WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


outubro 2020
D S T Q Q S S
« set    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


:: ‘PT’

Presidentes do PT e PSDB afirmam que partidos vetarão candidatos com “ficha suja”

DANIELA LIMA
da Folha

Os presidentes do PT, José Eduardo Dutra, e do PSDB, Sérgio Guerra, afirmaram nesta segunda-feira que seus partidos não darão legenda a candidatos que tenham “ficha suja”. Os dois, no entanto, não sabem exatamente como farão para evitar que esses candidatos participem da eleição.

Segundo eles, seus partidos deverão se basear no projeto de lei que tramita Câmara, e que deve ter os destaques restantes votados nesta semana. Um dos pontos já aprovados prevê tornar inelegíveis os condenados por decisão colegiada da Justiça (por mais de um juiz).

“Ninguém com ficha suja vai concorrer pelo PT. Agora, isso não quer dizer que o fato de o candidato ter processo vá impedi-lo de se candidatar pela legenda. Se você buscar um candidato que não responda a processo, talvez não ache nenhum”, afirmou Dutra. :: LEIA MAIS »

Geddel engrossa o tom contra o governo Wagner

O pré candidato a governador da Bahia pelo PMDB, Geddel Vieira Lima engrossou o tom das críticas ao governo de Jaques Wagner neste final de semana em quatro municípios da região Sudeste do Estado: Cordeiros, Condeúba, Piripá e Tremedal. “A Bahia cresceu na violência e em 52% dos casos de meningite e isso pode ser revertido”, disse o ex-ministro candidato do PMDB. A maioria dos depoimentos ocorreu em tom inflamado nas quatro cidades. O descontentamento com o governo Wagner atinge  prefeitos de cidades vizinhas, como o prefeito de Jacarací, Antônio Carlos. “O atual governador quando esteve aqui disse que ia fazer o asfalto de Jacarací, Mortugagaba e prometeu que até 2011 faria Licínio de Almeida até a divisa com Minas e nada. Recentemente bati na porta, mas sempre sou enrolado. Não agüentamos mais tanto descaso nessa região”. Segundo Geddel as lideranças regionais avaliam o governo Wagner como “um governo sem critério, sem prioridade e sem atitude”. (Com informações da Assessoria de Geddel Vieira Lima)

‘Estado’ realiza debate nesta segunda entre dirigentes do PSDB e do PT

estadão.com.br

SÃO PAULO – O Grupo Estado promove na manhã desta segunda-feira, 10, mais uma edição dos Debates Estadão. Os presidentes nacionais do PSDB, Sérgio Guerra, e do PT, José Eduardo Dutra, são os convidados.

A partir das 10 horas, eles discutirão as diferenças ideológicas e programáticas entre os dois partidos que dirigem e os rumos que a pré-campanha presidencial está tomando. Este é o primeiro de uma série de debates que o Estado realizará ao longo do ano eleitoral.

A iniciativa de confrontar presidentes de partidos para debater seus programas é pioneira. Guerra é economista e está no segundo mandato de senador por Pernambuco. Ele preside o PSDB desde 2007. Dutra é geólogo e foi senador por Sergipe de 1995 a 2003. Depois disso, presidiu a Petrobrás e foi eleito para dirigir o PT em 2009. :: LEIA MAIS »

PT desafia TSE e mantém Dilma em programa de TV

Vai ao ar na próxima quinta-feira (13) uma nova propaganda institucional do PT. Dez minutos, em horário nobre.

 Pela lei, o espaço deveria ser usado para enaltecer o partido. Porém, o PT planeja utilizá-lo para exaltar Dilma Rousseff.

 A peça está pronta. Associa Dilma aos principais programas da gestão Lula –PAC, Minha Casa, Minha Vida e Bolsa Família, por exemplo.

 De resto, o petismo aproveita a vitrine televisiva para ligar a imagem de sua candidata à de Lula.

 A estratégia é um desafio à Justiça Eleitoral. Além da publicidade maior, de dez minutos, o PT leva ao ar inserções menores, de 30 segundos.

 As duas primeiras foram veiculadas na quinta-feira (6) passada. Numa prévia do que está por vir, o PT as utilizou para propagandear Dilma.

  :: LEIA MAIS »

TSE suspende propagandas do PT na televisão

Mário Coelho

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Aldir Passarinho Junior suspendeu na noite de ontem (7) a veiculação de duas inserções do PT que estavam previstas para hoje (8) e terça-feira (11). Ele atendeu, em caráter liminar, à solicitação do PSDB de suspender a propaganda partidária petista por campanha antecipada da pré-candidata do partido Dilma Rousseff. O ministro, porém, permitiu que o PT substitua os quadros por peças que tenham “como objeto a difusão do programa partidário”.

De acordo com o TSE, o ministro afirmou que as novas exibições não podem conter propaganda de candidatos a cargos eletivos e a defesa de interesses pessoais e nem imagens ou cenas que falseiem ou distorçam fatos. A decisão foi tomada após análise de uma representação apresentada pelo PSDB contra duas inserções de 30 segundos produzidas pelo PT e veiculadas na quinta-feira (6). Os tucanos argumentaram que o PT usou as inserções para comparar o governo atual com o anterior, chamando o eleitor para votar na continuidade de seu plano de governo. Na representação, o partido disse que as propagandas apresentam Dilma Rousseff como a candidata do partido e que ela seria a opção para continuação das ações sociais de Lula.

Passarinho, que também exerce o cargo de corregedor-geral eleitoral, afirmou que “a primeira inserção, de modo claro, pinta o quadro de evolução do país e os malefícios que existiam antes, na visão do representado (PT), com a locução advertindo para a ameaça da volta ao passado, inclusive, ao final, mostrando espécie de placa de trânsito com a proibição de retorno” e, a segunda, “revela a pré-candidata Dilma Rousseff”. “As duas inserções são, portanto, uma espécie de sequência, sem dúvida inteligente, sutil, mas que deixa muito claro o propósito do aludido conjunto de propaganda: a campanha sucessória e a promoção da referida candidata Sra Dilma Rousseff”, apontou o ministro.

:: LEIA MAIS »

PT realiza encontro do Grupo de Trabalho Eleitoral em Vitória da Conquista

Diretórios municipais do Partido dos Trabalhadores de várias cidades da Região Sudoeste se reúnem em Vitória da Conquista neste sábado (8) para discutir as estratégias eleitorais para eleição de Dilma Roussef à presidência da República e a reeleição de Jaques Wagner ao governo da Bahia.

 O Grupo de Trabalho Eleitora (GTE), coordenador pelo prefeito Luiz Caetano, de Camaçari, e a presidência estadual do PT/BA também estarão na cidade para dar posse aos GTE’s locais. O presidente municipal do PT, Rivaldo Gusmão, afirma que o momento será importante para que as lideranças regionais do partido aprofundem o debate sobre os rumos do partido e do projeto político que governa o Brasil, a Bahia e Vitória da Conquista. :: LEIA MAIS »

Marqueteiro de Dilma perde poder e causa desconforto no comitê de campanha

 Folha

Há menos de um mês, o deputado estadual Rui Falcão (PT-SP), jornalista, assumiu a coordenação geral da área de comunicação da campanha da presidenciável petista Dilma Rousseff, enquanto o marqueteiro João Santana teve sua área de atuação limitada aos programas de TV do partido e do horário eleitoral. Segundo reportagem de Ana Flor na edição desta quinta-feira (06) da Folha, as movimentações no comando de campanha causaram desconforto no comitê.

A entrada do deputado, amigo de Dilma há décadas, representou, na prática, uma divisão de poder na comunicação.

Falcão passou a atuar na estratégia de imprensa. Ele coordena o planejamento de entrevistas da candidata em viagens e em Brasília e despacha diariamente com a coordenadora de imprensa, Helena Chagas. Santana, por sua vez, sempre foi uma espécie de coordenador geral de comunicação, apesar de ser oficialmente responsável pelo marketing. :: LEIA MAIS »

Dilma, Serra e Marina participam pela 1ª vez do mesmo evento como pré-candidatos

Do R7

Os pré-candidatos do PT, Dilma Rousseff, do PSDB, José Serra, e do PV, Marina Silva, participam nesta quinta-feira (06) do mesmo evento pela primeira vez desde que iniciaram pré-campanha. Os presidenciáveis irão ao 27º Congresso Mineiro de Municípios, em Belo Horizonte (MG).

 Embora os três tenham confirmado que irão ao evento, não é certo que eles se encontrarão, pois poderão comparecer ao congresso em horários diferentes.

Realizado pela Associação Mineira de Municípios, o congresso, que neste ano terá como tema “Gestão e Tecnologia”, tem como missão promover discussões sobre gestão pública e como os administradores podem gastar dinheiro de maneira mais eficiente.

Minas Gerais é considerado por diversos analistas políticos como um Estado-chave para o resultado da eleição presidencial.

PT vai entrar com representação contra tucanos por uso de verba pública em evento evangélico

O PT anunciou nesta segunda-feira que pretende ir à Justiça contra o evento do pré-candidato tucano ao Planalto, José Serra, em Santa Catarina, ocorrido em um congresso evangélico parcialmente custeado por recursos do governo do estado e da prefeitura de Camboriú.
As duas são gestões do PSDB, que doaram R$ 540 mil para patrocinar os eventos dos evangélicos com Serra no sábado à noite. O presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra, usou o Twitter para reclamar: “Estatal patrocinar o 1º de Maio é dinheiro público. Governo do estado e prefeitura em SC patrocinarem evento religioso é dinheiro do PSDB”, afirmou. Outras duas ações do PT reclamam do site tucano “Gente que mente” e seu coordenador, Eduardo Graeff .
A aplicação de dinheiro público pelo governo de Santa Catarina (R$ 300 mil) e pela prefeitura de Camboriú (R$ 240 mil) na infra-estrutura do 28º Congresso Internacional de Missões dos Gideões Missionários, vinculado à Assembleia de Deus e que contou com a presença de Serra, foi classificado como investimento em turismo religioso tanto pela prefeita, Luzia Coppi Mathias (PSDB), como pelo governo catarinense. O uso do dinheiro público no evento foi denunciado em reportagem da “Folha de S.Paulo” de segunda-feira.
:: LEIA MAIS »

TRE cassa mandato de vereador do PT de Eunápolis

Na semana passada, o Tribunal Regional Eleitoral decidiu anular a diplomação do vereador Lucas Leite (PT) de Eunápolis. O petista vai recorrer ao TSE

EUNÁPOLIS – Na semana passada, o vereador de Eunápolis Lucas Leite (PT) teve seu mandado cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Várias ações tramitavam, desde o ano passado, na justiça eleitoral pedindo a anulação da posse do vereador petista.

Ocorre que nas eleições de 2008 no município de Eunápolis havia 10 vagas para a Câmara de vereadores. Leite conseguiu, por meio de uma ação judicial, tomar posse como o 11º vereador da cidade. Agora, o TRE decidiu cassar a sua diplomação. :: LEIA MAIS »

Delator do mensalão do DEM diz que PT também está envolvido em escândalo no DF

Lais Lis, do R7 em Brasília, com TV Record

Agência BrasilFoto por Agência Brasil

Delator do esquema de corrupção no Distrito Federal, Durval Barbosa
diz que petistas também estão envolvidos em irregularidades

O ex-secretário de Relações Institucionais do Distrito Federal e delator do suposto esquema “mensalão do DEM”, Durval Barbosa, disse em depoimento à Comissão de Ética da Câmara Legislativa do DF que o PT também teria envolvidos em supostas irregularidades no governo do DF. Durante o depoimento, dado à deputada Erika Kokay (PT), Barbosa afirmou que há “muitos pecadores” dentro do partido da deputada, inclusive no governo do ex-governador José Roberto Arruda (sem partido, ex-DEM), que é suspeito de chefiar um esquema de pagamento de propina a políticos aliados. Durval foi o autor das gravações que tornaram público o suposto esquema e conseguiu o benefício da delação premiada ao fazer as denúncias.

O ex-secretário prestou depoimento na última quinta-feira (29) à petista, relatora do processo por quebra de decoro contra a deputada Eurídes Brito (PMDB). Quando questionado pela deputada sobre quem seria o “pecador” do PT, o ex-secretário afirmou que falaria em outra oportunidade.

Barbosa ainda disse que o ex-presidente do Diretório Regional do PT no DF, Chico Vigilante, sabe do envolvimento de petistas e “saiu chorando” da casa do jornalista Edmilson Edson dos Santos, o Edson Sombra, após conversa sobre o assunto. O ex-secretário afirmou ainda que o petista “confia” nele e em Sombra.

:: LEIA MAIS »

Uberaba: Para Serra e Dilma, encontro foi “civilizado”

O presidenciável do PSDB, o ex-governador José Serra, e a pré-candidata do PT à Presidência da República, a ex-ministra Dilma Rousseff, se encontraram no início da tarde desta segunda-feira nos bastidores do evento de abertura da ExpoZebu, promovido em Uberaba (MG). Os adversários na corrida eleitoral avaliaram como “gentil” e “civilizado” o encontro. Dilma e Serra estiveram juntos em uma sala reservada, antes da cerimônia de abertura oficial do evento, que teve a presença do vice-presidente da República, José Alencar, e do governador de Minas Gerais, Antônio Anastasia (PSDB). 

 “Foi normal, não teve nada de especial. Foi um encontro gentil”, avaliou Serra. “Não tem mal algum. Nós sempre nos relacionamos bem e isso mostra um convívio democrático e civilizado”, afirmou Dilma. O coordenador da pré-campanha da petista, o ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel (PT), disse que Serra teria reclamado da imprensa durante o encontro entre os presidenciáveis. “Eu falei para ele ir se acostumando, porque nós já estamos acostumados a apanhar”, afirmou. 

:: LEIA MAIS »

Pimentel ganha as prévias do PT para o governo de Minas

VALDO CRUZ

O presidente Lula vai receber uma informação que o deixará aliviado. O ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel venceu as prévias do PT para escolher o candidato do partido ao governo de Minas.

Segundo os últimos dados, que serão divulgados daqui a pouco, Pimentel ganhou com cerca de 2.100 votos à frente do ex-ministro Patrus Ananias (Desenvolvimento Social), num universo de 32 mil votantes.

Sergio Lima -22.fev.2010/Folha Imagem
Fernando Pimentel,ex-prefeito de Belo Horizonte, vence as prévias do PT mineiro
Fernando Pimentel,ex-prefeito de Belo Horizonte, vence as prévias do PT mineiro

Lula acredita que Pimentel aceitará, agora, compor chapa com o ex-ministro das Comunicações Hélio Costa.

O presidente deseja que a base aliada tenha o peemedebista como candidato único do governo em Minas. Hélio seria o candidato a governador. Pimentel disputaria o Senado. E o PT indicaria ainda o vice. A escolha seria feita a partir das pesquisas de intenção de voto no Estado, que hoje mostram o peemedebista na liderança.

:: LEIA MAIS »

Em novo “escorregão”, Dilma diz que retirantes migravam do Nordeste “pro Brasil”

RANIER BRAGON

A petista Dilma Rousseff cometeu uma gafe em entrevista gravada que concedeu à sua própria assessoria e que foi ao ar na noite desse domingo. Ao falar do filme “Vidas Secas” (1963), de Nelson Pereira dos Santos, a pré-candidata à Presidência disse que a história retrata “todo o problema da miséria, da pobreza, da saída das pessoas do Nordeste pro Brasil”.

O vídeo com a entrevista está disponível no site da petista —www.dilmanaweb.com.br e faz parte da estratégia de disseminar o discurso de Dilma pela internet e em rádios do interior do país. Na semana passada, o site começou a veicular áudios de 5 minutos com entrevistas temáticas, para rádios. Ontem, o modelo foi estendido ao vídeo.

Nessa entrevista, ela falou sobre cultura e respondia a perguntas de seu “guru” para a campanha virtual, Marcelo Branco. Ela disse, entre outras coisas, que o governo Lula aumentou de R$ 300 milhões para R$ 2,2 bilhões os investimentos no setor. :: LEIA MAIS »

Mercadante convoca militância contra ataques na internet

O senador Aloizio Mercadante (PT-SP) convocou a militância para defender Dilma Rousseff, pré-candidata do partido à eleição de outubro para presidência da República, contra os ataques do PSDB, classificados por Mercadante como uma “guerra suja na internet”. “A militância, com cerca de 500 mil filiados votantes em São Paulo, é um grande patrimônio, que vai poder ajudar”, afirmou hoje o candidato do PT ao governo de São Paulo em caravana com a militância do partido na zona sul da capital.

Segundo ele, a internet nessas eleições será um “importante espaço de disputa, tão fundamental quanto a entrega do santinho”, afirmou. Conforme dados apresentados pelo senador, são 15,9 milhões de paulistas na rede virtual, dos quais 11,5 milhões em sites de redes sociais como Orkut e Facebook. É nesse universo que os militantes devem trocar mensagens de apoio, com informações sobre as realizações do governo, “defendendo a Dilma, o presidente Lula, a Marta (Suplicy, candidata ao Senado)”.

:: LEIA MAIS »

Sem citar MST, Dilma critica invasões de terra em feira agrícola

Por Gustavo Porto, de Ribeirão Preto

A ex-ministra da Casa Civil Dilma Rousseff, presidenciável do PT nessas eleições, criticou há pouco as invasões de terra e a ocupação de prédios públicos e considerou tais invasões como “atitudes ilegais”. “Sou inteiramente contrária a criar prejuízos aos que não são responsáveis pela política e sou contrária às invasões de terra”, destacou ela, sem citar o MST e cercada por uma plateia eminentemente ruralista que visita a Agrishow.

Na feira agrícola, Dilma pregou também o diálogo com os movimentos sociais e procurou isentar o governo do presidente Lula de qualquer responsabilidade pelas ações desse movimento. “Governo é governo e movimento é movimento. A primeira relação é termos diálogo, mas sou inteiramente contrária à tomada de locais públicos e invasões de terra”, frisou Dilma. E continuou, sob aplausos tímidos da plateia: “Não pretendo compactuar com qualquer atitude ilegal que não deve ser premiada, pois estamos todos sob os mesmos princípios legais”. :: LEIA MAIS »

Duda Mendonça diz que PT erra na vestimenta de Dilma

PLÍNIO FRAGA

O publicitário Duda Mendonça afirmou nesta terça-feira à noite que a campanha da pré-candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, erra na forma que tenta apresentá-la ao eleitor. “Não adianta desvirtuar a Dilma. Tem que deixar a Dilma ser como ela é. As pessoas vão entender como ela é ou não. Pegá-la e fazer outra pessoa…Vai ficar numa vestimenta que não é confortável, vai ficar escorregando volta e meia”, disse Duda, em palestra de duas horas na Casa do Saber, em Ipanema, zona sul do Rio.

Para um público de assessores de marketing, pré-candidatos e jornalistas, Duda procurou explicar como trabalha.

“Por que eu votaria na Dilma? Ou por que eu votaria no Serra? É a primeira pergunta fundamental. Tudo começa aí. Acabou-se o tempo em que a formação de opinião era de cima para baixo. O povo na base, e os artistas e intelectuais tinham uma opinião e saía na imprensa. A pirâmide virou de cabeça para baixo. Quem gera a opinião marcante que muda o voto é um igual, um colega de trabalho. A palavra mais importante é argumento. A palavra mágica em eleição hoje é argumento.” :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia