WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


abril 2020
D S T Q Q S S
« mar    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  


:: ‘mercadante’

Mercadante convoca militância contra ataques na internet

O senador Aloizio Mercadante (PT-SP) convocou a militância para defender Dilma Rousseff, pré-candidata do partido à eleição de outubro para presidência da República, contra os ataques do PSDB, classificados por Mercadante como uma “guerra suja na internet”. “A militância, com cerca de 500 mil filiados votantes em São Paulo, é um grande patrimônio, que vai poder ajudar”, afirmou hoje o candidato do PT ao governo de São Paulo em caravana com a militância do partido na zona sul da capital.

Segundo ele, a internet nessas eleições será um “importante espaço de disputa, tão fundamental quanto a entrega do santinho”, afirmou. Conforme dados apresentados pelo senador, são 15,9 milhões de paulistas na rede virtual, dos quais 11,5 milhões em sites de redes sociais como Orkut e Facebook. É nesse universo que os militantes devem trocar mensagens de apoio, com informações sobre as realizações do governo, “defendendo a Dilma, o presidente Lula, a Marta (Suplicy, candidata ao Senado)”.

:: LEIA MAIS »

SP: vice e vaga para senador emperram alianças de Mercadante

Na véspera do lançamento oficial da pré-candidatura do senador Aloizio Mercadante ao governo de São Paulo, o PT paulista ainda trabalha na montagem da chapa que será oferecida ao eleitor. Além de Mercadante, o partido definiu até agora o nome de Marta Suplicy para uma das duas vagas ao Senado. A outra, além da escolha do vice de Mercadante, deve ocorrer no mês de maio. De acordo com o prefeito de Osasco, Emídio de Souza, escalado para coordenar a campanha petista, “o quadro em São Paulo ainda está conturbado, ainda que pareça tranquilo”.

Ele diz que cinco partidos estão confirmados na aliança com o PT: PDT, PR, PRB e PPL e PTdoB. O partido ainda busca uma aliança com o PSB, que por enquanto mantém a ideia de candidatura própria com o presidente da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), Paulo Skaf. Caso esse quadro se mantenha, o PDT deve indicar o nome do vice. A segunda vaga para a disputa do Senado está entre Gabriel Chalita (PSB) e Netinho de Paula (PCdoB), que ainda não fecharam com os petistas. Partidos como PTN, PCdoB, PSL, PHS, PSC, e PSDC, também poderão integrar a chapa. :: LEIA MAIS »

Suplicy contraria dirigentes e mantém impasse com Mercadante em SP

Para retirar-se da disputa interna do PT pela vaga de candidato ao governo em São Paulo, o senador Eduardo Suplicy colocou uma exigência: quer  antes que o partido faça uma pesquisa de intenção de votos em São Paulo, para comparar o seu nome com o do senador Aloizio Mercadante.

 

O PT já dá como certa a candidatura de Mercadante, mas Suplicy é o único dos pré-candidatos que ainda se mantém na disputa após a decisão do partido de lançar candidatura própria. Na última sexta-feira, o prefeito de Osasco, Emídio de Souza, retirou o seu nome da corrida. Com o martelo do lançamento do nome de Mercadante praticamente batido, Suplicy corre contra o tempo para demover a cúpula petista da decisão.  

Ele disse à reportagem que vai insistir para que algum instituto, como Datafolha, Vox Populi ou Ibope, realize a pesquisa para comprovar que, como alega, seria a melhor opção do PT para a disputa em outubro contra o pré-candidato do PSDB, Geraldo Alckmin. “Eu acho justo que o PT leve isto em consideração. Minhas chances são maiores, há um apelo da população”, defendeu.

:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia