WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


novembro 2020
D S T Q Q S S
« out    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  


:: ‘projeto’

Destaques de petistas desfiguram PEC 300

Quatro destaques apresentados por deputados petistas à PEC 300/08 são letais ao texto-base da proposta, aprovado na terça-feira passada, que cria o piso salarial provisório a policiais e bombeiros militares de R$ 3,5 mil e R$ 7 mil (praças e oficiais, respectivamente).

Um deles pede a exclusão do valor do piso da categoria. Outro quer acabar com a obrigatoriedade de os reajustes serem aplicados, no máximo, após 180 dias da promulgação da emenda constitucional.

Os outros dois questionam o complemento financeiro a ser dado pelo governo federal nos reajustes dos policiais e bombeiros. Sem esses recursos federais, diversos estados teriam dificuldade em adotar o aumento salarial da categoria contido na PEC.

A análise desses destaques em plenário é condição para que a Câmara conclua a votação da matéria em primeiro turno. Após essa fase, a matéria terá de passar por outro turno de votação para, a partir de então, seguir ao Senado. Se quiserem manter o texto-base, deputados favoráveis à PEC terão de reunir, no mínimo, 308 votos favoráveis em cada um dos quatro destaques. :: LEIA MAIS »

Democratas querem aprovar a PEC 300 na Câmara Federal

Assessoria

O deputado ACM Neto disse hoje (22) que o seu partido, o Democratas, vai lutar na Câmara Federal para que a PEC 300 seja aprovada o mais rápido possível. A proposta de emenda à Constituição estabelece como piso salarial dos policiais e bombeiros os vencimentos pagos no Distrito Federal. Atualmente, um soldado no DF ganha como piso pouco mais de R$ 4 mil.

“Somos a favor e vamos lutar pela aprovação. Tanto que o Democratas já apresentou um requerimento de urgência para que a PEC seja votada logo. Achamos que os policiais precisam ser bem remunerados para cumprirem com seu papel. E isso não significa apenas bons salários, mas também munição e colete. Aqui na Bahia, o que temos visto é policiais comprando sua própria munição e sem as menores condições de trabalho”, disse Neto, em entrevista à Rádio Vale de Barreiras. :: LEIA MAIS »

Paticipe do projeto POR UM NOVO HAITI!

Diante da devastação da capital haitiana Porto Príncipe, causada pelo tremor de 7 graus na escala Richter que atingiu o país na última terça-feira, mais do que nunca se faz necessário o comprometimento dos crentes brasileiros com o Projeto Por um Novo Haiti.
Ações humanitárias emergenciais já estão sendo enviadas ao país por diversas nações e órgãos internacionais como a ONU. Mas as notícias que vêm do Haiti deixam clara que a necessidade para sua reconstrução será a longo prazo. Portanto, as doações aos nossos missionários e obreiros da terra precisam ser constantes. Esta é a forma com a qual o povo de Deus, sensibilizado com a atual situação dos haitianos, pode colaborar com a reestruturação da obra missionária naquele país.
Devido à falta de comunicação com o Haiti, ainda não sabemos até que ponto o templo e a casa do pastor e dos obreiros foram afetados. As necessidades do Projeto Por um Novo Haiti, que já eram muitas (ampliação do número de missionários, transporte para os obreiros, preparação de líderes, estudo e merenda para as crianças e construção de um centro de saúde), cresceram consideravelmente. Por isso, o projeto necessita, além da fidelidade de seus atuais adotantes, do comprometimento de mais pessoas dispostas a investir na reconstrução da obra de Deus nesse que já era considerado o país mais pobre das Américas. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia