WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


outubro 2020
D S T Q Q S S
« set    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


:: ‘PT’

Serra “rouba” palanques de Dilma nos Estados

Thiago Faria, do R7

Agência Senado

Foto por Agência Senado

Pré-candidato ao governo de Pernambuco, Jarbas Vasconcelos, do PMDB, já declarou que vai apoiar Serra embora seu partido esteja com Dilma

Na tentativa de turbinar as candidaturas de seus presidenciáveis, o PSDB de José Serra e o PT de Dilma Rousseff duelam para conquistar o maior número de apoios regionais nas eleições deste ano. Enquanto petistas aumentam seu rol de alianças na chapa nacional, tucanos avançam sobre palanques em que, teoricamente, Dilma teria preferência. As coligações, no entanto, só serão definidas nas convenções nacionais das legendas, que acontecem até o dia 30 de junho.

De acordo com o PSDB, o partido terá candidatos próprios ao governo em pelo menos 15 Estados. Em quatro, deverá contar com nomes dos partidos que compõem a aliança nacional de Serra e, no restante, avança para subir nos palanques de dissidentes dos partidos que devem fazer parte da coligação de Dilma.

:: LEIA MAIS »

Nota do Partido dos Trabalhadores de Vitória da Conquista

Fábio Sena | PT de Vitória da Conquista

Há treze anos, a população de Vitória da Conquista escolheu um novo projeto político para governar a cidade. A eleição de Guilherme Menezes mudou profundamente os rumos da nossa história política, econômica e social do município e significou o início de uma nova era.
 Isso porque, desde o começo, esse projeto – capitaneado pelo Partido dos Trabalhadores em aliança com outros partidos progressistas – está de mãos dadas com as mais legítimas aspirações das pessoas, que não apenas vêm reafirmando, eleição após eleição, a aprovação ao modo como o Município vem sendo administrado, mas que participa efetivamente da construção de políticas públicas, programas e ações que proporcionaram um salto de qualidade de vida e um desenvolvimento socioeconômico.

:: LEIA MAIS »

Marina associa PT e PSDB a atraso ambiental

O Globo

Marina associa PT e PSDB a atraso ambiental

De um lado, a velha e defasada política desenvolvimentista, associada ao tucano José Serra e à petista Dilma Rousseff. Do outro, a visão moderna, defendida pelos verdes e sintonizada com a economia sustentável que avança pelo planeta. Foi assim que Marina Silva se apresentou ontem ao eleitorado na festa de lançamento de sua pré-candidatura, na casa de shows RioSampa, em Nova Iguaçu, Baixada Fluminense.

No evento – que confirmou o nome do empresário Guilherme Leal, dono da Natura, como pré-candidato a vice-presidente em sua chapa – Marina abandonou o habitual tom diplomático de seu discurso para marcar a diferença dos verdes frente aos candidatos de PT e PSDB:

– As duas candidaturas são muito parecidas: estão discutindo desenvolvimento pelo desenvolvimento, velho paradigma do século XX, quando o mundo inteiro está mudando: a China, o Obama, que está fazendo um investimento muito grande na economia de baixo carbono. E o Brasil ainda está fazendo o discurso do século XX. :: LEIA MAIS »

Wagner diz que não se incomoda com palanque de Dilma e Geddel

do Correio*

O governador e pré-canditado à reeleição, Jaques Wagner (PT), disse durante passagem de Dilma Rousseff (PT) por Salvador, neste domingo (16), que não se importa com palanque formado pela pré-candidata à presidência da República e seu adversário na disputa regional, o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB).

‘Não vou ficar chateado se ela (Dilma) subir no palanque com Geddel. Se ele vai apoiá-la, deve subir com ele’, afirmou Wagner à reportagem do Terra. De acordo com ele a polarização se dará entre ele e Paulo Souto. ‘O que deve acontecer é uma polarização entre Serra e Dilma e aqui na Bahia entre Wagner e Paulo Souto’, garantiu.

Sobre o candidato do partido na Bahia ao Senado, o governador disse em tom de brincadeira que as iniciais serão WP. ‘A chapa está formada. Wagner, Otto (Alencar, do PP), (a deputada federal) Lídice (da Mata, do PSB) e WP’, se referindo a disputa entre Walter Pinheiro e Waldir Pires pela cadeira no Senado. A decisão deve sair nos próximos 15 dias, prevêem alguns dirigentes petistas.

Wagner disse que não se arrependeu de ter feito aliança com o PMDB em 2006 e ressaltou a importância de ter aliados como o Partido Progressista (PP) que vem como o seu candidato a vice, Otto Alencar. :: LEIA MAIS »

PT lança Wagner, que impulsiona Dilma

Evandro Matos/ Tribuna da Bahia

 O governador Jaques Wagner fez um forte discurso ontem, no início da tarde, durante o encerramento do Congresso Estadual do PT, que aprovou por unanimidade a sua indicação para disputar a reeleição ao Palácio de Ondina. Centrado na ex-ministra Dilma Rousseff, pré-candidata do partido à Presidência da República, e com recados à militância, Wagner deu o tom de como será a campanha e o mote do seu discurso.

 Numa forma de deixar a ex-ministra à vontade, o governador dedicou o encontro a ela e fez elogios sobre o tempo em que trabalharam juntos no Planalto, destacando a capacidade técnica da presidenciável. “O presidente Lula tem muita vontade para resolver os problemas desse país. Mas era preciso que a vontade se materializasse em programas e projetos”, disse Wagner, referindo-se à escolha do nome de Dilma pelo presidente. “A Dilma é candidata porque cada tarefa entregue a ela até hoje foi devolvida sempre 100% concluída”, elogiou.

 Wagner também falou do seu início de luta junto ao PT e elogiou Lula, sobretudo, na condução da última crise econômica. “Nós começamos como uns loucos há 30 anos e hoje somos um partido que comanda o Brasil”, lembrou. O petista destacou a não privatização da Petrobras, Caixa Econômica e Embasa como exemplos para ajudar o País a vencer a crise. “A gente tem que ir em cada canto de Salvador e nas cidades do interior defender o nosso projeto, que não tem nada a ver com o deles  do PSDB ou do DEM”, ressaltou, dirigindo-se à militância dos partidos aliados.

  :: LEIA MAIS »

Após afirmar ser “cristã”, Dilma assiste missa e recebe “bênçãos” de mães de santo

 

Para atrair os votos de todos os credos, a pré-candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, assistiu a uma missa ontem pela manhã, disse que é, sim, católica, mas, à noite, recebeu a “bênção” de mães de santo em um evento promovido pelo PT.
Na missa, Dilma acompanhou os cânticos cristãos, ajoelhou-se, cumprimentou fiéis e bispos, sempre orientada por Gilberto Carvalho, chefe de gabinete do presidente Lula.
A petista, que ao longo da sua pré-campanha já se posicionou de várias maneiras em relação à sua fé, disse ao ser questionada sobre ser católica: “Eu sou”.
Deu rodeios, no entanto, ao falar sobre o instante em que se converteu ao catolicismo. “No mesmo momento que cada um dos brasileiros. A gente nasce, é batizado, crismado, estuda em colégio de freira e ao longo da vida, você vive as suas experiências”, afirmou a petista.
A missa da qual Dilma participou faz parte da programação do 16º Congresso Eucarístico Nacional, promovido pela CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil). A entidade, que vai orientar os fiéis a não votarem em candidatos que defendem ideias opostas às da Igreja Católica, como a liberalização do aborto, foi apoiada pela petista. “A igreja tem todo o direito de fazer isso”, disse.
Sobre a questão do aborto, Dilma disse ser a favor da política pública para os casos de aborto previstos em lei: “O Estado tem de prover, em termos de saúde pública, as condições para que se cumpra isso”, disse.
Dilma falou ainda que “mulher nenhuma é a favor do aborto”, e que essa é uma distorção comum. “Não é uma questão se eu sou contra ou a favor. É o que eu acho que tem que ser feito.”
:: LEIA MAIS »

Dilma Rousseff reformula discurso sobre sua fé

Em campanha pelo Planalto, a pré-candidata do PT, Dilma Rousseff, reformulou radicalmente o discurso sobre sua fé em um intervalo de três meses. Antes, Dilma afirmava não ter religião específica; agora, diz que é, antes de tudo, “cristã”.
Desde que disse em fevereiro deste ano que não tinha religião específica, a petista concedeu várias entrevistas nas quais aborda o tema e, na mais recente, publicada pela revista “IstoÉ” desta semana, se disse “antes de tudo, cristã. Num segundo momento, católica”.
A transformação é ainda maior se levado em conta o período que precede sua pré-candidatura. Na sabatina feita pela Folha, em 2007, a então ministra da Casa Civil foi questionada sobre acreditar em Deus e ser religiosa. “Eu me equilibro nesta questão. Será que há? Será que não há?”, ponderou.
Neste ano, as perguntas foram refeitas, em entrevistas exclusivas. “Uma religião específica, a senhora não tem?”, questionou a revista “Época” em fevereiro. “Não, mas respeito”.
:: LEIA MAIS »

TSE multa ex-ministra por propaganda em dezembro

Rafael Moraes Moura – O Estado de S.Paulo

Por unanimidade, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu ontem à noite que o PT perdeu o direito de transmitir do programa partidário no primeiro semestre de 2011 e terá de pagar multa de R$ 20 mil por propaganda eleitoral antecipada, em virtude de programa exibido em dezembro passado. A petista Dilma Rousseff também foi punida, com multa de R$ 5 mil. Cabe recurso.  

“No nosso entender, a punição ideal seria suspender o programa de hoje (ontem), mas, infelizmente, isso não foi possível pelos problemas da engrenagem judiciária”, disse Eduardo Alckmin, advogado do PSDB. ”Não vi o programa (de ontem), mas creio que devem ter sido cometidos ilícitos ainda mais graves.”

Para o ministro relator Aldir Passarinho Junior, a propaganda do PT exibida em dezembro passou dos limites da propaganda partidária. “Conclui-se que, de fato, o primeiro bloco buscou nitidamente explorar a imagem de Dilma, extrapolando a mera divulgação de ideário do partido e mensagens de filiados”. Para ele, o programa desrespeitou à lei. “O programa é todo intercalado, cadenciado para fazer o que é proibido em lei, denegrir o outro partido (PSDB) e fazer propaganda política de candidatura.” :: LEIA MAIS »

Dilma confirma vinda para a festa de Wagner e do PT no domingo

do Tribuna da Bahia

O PT baiano continua trabalhando nos bastidores para definir, até domingo, a última vaga da chapa majoritária pela reeleição do governador Jaques Wagner (PT). Ontem, a Secretaria de Comunicação do partido confirmou a presença da pré-candidata à Presidência da República, Dilma Rousseff, no 4º Congresso Estadual da legenda, no próximo sábado e domingo, no Hotel Fiesta. O convite à ex-ministra foi anunciado em primeira mão pela Tribuna, na edição da última terça-feira.

Convidada diretamente por Jaques Wagner, Dilma chegará por volta das 11 horas do domingo, a tempo de acompanhar a plenária deliberativa do encontro, que homologará a pré-candidatura à reeleição do governador. Dirigentes dos demais integrantes da coalizão (PP, PSB, PDT, PCdoB e PRB) estarão presentes no evento partidário, que confirmará a distribuição por partidos das chapas majoritária e proporcionais. Também devem ser confirmadas as vagas de pré-candidato a vice pelo PP – que já indicara ao posto o ex-conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios, Otto Alencar – e de um posto para o Senado, garantido ao PSB, destinado à deputada federal Lídice da Mata.

:: LEIA MAIS »

CNBB prega voto “pró-vida”, e candidatos condenam aborto

Igreja Católica defende apoio a “pessoas comprometidas com respeito incondicional à vida” Dilma Rousseff (PT), que em 2007 era a favor de descriminalização, hoje vê “violência” contra a mulher; José Serra (PSDB) adota crítica vaga, e Marina Silva (PV) apoia texto.
A CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) recomendou ontem aos fiéis que votem em outubro em “pessoas comprometidas com o respeito incondicional à vida”.
A “Declaração sobre o momento político atual” não faz menção explícita ao aborto. Mas sua divulgação ocorre no momento em que a Igreja Católica cobra do governo federal mudanças no PNDH 3 (Plano Nacional dos Direitos Humanos) -no qual um dos temas mais polêmicos é o aborto.
“Incentivamos a que todos participem e expressem, através do voto ético, esclarecido e consciente, a sua cidadania nas próximas eleições, superando possíveis desencantos com a política, procurando eleger pessoas comprometidas com o respeito incondicional à vida, à família, à liberdade religiosa e à dignidade humana”, diz a CNBB, na “Declaração sobre o momento político nacional”.
:: LEIA MAIS »

Erros do Governo Wagner são sistêmicos, diz Bacelar

O deputado estadual João Carlos Bacelar (PTN) disse hoje que o governo do Estado seguiu o seu conselho ao ampliar a vacinação contra a meningite meningocócica para adolescentes e jovens até 24 anos, após o parlamentar denunciar o crescimento do número de casos na Santa Cruz, Nordeste de Amaralina, principalmente na faixa etária que não tem cobertura vacinal.

”Há muito tempo nós da Oposição vinhamos denunciando o crescimento da meningite meningocócica na Bahia e a Secretaria de Saúde sempre negou que houvesse um surto da doença na Bahia. Daqui desta tribuna, reafirmei os sucessivos casos de meningite, por exemplo que estavam assolando em Santa Cruz, Nordeste de Amaralina”.

”Sugeri aqui que a cobertura vacinal fosse ampliada para adolescentes e jovens até os 24 anos. Fui rebatido com veemência. Disseram que eu estava querendo semear o pânico entre a comunidade da Santa Cruz. Agora, vem o governo para com sua peculiar arrogância assumir que a cobertura vacinal será ampliada até faixa etária de 24 anos, uma vez que até os pesquisadores e cientistas estão surpresos com o aumento dos casos de meningite meningocócica fora da idade padrão”, afirmou Bacelar.

O deputado citou o escritor português Eça de Queirós e usou a ampliação vacinal como exemplo para mostrar que o governo não assume seus erros.

”Eça de Queorós retratou como ninguém a sociedade e a psicologia dos portugueses, num estilo irônico e humorístico único, presente nos seus romances, crônicas e correspondências”. :: LEIA MAIS »

Wagner trai companheira Dilma e faz dobradinha com Serra em município do interior baiano; veja o vídeo

Prefeito de Alagoinhas (PSDB) diz que votará em Wagner e José Serra e recebe elogios do governador petista

ALAGOINHAS – Deu na Bahia Notícias. Em recente visita do governador Jaques Wagner (PT) ao município de Alagoinhas, nordeste baiano, o petista ficou tão empolgado com o apoio que terá do prefeito da cidade, filiado ao PSDB, que deixou de lado o projeto nacional do PT, que tenta emplacar Dilma Roussef na presidência da República.

Wagner elogiou a firmeza do prefeito de Alagoinhas, Paulo César, por declarar que votará em José Serra (PSDB) para presidente da República e Jaques Wagner para governador da Bahia. Não satisfeito ainda afirmou que político “tem que ter lado. :: LEIA MAIS »

PT constrói consenso com Pinheiro

Evandro Matos/ Tribuna da Bahia

 A bancada do PT na Assembleia Legislativa promoveu um almoço ontem, no restaurante Barbacoa, para oficializar o apoio à pré-candidatura do deputado federal Walter Pinheiro ao Senado. O evento foi considerado como decisivo para a indicação do nome do petista para compor a chapa majoritária do governador Jaques Wagner (PT), que poderá ser anunciada no próximo domingo durante o Congresso Estadual do PT. No evento, buscando pacificar o partido, Pinheiro agradeceu o apoio da bancada e garantiu que não será candidato à prefeitura de Salvador em 2012.

 O líder da bancada petista na Assembleia, deputado Paulo Rangel, um dos principais articuladores do almoço, disse que “os dez deputados do PT deram uma demonstração de posição de preferência da bancada”. Ele afirmou ainda que “Pinheiro consolidou a sua candidatura ao Senado”. Contente, Rangel disse que o partido agora vai trabalhar para evitar as prévias. “As coisas ficaram estabelecidas. Domingo poderemos fazer uma grande festa para anunciar os nomes de Pinheiro e Wagner”, disse.

  :: LEIA MAIS »

BA: para candidato Verde, PT virou máquina de ganhar eleições

Davi Lemos

O deputado federal Luiz Bassuma (PV), pré-candidato ao governo do Estado da Bahia, não fugiu de questões polêmicas e, dentre outras declarações, afirmou que foi para ele uma honra ser punido pelo PT por não defender a legalização do aborto. “O aborto é um crime”, enfatizou ele, que não dispensou críticas ao antigo partido, do qual vem se afastando desde o episódio do mensalão que, dentre outras consequências, custou o mandato do ex-deputado José Dirceu, então ministro da Casa Civil.

Bassuma também cobrou coerência do ministro da Cultura, Juca Ferreira, acusado de utilizar o cargo de ministro para impedir a candidatura dos verdes à presidência e nos estados. “Queriam que o PV fosse uma sublegenda do PT”, disparou. Ele também barrou a possibilidade de lançamento do presidente do Olodum, João Jorge, ao Senado. Afirmou que o PV terá apenas um candidato, o deputado federal Edson Duarte. :: LEIA MAIS »

PT define políticas de alianças e oficializa nome de Wagner

Adriano Villela

 O presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra, estará presente no 16° Congresso do partido, na Bahia, quando acontecerá o lançamento oficial da pré-candidatura à reeleição do governador Jaques Wagner. No encontro, marcado para o próximo fim de semana, serão debatidas ainda a tática eleitoral e a política de alianças para as próximas eleições. A expectativa é que estejam presentes 350 delegados – escolhidos durante o processo eleitoral da executiva, no ano passado.

 Convidada, a pré-candidata a presidente, Dilma Rousseff, ainda não confirmou presença. A prioridade dos petistas baianos é garantir a presença da ex-ministra nas convenções. A lista final dos convidados do PT nacional deverá ser fechada amanhã, em viagem ao Distrito Federal do presidente do diretório estadual, Jonas Paulo.

 No sábado, a programação do Congresso prevê reuniões a portas fechadas, das 9h às 18 horas, para o debate das propostas de tática eleitoral e política de alianças formuladas pela executiva. No domingo haverá a reunião plenária, das 9h às 14h, que votará os três itens da pauta.

  :: LEIA MAIS »

PSDB ingressará com novo pedido de liminar contra PT

GUSTAVO URIBE – Agência Estado

SÃO PAULO – O PSDB ingressará com um novo pedido de liminar no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para que seja suspensa inserção de 30 segundos do PT veiculada nas emissoras de rádio e televisão. O advogado eleitoral do PSDB, Afonso Ribeiro, informou que o pedido será protocolado “hoje ou no início da terça-feira” para impedir que a peça seja divulgada na terça-feira, 11, dia programado pela Justiça Eleitoral para a veiculação do anúncio. Junto ao pedido, os tucanos irão impetrar representação para que seja reduzido o tempo reservado à propaganda partidária do PT no primeiro semestre de 2011.

Na sexta-feira, o TSE concedeu liminar aos tucanos para que duas inserções do PT fossem retiradas do ar e substituídas. O PSDB acusou os petistas de terem feito “promoção pessoal” da presidenciável da sigla, Dilma Rousseff, e de terem apresentado a ex-ministra “como a pessoa mais apta a dar continuidade às ações do atual governo”. Ribeiro explicou que devem ser usados argumentos semelhantes no novo pedido de liminar. “Iremos alegar que a inserção faz propaganda eleitoral antecipada”, salientou. A Lei Eleitoral nº 9.504/97 fixa o dia 6 de julho como o início oficial da campanha.

:: LEIA MAIS »

Dilma rebate Serra e defende autonomia do BC

Agência Estado

A pré-candidata à Presidência da República pelo PT, Dilma Rousseff, disse hoje que considera “importantíssima” a autonomia do Banco Central. Dilma fez a afirmação ao responder a perguntas de jornalistas sobre entrevista dada hoje pelo pré-candidato do PSDB José Serra à rádio CBN, no qual ele afirmou que “o BC não é a Santa Sé”.
Indagada se pretende manter a autonomia do BC, a pré-candidata do PT disse que acha “importantíssima a autonomia operacional que o Banco Central teve no governo do presidente Lula. Sempre tivemos uma relação muito tranquila com o BC”.
Dilma também rebateu as críticas que Serra teria feito a uma suposta lentidão do BC em elevar os juros diante de um aquecimento forte na economia. “É uma coisa muito complicada raciocinar no se. O BC tem registro de cuidado e cautela, o que foi importante na crise. Houve muitos acertos no BC durante a crise. Acho muito relativa esta discussão de se fizesse isso ou quando”, disse.
:: LEIA MAIS »


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia