WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  


:: ‘prejuízo’

Bovespa despenca em queda de 8,08%, abaixo dos 49 mil pontos

G1

É o menor patamar de fechamento desde 30 de abril de 2009. Ibovespa registra maior queda diária desde 22 de outubro de 2008.

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou em forte queda nesta segunda-feira (8), primeiro dia de negociações após o rebaixamento da nota de crédito dos Estados Unidos na sexta-feira (5) pela agência Standard and Poor’s.

Queda de 5,5% em Dow Jones já é considerado um ‘desastre’, apenas no primeiro dia útil após o rebaixamento da classificação dos EUA

O Ibovespa acompanhou o movimento internacional e fechou com queda de 8,08%, aos 48.668 pontos. Por volta das 15h20, o Ibovespa chegou a cair 9,74%, ficando muito próximo de ter suas operações suspensas pelo mecanismo intitulado ‘circuit breaker’ – regra que interrompe a negociação das ações por meia hora quando o índice atinge 10%.

A bolsa brasileira registrou nesta segunda o menor patamar de fechamento desde 30 de abril de 2009 (47.289) e a maior queda diária desde 22 de outubro de 2008, auge da crise financeira desencadeada pela quebra do banco Lehman Brothers, quando o Ibovespa caiu 10,18%, e acionou o ‘circuit breaker’ pela última vez. :: LEIA MAIS »

Em Salvador, ladrões agora quebram vidros dos veículos para levar objetos, mesmo na presença do motorista

A TARDE

Bairro da Pituba registra o maior número de ocorrências deste tipo.

No lugar em que estava a bolsa levada pelo marginal ficou apenas o vidro esfarelado

Dois carros foram assaltados na noite de terça-feira, 27, enquanto estavam parados no semáforo da Rua Rio Grande do Sul, na Pituba, por três ladrões que quebraram os vidros do carona e puxaram as bolsas das senhoras que dirigiam os veículos. O motorista de um terceiro carro e outro homem que viu a cena perseguiram os bandidos, que conseguiram fugir, deixando para trás uma das bolsas.

“Só ouvi o estouro e minha bolsa saindo pela janela”, lembra uma das vítimas, proprietária de um Ford Ka, que pediu para não ser identificada. A outra senhora, que também foi roubada e dirigia um Fiesta, conta que a ação ocorreu de forma muito rápida. “Foi menos de cinco segundos”, diz. A queixa foi registrada na terça na delegacia da Pituba (16ª DT).

 

Oi não poderá cobrar pelos dias em que o serviço estiver inoperante, alerta o Procon da Bahia

A Tarde
Pane afeta serviços bancários e transações eletrônicas no comércio, que já ameaça entra na Justiça contra a Oi

A partir do meio-dia desta quinta-feira, 23, a empresa de telefonia Oi distribuirá aparelhos de celular com chip e modens 3G para os clientes impedidos de utilizar a telefonia fixa e o acesso à internet, no Centro de Convenções do Hotel Fiesta, por conta do incêndio no prédio da empresa no Itaigara. De acordo com a empresa, ainda existem 29 mil clientes da telefonia fixa e 17 mil de internet sem acesso aos serviços por conta do problema.

Nesta quarta, 22, a situação começou a se normalizar, mas os efeitos da pane nas comunicações ainda eram percebidos. Serviços públicos, como de intermediação de mão-de-obra, funcionaram precariamente, por exemplo. E isso sem contar os centros comerciais que aproveitaram para divulgar que as compras de fim de ano poderiam ser feitas normalmente.

Ainda nesta quarta, o Procon-BA informou em nota à imprensa que está cobrando da Oi um posicionamento a respeito das faturas do mês de dezembro. De acordo com a superintendente do órgão, Cristiana Santos, a informação é um direito garantido pelo Código de Defesa do Consumidor, razão pela qual a empresa tem o dever de ir a público, por todos os meios de comunicação disponíveis, para prestar esclarecimentos.

A superintendente destacou, ainda, que a empresa não poderá cobrar pelos serviços não prestados durante o período de indisponibilidade, o que poderia ser caracterizado como enriquecimento sem causa.

Solução emergencial – “Essa é uma solução para a emergência”, avisou, nesta quarta, o diretor de relações institucionais da Oi, Carlos Ademar de Aragão, durante encontro com a imprensa, na sede da empresa, na Avenida Silveira Martins (Cabula). Além dessas primeiras medidas, ele divulgou outras, de natureza intermediária, e a definitiva, que passa pela instalação de novas centrais telefônicas.

A empresa deslocou um contingente de 100 técnicos para avaliar  a extensão dos danos. Estimativas extraoficiais apontam prejuízo de, no mínimo, R$ 300 milhões. :: LEIA MAIS »

Procon da Bahia solicita que Oi preste esclarecimentos ao consumidor

A Tarde

Lojistas e clientes foram prejudicados com o sistema fora do ar

A operadora OI deverá prestar esclarecimentos aos consumidores lesados com a interrupção dos serviços de telecomunicações, nesta terça-feira, 21, quando o prédio da operadora no bairro do Itaigara foi consumido por um incêndio. A determinação foi feita pelo Procon-Ba, através de contato estabelecido com a operadora, e prevê informações sobre prazos para restabelecimento dos serviços e posicionamento adotado em relação ao pagamento das faturas do mês de dezembro.

De acordo a superintendente do Procon-BA, Cristiana Santos, a informação é um direito garantido pelo Código de Defesa do Consumidor, razão pela qual a empresa tem o dever de ir à público, por todos os meios de comunicação disponíveis, para prestar esclarecimentos à população. A superintendente destacou ainda que a empresa não poderá cobrar pelos serviços não prestados durante o período de indisponibilidade, o que poderia ser caracterizado como enriquecimento sem causa.

:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia