WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  


:: ‘policia’

Polícia descarta execução na morte do delegado em Camaçari

Alana Fraga | A TARDE e Carolina Mendonça | A TARDE On Line*

Elói Corrêa | Agência A Tarde 25.07.2008

Delegado Clayton Leão foi morto em uma suposta tentativa de assalto

Delegado Clayton Leão foi morto em uma suposta tentativa de assalto

A polícia considera concluído o caso da morte do delegado Clayton Leão e descarta a hipótese de atentado. As informações foram passadas durante entrevista coletiva concedida à imprensa na manhã desta quinta-feira, 27, pelo delegado-chefe da Polícia Civil, Joselito Bispo, e o secretário de segurança pública, César Nunes.

No entanto, familiares do policial – morto em Camaçari, na manhã desta quarta-feira, 26 – põem em dúvida a versão da polícia. “Meu primeiro sentimento é que foi execução”, disse o tio de Clayton, João Chaves, durante o enterro do sobrinho, ressaltando que a única testemunha do crime, a mulher do delegado, ainda não depôs.

Joselito Bispo e César Nunes disseram que ouviram a mulher do delegado informalmente e que ela teria reforçado a versão de tentativa de assalto seguida de morte. A polícia disse que os três criminosos pretendiam roubar o carro do delegado e chegaram gritando “bora, bora, bora”.

De acordo com a versão da polícia, o delegado reagiu falando “peraí, peraí, peraí” e teria esboçado intenção de pegar a arma. Os criminosos alegaram que viram a arma e atiraram assustados, de acordo com a polícia.
:: LEIA MAIS »

Índio de Porto Seguro tenta roubar Policial em Itabuna

O Índio Alex de Oliveira Santos de 23 anos, membro da tribo Pataxós da cidade de Porto Seguro, foi preso na tarde desta terça-feira (25), após tentar roubar um policial militar em Itabuna.
 
O delito aconteceu na Av. Inácio Tosta Filho, o PM que é de Ilhéus consertava sua impressora, quando teve o celular furtado por Alex. Ao sentir falta do aparelho, ele foi em busca do acusado.
 
O Índio que é vendedor de Sândalo (uma espécie de incenso natural) foi encontrado e preso. 
 
Na delegacia, o mesmo disse que não é criminoso, que só roubou essa vez “eu vi o celular lá de bobeira no banco do carro e peguei, mas não sou ladrão, porque essa foi a primeira vez, que horas vão me soltar?”. Do radar Noticias

Polícia apresenta às 11h os assassinos do delegado Clayton Leão

Nesta quinta-feira (27), às 11 horas, a Polícia Civil vai apresentar para a imprensa, na Secretaria Estadual da Segurança Pública, no Centro Administrativo da Bahia, os dois assassinos confessos do delegado Clayton Leão, da 18ª Delegacia de Camaçari, assassinado quarta-feira (26), na Estrada da Cascalheira. Os assassinos foram presos em flagrante no mesmo dia do crime, à noite.

Conquista: Comerciante é assaltado sob ameaça de morte

Tudo que tinha no cofre foi levado pel assaltante

image

O comerciante Lenilson Brasil dos Santos chegou a pensar que se tratava de uma brincadeira, mas ao perceber que um revolver foi colocado na sua cabeça não teve duvidas que fosse mesmo um assalto.

O comerciante nos relatou que estava sozinho em seu estabelecimento comercial que fica na Rua Fernando Matos no centro da cidade, quando um homem chegou numa moto acompanhado de um comparsa e usando capacete anunciando o assalto.
:: LEIA MAIS »

Polícia prende dois suspeitos de matar delegado na Bahia

A polícia prendeu na noite desta quarta-feira (26) dois homens suspeitos de matar um delegado da cidade Camaçari, na Bahia, enquanto ele dava uma entrevista ao vivo para uma rádio.

Horas depois do crime, a polícia encontrou um táxi queimado numa estrada de terra, na zona rural de Camaçari, região metropolitana de Salvador, que pode ter sido usado pelos bandidos. Policiais civis, militares e federais fizeram buscas durante todo o dia para capturar os assassinos de Clayton Leão.

O delegado, de 35 anos, parou o carro em uma estrada para dar entrevista a uma rádio da cidade. Foi quando um veículo, com pelo menos dois homens, se aproximou. Um deles desceu e disparou duas vezes contra o policial que conversava, ao vivo, com os locutores. :: LEIA MAIS »

Presos dois suspeitos da morte de delegado em Camaçari

Marcelo Brandão l A TARDE

Reprodução TV Globo/Claudionor Junior

Edson dos Santos (E) admitiu que atirou no delegado e Reinaldo Valência dirigiu o veículo

Edson dos Santos (E) admitiu que atirou no delegado e Reinaldo Valência dirigiu o veículo

Policiais civis prenderam dois assaltantes que assassinaram o delegado Clayton Leão Chagas, 35 anos, na quarta-feira, 26, à noite, escondidos numa casa do bairro Gleba E, em Camaçari, Região Metropolitana de Salvador. Os bandidos Reinaldo Valência de Lima, 25, e Edson dos Santos Cortes, 30, confessaram ter matado Clayton porque ele reagiu a uma tentativa de roubo. O terceiro ladrão que participou do crime continua foragido, mas está identificado.

Os dois suspeitos presos contaram em depoimento, na quarta, à noite, na sede da Coordenadoria de Operações Especiais (COE), que quando abordaram Clayton não sabiam  que ele era delegado.

Os assaltantes admitiram que pretendiam roubar o carro e os pertences. Edson confessou que efetuou os disparos e Reinaldo revelou que dirigiu o táxi usado no crime. A dupla admitiu ter roubado dois outros carros antes de atacar o delegado. Os dois homens foram autuados em flagrante. :: LEIA MAIS »

Polícia investiga se menina de 11 anos grávida de gêmeos sofreu abuso do padrasto em MG

da Folha

Uma menina de 11 anos, grávida de gêmeos há sete meses e traumatizada, pode ter sido engravidada pelo padrasto, que está desaparecido. A menina está sendo acompanhada pelo Conselho Tutelar de Santa Luzia, cidade da região metropolitana de Belo Horizonte, há dois meses.

Apesar da gravidez e do desaparecimento do padrasto, a família não fez ocorrência policial nem sequer havia feito exames na criança. Foi uma denúncia anônima de abuso sexual que levou o Conselho Tutelar entrar no caso e agir.

Após a confirmação da gravidez, o Ministério Público foi acionado e a guarda da criança foi dada a um tio da menina, porque a conselheira tutelar Aurete Alcântara Ribeiro considerou que houve negligência por parte da mãe da criança. :: LEIA MAIS »

Caminhoneiro é preso acusado de exploração sexual contra menor

Menor disse que ele tinha acertado um programa com ela por R$20

image

Um caminhoneiro foi preso na noite de terça-feira (25), em Ribeira do Pombal. Ele é acusado de cometer o crime de exploração sexual contra uma menor de 17 anos. Os dois foram surpreendidos durante uma ronda noturna dos policiais, no km 173 da BR 110.

Os dois estavam totalmente despidos, no interior do caminhão Scania/ G420 A 4 X 2, de placa IPR 4683/ SC. De acordo com o depoimento da menor, Rodrigo Montemezzo, 29 anos, acertou com ela a quantia de R$ 20 pelo programa. Correio da Bahia

Eunápolis: Suspeito de ter matado e estuprado menina confessa o crime

CORREIO

O principal suspeito de ter matado e estuprado uma menina de 9 anos em Eunápolis, no sul do estado, confessou nesta terça-feira (25) a autoria do crime. Erasmo dos Santos Gonçalves, 31 anos, estava preso desde domingo, mas negava qualquer envolvimento com o sumiço, e depois morte, da criança.

A menina Ana Manoela Marques Santos, 9 anos, estava desaparecida desde sábado. Testemunhas disseram à polícia que ela havia sido sequestrada por um  homem em uma bicicleta branca. Pouco depois, a polícia localizou Erasmo, que estava em liberdade condicional de uma pena por estupro, e o prendeu. O corpo de Ana Manoela foi encontrado nesta segunda. Ana Manoela foi morta com pedradas na cabeça.

Na manhã de hoje, o suspeito foi levado pela polícia para um matagal no bairro Urbis II, onde foi encontrado, despido e com marcas de violência sexual, o corpo da menina, para uma reconstituição do crime. Segundo a polícia, Erasmo confessou ter matado a criança espontaneamente e passou a dar vários detalhes sobre a ordem dos acontecimentos. :: LEIA MAIS »

Mulher é presa com 13kg de crack e uma submetralhadora em Eunápolis

Samanta Uchôa/ Tribuna da Bahia

 A Polícia Civil da Bahia prendeu na noite deste domingo (23), uma traficante com 13kg de crack, uma submetralhadora 9 mm, com silenciador, de uso restrito das forças armadas, e duas caixas de munições do mesmo calibre. Andréia Francisca de Oliveira, 34 anos, foi presa quando desembarcava no centro de Eunápolis, a 671 quilômetros de Salvador.
Andréia saiu de São Paulo, estado que é naturalizada, no sábado (22), com a droga e a arma na bagagem. Uma denúncia anônima ajudou a polícia na prisão da traficante. Em depoimento, ela disse que receberia mil reais para fazer o transporte. Ela já responde a ação penal e inquérito policial por tráfico de drogas.
:: LEIA MAIS »

Bombou na internet: Assista

Um ladrão ganhou fama na internet depois de aparecer em um vídeo fugindo de tiros e safanões da polícia, na Ilha de Marajó, no Pará. Foi tão difícil capturar o homem – desarmado e perigoso – que a cena ganhou tons de comédia pastelão, apesar de violenta. Foi vista 550 mil vezes.

Polícia prende falso pastor após tentativa de estupro na Capital

Razões do mal: a confissão da bruxa

da Revista Veja

A procuradora Vera Lúcia, acusada de torturar a menina que pretendia adotar, tenta justificar sua crueldade culpando a criança. Uma testemunha afirma que ela também batia na mãe. Como uma bruxa má, não demonstra nenhum arrependimento e sua lógica é a da desrazão

 Os contos de fadas, cujos heróis enfrentam bruxas malvadas e lobos maus, inevitavelmente acabam bem. São uma forma de as crianças encararem e exorcizarem seus medos e angústias, dizem os psicanalistas. Mas, só no Brasil, há milhares de meninos e meninas que descobrem, desde muito cedo, que bruxas malvadas e lobos maus podem existir de verdade – e, pior, habitar a casa onde eles moram. A procuradora aposentada Vera Lúcia de Sant’Anna Gomes, de 66 anos, é uma dessas bruxas malvadas de carne e osso. Presa de número 323?010 do Complexo Penitenciário de Bangu, no Rio de Janeiro, ela se entregou à polícia depois de passar oito dias foragida, acusada de torturar com frieza e fúria uma menina de 2 anos que estava sob sua guarda. Na semana passada, Vera Lúcia falou a VEJA.

 

A PROCURADORA VERA LÚCIA admitiu ter chamado T.E. de “cachorra”: “Ela estava se recusando a comer e ainda por cima sujava a roupa toda de leite. Perdi a paciência”

Estava vestida com o uniforme das presidiárias – blusa branca de malha, calça azul e chinelos de dedo -, tinha o cabelo pintado de loiro em desalinho e as unhas cor de vinho. Com os olhos fixos e a voz exaltada, ela negou a série de maus-tratos de que é acusada de infligir a T.E., a menina que estava prestes a adotar – mas assumiu sem nenhum fio de remorso a humilhação a que submeteu a criança. “Chamei a garota de cachorra mesmo”, afirmou. E acrescentou: “Mas chamar alguém de cachorro não é ofensa. Os cães são mais amigos e leais do que muito ser humano por aí”. Durante os 29 dias em que a pequena T.E. ficou sob os seus cuidados provisórios (os papéis para formalizar a adoção estavam correndo na Justiça), a procuradora a manteve trancafiada em um quarto. T.E., afirmam testemunhas, era alvo de xingamentos constantes e recebeu tantas surras que mal conseguia abrir os olhos, de tão inchados. Foi nesse estado que representantes do conselho tutelar a encontraram quando foram à casa de Vera Lúcia, movidos por uma denúncia anônima. T.E. passou três dias no hospital para tratar dos ferimentos. Hoje, de volta ao abrigo de menores onde vivia, ela pouco come e quase não fala. Quando um estranho chega perto, assusta-se e foge.

:: LEIA MAIS »

Conquista: Polícia Civil e Militar estouram boca de fumo no Alto Maron e prende traficante

Foi apreendida pela polícia uma grande quantidade de maconha na residência

image

Numa operação conjunta das Polícias Civil e Militar, sob a coordenação do delegado Neuberto Costa e do Capitão PM Joeudo Pinheiro, realizada no último domingo, foi estourada uma boca de fumo, pertencente ao traficante Agnaldo Silva (foto), de 38 anos, localizada numa casa na Rua São Joaquim, Alto Maron, em Conquista.
Durante a operação policial, que resultou na prisão em flagrante de Agnaldo, por tráfico de drogas, foram conduzidos ainda dois usuários de drogas que tinham acabado de comprar maconha no local, e duas usuárias que faziam uso da droga na casa, sendo uma menor de idade.
Foi apreendida pela polícia uma grande quantidade de maconha na residência que estava sendo comercializada pelo traficante, o qual se encontra preso no DISEP à disposição da Justiça.

:: LEIA MAIS »

Menina desaparecida é encontrada morta em matagal de Vitória da Conquista

da Tv Sudoeste/ Blog do Anderson

O corpo de uma garota de 5 anos que estava desaparecida desde o último sábado (15) foi encontrado no início da tarde desta sexta (5) em um matagal no bairro Panorama, em Vitória da Conquista, no sudoeste do estado.

Um homem que passava pelo local encontrou o corpo dentro do mato. A mãe e o pai da criança estiveram no matagal e, de início, não reconheceram o corpo. Segundo a TV Sudoeste, integrantes do Departamento de Polícia Técnica e do Corpo de Bombeiros trabalharam no local.

No momento em que o corpo foi desenterrado, os parentes reconheceram a menina. Marcelle Yasmin Cardoso desapareceu quando estava sozinha em casa com o irmão de 4 anos. A mãe da garota contou que precisou sair por 40 minutos, e quando retornou, Marcelle já havia desaparecido. O muro da casa e parte do telhado estavam destruídos.

O principal suspeito de ter sequestrado Marcelle é um tio do padrasto dela, que tem relação de proximidade com a menina. Ele chegou a ser ouvido na delegacia, mas foi liberado por falta de provas. Pessoas que acompanharam o resgate do corpo destruíram a casa do suspeito, que fica a cerca de 200 metros do local.

Polícia de Vitória da Conquista descobre carga roubada em beneficiadora de café

da ASCOM | 1º CP-VC | Blog do Marcelo

A 1ª CP de Vitória da Conquista – BA, comandada pelo Delegado Fabiano Aurich, descobriu na tarde de hoje (20) em uma beneficiadora de café, um depósito que servia para esconder cargas roubadas na região e em outros municípios tanto da Bahia como de outros estados da federação. A 1ª CP através de denúncia tomou conhecimento de que em uma beneficiadora de café, próximo ao Country Clube Primavera, que fica localizada na marginal da rodovia sentido Barra do Choça um depósito clandestino de materiais de origem duvidosa.

O a equipe da 1ª CP foi até o local saber da veracidade da informação. Ao chegarem ao local encontrou um depósito repleto de materiais diversos, dentre os quais foi encontrado carrinho de bebê, escadas de alumínio, rolos de fio de alta voltagem, chapas de ferro, materiais elétricos, adubos e outros para diversas finalidades.

No momento da apreensão encontrava-se no local somente dois funcionários da beneficiadora trabalhando no beneficiamento de café.

Os empregados disseram que constantemente chega caminhões descarregando vários tipos de material e que depois, são levados em veículos menores para destino ignorado. Os mesmos achavam que fazia parte do comércio do proprietário, por isso não desconfiaram de que seria produto de roubo. :: LEIA MAIS »

Vice-miss Curitiba admite na polícia envolvimento com tráfico de drogas

do G1/ Blog do Marcelo

Suzimara Steff disse à polícia que ajudava maior traficante do PR. PF prende modelo, o namorado e mais nove pessoas.

A segunda colocada no concurso de Miss Curitiba 2010 disse, nesta quarta-feira (19), à polícia que namorava e ajudava o maior traficante de drogas do Paraná, preso com ela na terça (18), durante operação da PF. A modelo confirmou em depoimento que a relação com o rapaz foi mais do que um romance.

Imagens feitas por uma câmera de segurança do aeroporto de Curitiba mostram Suzimara Steff abraçando o namorado, Eder de Souza Conde. A polícia acredita que ele voltava de Mato Grosso do Sul onde foi encomendar cocaína. A suspeita é que ele vendia 400 kg da droga por ano. “A primeira parte do carregamento que nós apreendemos, quem levou ele para receber estas drogas foi ela”, diz o delegado Wagner Mesquita.

Eder gostava de ostentar riqueza. O patrimônio dele inclui uma coleção de carros, alguns de luxo e outros importados. Ele também costumava impressionar. No carro que mais usava, mandou colar o adesivo da PF para se apresentar como policial federal.

Os imóveis registrados em nomes de parentes e avaliados em R$ 10 milhões foram bloqueados pela Justiça. O dinheiro conseguido com o tráfico era lavado em uma revenda de carros. Outras nove pessoas foram presas e mais de 40 automóveis apreendidos. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia