WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


outubro 2020
D S T Q Q S S
« set    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


:: ‘pesquisa’

Região Sudeste tem o menor índice de alta confiança na polícia: 3%

Estadão.com.br

BRASÍLIA – A polícia brasileira não tem passado uma boa imagem aos cidadãos: em nenhuma região do País as corporações tem mais de 6% de muita confiança no trabalho. É o que mostra o Sistema de Indicadores de Percepção Social (Sips) sobre segurança pública 2010, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), divulgado nesta quarta-feira, 30.

PoA população da Região Sudeste é a que menos vê bem as polícias Civil e Militar: apenas 3% dos entrevistados afirmaram ter muita confiança nas entidades. A diferença para a região com o maior índice de alta confiabilidade também não é grande: 5,8%, conforme habitantes ouvidos na Região Nordeste.

Segundo a pesquisa, 30,05% dos moradores da Região Sudeste disseram não confiar na atuação das polícias – também o índice mais elevado do Brasil. A diferença maior nesse dado, é registrado com os habitantes da Região Norte, dos quais 22% dizem não confiar nas entidades de segurança pública.

 

Trabalho. A pesquisa Sips também avaliou os serviços comumente prestados pelas instituições policiais e os dados mostram um fato curioso: apesar de ter os policiais com o maior índice de confiança na polícia, o Nordeste é a região que dá a pior avaliação para o atendimento policial no Brasil. Dos mil cidadãos que precisaram acionar a polícia por algum motivo na região, 29,7% avaliaram o atendimento como péssimo ou ruim. O melhor índice no atendimento policial, segundo percepção da população, foi na Região Sul, onde foi registrado 22,8% de atendimentos considerados péssimo ou ruim.

CNT/Sensus: José Serra cresce em intenção de votos em todo o País

Terra

Levantamento CNT/Sensus divulgado nesta quinta-feira (14) aponta crescimento do candidato tucano à presidência da República, José Serra, em todas as regiões do Brasil. A maior vantagem do tucano é na região Sul, onde ocupa a dianteira da preferência do eleitorado com quase 20 pontos de vantagem. Em setembro, o ex-governador de São Paulo tinha vantagem de 4,8 pontos percentuais entre os sulistas e ampliou a margem para 19,6 pontos.

Para o presidente da Confederação Nacional do Transporte (CNT), Clésio Andrade, a queda de Dilma em todas as regiões brasileiras é resultado de um novo processo sociológico a que os pesquisadores atribuem como resultado de uma suposta onda de difamação contra a ex-ministra do governo Lula. “Não estamos vendo outra explicação a não ser isso”, disse Clésio. :: LEIA MAIS »

Dilma sobe para 51%, Serra mantém 27%, aponta Datafolha

Cido Coelho, do estadão.com.br

SÃO PAULO – O instituto Datafolha divulgou, na madrugada desta quinta-feira, 16, os números da corrida presidencial. A pesquisa, que foi realizada entre os dias 13 a 15 de setembro, com 11.784 entrevistados em todo o Brasil apontou a candidata Dilma Rousseff (PT) na liderança, com 51%. Com este resultado, a petista venceria no primeiro turno.

Dilma subiu um ponto em relação ao último levantamento, que aconteceu entre os dias 8 e 9 de setembro. José Serra (PSDB) manteve o índice e permaneceu com 27% das intenções de voto. Marina Silva (PV) também repetiu o resultado da pesquisa anterior e seguiu com 11%. :: LEIA MAIS »

Datafolha: Dilma avança e está com 49%; Serra cai para 29%

estadão.com.br

SÃO PAULO – A pesquisa do Datafolha/TV Globo divulgada na madrugada desta quinta-feira, 26, aponta a candidata do PT à Presidência da República, Dilma Roussef, com 49% das intenções de voto e está com 20 pontos de vantagem sobre José Serra, do PSDB, que está com 29%. O levantamento foi realizado nos dias 23 e 24 de agosto, com 10.948 entrevistas feitas em todo o Brasil.

 O resultado mostra também que a candidata petista passou em Estados em que Serra estava liderando, como São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul. Além disso, Dilma também tem a preferência entre os eleitores com maior faixa de renda.

:: LEIA MAIS »

Dilma abre 8 pontos sobre Serra, aponta pesquisa do Datafolha

do Estadão

Levantamento que indica 41% para petista e 33% para tucano é o 1º divulgado após debates na TV.

A candidata petista à Presidência Dilma Rousseff tem 41% das intenções de voto e vantagem de oito pontos porcentuais sobre o tucano José Serra, segundo pesquisa Datafolha divulgada na última sexta-feira pela TV Globo.

Em relação ao levantamento anterior do mesmo instituto, feito há três semanas, Dilma subiu cinco pontos, e Serra caiu quatro. A candidata do PV, Marina Silva, permaneceu com o mesmo índice, de 10%.

A pesquisa foi a primeira a ser divulgada depois de dois eventos televisivos que colocaram os presidenciáveis sob os holofotes: o debate na Band, no último dia 6, e as entrevistas com Dilma, Marina e Serra no Jornal Nacional, da TV Globo, nos dias 9, 10 e 11, respectivamente.

O Datafolha fez as entrevistas para a pesquisa entre os dias 9 e 12 – ou seja, no universo do levantamento, a performance de Dilma no Jornal Nacional foi assistida por uma parcela maior de eleitores, em comparação a Serra. :: LEIA MAIS »

Vitória de Alckmin no 1º turno em São Paulo é dada como certa pelo Datafolha

do Último Segundo

Liderança folgada do tucano pode transferir votos para José Serra, no maior curral eleitoral do País, definindo também a sucessão presidencial.

O candidato do PSDB ao governo de São Paulo, Geraldo Alckmin, pode ser eleito já no primeiro turno, segundo pesquisa Datafolha divulgada neste sábado. De acordo com a pesquisa, realizada entre os dias 20 e 23 de julho, o tucano tem 49% das intenções de voto. Em segundo lugar aparece o petista Aloizio Mercadante, com 16%.

O candidato Celso Russomano (PP) aparece em terceiro lugar, com 11%, e em quarto está Paulo Skaf (PSB), com 2%. Fabio Feldmann (PV), Mancha (PSTU), Paulo Búfalo (PSOL) e Anaí Caproni (PCO) têm 1% das intenções de voto, segundo o Datafolha. Igor Grabois (PCB) tem 0%.

De acordo com a pesquisa Datafolha, brancos ou nulo somam 6% e 13% dizem ainda não saber em quem votar. O Datafolha fez 2.083 entrevistas em 58 municípios do Estado de São Paulo. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

Ibope: 87% dos internautas brasileiros utilizam alguma rede social

do O Globo | Globo.com

1/3 dos usuários também participa para buscar oportunidades de trabalho. Empresas de recrutamento passaram a anunciar vagas nas principais redes.

Cerca de 87% dos internautas brasileiros utilizam uma rede social, indica uma pesquisa inédita feita pelo Ibope. Por razões pessoais, 83% usam os serviços, mas 1/3 também participa para buscar oportunidades de trabalho. É uma tendência de mercado.As redes sociais são territórios da diversão, da paquera, da amizade. “Eu sou das pessoas que entra todo dia, a primeira coisa que eu faço é abrir Orkut e Facebook”, diz uma usuária. “Queira ou não, é uma forma de você manter contato com pessoas que acaba não vendo muito”, afirma outra. “Tudo que você está sentindo, está vivendo, põe na sua rede social”, explica mais um. :: LEIA MAIS »

Datafolha e Vox Populi divulgam pesquisas

Duas novas pesquisas sobre sucessão presidencial e avaliação do governo serão divulgadas nesta semana. Serão os primeiros levantamentos após o início da campanha, que começou no dia 6 de julho. O Datafolha ouve 10.730 eleitores entre nos dias 20/07 e 23/07. De acordo com a legislação, os resultados poderão ser divulgados a partir de terça-feira (20). Entretanto, considerando o período da coleta dos dados, o mais provável é que sua publicação aconteça no sábado (24/07). O Vox Populi ouve 3000 mil eleitores entre 17 e 20/07. Pode ser divulgada a partir de quarta-feira (21/07). Do Blog do Noblat

Datafolha aponta empate entre Dilma e Serra na corrida presidencial

Do G1, em São Paulo

Pesquisa realizada pelo Datafolha e publicada pelo jornal “Folha de S.Paulo”, nesta sexta-feira (2), aponta empate técnico na corrida presidencial entre Dilma Rousseff, do PT, e José Serra, do PSDB. O candidato tucano tem agora 39% das intenções de votos, contra 38% da petista. Marina Silva, do PV, aparece com 10% da preferência do eleitor. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

A pesquisa foi realizada quarta (30) e quinta-feira (1º), em todo o país, e é a primeira após as convenções que oficializaram as candidaturas à Presidência. Foram entrevistadas 2.658 pessoas, das quais 5% responderam que vão votar em branco ou nulo, e outros 9% disseram não saber em quem votar. :: LEIA MAIS »

Programas de TV deixam Serra e Dilma empatados, diz Ibope

Daniel Bramatti/SÃO PAULO – O Estado de S.Paulo

José Serra e Dilma Rousseff aparecem empatados na primeira pesquisa de intenção de voto feita após a exibição das propagandas partidárias do PT e do DEM, que promoveram em rede nacional de rádio e televisão as candidaturas da petista e do tucano, respectivamente.

Segundo levantamento do Ibope feito a pedido do Estado e da TV Globo, Serra e Dilma têm, cada um, 37% das preferências dos eleitores. Marina Silva, do PV, aparece com 9%.
Em relação à pesquisa anterior do Ibope, feita em abril, antes da propaganda dos dois principais pré-candidatos no rádio e na TV, Dilma subiu cinco pontos porcentuais, e Serra caiu três.
O empate persiste na simulação de um eventual segundo turno: 42% para o tucano, 42% para a petista. Na pesquisa Ibope de abril, o placar era de 46% a 37%.

:: LEIA MAIS »

Futebol: Unidos pelo DNA

da Revista Veja

Os estudos genéticos iluminam a rota migratória da humanidade. Os ancestrais de Luis Fabiano e de Charles Miller, introdutor do futebol no Brasil, saíram juntos da África, agora palco da grande festa do esporte

 Charles William Miller, filho de um escocês que chegou ao Brasil para ajudar a administrar a estrada de ferro Santos-Jundiaí e de uma brasileira de família inglesa, retornou de uma viagem de estudos a Southampton, na Inglaterra, no fim de 1894, com peças curiosas na mala. Segundo relato do escritor e historiador John Mills, Miller trouxe na bagagem um livro de regras do Association Football, duas bolas de capotão, um par de chuteiras e uma bomba de ar. Em 14 de abril de 1895, no campo da Várzea do Carmo, em São Paulo, ele organizaria a primeira partida de futebol oficial do Brasil, entre as equipes The GasWorks Team e The São Paulo Railway Team.

 

LUIS FABIANO: O craque da seleção brasileira: ele vai brilhar no continente onde nasceu o Homo sapiens, ancestral de toda a humanidade

Luis Fabiano Clemente tinha 13 anos de idade quando foi levado para treinar em seu primeiro clube, o Guarani de Campinas. Ele era um dos grandes destaques de um campinho lindamente apelidado de Buracanã. Criado pela mãe e pelo avô materno, Benedito, o Ditão, dava trabalho na escola e logo se empregou em uma oficina mecânica. O adolescente inquieto que se tornaria cen-troa-vante da seleção de Dunga na África do Sul se alegrava mesmo era no Buracanã praticando o jogo que Charles Miller, falecido em 1953, apresentara ao Brasil 100 anos antes e que foi aqui adotado não apenas como esporte, mas como religião nacional. Clique no gráfico abaixo para ampliar:

:: LEIA MAIS »

Para 90,1% dos brasileiros, violência está aumentando no país

Luana Lourenço
 Agência Brasil

Brasília – A violência está aumentando no país, na avaliação de 90,1% dos brasileiros. A constatação é de pesquisa inédita feita pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) sobre os valores mais importantes para a população.

O tipo de violência que mais incomoda quem vive no país ainda é a dos bandidos, apontada por 56% dos entrevistados. Para 23%, o pior tipo de violência é a familiar, seguida da violência no bairro, no trânsito e nas escolas.

“Mesmo que só existam estatísticas de homicídio e crimes, há outros tipos de violência que as pessoas revelam. E essa percepção da violência é um dado importante, porque é o que as pessoas vivem, o critério que utilizam para decidir se vão sair de casa ou não, fazer uma coisa ou outra”, explicou o economista sênior do Pnud e coordenador do Relatório de Desenvolvimento Humano do Brasil, Flávio Comim. :: LEIA MAIS »

Datafolha aponta empate entre Serra e Dilma

estadão.com.br

Dilma em seminário em NY; Serra em encontro do PPS. Fotos: Div Bovespa/Leonardo Soares/AE

SÃO PAULO – A pré-candidata à Presidência da República, Dilma Rousseff (PT), subiu sete pontos e atingiu sua melhor marca até hoje, segundo pesquisa Datafolha, ficando empatada com seu concorrente, José Serra (PSDB). Segundo o instituto, a petista e o tucano estão com 37% da preferência do eleitor. A pesquisa foi realizada na quinta e sexta-feira, com 2.660 entrevistados. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

Já a pré-candidata Marina Silva (PV) segue em terceiro lugar, com 12%. A pesquisa apontou que 5% dos pesquisados votariam em branco, nulo ou em nenhum candidato. Os indecisos somam 9% e a margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

O Datafolha apontou que o crescimento pode ser relacionado com o programa partidário de TV que o PT apresentou recentemente, com vários comerciais de 30 segundos e um programa de dez minutos.

:: LEIA MAIS »

Vox Populi aponta liderança de Wagner na Bahia

Adriano Villela/ Tribuna da Bahia

 

Pesquisa Vox Populi divulgada na noite de ontem reafirma o governador e candidato a reeleição Jaques Wagner (PT) na primeira colocação, com 41% na pesquisa estimulada e 21% na espontânea. O ex-governador Paulo Souto (DEM) é o segundo, com 32% na estimulada e 9% na espontânea. O ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) continua fora da zona de segundo turno, na 3ª colocação, com 9% e 2%, respectivamente.

 A margem de erro é de 3,5 ponto percentual, para mais ou para menos. Registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TER) desde o último dia 10, a pesquisa foi encomendada pela Rede Bandeirantes. Foram ouvidas 700 pessoas, entre os dias 8 e 11 deste mês.

  :: LEIA MAIS »

Dilma e Serra estão empatados na frente, diz pesquisa CNT/Sensus

CORREIO

A pré-candidata do PT à sucessão presidencial, Dilma Rousseff, e o tucano José Serra estão tecnicamente empatados em primeiro lugar na pesquisa CNT/Sensus divulgada nesta segunda-feira (17).

Serra aparece com 37,8% das intenções de voto; Dilma tem 37% e a senadora Marina Silva (PV) ficou com 8% na sondagem realizada em maio. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais. Segundo a pesquisa, a avaliação positiva do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi para 76,1% em maio, ante 71,4% em fevereiro. (As informações são do G1)

Dilma passa Serra pela primeira vez nas intenções de voto

Do Correio

Pesquisa do Instituto Vox Populi, divulgada nenhuma Sábado (15), aponta uma pré-candidata do PT à Presidência da da República, a ex-ministra Dilma Rousseff, Pela Primeira Vez a Frente do pré-Candidato do PSDB, o ex-Governador de São Paulo, José Serra, NAS Intenções de voto.

O levantamento, divulgado Pelo Correio Braziliense, Traz um petista com 37%, enquanto Serra aparece com Que 34% na pesquisa estimulada. A candidata do PV, a ex-ministra Marina Silva, tem7%. A margem de Erro do e levantamento de 2,2%, par Mais Menos parágrafo ou. Num eventual segundo turno, Dilma e Serra estariam empatados Tecnicamente, com 40% e 38%, respectivamente Dentro, portanto, da margem de Erro.

A pesquisa espontânea Também aponta uma Liderança de Dilma Rousseff. Ela aparece com 19% das Intenções de voto, enquanto Serra TEM 15%. Como regioes Onde Dilma Rousseff E mais lembrada São o Nordeste (44%) EO Norte (41%). Serra não LiderA Sul (44%) e ESTÁ Tecnicamente empatado com um petista não Sudeste. Duas mil Foram Pessoas entrevistadas SO Entre dias 8 e 13. A pesquisa Foi Registrada nenhuma Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em 7 de maio de 2010, o soluço NÚMERO 11.266/2010.

A PESQUISA VOX POPULI NA BAHIA : RESULTADO NESTA QUARTA (12)

A pesquisa Vox Populi que avalia os cenários estadual e nacional em território baiano incluiu o nome de cinco pré-candidatos a governador. Na estimulada, os nomes foram apresentados de acordo com a ordem alfabética. Foram incluídos no questionário Gedel Vieira Lima (PMDB), Jaques Wagner (PT), Luiz Bassuma (PV), Marcos Mendes (PSOL) e Paulo Souto (DEM).

Após as perguntas mais diretas sobre as intenções de voto para governador (espontânea e estimulada), uma questão avalia tambem o impacto do apoio do presidente Lula na disputa na Bahia. No estado, são computados como da base do governo federal os pré-candidatos Geddel Vieira Lima e Jaques Wagner.

Apesar de a disputa provavelmente ser resolvida em dois turnos, a pesquisa não trará cenários de segundo turno. Ou seja, o baiano vai ficar com esse gostinho. Quanto à disputa nacional em território baiano, o Vox Populi só avalia como cenário no segundo turno um duelo entre José Serra (PSDB) e Dilma Rousseff (PT). Os resultados serão divulgados, possivelmente, nesta quarta, 12. Do Pimenta na Muqueca



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia