WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


junho 2020
D S T Q Q S S
« maio    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  


:: ‘indio’

Polícia Federal rebate denúncias de maus-tratos a índios na Bahia

Luciana Lima

Agência Brasil

 Brasília – O coordenador-geral de Defesa Institucional da Polícia Federal, delegado Marcos Aurélio Pereira de Moura, disse que são distorcidos os fatos relatados na denúncia de abuso por parte de agentes da Polícia Federal contra índios da etnia Tupinambá, no sul da Bahia. A denuncia foi enviada ontem (9) à Organização das Nações Unidas (ONU) pelo Conselho Indigenista Missionário (Cimi) e pela organização não governamental (ONG) Justiça Global.

 “Os fatos estão distorcidos. A situação no sul da Bahia é muito mais complexa. Um estudo antropológico concluiu que há muitos anos havia a presença de índios da etnia Tupinambá na área. No entanto, há fazendeiros com títulos de terras também muito antigos”, disse o delegado. Ele afirmou que a Polícia Federal vem agindo em cumprimento de ordens judiciais. “Os índios alegam que estão agindo em retomada, mas estão fazendo invasões de forma muito violenta. Nós, da Polícia Federal, estamos no meio disso tudo.”.

  :: LEIA MAIS »

Índio de Porto Seguro tenta roubar Policial em Itabuna

O Índio Alex de Oliveira Santos de 23 anos, membro da tribo Pataxós da cidade de Porto Seguro, foi preso na tarde desta terça-feira (25), após tentar roubar um policial militar em Itabuna.
 
O delito aconteceu na Av. Inácio Tosta Filho, o PM que é de Ilhéus consertava sua impressora, quando teve o celular furtado por Alex. Ao sentir falta do aparelho, ele foi em busca do acusado.
 
O Índio que é vendedor de Sândalo (uma espécie de incenso natural) foi encontrado e preso. 
 
Na delegacia, o mesmo disse que não é criminoso, que só roubou essa vez “eu vi o celular lá de bobeira no banco do carro e peguei, mas não sou ladrão, porque essa foi a primeira vez, que horas vão me soltar?”. Do radar Noticias

Índio pataxó morre em acidente de moto na BR – 367

O acidente ocorreu próximo ao bairro Novo Cabrália, que fica às margens da rodovia, e causou a morte do índio Edenilson dos Santos Oliveira, que residia na Aldeia de Coroa Vermelha

SANTA CRUZ CABRÁLIA – Na madrugada deste sábado, 1º, uma moto que seguia de Coroa Vermelha em direção Santa Cruz Cabrália, pela BR – 367, foi para o acostamento da pista devido a chuva e ao tentar retornar à rodovia derrapou e colidiu com o pneu de um ônibus da empresa Brasileiro.

O acidente ocorreu próximo ao bairro Nova Cabrália, que fica às margens da BR, e causou a morte imediata do piloto da moto Edenilson dos Santos Oliveira, 24 anos, que era índio e residia na Aldeia de Coroa Vermelha.

As informações foram passadas ao “Bahia Dia Dia” por José Dílson, 20 anos, que ia na garupa da moto e sofreu pequenas escoriações.

Edenilson e Dílson eram amigos e trabalhavam no Hotel La Torre, localizado na Praia do Mutá, na divisa entre os municípios de Santa Cruz Cabrália e Porto Seguro, extremo sul baiano. Edenilson era casado e tinha um filho. Ele foi sepultado no cemitério indígena da Aldeia de Coroa Vermelha. Do Bahia Dia Dia

Prisão de índio na BA causa mobilização internacional

O Ministério Público Federal na Bahia (MPF-BA) quer que a Polícia Federal submeta o índio tupinambá Rosivaldo Ferreira da Silva, o cacique Babau, a um exame pericial para constatação de eventuais lesões corporais sofridas na prisão. O cacique foi preso em sua casa, na quarta-feira, por agentes da PF e, segundo seus familiares, teria sido submetido a tortura.ONGs do Brasil e do exterior se mobilizaram em torno do caso. Já circula pela internet um pedido da Anistia Internacional para que pessoas e organizações enviem mensagens às autoridades brasileiras exigindo a apuração do caso e garantias de segurança para a população indígena. O Conselho Indigenista Missionário (Cimi) emitiu nota de repúdio, afirmando que a ação policial foi “ilegal e despropositada.” :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia