WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


outubro 2020
D S T Q Q S S
« set    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


:: ‘PT’

Prefeito de Salvador pderá ir para o PTN

Fernanda Chagas/ Tribuna da Bahia

 Conforme prometido, o prefeito João Henrique, até então PMDB, deu entrada ontem em seu pedido de desfiliação partidária ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

 A expectativa, segundo a assessoria de comunicação da prefeitura, é que, levando em consideração que o gestor “vem sendo vítima de calúnia e depreciação por parte de correligionários”, o TRE remeta parecer favorável ao prefeito. Ainda, segundo a assessoria, o ato oficial por parte do PMDB ontem, só reforça a tese de que não existe clima para ele continuar na legenda. 

 Confiante na decisão do TRE, João Henrique não perde tempo e trabalha em prol de decidir para que legenda migrar. O PTN e o PHS surgem no tabuleiro das possibilidades. O prefeito tem “flertado” ainda com PV, PDT e o PP. 

 Entretanto, nos corredores do Palácio Thomé de Souza circula que a ida de João ao PTN, além de fortalecer sua base na Câmara, o aproximaria do governador Jaques Wagner (PT), já que o PTN tem como meta formar um bloco com o PSC na Assembleia Legislativa e sendo assim levar mais seis deputados para a base de Wagner.

 O secretário municipal de Educação e presidente estadual do partido, João Carlos Bacelar, por sua vez, nega que tenha tido qualquer conversa com o chefe do executivo, mas não hesitou em dizer que as portas da legenda estão abertas para o alcaide. “Ele ainda não conversou nada comigo, mas posso adiantar que seria uma honra tê-lo em nosso quadro”.

Exclusivo: PTN Conquista agora é da base do governo municipal

da Redação

Numa  entrevista exclusiva ao Blog do Wal Cordeiro, o vereador Joel Fernandes acaba de confirmar que após uma reunião na manhã desta Quarta ((19), entre o prefeito Guilherme Menezes (PT) e a comissão provisória do PTN, composta por: Capitão Lima (presidente),  Joel (vereador), advogado Tárcio Lima (primeiro secretário), Wilson Brasil (vice presidente) e Juarez Cordeiro (tesoureiro) foi sacramentada  a ida do partido para a base de situação do Prefeito Guilherme Menezes.

Indagado sobre o motiva da nova estratégia do PTN na cidade de Vitória da Conquista, o edil demonstrou a sua grande admiração pelo trabalho realizado pelo prefeito nas zonas urbana e rural. ” Tenho observado a preocupação do prefeito Guilherme com o desenvolvimento da cidade, e não posso ficar de fora desse momento, quero contribuir, juntamente com PTN, com o atual governo que vem realizando um excelente trabalho a frente da terceira maior cidade da Bahia. As reformas das escolas municipais, mais de 40 KM de asfaltamento nas ruas da cidade, e outras obras importantes me levam a crer que o momento é de unir as forças para que na Câmara de Vereadores possamos apoiar as iniciativas do governo e defender os interesses da população.”  Afirmou Fernandes.

O vereador Joel disse, ainda,  ao Blog do Wal Cordeiro que antes do partido tomar alguma decisão fez questão de reunir diversas vezes com a comissão provisória e consultar o presidente estadual do PTN, Deputado João Carlos Bacelar que se manifestou a favor da decisão e que vai apoiar no que for possível para que o partido possa crescer ainda mais no município.

O presidente do partido Capitão Lima  está elaborando um documento oficial com as justificativas do PTN para que ao iniciar as sessões na Câmara, Joel Fernandes já esteja integrado a bancada de situação.

Em site do Planalto, Dilma apresenta as 13 diretrizes de seu governo

G1

Presidente eleita promete erradicar a pobreza e fortalecer a democracia. Ela pretende ainda defender o meio ambiente e melhorar a educação.

A presidente eleita, Dilma Rousseff, divulgou neste sábado (1º), no site da Presidência da República, as 13 diretrizes de seu governo. No primeiro ponto, ela prometeu “expandir e fortalecer a democracia política, econômica e socialmente”.

Nos demais pontos, ela promete  implementar um projeto nacional de desenvolvimento, defender o meio ambiente, erradicar a pobreza absoluta e prosseguir reduzindo as desigualdades sociais.

site da Presidência, que chama Dilma de presidenta, traz fotos, biografia e agenda da presidente eleita, além das diretrizes de governo. Veja na tabela abaixo as 13 diretrizes do governo Dilma.

DIRETRIZES DE GOVERNO
1. Expandir e fortalecer a democracia política, econômica e socialmente.
2. Crescer mais, com expansão do emprego e da renda, com equilíbrio macroeconômico, sem vulnerabilidade externa e desigualdades regionais.
3. Dar seguimento a um projeto nacional de desenvolvimento que assegure grande e sustentável transformação produtiva do Brasil.
4. Defender o meio ambiente e garantir um desenvolvimento sustentável. :: LEIA MAIS »

Derrotado na disputa pelo governo de SP, Mercadante será ministro de Ciência e Tecnologia

Vera Rosa e João Domingos / BRASÍLIA – O Estado de S.Paulo

O líder do PT no Senado, Aloízio Mercadante (SP), será o ministro de Ciência e Tecnologia no governo de Dilma Rousseff. A presidente eleita formalizou o convite para Mercadante na sexta-feira, em reunião na Granja do Torto. Candidato derrotado ao Palácio dos Bandeirantes, o senador é autor de um projeto que prevê a instalação de internet banda larga nas escolas públicas rurais e urbanas do País.

O atual ministro de Ciência e Tecnologia, Sérgio Rezende – filiado ao PSB -, é cotado para assumir a presidência da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf). Na partilha dos cargos, o aliado PSB também ficará com o Ministério da Integração Nacional, hoje comandado pelo PMDB. O nome citado para a pasta é o de Fernando Bezerra Coelho, indicado pelo governador de Pernambuco, Eduardo Campos. :: LEIA MAIS »

Partilha ministerial já desagrada a parlamentares do PT e do PMDB

Denise Madueño, Eugênia Lopes e Christiane Samarco / BRASÍLIA – O Estado de S.Paulo

O PT e o PMDB na Câmara estão convencidos de que, por enquanto, só o presidente Luiz Inácio Lula da Silva está satisfeito com a montagem do ministério de Dilma Rousseff. E já ameaçam criar problemas para a presidente eleita. Parlamentares dos dois partidos ficaram irritados com a indicação à revelia das bancadas do petista Paulo Bernardo para as Comunicações e do peemedebista Sérgio Côrtes, na pasta da Saúde.

Ignorados no processo de escolha, petistas e peemedebistas – incluído aí o vice-presidente eleito, deputado Michel Temer (PMDB-SP) – não conseguiram, até agora, emplacar seus indicados e sentem-se desprestigiados. Os mais nervosos advertem que está em jogo a governabilidade no mandato de Dilma, porque serão os deputados que vão votar os interesses do Palácio do Planalto no Congresso.

:: LEIA MAIS »

PT amplia guerra com PMDB para controlar Correios e Banco do Brasil

Vera Rosa / BRASÍLIA – O Estado de S.Paulo

Diante da perspectiva de comandar o Ministério das Comunicações, o PT planeja desalojar o PMDB da direção da Empresa de Correios e Telégrafos (ECT). O pedido será encaminhado pela cúpula do partido à presidente eleita, Dilma Rousseff.

A ideia, no entanto, é passar um verniz de ‘desloteamento’ político nos Correios para apresentar a reivindicação como uma tentativa de profissionalizar a estatal, alvo de uma sucessão de crises nos últimos meses.

A direção do PT aposta que o futuro ministro das Comunicações será Paulo Bernardo, atual titular do Planejamento, e já começou a vasculhar uma das chamadas joias da coroa.

Há apenas quatro meses na presidência dos Correios, David José de Matos foi indicado pelo deputado Tadeu Filipelli (PMDB-DF), vice-governador eleito do Distrito Federal, mas também é amigo de Erenice Guerra, a ministra da Casa Civil que caiu em setembro, no rastro de acusações de tráfico de influência na pasta. :: LEIA MAIS »

Conheça os melhores parlamentares de 2010 eleitos pelo Congresso em Foco

Ricardo Chapola

A noite da próxima segunda-feira, 22, terá um toque especial para 52 parlamentares federais eleitos como os melhores de 2010. Os congressistas são indicados pelos jornalistas que cobrem as atividades da Câmara dos Deputados e do Senado Federal e pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal, parceiro do projeto.

Veja a lista dos melhores parlamentares eleitos:

Senadores

Cristovam Buarque (PDT-DF) (eleito o melhor)

Marina Silva (PV-AC)

Eduardo Suplicy (PT-SP) :: LEIA MAIS »

Lula reage para barrar ‘blocão’ do PMDB e faz advertência aos aliados

João Domingos e Leonencio Nossa, de O Estado de S.Paulo

BRASÍLIA – Foi rápida e forte a reação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva à montagem de um “blocão” na Câmara dos Deputados liderado pelo PMDB, com 202 deputados, do qual participariam também o PR, PP, PSC e PTB. Menos de cinco horas depois do anúncio do bloco, o presidente Lula deu o troco. E arrancou de lá o PR e o PP.

Primeiro, Lula convocou ainda na noite de terça-feira ao Palácio da Alvorada a presidente eleita, Dilma Rousseff, e o ex-ministro Antonio Palocci, para orientá-los a não ceder espaço no futuro governo aos partidos que formaram o bloco. Depois, foi deflagrada uma operação nos partidos médios para desfazer o que havia sido montado pelo PMDB.

“O PR é aliado do governo e da presidente Dilma. Faz parte do governo. Não faremos nada em desacordo com o governo”, declarou a seus comandados o senador Alfredo Nascimento (AM), presidente da legenda e ex-ministro de Lula. Ele disse que qualquer decisão terá de passar pela Executiva e não está nos planos a formação de um bloco. :: LEIA MAIS »

Empreiteiras com obras irregulares do PAC deram R$ 70,5 milhões ao PT

Alfredo Junqueira – O Estado de S.Paulo

Empresas responsáveis por obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) consideradas irregulares pelo Tribunal de Contas da União (TCU) doaram R$ 240,5 milhões para campanhas políticas ao longo do primeiro turno das eleições deste ano. O partido mais beneficiado pelas contribuições dessas empreiteiras foi o PT, cujas campanhas receberam R$ 70,5 milhões. Somente a direção nacional da legenda foi agraciada com R$ 18,7 milhões.

Com base em processos disponíveis no site do TCU, o Estado identificou empresas responsáveis ou integrantes de consórcios de 9 das 18 obras do PAC que apresentaram irregularidades graves e que, portanto, terão de ser paralisadas. Entram nesse grupo a Camargo Corrêa, integrante do consórcio contratado para realizar melhoramentos no Aeroporto de Vitória (ES). Foi a empreiteira que mais doou no primeiro turno: R$ 91,7 milhões.

:: LEIA MAIS »

PT levará inventário de cargos a Dilma para cobrar fatia maior na Esplanada

Vera Rosa/BRASÍLIA – O Estado de S.Paulo

BRASÍLIA – Dilma Rousseff terá o primeiro encontro com a cúpula do PT para tratar de cargos e diretrizes do novo governo seis dias após voltar da viagem a Seul, onde participa da reunião do G-20 ao lado do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A presidente eleita é a convidada de honra da última reunião do ano do Diretório Nacional do PT, no próximo dia 19, que será realizada em um hotel de Brasília e contará com governadores do partido.

O inventário destinado à herdeira de Lula já começou a ser preparado pelas correntes do PT, que hoje comanda 17 dos 37 ministérios. Um dia antes do encontro haverá a reunião da Executiva do partido, para alinhavar as propostas. Oficialmente, Dilma comparecerá ao Diretório Nacional apenas para agradecer os companheiros pelo trabalho na campanha presidencial, a primeira sem Lula na chapa, nos 30 anos da legenda. :: LEIA MAIS »

Dilma participa de carreata e ato público em Conquista nesta terça

Vermelho

Reduto da esquerda na Bahia, a cidade de Vitória da Conquista, administrada desde 1997 por prefeituras do PT, foi uma das surpresas eleitorais no primeiro turno. Terceira maior cidade do estado, Conquista rendeu uma votação a José Serra (PSDB) superior à obtida pela candidata petista, Dilma Rousseff (PT): 41,27% para o tucano, e 39,43% para Dilma.

Não por acaso, a maior e mais importante cidade do Sudoeste baiano, distante 512 km de Salvador, foi escolhida por Dilma Rousseff para intensificar a sua agenda de atividades de rua no estado que lhe rendeu mais de 4 milhões de votos, e onde venceu em 415 dos 417 municípios. A presidenciável desembarca em Vitória da Conquista na próxima terça-feira (26/10) para participar de carreata ao lado do governador reeleito, Jaques Wagner (PT), como parte da meta de ultrapassar a margem de 70% de votação na Bahia.

:: LEIA MAIS »

PT e Gilberto Carvalho viram réus em ação sobre propina em Santo André

Ana Paula Scinocca e Leandro Colon

BRASÍLIA- Uma decisão da Justiça traz de volta um fantasma que acompanha o PT e transforma em réu o partido e o chefe de gabinete do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Gilberto Carvalho. O assessor e o PT viraram réus num processo em que são acusados de participar de uma quadrilha que cobrava propina de empresas de transporte na Prefeitura de Santo André para desviar R$ 5,3 milhões dos cofres públicos. O esquema seria o precursor do mensalão petista no governo federal.

Na segunda-feira, a Justiça tomou uma decisão que abre de vez o processo contra os envolvidos. A juíza Ana Lúcia Xavier Goldman negou recursos protelatórios e confirmou despacho em que aceita denúncia contra Carvalho, o próprio partido, outras cinco pessoas e uma empresa. A juíza entendeu, no primeiro despacho, em 23 de julho deste ano, que há elementos suficientes para processá-los por terem, segundo a denúncia, montado um esquema de corrupção para abastecer o PT. “Há indícios bastantes que autorizam a apuração da verdade dos fatos por meio da ação de improbidade administrativa”, disse. :: LEIA MAIS »

PT prepara ofensiva judicial contra PSDB e Paulo Preto

Andrea Jubé Vianna – Agência Estado

O líder do PT na Câmara, Fernando Ferro (PE), e o líder do governo, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), preparam uma ofensiva judicial contra o PSDB e o ex-diretor da Desenvolvimento Rodoviário S/A (Dersa), empresa do governo paulista, Paulo Vieira de Souza, conhecido como Paulo Preto.

Ferro e Vaccarezza devem ingressar ainda hoje com uma representação no Ministério Público Federal (MPF) e Ministério Público Eleitoral (MPE) em que pedem a abertura de investigação contra o ex-assessor do candidato do PSDB à Presidência, José Serra. Paulo Preto respondia por grandes obras de infraestrutura do governo de São Paulo, como o Rodoanel. Ele foi acusado de desviar R$ 4 milhões em doações para um suposto caixa dois da campanha de Serra, segundo reportagem da revista IstoÉ.

Em entrevista ontem ao programa Roda Viva, da TV Cultura, o senador eleito por São Paulo Aloysio Nunes Ferreira (PSDB) rechaçou as acusações, mas confirmou que é amigo pessoal de Paulo Preto. Ele também admitiu que recebeu R$ 300 mil de empréstimo do ex-diretor da Dersa, mas declarou que já o quitou. :: LEIA MAIS »

Repórter pergunta se Dilma é ‘homossexual’

Ela lamentou os falsos boatos de que teria um relacionamento de 15 anos com uma ex-empregada

Em viagem a Teresina, no Piauí, a presidenciável Dilma Rousseff (PT) decidiu conceder entrevista coletiva à imprensa local quando visitava um centro de reabilitação de deficientes. Quando falava sobre o compromisso que assumira com pastores evangélicos em relação ao aborto e à união entre pessoas do mesmo sexo, foi surpreendida por uma pergunta inusitada. Um repórter local quis saber se ela é homossexual. “Meu querido, eu não vou responder a isso. Não vou responder. Tenho uma filha e sou avó, pelo amor de Deus. Não vou discutir nesse nível. Me desculpa, mas esse tipo de discussão, eu não vou ter aqui”, condenou. Ela lamentou os falsos boatos de que teria um relacionamento de 15 anos com uma ex-empregada. “Isso não contribui em nada para o desenvolvimento do país”, lamenta. Informações do blog de Josias de Souza. Do Bahia Noticias

Padre José Augusto pede aos fiéis para não votarem no PT no segundo turno

Canção Nova TV

No primeiro debate do segundo turno, Dilma e Serra fazem duelo aberto

Rodrigo Alvares e Jair Stangler/Estadão

 debate_ernesto_rodrigues_ae_10102010.jpg
Dilma surpreendeu no debate e partiu para o ataque, colocando a questão do aborto logo no primeiro bloco

No primeiro debate direto do segundo turno, promovido pela TV Bandeirantes, os candidatos Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB) partiram para o confronto aberto. Antes do debate, esperava-se que os candidatos adotassem uma postura “paz e amor”. Mas a candidata petista sepultou essa possibilidade já no primeiro bloco, partindo para o ataque e abordando de imediato o tema que vem sendo apontado como responsável por a campanha ter ido ao segundo turno, a polêmica sobre o aborto.

Em suas primeiras falas, Dilma afirmou que foi Serra quem regulamentou a prática do aborto em casos específicos quando era ministro da Saúde. Disse ainda que concorda com a regulamentação, porque “não pode deixar de atender a mulher” que aborta. E reclamou também de declarações da mulher de José Serra, Monica Serra, que declarou ainda no primeiro turno, que Dilma era a favor de “matar criancinhas”. Serra rebateu dizendo nunca ter defendido a legalização do aborto. “Você defendeu e de repente passa e dizer outra coisa”, acusou.

A petista ainda acusou o tucano de realizar sua campanha fazendo calúnias contra Dilma. “Essa forma de fazer campanha, que usa o submundo, é correta?” Serra respondeu que se solidariza com quem recebe ataques pessoais. “Eu tenho recebido muitos ataques por toda a campanha, como nos blogs que levam o seu nome. Nós somos responsáveis por aquilo que pensamos. A população quer saber o que a pessoa fez na vida pública. Vocês confundem matérias de jornais com ataques”, declarou, citando o escândalo da Casa Civil e a polêmica sobre o aborto. :: LEIA MAIS »

PT pede direito de resposta contra emissora católica Canção Nova por vídeo de padre contra o partido

Veja

Apesar da polêmica em torno de temas religiosos logo no início deste segundo turno, a coligação de Dilma Rousseff (PT) não se intimidou. Pediu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) direito de reposta contra a emissora católica TV Canção Nova. Segundo os advogados da campanha, um padre pediu aos fieis que não votem na candidata petista em um programa exibido ao vivo nesta terça-feira.

“Dentre outras afirmações falsas e ofensivas, de cunho difamatório e calunioso, o referido padre afirma que o PT é a favor da interrupção de gestações indesejadas”, diz a representação. A defesa argumenta ainda que o religioso afirmou que poderia ser preso ou morto por causa de suas declarações, sugerindo que tais práticas seriam cometidas por petistas.

Na ação o PT listou as acusações do padre contra a legenda e sua candidata: o partido defende a prática de aborto; a candidata e o PT pretendem aprovar leis que cerceiem as liberdades de imprensa e religiosa; ambos pretendem aprovar a celebração de casamento entre homossexuais; eles têm a intenção de transformar a nação brasileira em nação comunista com terrorista. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia