WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  


:: ‘policia federal’

Prisão de envolvidos em esquema no Ministério do Turismo só foi possível pela robustez das provas, diz PF

FOLHA

Prisão preventiva foi decretada com objetivo de preservar integridade das provas.

O diretor-executivo da Polícia Federal, Paulo de Tarso Teixeira, disse que 33 pessoas foram presas e R$ 610 mil foram apreendidos na Operação Voucher, deflagrada nesta terça-feira e que investiga desvios de dinheiro no Ministério do Turismo.

Ex-deputado baiano Colbert Martins, centro, e outros presos, sob suspeita de envolvimento em irregularidades no Ministério do Turimos, chegam algemados em Brasília

Segundo o delegado, o secretário-executivo da pasta, Frederico Costa, o ex-secretário-executivo, Mário Moysés, e o secretário nacional de Programas e Desenvolvimento do Turismo, Colbert Martins da Silva Filho, foram presos preventivamente, ou seja, para evitar a eliminação de provas e com prazo maior de detenção.

“Para que a Justiça decrete a prisão preventiva, as provas têm que ser mais robustas do que as prisões temporária”, disse o delegado. Por determinação da Justiça Federal, todos que foram presos preventivamente serão encaminhados a Macapá, onde a investigação está centralizada. :: LEIA MAIS »

Operação prende 7 prefeitos na Bahia por fraude em licitações

CORREIO

Os prefeitos dos municípios de Santa Terezinha, Itatim, Aratuípe, Lençóis, Cafarnaum, Utinga e Elísio Medrado foram presos durante uma operação da Polícia Federal na Bahia, nesta quarta-feira (10). Além deles, outras 39 pessoas foram presas até o momento acusadas de envolvimento com desvio de verbas públicas repassadas aos municípios.

A operação batizada de “Carcará”, realizada em conjunta com a Controladoria-Geral da União e o Ministério Público Federal, visa cumprir 82 mandados de busca e apreensão, 45 mandados de prisão temporária e um mandado de prisão preventiva expedidos pela Segunda Seção do TRF da 1ª Região.

A PF informou que foram encontradas irregularidades em 20 municípios da Bahia. Um montante de R$ 60 milhões foi desviado de verbas públicas da União, repassadas aos Municípios por meio de Convênios, Fundos ou Planos Nacionais, destinadas à aquisição de medicamentos, merenda escolar e execução de obras públicas através da manipulação de concorrências.


Marcos Airton Alves Araújo, prefeito de Lençois, e Everaldo Caldas, prefeito de Elísio Medrado

Notas fiscais frias
A investigação sobre o caso teve início a partir de denúncia sobre possíveis crimes relacionados a procedimentos licitatórios envolvendo a empresa Sustare Distribuidora de Alimentos LTDA, localizada em Itatim/BA, e outras pertencentes e/ou vinculadas ao grupo comandado por Edison dos Santos Cruz.

A empresa teria como atividade o fornecimento de merenda escolar. No entanto, as investigações constataram que contando com o auxílio de outros empresários, foram diversificados os ramos para o fornecimento de medicamentos e obras públicas.

Foi revelada nos bastidores da atuação de grupo empresarial a “divisão de mercados” a partir de licitações “montadas”, utilização de notas fiscais frias ou mesmo pelo superfaturamento dos preços praticados pelas empresas investigadas. Em alguns casos constatou-se que sequer ocorria a entrega do produto contratado.

Prefeitos presos
Itatim – Raimunda da Silva Santos
Lençóis – Marcos Araújo
Aratuípe – Antonio Miranda Junior
Elísio Medrado – Everaldo Caldas
Carfanaum- Ivanilton Novaes
Utinga – Joilson Santos
Santa Terezinha – Agnaldo Andrade

Índios tupinambás mantêm ocupação da fazenda em Ilhéus

Correio

Eles pedem agilidade no processo de demarcação da terra da região.

 

Polícia Federal negocia desocupação das terras com os indígenas

Cerca de 50 índios da tribo tupinambá ocupam desde a manhã de segunda-feira (12) a Fazenda São José, em Ilhéus. O local, que fica na zona rural do município do sul do estado, próximo ao Rio Itararé, tem cerca de 90 hectares e está em área indígena. Os índios pedem agilidade no processo de demarcação de terra da região.

Segundo a TV Santa Cruz, o líder da tribo negou que eles estivessem armados e fazendo os proprietários da fazenda como reféns. O proprietário da fazenda, Juvenal Correia Oliveira, disse que a ocupação foi pacífica, mas que sua família deixará o local. Segundo ele, todos os cômodos da casa da sede foram ocupados pelos índios.

:: LEIA MAIS »

Presos, governador do Amapá e mais 17 serão transferidos para Brasília

G1

Pedro Paulo Dias foi preso nesta sexta durante a Operação Mãos Limpas. Ele será levado para a carceragem da Superintendência da PF em Brasília.

 

O ex-governador do Amapá Waldez Góes (PDT) e seu sucessor, Pedro Paulo Dias (PP), presos em operação da PF

 O governador do Amapá, Pedro Paulo Dias (PP), preso durante a Operação Mãos Limpas, será transferido nesta sexta-feira (10) para Brasília, juntamente com outros 17 acusados de participação em uma organização criminosa que teria desviado recursos públicos do Amapá e da União, segundo informou a Polícia Federal. De acordo com a PF, todos os 18 mandados de prisão temporária foram cumpridos.

 Pedro Paulo, que está preso no quartel do Exército, em Macapá, será levado para a carceragem da Superintendência da Polícia Federal, em Brasília.

  :: LEIA MAIS »

Polícia Federal prende 16 pessoas por tráfico de drogas em Ilhéus

CORREIO

Dezesseis pessoas foram presas na manhã desta quarta (9), em Ilhéus, no sul do estado. Elas são acusadas de envolvimento com tráfico de drogas. As prisões fazem parte da chamada Operação Monte Belo, comandada pela Polícia Federal, está sendo realizada também nos estados do Piauí, Rio de Janeiro e São Paulo.

Segundo o Jornal Bahia Meio Dia, no estado baiano, além de Ilhéus, a PF está trabalhando em outros sete municípios, entre eles, Jequié, Ipiaú, Ubatã e Itamaraju. Os policiais cumprem mandados de prisão, busca e apreensão.

PF apreende meia tonelada de cocaína vinda da Bolívia no MS

João Naves de Oliveira, especial para o Estado

CAMPO GRANDE – Na madrugada desta sexta-feira, 28, a Polícia Federal (PF) apreendeu no Mato Grosso do Sul (MS) dois caminhões transportando uma grande quantidade de cocaína procedente da Bolívia. Foi uma das maiores apreensões do gênero ocorrida até hoje no País.

Por enquanto a PF informa apenas tratar-se de meia tonelada. A droga está sendo pesada pela PF de Três Lagoas, região leste de MS, na divisa com São Paulo.

A maior apreensão de cocaína realizada até hoje no Estado aconteceu no dia 8 deste mês, em Miranda, região do Pantanal, quando um caminhão frigorífico conduzia 725 quilos do entorpecente boliviano, entre uma carga de 16 toneladas de carne bovina.

Polícia encontra drogas e dinheiro em fraudas de bebês em Conquista

do CORREIO*

A polícia encontrou na manhã desta sexta-feira (21) em Vitória da Conquista, sudoeste baiano, 80 papelotes de cocaína e R$ 978 dentro das fraudas de dois bebês de três e quatro meses. Eles foram encontrados dentro da casa onde três traficantes foram presos, dentre eles, a mãe das crianças.

O local funcionava como um ponto de venda de drogas. Na casa também estavam oito adultos e outras três crianças de oito, sete e cinco anos. A polícia acredita que a droga foi colocada dentro das fraldas no momento em que os policiais entraram na casa.

A operação foi conjunta entre a Polícia Federal e a Companhia Estadual do Sudoeste e Gerais. Ao todo, sete pontos de tráfico foram desativados. Os políciais apreenderam ainda maconha, aparelho eletrônicos e material para uso de crack. As crianças estão com uma Conselheira Tutelar.

Filho de Sarney é acusado de fraude em obra do PAC

O empresário Fernando Sarney, filho do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), ajudou a fechar acordo clandestino pelo qual um grupo de empreiteiras burlou o processo de licitação e é acusado de desviar dinheiro público da principal obra ferroviária do país, informa a reportagem de Renata Lo Prete e Leonardo Souza, publicada nesta quinta-feira pela Folha.

A fraude, apontada pela Polícia Federal e pelo Tribunal de Contas da União, deu-se em um trecho da ferrovia Norte-Sul. Orçada em mais de R$ 1 bilhão, a construção faz parte do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), a vitrine eleitoral da pré-candidata à Presidência Dilma Rousseff (PT).

O projeto é administrado pela Valec, estatal ligada ao Ministério dos Transportes há anos sob influência direta de José Sarney. :: LEIA MAIS »

Servidores da Polícia Federal marcam paralisação para esta quarta feira (14)

Os policiais reivindicam a equiparação salarial com outras carreiras que exigem o ensino superior de seus funcionários

image

Cerca de 13 mil servidores da Polícia Federal devem promover nesta quarta-feira (14) uma paralisação em todo o país para reivindicar reajuste salarial e a aprovação da lei orgânica da instituição, que está em discussão no Congresso Nacional. A ação deve atingir a emissão de passaportes em vários Estados e, principalmente, no embarque e desembarque de passageiros nos maiores aeroportos brasileiros.

Segundo a Fenapef (Federação Nacional dos Policiais Federais) em março do ano passado, uma proposta de recomposição salarial dos servidores da PF foi encaminhada pelo Ministério da Justiça para o Ministério do Planejamento, mas até agora não foi respondida.

:: LEIA MAIS »

Operação da PF prende presidente da Vila Isabel e mais 17 no Rio

A operação Alvará da Polícia Federal contra a máfia dos caça-níqueis prendeu 18 pessoas nesta terça-feira no Rio. Segundo a PF, entre os presos está o presidente da escola de samba Vila Isabel, Wilson Vieira Alves, conhecido como Moisés. :: LEIA MAIS »

Polícia Federal cria plano para prevenir crimes eleitorais

O plano da PF, tem por base a experiência adquirida pela entidade

O diretor-geral da Polícia Federal, Luiz Fernando Corrêa, apresentará ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e ao Ministério da Justiça um plano para evitar a prática de crimes eleitorais em 2010.

O plano, anunciado nesta sexta-feira (26) durante as comemorações dos 66 anos da PF, tem por base a experiência adquirida pela entidade no combate a esses crimes ao longo das últimas eleições.

Ibahia

Paraná: Assembleia na mira da Polícia Federal

Albari  Rosa/ Gazeta do Povo / A Polícia Federal irá investigar a Assembleia porque o suposto desvio de recursos públicos provavelmente não foi declarado ao IR pelos beneficiários da fraude. Como a sonegação é crime federal, a PF tem de apurar o caso

A Polícia Federal (PF) vai investigar as irregularidades na Assembleia Legislativa do Paraná denunciadas pela Gazeta do Povo e pela RPCTV na série de reportagens “Diários Secretos”, publicadas desde a semana passada. A superintendência da PF no Paraná informou ontem que um inquérito policial foi aberto para apurar possíveis crimes tributários dentro da Assembleia.

O delegado federal Nilson Antunes da Silva, chefe no Paraná da unidade especializada em crimes contra a fazenda pública, irá comandar as investigações. O delegado chefiou recentemente as investigações que levaram à prisão de falsificadores de dinheiro no estado, na Operação Moeda Falsa, e também atuou no caso Sudam. :: LEIA MAIS »

Polícia Federal entra em crise por falta de estrutura

Situação ruim na PF paralisa operações e retarda conclusão de inquéritos

A falta de delegados, escrivães e agentes na Polícia Federal (PF) baiana paralisou operações policiais, atrapalha investigações e vem retardando a conclusão de inquéritos, segundo documentos da categoria, obtidos com exclusividade por A TARDE. A “precariedade” do efetivo policial levou chefes de delegacia e de outros setores a entregarem os cargos, causando uma crise institucional.

A situação da falta de efetivo veio à tona em maio de 2009, quando a categoria encaminhou memorando ao diretor-geral e ao então superintendente no Estado, o delegado Hélbio Afonso Dias Leite. Assinado por 20 delegados, cerca da metade do efetivo, o documento denunciava a situação e alertava para o risco de a superintendência “entrar em colapso”. A categoria informava que a falta de delegados, escrivães e agentes para atuarem nos casos estava gerando um grande número de inquéritos acumulados ao longo dos últimos sete anos. Cerca de 5.700 inquéritos se amontoaram nas prateleiras entre 2003 e 2009. :: LEIA MAIS »

Policia Federal fecha rádios piratas

O crime de operar estação clandestina é previsto no art. 183 da Lei de Telecomunicações

A Polícia Federal em Vitória da Conquista/BA, em operação conjunta com a Gerência da ANATEL em Salvador/BA, desativou 03 (três) rádios clandestinas na terça feira (09) e na última sexta-feira, dia 05/03/2010.
Foram cumpridos mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal para o fechamento de uma rádio em Ipupiara/BA e outra em Janio Quadros/BA. Nesta última cidade foi ainda fiscalizada uma terceira rádio, em resposta a notícia-crime encaminhada à ANATEL. :: LEIA MAIS »

PF prende quadrilha que clonava cartões para comprar e vender passagens aéreas

A Polícia Federal iniciou nesta quinta-feira (4/2) a Operação Ícaro, com o objetivo de desarticular uma organização criminosa que clonava cartões bancários para utilizá-los, principalmente, na compra de passagens aéreas, nos estados de Minas Gerais, do Pará, Rio de Janeiro, Ceará e da Bahia. Cinco mandados de prisão preventiva e nove mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos, a pedido da 3ª Vara Criminal da comarca de Governador Valadares (MG). :: LEIA MAIS »

Polícia Federal vai investigar vazamento de exame da OAB

RIO – A Superintendência da Polícia Federal em São Paulo abrirá inquérito para investigar o suposto vazamento de questões do exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

A tentativa de fraude ocorreu na cidade de Osasco, onde um candidato foi flagrado com as respostas de cinco questões da prova, antes mesmo da distribuição dos formulário do exame. Somente com a aprovação nesse exame os advogados recém-formados podem atuar no mercado profissional. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia