WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


dezembro 2018
D S T Q Q S S
« nov    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  


:: ‘pane’

Clientes da OI ficam sem os serviços em Feira e Vitória da Conquista

A Tarde

Moradores de Feira de Santana, Vitória da Conquista e região registraram problemas na manhã desta quarta-feira, 19, na utilização dos serviços da operadora OI. A falha atingiu os serviços de telefonia móvel (local e longa distância) e internet banda larga.

Segundo a assessoria de comunicação da operadora OI, o problema ocorreu devido ao rompimento de um cabo óptico, no distrito industrial de Feira de Santana, em obras civis sob responsabilidade de terceiros, o que gerou uma falha momentânea no equipamento que faz a transmissão da rede entre as localidades afetadas. De acordo com a OI, assim que detectado o rompimento do cabo, a empresa enviou equipes técnicas ao local.

A OI informa que os serviços foram normalizados ainda pela manhã e que os clientes que ainda não tiveram seus serviços restabelecidos  devem comunicar o problema através do 103 31.

Susto no aeroporto de Salvador: Passageiros da TAM abandonam avião em manobra de emergência

A Tarde

Passageiros mostram ferimentos após incidente no aeroporto Luiz Eduardo Magalhães

Ao menos dez passageiros do voo TAM 3175 que decolou de Salvador com destino a São Paulo tiveram ferimentos leves depois de serem obrigados a descer pelo escorregador de emergência por causa de uma suspeita de incêndio na parte de trás do avião.

Cerca de 15 minutos depois da decolagem, o piloto informou que retornaria ao aeroporto por causa de um problema na pressurização. “Várias crianças que estavam no avião já estavam chorando e reclamando de dor no ouvido. Além disso, havia um cheiro estranho”, disse o engenheiro José Ivanildo Azevedo, 54 anos. Segundo ele, a aeronave pousou e ficou na pista por cerca de uma hora. “Não deram nem água, muito menos informação”, bradou.

Por duas vezes, o piloto anunciou à tripulação para se preparar para a decolagem. Em seguida foram ouvidos  barulhos estranhos, como se o piloto estivesse tentando ligar as turbinas. O estudante de medicina Renan Visibli, 21, que estava na penúltima fila, viu o forno pegando fogo e uma aeromoça e um homem usando o extintor.

:: LEIA MAIS »

Oi não poderá cobrar pelos dias em que o serviço estiver inoperante, alerta o Procon da Bahia

A Tarde
Pane afeta serviços bancários e transações eletrônicas no comércio, que já ameaça entra na Justiça contra a Oi

A partir do meio-dia desta quinta-feira, 23, a empresa de telefonia Oi distribuirá aparelhos de celular com chip e modens 3G para os clientes impedidos de utilizar a telefonia fixa e o acesso à internet, no Centro de Convenções do Hotel Fiesta, por conta do incêndio no prédio da empresa no Itaigara. De acordo com a empresa, ainda existem 29 mil clientes da telefonia fixa e 17 mil de internet sem acesso aos serviços por conta do problema.

Nesta quarta, 22, a situação começou a se normalizar, mas os efeitos da pane nas comunicações ainda eram percebidos. Serviços públicos, como de intermediação de mão-de-obra, funcionaram precariamente, por exemplo. E isso sem contar os centros comerciais que aproveitaram para divulgar que as compras de fim de ano poderiam ser feitas normalmente.

Ainda nesta quarta, o Procon-BA informou em nota à imprensa que está cobrando da Oi um posicionamento a respeito das faturas do mês de dezembro. De acordo com a superintendente do órgão, Cristiana Santos, a informação é um direito garantido pelo Código de Defesa do Consumidor, razão pela qual a empresa tem o dever de ir a público, por todos os meios de comunicação disponíveis, para prestar esclarecimentos.

A superintendente destacou, ainda, que a empresa não poderá cobrar pelos serviços não prestados durante o período de indisponibilidade, o que poderia ser caracterizado como enriquecimento sem causa.

Solução emergencial – “Essa é uma solução para a emergência”, avisou, nesta quarta, o diretor de relações institucionais da Oi, Carlos Ademar de Aragão, durante encontro com a imprensa, na sede da empresa, na Avenida Silveira Martins (Cabula). Além dessas primeiras medidas, ele divulgou outras, de natureza intermediária, e a definitiva, que passa pela instalação de novas centrais telefônicas.

A empresa deslocou um contingente de 100 técnicos para avaliar  a extensão dos danos. Estimativas extraoficiais apontam prejuízo de, no mínimo, R$ 300 milhões. :: LEIA MAIS »

Procon da Bahia solicita que Oi preste esclarecimentos ao consumidor

A Tarde

Lojistas e clientes foram prejudicados com o sistema fora do ar

A operadora OI deverá prestar esclarecimentos aos consumidores lesados com a interrupção dos serviços de telecomunicações, nesta terça-feira, 21, quando o prédio da operadora no bairro do Itaigara foi consumido por um incêndio. A determinação foi feita pelo Procon-Ba, através de contato estabelecido com a operadora, e prevê informações sobre prazos para restabelecimento dos serviços e posicionamento adotado em relação ao pagamento das faturas do mês de dezembro.

De acordo a superintendente do Procon-BA, Cristiana Santos, a informação é um direito garantido pelo Código de Defesa do Consumidor, razão pela qual a empresa tem o dever de ir à público, por todos os meios de comunicação disponíveis, para prestar esclarecimentos à população. A superintendente destacou ainda que a empresa não poderá cobrar pelos serviços não prestados durante o período de indisponibilidade, o que poderia ser caracterizado como enriquecimento sem causa.

:: LEIA MAIS »

Em Brumado, pane da Oi impede que Polícia saiba de ocorrências

Brumado Notícias

Polícia só soube de acidente porque passou ‘por acaso’ no local

Após uma colisão na Rua Exupério Pinheiro Canguçu, dois carros aguardaram mais de uma hora, para serem avaliados pela perícia. O condutor do Corsa, Moacir Alves Rocha, de placa JSC 0481, e um Fiat estrada, de placa NTF 9948, conduzido por Sergio Figueiredo, aguardaram com os carros estacionados, na rua, atrapalhando todo o tráfego de veículos no local.

Segundo informações obtidas pelo Brumado Notícias, a equipe da Polícia Militar só chegou ao local, porque estava em uma ronda rotineira, pois, segundo os policiais, a central não recebeu o aviso do acidente, possivelmente devido ao problema com a telefonia Oi.

Pouso forçado de aeronave da Passaredo em Conquista é notícia em todo Brasil

do Terra | Rede Globo

Falha no trem de pouso pode ser causado o acidente. A própria companhia está investigando o incidente

 

A aposentada Railda Góes, 66 anos, era uma das 27 pessoas à bordo do avião da empresa Passaredo (modelo ERJ 145, da Embraer) que saiu de Guarulhos, São Paulo, em direção a Vitória da Conquista, sudoeste da Bahia, e fez um pouso forçado por volta das 14h desta quarta-feira, no aeroporto Pedro Otacílio de Figueiredo, na cidade baiana.

 Segundo ela, o pânico tomou conta dos passageiros porque algumas pessoas gritavam que o avião estava pegando fogo. A idosa saiu da capital paulista com a filha, Viviane Góes. Assim como os demais passageiros, elas não tiveram ferimentos graves. Apenas duas pessoas tiveram escoriações leves e foram atendidas por ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

O trem de pouso da aeronave, com capacidade para 50 pessoas, não abriu forçando a aterrissagem de barriga. Com o impacto no chão, uma das turbinas chegou a pegar fogo, mas o incêndio foi controlado. Por conta do acidente, a pista foi interditada.

Em nota, a Passaredo informou que está prestando assistência a todos os passageiros e já enviou técnicos ao local para averiguações.

Veja as fotos momentos após o acidente do jato em Vitória da Conquista

do Blog da Resenha

Fotos abaixo tiradas por Frarlei Nascimento:

image
TREM_DE_POUSO_2_989815118.jpg

Susto: turbina pega fogo e avião faz pouso forçado em Vitória da Conquista

do Blog da Resenha Geral

Por volta das 14h50 desta quarta-feira (25) os passageiros do vôo da Passaredo São Paulo-Vitória da Conquista passaram por um grande susto. O comandante não conseguiu acionar o trem de pouso e a aeronave teve que fazer pouso forçado no aeroporto Pedro Otacílio de Figueiredo, mais precisamente na gramado do local, sem utilizar a pista.  Foto: Redação / A TARDE

 

As turbinas pegaram fogo e o corpo de bombeiros, rapidamente, chegou ao local para realizar as devidas providências. Dos cerca de 35 passageiros, dois tiveram que ser encaminhados através do Samu 192 com problemas de coluna. Os outros nada sofreram, apesar do susto.

O representante de uma grande marca mundial, Rodrigo Garrote, estava na aeronave e relatou o grande susto em entrevista a equipe da Resenha Geral. “Ficamos com muito medo. Cada um tentou se salvar do jeito que pôde. Foi uma experiência que vai ficar na memória de todos que estavam dentro do avião. É uma vergonha uma cidade como Vitória da Conquista possuir um aeroporto como esse. As autoridades precisam se mobilizar para que alguma providência seja tomada”, desabafou.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia