WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


dezembro 2020
D S T Q Q S S
« nov    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  


:: ‘mec’

MEC divulga segunda chamada do Sisu 2014; confira nomes

O Ministério da Educação (MEC) divulgou nesta segunda-feira (27) o resultado da segunda chamada da primeira edição de 2014 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Veja o link ao lado.

Os aprovados deverão fazer a matrícula nesta sexta-feira (31) ou entre a próxima segunda (3) e terça-feira (4).

Os candidatos que não foram aprovados em nenhuma das duas chamadas do Sisu podem manifestar interesse em participar da lista de espera das universidades, usada para preencher as vagas que ainda estiverem abertas. A lista começa a ser criada nesta segunda-feira, e o prazo termina no dia 7 de fevereiro.

Segundo o MEC, o Sisu teve 2.559.987 inscritos, o que representa um aumento de 31,28% em relação à edição do primeiro semestre de 2013. Em todo o país, foram oferecidas 171.401 vagas em 4.723 cursos de graduação de 115 instituições. O ministério não informou quantas dessas vagas já foram preenchidas nem o total oferecido na segunda chamada da seleção.

Segunda chamada do Sisu 2014 está no ar (Foto: Reprodução)
Segunda chamada do Sisu 2014 está no ar (Foto: Reprodução)
Fonte: G1

UESB oferece 601 vagas no Sisu

 

 

O Estado da Bahia disponibilizará 12. 459 vagas no Sisu

Vagas Sisu

O resultado do Enem feito no ano passado será decisivo para quem deseja  ingressar em curso superior. No Estado da Bahia são 12.459 vagas através do Sisu – Sistema de Seleção Unificada. Na UESB de Vitória da Conquista, Itapetinga e Jequié  são 601 vagas.

Estudantes de todo o Brasil que desejam uma das alternativas (Entrar na universidade, mudar de instituição ou trocar de curso), e fizeram o Enem devem realizar as inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Os estudantes devem ficar atentos já que as inscrições no Sisu começam na 2ª feira (6) e vai até 6ª feira (10). Em passado recente, a Bahia contou com 5.496 vagas distribuídas em seis instituições, que esse ano passaram para nove com a entrada da Universidade Federal da Bahia (Ufba), da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) e da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf). As vagas serão reservadas apenas para quem fez o Enem em 2013 e não ter obtido nota zero na Redação. O cadastro é feito no site do Sisu na internet (sisu.mec.gov.br), com o número de inscrição e senha usados para o Enem no ano passado. Blog da Resenha

Sai lista de aprovados no SiSU

Do G1, em São Paulo

O Ministério da Educação divulgou neste domingo (23) a lista de aprovados na primeira chamada do Sistema de Seleção Unificada (SiSU). Foram selecionados 82.949 candidatos, segundo o ministério. A divulgação estava prevista para esta segunda-feira (24).

CONSULTE OS APROVADOS NO SISU (link para a página do sistema)
Foram oferecidas 83.125 vagas em 83 instituições públicas de educação superior. Segundo o MEC, entre 16 e 20 de janeiro, o SiSU registrou 2.020.157 inscrições, feitas por 1.080.194 candidatos. O número de cantidatos é equivalente a cerca de um terço do total de participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2010.

Os aprovados têm os dias 27, 28 e 31 de janeiro para fazer matrícula na instituição de ensino para a qual foram selecionados. A documentação necessária pode ser consultada pelo boletim individual, disponível no sistema, e na própria instituição.

:: LEIA MAIS »

Fainor se consolida de vez como instituição de ensino superior

Fainor | Robéria Vieira

MEC autoriza Mestrado e mais três novos cursos para a Faculdade

A FAINOR cresce e continua arrebentando a olhos vistos. Agora, além dos oito cursos já consagrados pela Faculdade, o MEC autoriza, já para o 1º Semestre do ano que vem, 2011, mais três novos Cursos: Engenharia da Produção, Arquitetura e Odontologia. Esse último, depois de receber a visita de avaliadores do MEC, foi autorizado com conceito quatro, num perfil de qualidade que vai de 1 a 5. Isso significa dizer que, segundo a avaliação do MEC, o Curso de Odontologia da FAINOR é um dos mais inovadores e completos na área, em todo o Brasil, já que toda a estrutura curricular foi elaborada de acordo com a Resolução CNE/CES, de 03 de fevereiro de 2002.

:: LEIA MAIS »

Mec divulga quarta chamada do Prouni

A quarta chamada de convocados para o Programa Universidade para Todos (Prouni) foi divulgada nesta quinta-feira (29) pelo Ministério da Educação (MEC). Para acessar o resultado o aluno precisa visitar o site do Prouni e digitar o número de inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Os classificados que foram convocados têm até a segunda-feira (2) para confirmar os dados declarados na inscrição na instituição de ensino superior. Caso ainda restem bolsas, poderão ocorrer mais duas chamadas nos dias 5 e 12 de agosto. Do Ibahia

MEC prorroga inscrições do Enem por uma semana

Da Agência Brasil

Brasília – O Ministério da Educação (MEC) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) prorrogaram o prazo de inscrições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que seria encerrado hoje (9), para o próximo dia 16.

A decisão foi tomada depois de um pedido dos governadores de Pernambuco, Eduardo Campos, e de Alagoas, Teotônio Villela, que estão preocupados com o impacto das chuvas e das enchentes. O pedido foi feito ao secretário executivo do MEC, Henrique Paim, que percorre a região devastada, à frente de um grupo que estuda a reconstrução das escolas destruídas.

Quem ainda não fez a inscrição tem agora mais sete dias para fazê-la, apenas pela internet, no portal www.enem.inep.gov.br. O valor da inscrição é de R$ 35. Estão isentos os estudantes da última série do ensino médio de escolas públicas e aqueles que concluíram o ensino médio em anos anteriores que declarem carência e comprovem a impossibilidade de pagamento.

As provas serão realizadas nos dias 6 e 7 de novembro.

MEC divulga segunda chamada do ProUni

CORREIO

O Ministério da Educação (MEC) divulgou nesta quarta-feira (7) a segunda chamada de convocados para o Programa Universidade para Todos (ProUni). Para ter acesso ao resultado, o aluno precisa acessar o site do ProUni e digitar o número de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e CPF.

Os classificados devem confirmar os dados declarados na inscrição junto à instituição de ensino superior a partir desta quinta-feira (8). O prazo termina no dia 16 de julho. Para ter direito à bolsa, é fundamental que o estudante cumpra esta fase do processo.

Ao todo, 52.419 candidatos foram pré-selecionados na primeira chamada do programa, sendo 37.039 para bolsas integrais e 15.380 para bolsas parciais, que cobrem 50% da mensalidade, de acordo com o MEC. :: LEIA MAIS »

MEC divulga selecionados em primeira chamada para o ProUni

Amanda Cieglinski/Agência Brasil
Brasília – Já está disponível no site do Ministério da Educação a lista dos 52.419 pré-selecionados em primeira chamada para o Programa Universidade para Todos (ProUni). Do total de bolsas oferecidas, 37 mil são integrais e 15 mil, parciais – que custeiam 50% da mensalidade.

Os candidatos pré-selecionados devem comparecer à instituição de ensino onde vão estudar, no período de 22 de junho a 2 de julho, para comprovar os dados informados durante a inscrição. A lista de documentos que devem ser apresentados está no site do ministério. :: LEIA MAIS »

Estudantes já podem conferir boletim de desempenho no Enem

A TARDE On Line

Os mais de 2,5 milhões de estudantes que fizeram o Enem em 2009 podem consultar a partir desta segunda-feira, 31, o boletim de desempenho no exame. O Ministério da Educação (MEC) vai disponibilizar as cinco notas do aluno, que também poderá comparar sua média com a dos outros estudantes no Brasil.
As notas já foram publicadas em janeiro deste ano mas, desta vez, o arquivo está disponível em PDF. É possível conferir o desempenho em cada área do conhecimento (Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Ciências Humanas e suas Tecnologias; Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias) e na redação.
:: LEIA MAIS »

MEC divulga boletim de desempenho dos participantes do Enem na segunda

Folha/ Agência Brasil

A partir da 0h de segunda-feira (30), os 2,5 milhões de estudantes que participaram do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) poderão acessar seus boletins de desempenho no site do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais). Os resultados já tinham sido divulgados em janeiro durante o período de inscrição no Sisu (Sistema de Seleção Unificada), mas agora os boletins estarão disponíveis em PDF.

Para consultar os resultados, o estudante precisa ter em mãos o número do CPF e a senha gerada durante o período de inscrição da prova. No sistema, o aluno terá disponível as notas de cada uma das provas –ciências da natureza, ciências humanas , linguagens e matemática –além da redação. Será possível comparar a média obtida com a do restante dos participantes do exame.

Desde o ano passado, o Enem utiliza a TRI (Teoria de Resposta ao Item) para calcular as notas do participante. O objetivo desta metodologia é medir o conhecimento a partir do comportamento observado nas provas.

:: LEIA MAIS »

MEC cria prova nacional para seleção de professores iniciantes

Folha

O MEC (Ministério da Educação) vai realizar a partir de 2011 uma prova nacional para seleção de professores iniciantes, que pode subsidiar concursos públicos estaduais e municipais. A portaria que institui o exame foi publicada nesta segunda-feira do “Diário Oficial da União”.

A prova –que recebeu o nome de Exame Nacional de Ingresso na Carreira Docente– será feita pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) e vai avaliar conhecimentos, competências e habilidades dos candidatos ao ingresso na docência do ensino básico e fundamental. O sistema de avaliação será semelhante ao do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).

Com a nota adquirida na prova, o professor poderá ingressar em qualquer rede de ensino que esteja cadastrada no programa. De acordo com texto publicado no “Diário Oficial”, as Secretarias de Educação interessadas em utilizar os resultados da prova deverão formalizar adesão no Inep. Já a forma de utilização dos resultados será determinada por cada secretaria que aderir. :: LEIA MAIS »

Dez anos após reconhecimento, Ministério da Educação já credenciou 43 cursos de teologia

Durante muito tempo menosprezado pela academia secular, o ensino teológico cristão ganhou no Brasil tônus oficial, com o reconhecimento do Ministério da Educação (MEC). Na última década, muitas instituições buscaram o aval junto ao MEC. Atualmente, há 102 cursos de teologia, de diferentes linhas religiosas, com o selo oficial, segundo o site do Ministério.
Das pregações campais de Jesus, passando pelas reuniões subterrâneas dos primeiros cristãos até os nossos dias, a forma de instruir os fiéis a respeito dos assuntos relacionados ao Reino de Deus mudou, institucionalizou-se e chegou às portas do Estado. Do didaqué às modernas salas de aula dos seminários, o que antes era motivo de perseguição e alvo de sussurros agora virou pauta de discussões e leis governamentais. Durante muito tempo menosprezado pela academia secular, o ensino teológico cristão ganhou no Brasil tônus oficial, com o reconhecimento, pelo governo federal, de dezenas de cursos de educação religiosa que se submeteram às exigências estabelecidas pelo Ministério da Educação (MEC) e ganharam status de instituições de nível superior.
:: LEIA MAIS »

Sisu de meio de ano terá rodada única de inscrições entre 10 e 14 de junho

Folhapress

 O MEC divulgou nesta segunda-feira que as inscrições para o Sisu (sistema unificado usado por universidades federais que seleciona apenas pela nota do Enem) de meio de ano poderão ser feitas entre os dias 10 e 14 de junho.

 Diferentemente do que aconteceu na primeira edição da seleção unificada, haverá apenas uma rodada de inscrições. Como não haverá Enem no primeiro semestre, será considerada a edição de 2009 do exame nacional.

 Enquanto o sistema estiver aberto a inscrições, os alunos poderão mudar de opção. Será permitido que os candidatos façam até duas escolhas de curso.

Dinheiro da educação é desviado: MEC diz que estados deixaram de repassar R$ 1,2 bilhão para ensino básico em 2009

BRASÍLIA – O Ministério da Educação (MEC) constatou que 21 estados deixaram de aplicar R$ 1,2 bilhão em ensino básico no ano passado. O dinheiro deveria ter sido repassado ao Fundeb (Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica), principal mecanismo de financiamento da rede pública. Mas, numa espécie de sonegação contábil, acabou livre para custear outras atividades.

O MEC já alertou os tribunais de contas dos estados e municípios, os ministérios públicos federal e estadual, os conselhos de acompanhamento e controle social do Fundeb e os respectivos governos estaduais. Convencido de que é preciso aumentar os investimentos em educação, o ministério quer evitar desvios nas verbas legalmente reservadas para o ensino.

O balanço de contas foi publicado no Diário Oficial em 19 de abril. Ele mostra que o rombo pode ser ainda maior, totalizando R$ 2,1 bilhões, se forem contabilizados R$ 921 milhões que o governo do Distrito Federal deixou de injetar no Fundeb. Ocorre que, até o ano passado, o Distrito Federal não utilizava a conta específica do fundo. Assim, o ministério não tem como saber, de fato, se houve qualquer tipo de desvio ou sonegação no DF. :: LEIA MAIS »

Ministério da Educação escolhe novo reitor da Ufba

Será divulgado nesta quinta quinta-feira(06) o resultado da consulta à comunidade acadêmica na Universidade Federal da Bahia (UFBA), para eleição do reitor no período 2010 à 2014. Concorrem ao cargo, o engenheiro civil José Augusto de Lima Rocha; o dentista Roberto Paulo Correia de Araújo e a socióloga Dora Leal Rosa.

O resultado da consulta à comunidade acadêmica será oficializado na segunda-feira pelo Colégio Eleitoral. A lista com a quantidade de votos seguirá para o Ministério da Educação que decidirá o novo reitor. Pode até ser escolhido quem não teve a maioria dos votos. Ibahia

Mais sobre as mudanças no Fies

Alunos que vão solicitar o Financiamento Estudantil (Fies) e aqueles que já obtiveram o financiamento têm, a partir desta segunda-feira, 3, uma série de facilidades. Inscrições permanentemente abertas, juros mais baixos (3,4% ao ano) e mais prazo para quitar o empréstimo (três vezes o tempo de duração do curso) estão na relação de mudanças anunciadas pelo ministro Fernando Haddad.

Um estudante que faz a sua graduação em quatro anos, explica o ministro, terá 14 anos e meio pra pagar o financiamento com taxa de juros inferior à inflação. No caso da prestação, ela será fixa, independente da inflação que ocorrer no período e da mudança das taxas de juros. Além dessas condições, o universitário poderá requerer o financiamento assim que passar no vestibular ou durante o curso. A regra dos juros vale também para os alunos já financiados.

No novo modelo de financiamento, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) passa a ser o operador do sistema e a Caixa Econômica Federal continua a ser o único agente financeiro. Dois tipos de fiadores serão aceitos. A fiança tradicional (com até dois fiadores) e a fiança solidária, que pode ter de três a cinco alunos assumindo a fiança do grupo.

Outra mudança destacada por Haddad é que as instituições de ensino superior privadas que aderirem ao Fies devem, a partir de agora, aceitar financiamento de alunos em todos os cursos. Até 2009, as instituições escolhiam as áreas. Para ter aluno do Fies, a nota mínima do curso obtida nas avaliações do MEC deve ser igual ou maior a três pontos (numa escala até cinco).

Haddad anunciou também que o MEC estuda estender a oferta do Fies para os cursos técnicos, os de nível médio e também pós-médio.

Fonte: MEC

MEC cria curso para combater violência

O Ministério da Educação (MEC), em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz, criaram um curso de atualização destinado a professores da rede pública para o enfrentamento da violência e defesa dos direitos na escola. Em agosto, a Fundação Oswaldo Cruz vai lançar edital para mais sete ou oito turmas do mesmo curso.
A primeira turma do curso começa nesta segunda para 700 profissionais do Rio de Janeiro e de mais 35 municípios fluminenses. Serão três meses de aulas presenciais e a distância, que darão um suporte ao professor para que ele saiba identificar e prevenir possíveis casos de violência em sala de aula, no pátio ou nos corredores da escola.
:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia