WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


março 2020
D S T Q Q S S
« fev    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  


:: ‘ny’

Dois suspeitos de terrorismo são presos no JFK de Nova York

Por Chris Michaud NOVA YORK (Reuters) – Dois homens de Nova Jersey foram presos no sábado no aeroporto de Nova York tentando pegar voos para encontrar com grupos militantes na Somália, com a intenção de matar pessoas, disseram autoridades no domingo. Mohamed Mahmood Alessa, 20, de North Bergen, e Carlos Eduardo Almonte, 24, de Elmwood Park, foram presos no aeroporto internacional John F. Kennedy International quando tentavam embarcar em voos distintos para o Egito com destino final à Somália, informou a Procuradoria dos EUA em Nova Jersey. Eles foram acusados de conspirar para cometer atos de terrorismo internacional pelo grupo Al Shabaab, movimento jovem ligado à Al Qaeda. Autoridades federais norte-americanas disseram que eles não tinham explosivos e que a dupla, que estava sob vigilância desde outubro de 2006, não representava ameaça iminente. Alessa e Almonte devem comparecer a um tribunal de Nova Jersey, na segunda-feira. :: LEIA MAIS »

Em Nova York, Dilma se irrita e “demite” tradutora

FOLHA/ANA FLOR
enviada especial a Nova York

Problemas com uma tradutora na coletiva de imprensa irritaram nesta sexta-feira a pré-candidata petista em Nova York. Dilma Rousseff chegou a chamar a tradutora de “minha santa”.

Dilma, que preferiu falar em português, chegou a elogiar o primeiro tradutor. A partir da metade da entrevista, a tradução ficou por conta da angolana Marísia Lauré.

Perguntada sobre o delicado tema da autonomia do Banco Central, Dilma falou da “autonomia operacional” do órgão. Lauré esqueceu uma das palavras e Dilma completou, em inglês: “operational autonomy”. Em seguida, repreendeu a tradutora. “Eu peço para você traduzir literalmente, porque é complicado [o tema]”.

Dilma passou a falar sobre privatizações e as empresas que acredita que deviam permanecer públicas, como Petrobras, Eletrobras, as do setor elétrico e bancos públicos. A tradutora esperou que a convidada concluísse a frase para traduzir. Ao final, Dilma conferiu com a platéia: “Não faltou [o trecho] da Petrobrás?”.

:: LEIA MAIS »

Paquistanês é preso em NY sob suspeita de envolvimento em tentativa de ataque na Times Square (EUA)

Um homem foi preso sob suspeita de envolvimento em ataque frustrado envolvendo um carro-bomba na Times Square, em Nova York, no último sábado, afirmou o FBI na madrugada desta terça-feira (4).

De acordo com o porta-voz do FBI, Richard Kolko, “o homem foi preso para investigações”. Fontes oficiais afirmaram às agências internacionais que ele teria sido preso quanto tentava deixar o país. Segundo a rede de TV CNN, o suspeito foi preso no aeroporto internacional John F. Kennedy, em Nova York, onde pegaria um voo para Dubai.

Segundo o jornal “The New York Times”, o suposto suspeito se chama Faisal Shahzad, vive em Connecticut e seria paquistanês, naturalizado norte-americano.

De acordo com o “Times”, o suspeito teria comprado recentemente um carro Nissan Pathfinder, ano 1993. O mesmo modelo foi deixado na Times Saquare na noite de sábado, com uma bomba feita de gasolina, propano e fogos de artifício em seu interior.

Shahzad teria retornado há cerca de três semanas de uma viagem ao Paquistão, quando comprou, em dinheiro vivo, a caminhonete que foi usada no ataque frustrado.

Imagens capturadas por câmeras de segurança mostram o Pathfinder atravessando um cruzamento às 18h28 de sábado (horário local). Cerca de dois minutos depois, um vendedor de camisetas ligou para a polícia avisando que saia fumaça de um veículo suspeito estacionado em uma rua da Broadway.

A polícia desarmou a bomba, mesmo assim o loca, repleto de teatros e restaurantes, ficou fechado por 10 horas.

Segundo a polícia de NY, o número de identificação do carro havia sido removido do painel do Pathfinder, mas também estava gravado no motor e no eixo. A partir dessas inscrições a polícia encontrou o proprietário do carro. :: LEIA MAIS »

Câmeras de segurança mostram imagens de suspeito de tentativa de ataque na Times Square

As câmeras de um circuito interno de TV de segurança filmaram um “homem branco de meia-idade”, segundo a polícia de Nova York, que está sendo tratado como possível suspeito do ataque frustrado com um carro-bomba na Times Square, em Nova York (EUA).

AP Photo/NYPD
Suspeito (terceiro da esq. para dir) de tentativa de ataque troca de camisa
Suspeito (terceiro da esq. para a dir.) troca de camisa

Segundo o chefe da polícia de Nova York, Ray Kelly, o homem foi visto tirando a camisa perto do local e a colocando dentro de uma bolsa. Nas imagens divulgadas, o homem aparece trocando de blusa.

A polícia também divulgou ontem a imagem do relógio deixado no carro-bomba encontrado na Times Square na noite de sábado.

O relógio faz parte do dispositivo explosivo formado por três botijões de propano, dois tambores de gasolina, fios elétricos, fogos de artifício e dois despertadores. A bomba foi classificada como “improvisada” pelo chefe do departamento de polícia de Nova York, Raymond Kelly. :: LEIA MAIS »

NY: Alerta sobre bomba foi dado por vendedor ambulante

NOVA YORK – Alertada por um vendedor ambulante, a polícia de Nova York encontrou e desativou um carro-bomba, evitando um “ato de terrorismo” que forçou a retirada das pessoas da Times Square no sábado e poderia ter matado várias pessoas, informaram autoridades no início deste domingo.

 

Foto: Reuters/Newscom/REUTERS TV

Esquadrão antibomba examina carro onde explosivo foi colocado, em Times Square, Nova York

 O prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, disse em entrevista coletiva que “não temos ideia de quem fez isso e qual foi o motivo”. Ele disse que a bomba desativada –feita de propano, gasolina e fogos de artifício – parecia ter sido fabricada de forma rudimentar.

A Times Square é um local popular de Manhattan e estava lotada de turistas e de espectadores de teatro em uma noite quente de sábado em Nova York. A maior parte da Times Square foi reaberta aos carros e aos pedestres por volta de 5h (horário local, 6h em Brasília).

“Por sorte ninguém ficou ferido, e agora toda a atenção das forças policiais da cidade, do Estado e em nível federal se voltam para levar os culpados deste ato de terrorismo à Justiça”, disse o governador de Nova York, David Paterson, em comunicado.

 Carro policial se movimenta nas proximidades da Times Square, em NY, após bomba ser desativada

 O comunicado do governador não especifica se ele suspeita que militantes domésticos ou estrangeiros tenham tentado o ataque.

:: LEIA MAIS »

Roberto Carlos recebe homenagem em Nova York

O cantor Roberto Carlos recebeu uma homenagem pelos seus 50 anos de carreira e por ter alcançado a marca de 100 milhões de discos vendidos na sede da gravadora Sony Music, em Nova York, na quinta-feira (15).

O prêmio foi entregue pelo presidente da Sony Music Entertainment International, Richard Sanders, que destacou a importância de Roberto Carlos para a música mundial. “É uma grande honra. Em cinquenta anos este homem atravessou geração após geração e se reinventou com criatividade tanto como cantor, como compositor. Chegou a 100 milhões de cópias e ele apenas está começando. Para nós da Sony Music e para toda a indústria mundial é um fantásitico sucesso”.

Emocionado, Roberto Carlos agradeceu e lembrou de todos que contribuíram para ele atingir esta marca. “Pra mim é uma emoção, nem sei o que dizer o que sinto neste momento. É um trofeu para mim. O que eu posso é agradecer a todos aqueles que contribuíram para minha carreira. A todos os meus amigos, meus parentes, pessoas que eu amo e a Sony que esteve comigo durante todo este tempo”.

Após entregar o prêmio, Sanders comparou Roberto a outros astros internacionais.”Michael Jackson é o rei do pop, Elvis o rei do rock, e Roberto Carlos é o rei da música latina, da música mundial”.

Depois de receber o prêmio, Roberto que pretende compor uma música em que possa expressar o amor completo. Em entrevista, o rei afirma que não sabe que inspiração precisará ter para concretizar o sonho.

“Na verdade não sei que inspiração. Essa minha vontade é uma coisa de muitos anos. Mas as vezes olhando as composições que tenho feito com o Erasmo e sem ele também, vejo que de repente, se um dia eu quiser fazer esta música falando de amor na sua forma maior, e acho que vou fazer, não sei exatamente qual a inspiração”, afirmou o cantor. “Pode ser até que olhando a história de muita gente e olhando a minha própria história amorosa eu venha fazer esta canção. Um dia eu vou fazer. Você pode ter certeza. A qualquer momento”, garantiu. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia