro Gomes (CE) à Presidência. Com a saída do deputado da corrida presidencial, o PSB deverá oficializar, em junho, o apoio à candidatura da petista Dilma Rousseff à sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

 A fim de ter argumentos para defenestrar Ciro Gomes da disputa, a cúpula do PSB fez levantamento nos 27 diretórios do partido sobre a candidatura presidencial do deputado. A tendência ontem era de que a maioria se posicionasse contra a candidatura de Ciro, optando pelo apoio a Dilma. Um balanço preliminar indicava que apenas “entre cinco e seis diretórios” eram favoráveis à manutenção de candidatura própria à Presidência, segundo um dos integrantes da cúpula do partido.

O clima no PSB é de irritação com Ciro. Na semana passada, ele criticou dirigentes do partido e afirmou que o candidato tucano à Presidência, José Serra, é mais preparado do que Dilma. Integrantes da cúpula socialista abriram fogo amigo contra Ciro e, nos bastidores, defenderam o afastamento do ministro Pedro Brito da Secretaria de Portos. Brito é homem de confiança do deputado.

:: LEIA MAIS »

Gasto de Lula com publicidade sobe 48% em 6 anos

A propaganda do governo Luiz Inácio Lula da Silva chegou, no ano passado, a 7.047 veículos de comunicação de todo o País. O número é 1.312% superior ao de 2003, primeiro ano do governo Lula, quando 499 veículos receberam verba para divulgar a publicidade oficial.

 De 2003 a 2009, a Presidência da República, ministérios e estatais gastaram R$ 7,7 bilhões com propaganda. Os gastos do ano passado, de R$ 1,17 bilhão, superaram em 48% os R$ 796,2 milhões investidos no primeiro ano de governo.

O aumento expressivo do número de órgãos em que a publicidade oficial é veiculada se deve a uma mudança de estratégia da comunicação do Palácio do Planalto: desde que Lula chegou ao governo, a ordem é regionalizar a propaganda e diversificar as maneiras de fazer o marketing governamental chegar à população. Os veículos que divulgaram publicidade federal em 2009 estão espalhados por 2.184 municípios, contra 182 em 2003.

:: LEIA MAIS »

SP: vice e vaga para senador emperram alianças de Mercadante

Na véspera do lançamento oficial da pré-candidatura do senador Aloizio Mercadante ao governo de São Paulo, o PT paulista ainda trabalha na montagem da chapa que será oferecida ao eleitor. Além de Mercadante, o partido definiu até agora o nome de Marta Suplicy para uma das duas vagas ao Senado. A outra, além da escolha do vice de Mercadante, deve ocorrer no mês de maio. De acordo com o prefeito de Osasco, Emídio de Souza, escalado para coordenar a campanha petista, “o quadro em São Paulo ainda está conturbado, ainda que pareça tranquilo”.

Ele diz que cinco partidos estão confirmados na aliança com o PT: PDT, PR, PRB e PPL e PTdoB. O partido ainda busca uma aliança com o PSB, que por enquanto mantém a ideia de candidatura própria com o presidente da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), Paulo Skaf. Caso esse quadro se mantenha, o PDT deve indicar o nome do vice. A segunda vaga para a disputa do Senado está entre Gabriel Chalita (PSB) e Netinho de Paula (PCdoB), que ainda não fecharam com os petistas. Partidos como PTN, PCdoB, PSL, PHS, PSC, e PSDC, também poderão integrar a chapa. :: LEIA MAIS »

Ciro afirma ao iG que José Serra tem mais chance do que Dilma

Na entrevista que concedeu ao iG na noite desta quinta-feira, o deputado federal, Ciro Gomes (PSB-CE), afirmou que, com sua saída da corrida presidencial, o candidato tucano tem mais chances de vencer a eleição do que Dilma Rousseff.

 Em entrevista ao iG, Ciro fala sobre política e seu futuro  

Fora da disputa, Ciro manda recados a Lula, Dilma e PMDB 

Ciro diz ao iG que tinha um papel a cumprir nesta eleição
“Minha sensação agora é que o Serra vai ganhar esta eleição. Dilma é melhor do que o Serra como pessoa. Mas o Serra é mais preparado, mais legítimo, mais capaz. Mais capaz inclusive de trair o conservadorismo e enfrentar a crise que conheceremos em um ou dois anos.”

As palavras reservadas por Ciro a Serra impressionam. Impressionam porque a relação entre os dois é reconhecidamente conflituosa – e se situa num grau de agressividade elevadíssimo. As ofensas mútuas publicadas na imprensa dispensam repetição e podem ser conferidas numa pesquisa rápida em sites de busca na internet. :: LEIA MAIS »

Após lua-de-mel, Jaques Wagner e César Borges trocam farpas

Governador e senador: amor antes dos tempos da cólera O governador Jaques Wagner (PT) afirmou, durante o 9º Fórum Empresarial de Comandatuba, que o senador César Borges (PR) terá que se explicar aos eleitores baianos a decisão de determinar à bancada do partido dele que votasse contra a contratação pelo governo do Estado de crédito de R$ 563 milhões do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O projeto foi aprovado por 31 votos a 2.

 Wagner afirmou que viu a atitude do senador com “profunda tristeza” e o acusou de não separar a disputa eleitoral dos interesses da população. “Acho que foi um equívoco. Uma demonstração que alguns precisam crescer e amadurecer na política”, pontuou. “E o pior é que ele botou a digital. Assinou (o comunicado)”, completou, se referindo à César.

  :: LEIA MAIS »

PSDB vê cinco irregularidades em pesquisa

O PSDB afirma ter encontrado pelo menos cinco irregularidades em pesquisa divulgada pelo Instituto Sensus na semana passada, que apontou empate entre os pré-candidatos José Serra (32,7%) e Dilma Rousseff (32,4%). Pesquisa Datafolha divulgada no sábado apontou uma vantagem de dez pontos percentuais para Serra em relação a Dilma.

Encomendado pelo Sintrapav (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Construção Pesada de SP), o levantamento foi alvo de representação dos tucanos no TSE (Tribunal Superior Eleitoral). :: LEIA MAIS »

Nos jornais: cooperativa ligada ao PT tem sigilo quebrado

Folha de S. Paulo

Cooperativa ligada ao PT tem sigilo quebrado

A Justiça Federal decretou a quebra dos sigilos bancário e fiscal da Bancoop (Cooperativa Habitacional dos Bancários de São Paulo) e do fundo de investimento criado pela entidade. As medidas foram requeridas pela Polícia Federal em um inquérito no qual são investigados eventuais atos de gestão fraudulenta da carteira, que tinha como cotistas grandes fundos de pensão de estatais. Em agosto passado, a Bancoop e os cotistas da carteira fizeram um acordo para liquidar o fundo de investimento, que à época oferecia sérios riscos de perdas aos investidores. A quebra foi decretada pelo juiz Fausto Martin De Sanctis, titular da 6ª Vara Criminal Federal de São Paulo, no último dia 9. O acesso à documentação bancária e fiscal da cooperativa e do fundo de investimento já havia sido autorizado pela Justiça estadual de São Paulo ao Ministério Público.

Deu na Veja que Wagner tem enfrentado um início de campanha conturbado

Na gestão de Wagner, a violência explodiu na Bahia. O estado já responde por 10% dos homicídios brasileiros

SALVADOR – Com o título de “Bahia Explosiva”, a Veja desta semana colocou o governador Jaques Wagner contra a parede. A revista relata que o início da campanha à reeleição do governador começou conturbada. “Primeiro perdeu o PMDB, que lançou a candidatura do ex-ministro Geddel Vieira Lima. Depois, o PR deixou o governo. Agora, Wagner terá outro problema pela frente: explicar o aumento da violência na sua gestão”, disse a Veja.

De 2006 a 2009, os homicídios dolosos aumentaram 43% no estado, chegando a 4777. A Bahia já responde por 10% dos homicídios brasileiros. Segundo a Veja, para combater a explosão do crime, o secretário de Segurança do Estado, César Nunes, anunciou que a estratégia é “partir para cima dos bandidos”.

Bahia Dia Dia

Coordenador da campanha de Dilma vê mensagem pró-Serra em jingle da Globo

O responsável por coordenar a campanha de Dilma Rousseff (PT) na internet, Marcelo Branco, disse hoje pela manhã em seu Twitter que o jingle de comemoração dos 45 anos da TV Globo embute, de forma disfarçada, propaganda pró-José Serra (PSDB).

“Eu e toda a rede”, escreveu Branco em resposta ao comentário de que estaria enxergando na peça mensagem subliminar de apoio ao tucano.

De acordo com Branco, que corrobora tese difundida em sites de apoio ao PT, a mensagem estaria embutida no “45”, o número do PSDB, e em frases do jingle como “todos queremos mais”, o que seria, de acordo com os petistas, referência ao slogan “o Brasil pode mais” dito por Serra no lançamento de sua pré-candidatura. :: LEIA MAIS »

Serra cita ex-prefeito Pitta para dizer que Lula não é Dilma

O pré-candidato do PSDB à Presidência, José Serra, citou o ex-prefeito de São Paulo Celso Pitta para argumentar que sua possível adversária petista, Dilma Rousseff, não necessariamente repetirá o sucesso do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que é o principal cabo eleitoral da ex-ministra da Casa Civil. Em entrevista concedida na manhã desta quinta-feira à Rádio Bandeirantes, Serra disse que, assim como Dilma, Pitta foi “bancado” pelo então prefeito Paulo Maluf, mas os resultados de suas gestões foram distintos. :: LEIA MAIS »

EXCLUSIVO: Wagner já teria batido martelo e escolhido Marcelo Nilo para vice

Informes chegados há pouco ao Política Livre dão conta de que, de fato, o governador Jaques Wagner (PT) já teria batido o martelo e escolhido o deputado estadual Marcelo Nilo (PDT), presidente da Assembleia Legislativa, para candidato a vice em sua chapa. No PT, a escolha é dada como fato consumado, devido, virtualmente, a inconfidências do próprio governador. Portanto, Nilo só teria duas alternativas: dizer sim ou não. Segundo a coluna Raio Laser, da Tribuna, o deputado passou o dia de ontem consultando as bases sobre um eventual convite para vice. O movimento demonstraria que, apesar de não estar fazendo esforço nenhum para integrar a chapa de Wagner, o presidente da Assembleia já pode ter recebido alguma sinalização de que a bola pode cair em seus pés a qualquer momento. É esperar para ver. (Raul Monteiro).

Política Livre

PT acusa hackers de invadir sua página na internet

O PT acusou hackers de terem invadido sua página na internet na madrugada da última segunda-feira (12). Por isso, sustenta o partido, o site ficou fora do ar por mais de 24 horas. Como medida de precaução, os petistas decidiram solicitar uma varredura.

Nesta quarta-feira (14), o site segue fora do ar. Na página, além da estrela símbolo do Partido dos Trabalhadores, há a seguinte mensagem: ‘Desculpe o transtorno. Estamos em manutenção nos servidores. Voltaremos em breve’.
“Concluiu-se que o portal sofreu uma inserção de iframes maliciosos em diversos arquivos”, disse o partido em nota. Um iframe é uma seção de uma página web que carrega o conteúdo de outra página ou site.
De acordo com os técnicos responsáveis pela varredura, na maioria dos casos esses iframes são configurados para que não apareçam na página web quando alguém faz a visita. Apesar disso, o conteúdo malicioso que está no iframe acaba sendo carregado.

:: LEIA MAIS »

EXCLUSIVO: Escolha entre Waldir e Pinheiro é outro motivo para Wagner evitar mais um petista na chapa

Wagner não quer escolher Waldir (foto) em detrimento de Pinheiro e vice-versa

Além de avaliar que dois nomes do PT em sua chapa pode não levar ao resultado eleitoralmente esperado, o governador Jaques Wagner terá outro pepino a descascar se optar por uma solução doméstica do ponto de vista partidário para resolver a lacuna aberta com a adesão do senador César Borges (PR) ao candidato do PMDB a governador, Geddel Vieira Lima:  a escolha entre o ex-governador Waldir Pires e o deputado federal Walter Pinheiro.

 “Por que Wagner vai escolher Walter e não Waldir? Por que um é melhor do que o outro?”, pergunta, assim, cheio de razão, um importante quadro petista ao Política Livre. Este, em sua avaliação, é mais um motivo para que Wagner exclua a opção de um novo petista como companheiro de disputa, concentrando-se em escolher para as outras três posições da chapa nomes de… :: LEIA MAIS »

Pesquisa Sensus aponta empate entre Serra e Dilma

Pesquisa Sensus encomendada pelo Sintrapav (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Construção Pesada de São Paulo) a ser divulgada hoje aponta empate técnico na corrida presidencial entre o tucano José Serra (32,7%) e a petista Dilma Rousseff (32,4%). É o resultado mais apertado já obtido.

De acordo com a sondagem, Ciro Gomes (PSB) teria 10,1%, e Marina Silva (PV), 8,1%. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais.

Segundo dados apresentados ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral), sob o registro de número 7594/2010, o levantamento foi feito entre os dias 5 e 9 de abril em 24 Estados, com 2.000 entrevistas. :: LEIA MAIS »

Pimentel se inscreve como pré-candidato e acirra disputa em Minas

O ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel se inscreveu nesta segunda-feira como pré-candidato ao governo de Minas Gerais pelo PT.

 
 
 
AE
Pimentel acirra disputa em Minas
Pimentel acirra disputa em Minas

O anúncio, feito pelo Twitter (@pimentelminas), embaralha o palanque para a candidata à Presidência do PT, Dilma Rousseff, no Estado. Além de Pimentel, os ex-ministros Patrus Ananias (PT) e Hélio Costa (PMDB) também são pré-candidatos da base aliada ao cargo. A pressão do PT nacional, no entanto, é para que o partido apoie Costa.

Pimentel disse que vai buscar um acordo com o PMDB e, assim, criar um palanque único para a candidata governista. Ele também não descartou uma disputa com o companheiro Patrus Ananias, que se inscreveu na semana passada, pela indicação do partido.

“Ainda tenho esperança no acordo, mas se for inevitável, disputarei as prévias, com a tranquilidade de que meu nome pode ajudar muito o PT”, disse o ex-prefeito, que é uma das pessoas mais próximas de Dilma. Se nenhum dos dois retirar a candidatura, o PT de Minas Gerais vai eleger o seu candidato no dia 2 de maio, quando acontecem as prévias. :: LEIA MAIS »

Marta Suplicy: ‘Se for ser docinha, fazem picadinho de você’

Marta Suplicy, a candidata do PT ao Senado, não enxerga tropeços na campanha companheira de Dilma Rosseff. Em entrevista à repórter Ana Flor, Marta disse que não viu Dilma dar “nenhum passo errado”.

 Concorda que falta um quê de carisma a Dilma. Mas pergunta: “O Serra tem?” Diz que a amiga começa a “falar espontaneamente”. Acha que ela “leva jeito”.  :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia